Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Matthew Lombardi’

Leafs trocam Matthew Lombardi com o Phoenix Coyotes

quinta-feira, 17 janeiro 2013 4 comentários
Phoenix Coyotes

Phoenix Coyotes (Photo credit: Wikipedia)

De acordo com o site TSN.ca, e do comentarista Darren Dreger, os Leafs trocaram o central Matthew Lombardi com os Phoenix Coyotes em troca de uma escolha de quarta rodada no draft de 2014, que pode se tornar uma escolha de terceira rodada se Lombardi renovar contrato com os Coyotes após esta temporada.

“Nós estamos muito felizes de trazer um jogador como Matthew de volta à nossa equipe, ” disse o gerente geral dos Coyotes, Don Maloney. “Matthew é um patinador muito bom e adicionará velocidade e habilidade para o nosso elenco. Ele é um central inteligente que será um bom reforço à nossa equipe e que provê mais qualidade na posição.”

Lombardi receberá três milhões e meio de dólares nesta temporada antes de se tornar agente livre irrestrito.

Lombardi marcou oito gols e fez 10 assistências em 62 jogos pelos Leafs na última temporada. Toronto adquiriu Lombardi, junto com Cody Franson, dos Nashville Predators no verão de 2011 em troca de Brett Lebda, Roberto Slaney e uma escolha condicional.

O jogador de 30 anos retorna aos Coyotes para uma segunda chance, tendo jogado no time por duas temporadas entre 2008 e 2010. Foi exatamente jogando em Phoenix que Lombardi registrou sua melhor pontuação na carreira, 53 pontos na temporada 2009-10.

Originalmente escolhido pelo Calgary Flames, na terceira rodada do draft de 2012. Em sua carreira na NHL, Lombardi marcou 97 gols e 157 assistências em 508 jogos defendendo os Flames, Coyotes, Predators e Maple Leafs.

Boa sorte ao Matthew Lombardi no retorno aos Coyotes.

Anúncios

20/03/2012 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 21 março 2012 1 comentário

Os Leafs voltaram de Boston com a derrota por 8 a 0 sobre os ombros, mas com a necessidade de se preparar para um jogo em casa contra os Islanders. Na tabela de classificação os Leafs possuem 72 pontos e os Islanders 69, empatados em último na conferência leste com os Habs!
Seria um jogo mais fácil já que os Islanders não estão bem classificados, e parecia assim até o terceiro período.
Apesar de jogar melhor, os Leafs não deram muitos chutes à gol durante toda a partida, totalizando somente 14. Mas isso não os impediu de abrir o placar com Phil Kessel aos 10m24s. Kessel passou por trás do gol de Evgeny Nabokov e se posicionou sem marcação, recebeu um passe de Tyler Bozak e desferiu um potente chute que recocheteou na câmera interna do gol e saiu! Os árbitros tiveram que rever a jogada para enfim dar o gol aos Leafs. Os Leafs jogavam bem, mas também tomavam alguns contra-ataques e foi num deles, aos 15m34s que os Islanders empataram. Numa troca de linha os Islanders partiram ao ataque e Jake Gardiner, achando que tinha alguém na cobertura, deixou John Tavares passar com o puck. Tavares deu um passe para Josh Bailey por sobre o taco de Luke Schenn e Bailey não desperdiçou, mandando pro fundo do gol de James Reimer.
No segundo período os Leafs também voltaram a passar a frente no placar com Matthew Lombardi que aos 4m12s venceu Nabokov num wrap-around mandando o puck por entre as pernas do goleiro. O restante do período viu os times batalhando pelo puck e buscando o gol, que veio para os Islanders aos 13m08s com D. Ullstrom, numa jogada bem parecida com a do primeiro gol dos Islanders. Novamente James Reimer não foi rápido o suficiente para se posicionar e defender o chute.
O terceiro período decorria como os dois anteriores, com as equipes disputando o puck e buscando definir a vitória e eu até achava que a partida iria para a prorrogação. Reimer chegou a fazer uma ótima defesa num puck que já estava atrás de sua perna, indo em direção ao gol! Mas a partir dos 13 minutos, os Islanders marcaram mais 3 gols, com Matt Moulson aos 13m56s, PA Parenteau num breakaway aos 15m43s vencendo Reimer facilmente e aos 18m25s quando Moulson marcou o seu segundo da noite com os Leafs sem goleiro, que foi substituído por um atacante adicional. Placar final: NY Islanders 5 x 2 Toronto Maple Leafs.
O time não jogou mal, mas sem uma consistência de James Reimer ou de Jonas Gustavsson, dica difícil sair com a vitória! Os dois primeiros gols dos Islanders, não foram totalmente indefensáveis! Reimer não conseguiu defendê-los, mas após o término do jogo, assisti um pouco da partida entre Calgary Flames e Colorado Avalanche e Varlamov fez defesas incríveis para manter a sua equipe (Avs) no jogo! Se Reimer ou Gustavsson tivessem recebido o mesmo chute, nesta má fase em que se encontram, os Leafs teriam tomado gols de seus adversários!
O que nos resta é vislumbrar o que Burke pode arquitetar para nos levar aos playoffs na próxima temporada, afinal o que necessitamos são apenas algumas peças para termos uma equipe consistente e produtiva! Eu diria que necessitamos de um goleiro mais experiente, como foi Giguere no ano passado, um central de primeira linha para jogar entre Kessel e Lupul e mais alguém para dar experiência ao jovem time dos Leafs, seja no ataque ou na defesa.
O que temos que fazer é parar de dar atenção à idéias como a de vender ou trocar Phil Kessel! Ele é nosso melhor atacante, está tendo seu melhor ano, tem apenas 24 anos, está entre os melhores atacantes e pontuadores da NHL e sem contar com um central à altura! Ele já demonstra o seu valor e ainda continuará assim por muitas temporadas!
Nosso próximo jogo será na sexta-feira, em New Jersey, contra os Devils de Martin Brodeur.
Go Leafs Goooo Sempre!
Não consigo torcer para os Leafs perderem!

15/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 16 março 2012 Deixe um comentário

Ontem os Leafs parecem ter recobrado o espírito de equipe e as habilidades de seus jogadores! Foram até Tampa para enfrentar o Tampa Bay Lightning! Este foi o primeiro jogo de Keith Aulie contra os Leafs e de Carter Ashton contra os Lightning.
No gol dos Leafs permaneceu James Reimer! Creio que Carlyle está analisando os goleiros dos Leafs para decidir quem é o número 1!
O jogo foi bem disputado e ambas equipes se utilizaram de muito jogo físico no rink! Os Leafs levaram a melhor e abriram o placar aos logo aos 1m09s de jogo em uma jogada onde os jogadores dos Leafs trocaram passes na zona de defesa dos Lightning e John-Michael Liles chutou sem marcação bem em frente ao gol de Dustin Tokarski enquanto o time estava em powerplay!
No segundo período os Leafs aumentaram a vantagem quando Joey Crabb recebeu um ótimo passe de Matthew Lombardi aos 03m27s e não desperdiçou! O terceiro gol dos Leafs foi uma bela jogada de Jake Gardiner aos 12m28s que, após receber o puck de Matthew Lombardi, fez tabela com a borda e partiu para o ataque, fez um movimento de chute, mas controlou o puck tirando o defensor e batendo forte!
A vitória estava praticamente garantida, mas os Lightning voltaram para o último período com vontade de estragar a festa dos Leafs. Steven Stamkos foi muito bem marcado e anulado, mas mesmo assim conseguiu “cavar” algumas penalidades e, consequentemente, powerplays para os Lightning! Como ofensivamente Stamkos não conseguiu muita coisa, resolveu apelar para tentar desestabilizar os jogadores dos Leafs, em especial Dion Phaneuf. Stamkos deu um slashing (tacada) nas pernas de Phaneuf, que não foi vista pelos juízes. Depois deu um forte tranco em Matt Frattin atrás do gol dos Leafs. Phaneuf foi tirar satisfação e Stamkos partiu pra cima dele, sendo separado pelos juízes. Mais para o final do período, Phaneuf deu um tranco normal em Martin St Louis e, mais uma vez, lá vem Stamkos. Phaneuf nem chegou a tirar as luvas para brigar, mas os dois foram ao chão sendo separados pelos juízes!
Quando tudo estava bem e faltavam apenas 26 segundos de partida para garantir o shutout de Reimer, Martin St Louis chutou de bate-pronto (One-timer) e o puck passou abaixo a luva de Reimer!
Nesta partida os Leafs jogaram como estavam jogando até o mês de janeiro, quando a presença nos playoffs estava praticamente garantida, se a equipe mantivesse essa qualidade!

Go Leafs Gooo sempre!!!

Artigos relacionados

15/02/2012 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

quinta-feira, 16 fevereiro 2012 2 comentários

Depois da derrota por 5-1 para o Calgary Flames, os Maple Leafs foram até Edmonton, enfrentar o outro time de Alberta, os Oilers. Os Leafs ainda brigam por uma vaga na Pós-Temporada (Playoffs), já os Oilers figuram na parte de baixo da tabela. Jonas “O Monstro” Gustavsson, que jogou contra os Flames, cedeu lugar para James Reimer.

Diferentemente das últimas partidas, os Leafs não demoraram para pontuar: aos 40 segundos Joffrey Lupul abriu o placar, e Matthew Lombardi aumentou um minuto depois. A resposta dos Oilers veio um minuto após tomar o segundo gol, com Ben Eager. O período terminou em 2-1 a favor dos Leafs, com 14 chutes para Toronto contra 10 de Edmonton.

Os Oilers começaram o segundo tempo num ritmo muito forte e dominando os Leafs. Edmonton conseguiu o empate com Taylor Hall aos 8:15. O período seguiu empatado e com os Oilers melhores no gelo, chutando 12 vezes contra apenas 3 dos Leafs. Vale destacar que, mesmo estando bem longe de Toronto, deu pra ouvir uns gritos de incentivo de “Go Leafs Go!” algumas vezes.

Os Maple Leafs acordaram no terceiro período e voltaram à liderança com um gol de Jake Gardiner em vantagem-numérica (powerplay) aos 6:46. Os Leafs chegaram a ficar novamente em vantagem-numérica aos 10 minutos, mas Lupul foi para a penalty box por enganchar (hooking), levando o jogo para o 4-contra-4 e, posteriormente, dando uma vantagem-numérica de 1 minuto para os Oilers. Depois da vantagem-numérica, Edmonton manteve a pressão e buscou novamente o empate, desta vez com Jordan Eberle faltando menos de cinco minutos para o fim do jogo. Nos dois minutos finais, os Oilers tiveram outra powerplay, mas não conseguiram converter e a partida foi para o tempo-extra (overtime).

Os Oilers começaram atacando no tempo-extra, mas na resposta dos Leafs saiu o gol final: Lupul passa na medida para Tim Connolly por pra dentro do gol e fechar o placar em 4-3 para Toronto.

Depois dessa suada vitória, os Leafs enfrentam outro canadense: o Vancouver Canucks, o terceiro melhor colocado na Liga no momento, e, ainda por cima, na casa deles. É pedreira, mas não pode abaixar a cabeça!

Go Leafs Go!

23/01/2012 – New York islanders @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 24 janeiro 2012 3 comentários

Vindos de uma derrota para os rivais do Montréal Canadiens no sábado, o Toronto Maple Leafs recebeu o New York Islanders no Air Canada Centre para o primeiro dos dois jogos seguidos entre os dois clubes.

Os Leafs abriram o placar com apenas 1:37 de jogo, com um gol de Matthew Lombardi. Com a vantagem no placar, o ritmo do jogo passou a ser ditado por Toronto, deixando os Isles no contra-ataque. Os Maple Leafs tiveram 16 chutes no período (sendo 6 numa vantagem-numérica (powerplay) aos 13:26) enquanto que os Islanders chutaram contra a meta de Jonas Gustavsson apenas 5 vezes.

O segundo período foi bem menos intenso e mais equilibrado que o primeiro. Os dois times tiveram boas chances, mas “O Monstro” Jonas Gustavsson e Evgeni Nabokov mantiveram o placar de 1-0 a favor dos Leafs. Os Maple Leafs chutaram 8 vezes, contra 6 dos Islanders.

Os Leafs começaram o terceiro período de maneira lenta, deixando os Isles tomarem conta da situação e pressionarem mais. Gustavsson se manteve firme no gol e os Leafs aumentaram a vantagem num gol de contra-ataque de Phil Kessel, assistido por Joffrey Lupul e Carl Gunnarsson. A linha Kessel-Bozak-Lupul, que esteve meio apagada durante o começo da partida, passou a dar mais trabalho aos adversário após o gol.
Em outro contra-ataque, dessa vez liderado por Mikhail Grabovski, os Leafs deixaram o placar em 3-0, com Lombardi fazendo seu segundo no jogo, aos 16:21. Um minuto após o terceiro gol, os Leafs tiveram outra vantagem-numérica, também não convertida, mesmo após boas chances de gol e a partida terminou em 3-0 para os Leafs.

O New York Islanders receberá o Toronto Maple Leafs no Nassau Veterans Memorial Coliseum, em Long Island, amanhã.

21/01/2012 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

domingo, 22 janeiro 2012 1 comentário

Sábado é dia de Hockey Night in Canada e nesta edição os Leafs receberam os Habs (Montreal Canadiens). Vindos de uma vitória onde o time jogou muito bem contra o Minnesota Wild, os Leafs enfrentariam um time que não tem conseguido se acertar dentro do gelo. O time trocou de técnico recentemente e algumas de suas estrelas não vêem jogando muito bem, como é o caso de Scott Gomez, que não marcou gols nesta temporada.

O jogo começou bem e os Leafs estavam melhores que os Habs, controlando mais a partida e exigindo defesas mais difíceis de Carey Price, mas quem marcou primeiro foi Rene Bourque aos 18m26s, numa jogada em que o puck foi chutado para fora do gol dos Leafs, bateu na parede e retornou para a frente do gol, onde Bourque aproveitou a oportunidade. Os Leafs conseguiram reagir em menos de 30 segundos. Aos 18m55s, Matthew Lombardi recebe um passe primoroso de Tyler Bozak que, ainda na zona defensiva dos Leafs, colocou Lombardi num belíssimo breakaway, que não foi desperdiçado. Lombardi marcou um belo gol!

O segundo período viu os Leafs pressionarem, mas Carey price salvava os Habs e nas oportunidades dos Habs, Gustavsson era quem salvava, incluindo algumas vezes em que os Habs conseguiam partir em contra ataques em breakaway. O placar não foi alterado.

No terceiro período, o período decisivo, os Leafs bobearam e deixaram os Habs tomarem a frente novamente. Aos 03m29s, Raphael Diaz marcou o segundo gol dos Habs. Com bastante tempo no cronômetro, os Leafs partiram atrás do prejuízo, mas eram parados por Carey Price e, aos 11m25s, Lars Eller, marca o terceiro dos Habs, novamente de um ângulo muito fechado. Neste gol, Gustavsson chegou a reclamar com os juízes, pois achou que houve interferência do ataque dos Habs, onde o atacante empurrou um defensor dos Leafs que colidiu com Gustavsson um pouco antes de Eller desferir o chute ao gol.

Foi uma derrota em que os Leafs não conseguiram resolver Carey Price. Os Leafs chutaram mais ao gol, mas não conseguiram marcar mais gols …

Segunda e terça teremos jogos de ida e volta contra os Islanders. Está chegando a hora de não desperdiçarmos jogos! GO Leafs GO

30/10/2011 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

segunda-feira, 31 outubro 2011 2 comentários

Após o disputado jogo contra os Penguins no sábado, os Leafs foram à Ottawa para mais uma Batalha de Ontario.

Como era de se esperar, os Leafs demonstraram um certo cansaço e não conseguiram ter a mesma performance que tiveram na noite anterior.

No primeiro período, quem abriu o placar foram os Leafs, numa jogada muito bem elaborada, com o puck sendo passado de jogador em jogador, envolvendo a defesa dos Senators para um gol de Clarke MacArthur! Belo gol dos Leafs que estavam melhor que os Senators, até que aos 11m20s Colin Greening recebeu um belo passe de Rundblad, entre Phaneuf e Schenn, e partiu sozinho para cima de Gustavsson, que não conseguiu defender o chute que bateu na trave e foi para dentro do gol dos Leafs, empatando a partida.

Os times voltaram para o segundo período e os Leafs ficaram durante os 20 minutos, totalmente perdidos, deixando as melhores jogadas para os Senators, até que, aos 07m59s, Chris Neil marca o único gol do período, deixando o time da casa à frente!

Veio então o terceiro período e os Leafs tentaram acordar, mas numa jogada em que Matthew Lombardi, visivelmente cansado, perdeu o puck na zona neutra, Kaspars Daugavins, aos 07m08s, chutou de longe e Gustavsson não conseguiu defender o puck que entrou no canto do gol, entre ele e a trave! Os Leafs estavam mais combativos e partiram pra cima dos Senators, tentando diminuir a diferença e, novamente ele, Clarke MacArthur, marcou o segundo gol dos Leafs aos 09m07s. Até o final da partida os Leafs tentaram empatar, mas os Senators e seu goleiro Robin Lehner, deram sorte em diversas oportunidades e o puck não entrou!

Mais uma vez chamo a atenção para o Monster, que teve mais uma bela partida e defendeu o gol dos Leafs de várias tentativas do time de Ottawa!

Go Leafs Go!!!

%d blogueiros gostam disto: