Arquivo

Posts Tagged ‘PA Parenteau’

06/01/2015 – Toronto Maple Leafs @ Anahein Ducks

quinta-feira, 07 janeiro 2016 Deixe um comentário

Continuando com a boa fase os Leafs foram até o Honda Center em Anahein, enfrentar o Anahein Ducks.

Mais uma vez Jonathan Bernier demonstrou que conseguiu recuperar sua confiança e fez uma ótima partida, com um total de 39 defesas.

Os Ducks, jogando em casa, tiveram um ótimo primeiro período, onde deram 18 chutes ao gol de Bernier, sofrendo apenas 8 chutes ao gol de John Gibson, mas foram os Leafs que conseguiram abrir o placar com um gol de PA Parenteau aos 08m54s. 

O segundo período parece ter sido o divisor de águas, pois os Leafs melhoraram muito! Isso foi notado e comentado pelo técnico dos Ducks, Bruce Boudreau. Aos 07m38s, PA Parenteau marca seu segundo gol da noite. Nazem Kadri ainda marcou o terceiro dos Leafs aos 12m35s, recebendo um passe de Leo Komarov. Aliás, Leo Komarov será o único jogador do Toronto Maple Leafs a participar do NHL All Star Game no final de janeiro! Parabéns Leo! 

O terceiro período vou o goleiro John Gibson deixar o gelo sentindo uma contusão após uma colisão com Nazem Kadri, logo no início do período. Para substituí-lo entrou Frederick Andersen, que acabou sofrendo um gol de Brad Boyes aos 02m47s! Resultado final, Leafs 4 X Ducks 0. 

Foi o segundo shutout de Jonathan Bernier na temporada e a sétima vitória dos Leafs em oito jogos! 

Olha os Leafs aí geeeeente! O time vem melhorando a caminho da reta final da temporada! Quem sabe não conseguimos brigar por uma vaga nos playoffs já nesta temporada!! 

Go Leafs Goooo

30/12/2015 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

terça-feira, 05 janeiro 2016 Deixe um comentário

Apesar da derrota em casa frente o New York Islanders onde Bernier sofreu com o ataque do time dos Isles, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo na noite seguinte, em Pittsburgh, contra os Penguins. 

Quem deveria estar no gol dos Leafs era James Reimer, mas ele sentiu uma lesão e acabou ficando de fora, exigindo a chamada de Antoine Bibeau para ser o backup de Bernier por uma noites mais. 

Bernier teve uma excelente partida e fez muitas defesas decisivas. Os Leafs abriram o placar aos 03m51s, com Dion Phaneuf chutando forte, com Michael Grabner atrapalhando a visão de Matthew Murray, goleiro dos Penguins. Num powerplay aos 05m25s, os Pens empataram com um gol de Chris Kunitz. 

Os Leafs voltaram a liderar o placar durante o segundo período com um gol de Jake Gardiner aos 01m13s, e não conseguiram continuar pressionando Murray e os Pens, que deram 20 chutes a gol no período, contra 10 dos Leafs. Bernier foi excepcional com as 19 defesas que realizou, mantendo os Leafs empatados, após o gol de Sidney Crosby aos 04m45s, para o último período.

O jogo acabou sendo decidido nas cobranças de pênaltis, Shootout, onde Bernier conseguiu uma defesa em dois chutes e Murray, somente uma nas três tentativas dos Leafs. Marcaram gols David Perron pelos Penguins e Peter Holland e PA Parenteau pelos Leafs. Leia Kunitz e Sidney Crosby tiveram suas chances negadas por Bernier. 

Foi uma boa vitória no último jogado ano para os Leafs é uma ótima partida pra Bernier ganhar a confiança que ele precisa!

Go Leafs Gooooo

17/11/2015 – Colorado Avalanche @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 18 novembro 2015 Deixe um comentário

De volta a Toronto os Leafs receberam a visita do Colorado Avalanche e tiveram um de seus melhores jogos da temporada!

De volta ao gol do Toronto Maple Leafs, James Reimer jogou mais uma vez muito bem e com confiança! Parece que, por enquanto, Reimer conquistou a posição de goleiro titular da equipe. A Jonathan Bernier sobrou a opção de aguardar por nova chance para tentar ter uma boa performance no gol. 

Neste jogo os Leafs praticamente não deram chances ao Colorado Avalanche. Aos 03m21s do primeiro período, Nathan McKinnon perde o puck na zona neutra para Shawn Matthias, que passa para Leo Komarov, que chutou forte e certeiro no ângulo mais distante do gol de Reto Berra, abrindo o placar e marcando um gol shorthanded para os Leafs (os Avs estavam em vantagem numérica – powerplay). Ainda no primeiro período, PA Parenteau marcou o segundo dos Leafs, desta vem em powerplay, após uma bela troca de passes do ataque dos Leafs, aos 18m37s.

Veio o segundo período e foi a vez de Tuler Bozak ampliar a liderança para os Leafs em mais um gol no powerplay aos 10m12s. Somente aos 12m04s, Erik Johnson marca para os Avs, num chute da linha azul que no meio do tráfego de jogadores, Reimer não conseguiu ver direito.

Ainda em vantagem no placar, o terceiro período serviu para definir a partida com mais dois gols em powerplay. O segundo gol da noite para PA Parenteau aos 11m21s e o último aos 15m59s, marcado por James Van Riemsdyk.

Ao final o placar ficou em Leafs 5, Avs 1, com todos os gols dos Leafs sendo marcado pelos chamados times especiais (powerplay ou penalty killing). Leo Komarov e PA Parenteau chegaram aos seis gols na temporada e James Reimer chegou à sua sexta vitória. A equipe parece estar ganhando conjunto e jogando cada vez melhor! Com certeza influência de Mike Babcock e de seus coordenadores técnicos que vêem fazendo um ótimo trabalho!

Go Leafs Gooooo

14/11/2015 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 16 novembro 2015 2 comentários

O Toronto Maple Leafs parece ter encontrado o caminho da vitória! No sábado, 14/11/2015, receberam a visita do Vancouver Canucks e venceram pelo terceiro jogo seguido! 

James Reimer continua com uma boa performance no gol dos Leafs e foi mantido para essa partida.

Os Leafs abriram o placar com um gol de James Van Riemsdyk aos 08m23s do primeiro período e PA Parenteau aumentou a vantagem aos 08m51s do segundo período. Os Leafs pareciam controlar a partida, mas Michael Grabner teve a chance de marcar o terceiro gol dos Leafs num penalty show, mas Ryan Miller defendeu e deu uma motivação à equipe de Vancouver. Aos 16m33s, Jannik Hansen marca o primeiro gol do time visitante.

No terceiro período vimos as duas equipes não se renderem. Shawn Matthias marcou o seu primeiro gol na sua ex-equipe aos 01m49s e disse que a sensação é muito boa!  Jannik Hansen chegou a marcar um gol próximo dos 04m30s que acabou sendo anulado após revisão por vídeo. O jogador acabou por fazer um movimento de chute ao desvia o puck para o gol com a lâmina dos patins. Num powerplay para os Canucks, aos 10m36s, Alexander Burrows marcou o segundo dos Canucks. Foi a vez então de Joffrey Lupul marcar aos 16m13s, numa jogada em que Mikker fez duas ótimas defesas, mas não conseguiu segurar o puck. Um jogador dos Leafs acabou sendo empurrado para o crease de Miller, atrapalhando o goleiro, mas após a decisão por vídeo o gol foi validado. Faltando apenas 2 segundos para o término do jogo os Canucks marcaram mais um gol, que após revisão também veio a ser anulado pois a equipe havia ido ao ataque com um jogador impedido. Dessa forma os Leafs chegaram a sua terceira vitória seguida e agora possuem cinco na temporada! 

Parece que a equipe está entrando nos eixos!

Go Leafs Go

21/10/2015 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres

sexta-feira, 23 outubro 2015 Deixe um comentário

Para este jogo Mike Babcock escolheu Jonathan Bernier como goleiro e parece que a escolha deu resultados, pelo menos até faltar 04m29s para o término da partida.

Os Leafs começaram bem, pressionando os Sabres em casa, e chegaram ao primeiro gol aos 01m28s do primeiro período, com PA Parenteau desviando o puck para o gol de Chad Johnson. O jogo continuou bem para os Leafs, apesar de deixarem os Sabres chutarem mais ao gol de Bernier.

Bernier foi muito seguro na partida e fez ótimas defesas! Infelizmente os Leafs não conseguiram mais marcar gols em Chad Johnson e, aos 15m31s do terceiro período, Nazem Kadri comete um erro na zona neutra e da aos Sabres uma chance de contra-ataque, que Evander Kane não desperdiçou, chutando em Bernier com dois jogadores dos Leafs encobrindo o chute, o que diminui a visão do goleiro. Foi o gol de empate e o primeiro de Evander Kane pelos Sabres, além de ser o seu gol de número 110 na NHL.

Com o jogo empatado, tivemos a prorrogação em 3 contra 3, que quase teve um gol dos Leafs faltando segundos para terminar e que, sem gols, nos levou à decisão por pênaltis, algo muito discutido até mesmo entre torcedores. Muitos não gostam dessa decisão e outros, como eu, acham legal por ser uma disputa entre os atacantes e os goleiros. Os Leafs começaram bem, mais uma vez com Pierre-Alexandre Parenteau e abriram o placar logo na primeira rodada dos penaltis. Bernier defendeu os Sabres. Mas Joffrey Lupul e Nazem Kadri não marcaram e Tyler Ennis marcou na segunda rodada. A disputa foi até a quinta rodada sem mais gols, até que Matt Moulson marca para os Sabres e Brad Boyes perde sua chance de empatar.

É a segunda derrota dos Leafs na decisão de pênaltis, e da mesma forma, iniciaram com um gol de PA Parenteau e depois não conseguiram mais nada, deixando o time adversário vencer. Com certeza Mike Babcock e seus assistentes devem treinar mais os atacantes em situacaoes de decisão nos pênaltis.

O próximo jogo será no sábado em Montreal (Bell Centre) contra os Canadiens, que jogam na sexta contra os Sabres, ou seja, contra um ótimo time, mas cansado por jogar na noite anterior, vamos ver como os Leafs usam esta vantagem!

Go Leafs Go! 

%d blogueiros gostam disto: