Arquivo

Posts Tagged ‘Martin St Louis’

28/01/2014 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 29 janeiro 2014 Deixe um comentário

De volta ao Air Canada Centre, após uma seqüência de cinco jogos fora de casa, os Leafs receberam o Tampa Bay Lightning de Martin St. Louis, que vinha de três vitórias seguidas.

20140128_Lightning@Leafs_BannerNo gol pelos Lightning estava Ben Bishop, ex-goleiro dos Senators e, pelos Leafs, Jonathan Bernier, que creio que acabou ganhando a posição de goleiro número 1 da equipe.

Os Leafs, apesar de chutar menos a gol do que o time visitante, jogaram bem e mantiveram o empate sem gols no placar no primeiro período.

20140128_Lightning@Leafs_ScoreNo segundo período a estrela de Nazem Kadri brilhou e o jovem central dos Leafs marcou dois belos gols. O primeiro aos 01m49s, quando ele partiu da zona neutra com o puck e chutou com Viktor Hedman marcando-o de perto. O chute desviou no taco de Hedman e tirou Ben Bishop da jogada. O segundo foi uma belíssima demonstração de habilidade onde Kadri recebeu um passe de Joffrey Lupul, num movimento rápido, tirou Hedman da jogada e ainda conseguiu controlar o puck em frente a Bishop e marcar de backhand aos 09m47s. Mas o que parecia que seria uma distância segura no placar acabou com dois gols dos Lightning. O primeiro foi marcado por Matthew Carle aos 13m13s, após receber um ótimo o passe e chutar no ângulo direito de Bernier. O segundo foi marcado por Mark Barberio aos 17m12s, igualando o placar e deixando a decisão para o terceiro período.

Faltando apenas 04m03s para acabar a partida, Tyler Bozak força um erro do defensor dos Lightning, passa para Phil Kessel que entrega de bandeja para James Van Riemsdyk, sozinho, chutar forte e marcar o gol da vitória dos Leafs. O puck acabou batendo na parte de metal, interna do gol, e voltando e os árbitros solicitaram a revisão por vídeo para confirmar o gol. Apenas um minuto após o gol de JVR, Martin St. Louis acabou parado por Bernier em uma bela defesa que garantiu a vitória dos Leafs!!!

Estamos nos mantendo vitoriosos em uma fase importante do campeonato! Isso nos mantém com ótimas chances de ir aos playoffs! Que essa boa maré continue e nenhum jogador chave se contunda!

Go Leafs Gooooooo

Enhanced by Zemanta

24/04/2013 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quinta-feira, 25 abril 2013 Deixe um comentário

Com a classificação para os playoffs obtida na vitória contra os Senators no último sábado, os Leafs tiveram tempo de relaxar e se preparar para os três jogos restantes na temporada regular. Matematicamente o time tinha chances de conseguir até mesmo a primeira colocação na Divisão e, assim, obter a segunda colocação na conferência, bastando vencer seus jogos e esperar por derrotas dos Bruins e Habs! Mas já começamos tropeçando!20130424_Leafs@Lightning_Banner

O time iniciou sua viagem à Flórida enfrentando o Tampa Bay Lightning de Vincent Lecavalier, Martin St. Louis e Steven Stamkos. O primeiro período foi disputado, com ótimas chances para ambos os lados, incluindo chutes que acertaram a trave de Ben Bishop, goleiro dos Lightning vindo dos Senators. Somente aos 17m03s Phil Kessel inaugura o placar e coloca os Leafs à frente.

20130424_Leafs@Lightning_ScoreNo segundo período os Leafs voltaram ainda melhor, chutando mais ao gol e dominando a partida, porém os Lightning conseguiram virar a partida com gols de Steven Stamkos aos 05m54s e Martin St. Louis aos 15m48s. Ambos jogadores do Tampa Bay estão disputando a liderança na pontuação na temporada regular. Joffrey Lupul conseguiu o gol de empate só aos 19m36s, levando os Leafs ao segundo intervalo com um pouco mais de ar para respirar.

Infelizmente a equipe não voltou bem para o terceiro período. Radko Gudas aproveitou um puck que desviou em um jogador dos Leafs e venceu James Reimer aos 03m13s, colocando os Lightning à frente novamente. Sem mais gás, a equipe de Toronto não conseguiu nenhuma reação. Aos 13m08s Martin St. Louis marca o seu segundo gol da noite e dava uma segurança maior à vantagem no placar. Com três minutos restando no relógio, Randy Carlyle retira James Reimer para tentar uma reação com um jogador a mais no gelo. O resultado foi o terceiro gol de Martin St. Louis, fechando o Hat-Trick. Vincent Lecavalier conduziu o puck no contra-ataque e esperou pelo momento certo para passar para St. Louis marcar. O placar estava definido.

Com o Hat-Trick, Martin St. Louis está dois pontos à frente de Steven Stamkos e de Sidney Crosby na disputa pelo Art Ross Throphy!

Os Leafs enfrentam hoje o Florida Panthers para então retornar à Toronto e receber os Habs no sábado, fechando a temporada regular.

Apesar da derrota, Go Leafs Goooooo!!!! Que venham os playoffs!!!!

06/04/2012 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

sábado, 07 abril 2012 Deixe um comentário

Com a controversa derrota contra os Sabres no último jogo, os Leafs voltaram ao Air Canada Centre para o último jogo em casa da temporada! O adversário da vez foi o Tampa Bay Lightining, outra equipe já fora da disputa pelos playoffs!

O Tampa Bay vinha de vitória na prorrogação contra o Washington Capitals, onde Steven Stamkos marcou o gol da vitória ajoelhado e de um ângulo muito fechado! Belo gol do jovem atacante e estrela dos Lightining!

No gol a disputa ficou entre Ben Scrivens, goleiro jovem e que tem mostrado seu valor, assim como James Reimer fez na última temporada, e Dwayne Roloson, o veterano goleiro dos Lightning.

O primeiro período começou com os Leafs atacando mais, porém quem abriu o placar foi Martin St. Louis aos 05m49s numa bela troca de passes dos Lightning que acabou com o puck batendo em seus patins e indo para o fundo da rede dos Leafs. Os Leafs empataram pouco depois com Tim Connolly, aos 06m32s, após uma bela jogada de Jake Gardiner que driblou alguns defensores e entregou o puck para Connolly apenas empurrar pro gol aberto.

O jogo continuou disputado no segundo período e quem brilhou foi o goleiro Ben Scrivens que fez 17 defesas no período, entretanto não houve alteração do placar.

No terceiro período, o primeiro a marcar foram novamente os Lightning, com Steven Stamkos aos 08m48s. Stamkos iniciou a jogada, passou o puck e patinou por trás dos defensores dos Leafs ficando muito próximo à trave esquerda de Scrivens, recebeu um belo passe e não titubeou! Marcou o seu gol de número 59 na temporada! Com certeza Stamkos será o artilheiro desta temporada, sem outros jogadores para bater seu feito. Toda a família de Stamkos estava no Air Canada Centre e vibraram muito com o gol! Os Leafs buscaram o ataque e somente aos 17m05s, Jake Gardiner, o defensor novato que vem mostrando cada vez mais e mais atitude e habilidade, além de segurança na defesa, iniciou a jogada, passou por pela primeira linha de defesa e foi en direção ao gol de Roloson, pela lateral do gol, quando ele tentou passar o puck para alguém que estivesse de frente, o puck passou por cima do goleiro e caiu próximo ao taco de Brett Connolly, jogador dos Lightning que fez o favor de empurrar, sem querer, claro, o puck para dentro do gol.

Com o jogo na prorrogação, os Leafs tiveram chances com Jake Gardiner e Phil Kessel, mas Roloson conseguiu defender. Aos 04m01 da prorrogação, os Leafs partem ao ataque com Phaneuf, que passa para Kessel. Kessel chuta mas o puck passa ao lado do gol, volta e encontra Phaneuf sozinho que chutou sem defesa para Roloson, fechando a partida com vitória dos Leafs!

Com essa vitória os Leafs estão classificados em 24º na NHL. O último jogo será em Montreal contra os Canadiens. Uma vitória nos mantém fora dos últimos 5, que disputarão a primeira escolha do draft, mas perder dos Habs não é uma escolha aceitável e não apóio a filosofia de perdermos para termos uma melhor escolhas no draft. Se perdermos tentando ganhar, tudo bem … mas não vamos perder, sem lutar!

GO Leafs GO!!!!

Artigos relacionados

15/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 16 março 2012 Deixe um comentário

Ontem os Leafs parecem ter recobrado o espírito de equipe e as habilidades de seus jogadores! Foram até Tampa para enfrentar o Tampa Bay Lightning! Este foi o primeiro jogo de Keith Aulie contra os Leafs e de Carter Ashton contra os Lightning.
No gol dos Leafs permaneceu James Reimer! Creio que Carlyle está analisando os goleiros dos Leafs para decidir quem é o número 1!
O jogo foi bem disputado e ambas equipes se utilizaram de muito jogo físico no rink! Os Leafs levaram a melhor e abriram o placar aos logo aos 1m09s de jogo em uma jogada onde os jogadores dos Leafs trocaram passes na zona de defesa dos Lightning e John-Michael Liles chutou sem marcação bem em frente ao gol de Dustin Tokarski enquanto o time estava em powerplay!
No segundo período os Leafs aumentaram a vantagem quando Joey Crabb recebeu um ótimo passe de Matthew Lombardi aos 03m27s e não desperdiçou! O terceiro gol dos Leafs foi uma bela jogada de Jake Gardiner aos 12m28s que, após receber o puck de Matthew Lombardi, fez tabela com a borda e partiu para o ataque, fez um movimento de chute, mas controlou o puck tirando o defensor e batendo forte!
A vitória estava praticamente garantida, mas os Lightning voltaram para o último período com vontade de estragar a festa dos Leafs. Steven Stamkos foi muito bem marcado e anulado, mas mesmo assim conseguiu “cavar” algumas penalidades e, consequentemente, powerplays para os Lightning! Como ofensivamente Stamkos não conseguiu muita coisa, resolveu apelar para tentar desestabilizar os jogadores dos Leafs, em especial Dion Phaneuf. Stamkos deu um slashing (tacada) nas pernas de Phaneuf, que não foi vista pelos juízes. Depois deu um forte tranco em Matt Frattin atrás do gol dos Leafs. Phaneuf foi tirar satisfação e Stamkos partiu pra cima dele, sendo separado pelos juízes. Mais para o final do período, Phaneuf deu um tranco normal em Martin St Louis e, mais uma vez, lá vem Stamkos. Phaneuf nem chegou a tirar as luvas para brigar, mas os dois foram ao chão sendo separados pelos juízes!
Quando tudo estava bem e faltavam apenas 26 segundos de partida para garantir o shutout de Reimer, Martin St Louis chutou de bate-pronto (One-timer) e o puck passou abaixo a luva de Reimer!
Nesta partida os Leafs jogaram como estavam jogando até o mês de janeiro, quando a presença nos playoffs estava praticamente garantida, se a equipe mantivesse essa qualidade!

Go Leafs Gooo sempre!!!

Artigos relacionados

03/01/2012 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 05 janeiro 2012 2 comentários

Finalmente 2011 acabou e, quem sabe a sequência de má fase dos Leafs também! Como primeira partida de 2012, os Leafs receberam a visita do Tampa Bay Lightning, de Vincent Lecavalier, Steven Stamkos e Martin St. Louis.

A partida mal começou, os Leafs, incluindo o goleiro Jonas Gustavsson, mal se esquentaram e Vincent Lecavalier marca o primeiro gol aos 58s. Isso seria um indicativo de que seria um jogo difícil para os Leafs, mas a resposta e reação vieram bem rápido desta vez. Aos 3m25s Joffrey Lupul empata para o  time da casa, deixando o Air Canada Centre mais aliviado. Aos 8m46s foi a vez de Carl Gunnarsson marcar o seu segundo gol da temporada, num chute de longa distância que Mathieu Garon não conseguiu defender. Este período teve 13 chutes à gol dos Leafs, contra 11 dos Lightning.

No segundo período os Leafs voltaram ainda melhor, mostrando vontade de vencer, disputando os pucks, distribuindo checks nos adversários, tanto na defesa quanto no ataque, porém foi Steven Stamkos que conseguiu o primeiro gol do período, empatando a partida em 2 a 2, aos 11m55s. Foi então que, em menos de 2 minutos, as equipes trocaram gols seguidos. Os Leafs voltaram a ficar na frente com  um gol de Mikhail Grabovski aos 12m28s. Os Lightning voltou a empatar com Pavel Kubina aos 13m26s e, aos 13m43s Darryl Boyce marca o gol, que viria a ser o gol da vitória (Game Winning Goal), colocando os Leafs novamente à frente no placar. Este período viu os Leafs darem 16 chutes à gol, sendo que após o gol de Boyce, Mathieu Garon foi substituído por Dwayne Roloson, o goleiro veterano dos Lightning. No finalzinho do período Matt Frattin, aniversariante do dia, marcou aos 19m22s, dando tranquilidade ao time dos Leafs.

O terceiro período somente ajudou a aumentar a segurança da vitória, com gols de Dion Phaneuf logo aos 1m23s, em powerplay e um gol de Phil Kessel, aos 12m28s, também em powerplay. Placar final Lightning 3 x 7 Leafs, com Joffrey lupul sendo o melhor jogador, marcando 4 pontos (1 gol e 3 assistências).

Parece que a mudança de ano mexeu com os jogadores dos Leafs e a conversa que Ron Wilson e seu staff técnico teve com os jogadores surtiu efeito. Os Leafs que sempre sofriam gols enquanto em desvantagem numérica, sendo o pior time da NHL em porcentagem de Penalty Killing, não sofreram nenhum gol nas 9 vezes em que o time se viu com menos jogadores que os Lightning na partida. Houve até mesmo um momento em que os Leafs ficaram por mais de 1 minuto com apenas 3 jogadores contra 5 dos Lightning e conseguiram se defender!

Que esse jogo tenha sido o começo de boas apresentações e performance da equipe, rumo à reta final de classificação aos playoffs!

GO Leafs GO!!!

25/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quarta-feira, 26 janeiro 2011 11 comentários

Como última partida antes do final de semana das Estrelas da NHL (NHL All-Star Weekend), os Leafs foram até Tampa Bay, enfrentar os Lightning.

O jogo mal começou e Dion Phaneuf já mandou o Dana Tyrrel para o “banco de reserva” (dos Leafs) !!!! Foi impressionante ver, no canto esquerdo da tela, o jogador sendo jogado por sobre o muro, na área de “banco de reserva” dos Leafs. Parecia que o jogo ia render, com toda essa vontade do nosso capitão … e com a presença confiável de James Reimer no gol dos Leafs. 

Mas, como na maioria dos jogos, os Leafs começaram o jogo sonolentos e, num período em que o time da casa chutou 17 vezes ao gol dos Leafs, enquanto os Leafs deram apenas 4 chutes à gol, só poderíamos estar atrás no placar. Aos 05m11s, Simon Gagne abriu o placar e aos 12m44s, Teddy Purcell marcou o segundo em powerplay. Purcell também anotou um ponto no gol de Gagne com uma assistência. Em ambos os gols Reimer pouco pode fazer para defender os chutes. A equipe estava totalmente perdida no gelo.

Nos outros dois períodos os Leafs retornaram melhor, porém não conseguiram vencer Dwayne Roloson que anotou mais um shutout, o terceiro do mês.

Mais uma vez digo que Reimer não pode ser culpado pela derrota e que sua presença e atuação foram muito fortes, tanto que os Leafs tomaram apenas 2 gols pois Reimer defendeu muitos chutes dos Lightning, incluindo um breakaway de Martin St. Louis no primeiro período.

Agora o time descansa até dia primeiro de fevereiro, quando enfrenta o Florida Panthers, na Florida.

E neste períoso, somente Phil Kessel estará ativo, no jogo das Estrelas, no domingo e no SuperSkills no sábado.

GO leafs GO.

30/11/2010 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 01 dezembro 2010 1 comentário

O jogo de ontem, contra o Tampa Bay Lightning no Air Canada Centre, poderia ter sido mais uma vitória dos Leafs e tudo parecia sob controle até os 8 minutos do terceiro período, porém a vitória nos escapou nos últimos 12 minutos regulamentares de jogo.

 

Os Leafs começaram bem e logo aos 1m25s do primeiro período, a partida havia acabado de começar, e Kris Versteeg abriu o placar. Apesar do número de chutes à gol dos time de Tampa ser maior que o dos Leafs, Gustavsson, mais uma vez muito sólido no gol, defendia tudo. O primeiro período terminou com os Leafs à frente no placar em 1 a 0, porém com os Lightning contabilizando 17 chutes à gol, contra 7 dos Leafs.

O segundo período veria os Lightning empatarem aos 5m18s em powerplay, com um gol de Ryan Malone em uma jogada atrás do gol dos Leafs, mas também veria o gol de Nikolai Kulemin, um chutaço indefensável para Dan Ellis, aos 11m51s, também em powerplay, dando novamente a liderança aos Leafs.

O terceiro período começou melhor ainda pois aos 7m23s, novo gol de Kulemin deixava a vitória cada vez mais certa. Foi neste momento que os Leafs acabaram relaxando e, aos 8m25s, deixaram o Tampa Bay diminuir com Martin St Louis. Quando o jogo estava no minuto final, bastava aos Leafs manter tudo sob controle e garantir a vitória e os dois pontos, porém faltando apenas 12 s, os Leafs cometeram um icing e o puck foi ao face-off na zona de defesa dos Leafs. Como na maioria dos face-offs da partida, os Leafs perderam e o puck acabou novamente no taco de Martin St Louis, que aos 19m51s, isso mesmo … faltando apenas 9 segundos de jogo, marcou o gol de empate. Neste momento Jonas Gustavsson se irritou e chegou a bater com seu taco no gol, demonstrando sua frustração.

Infelizmente não conseguimos segurar os Lightning na prorrogação e num ataque em 3 x 2, Luke Schenn acabou cometendo um erro e seu passe foi interceptado por um jogador dos Lightning, que lançou o puck ao ataque, onde em 2 X 1, Simon Gagne marcou o gol da vitória do time visitante, numa noite frustrante para os torcedores de Toronto.

Neste jogo, Jonas Gustavsson foi mais uma vez muito bem e defendeu os Leafs de uma derrota ainda no tempo regular. Acredito que ele esteja ganhando o espaço dele e Giggy, quando voltar, será o backup.

Ahhh, houve também um gol de Clarke MacArthur no primeiro período, anulado pelos árbitros que, não sei de que ângulo, visualizaram uma interferência no goleiro Dan Ellis. Se analisarmos o vídeo, MacArthur foi empurrado pelo defensor e somente neste momento entrou na área do goleiro do Tampa Bay. O gol foi legítimo e com certeza mudaria a história da partida.

Agora é colocar a cabeça no lugar e esperar para ganhar sobre o Edmonton Oilers.

GO Leafs GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

%d blogueiros gostam disto: