Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Darryl Boyce’

Darryl Boyce é selecionado pelo Columbus Blue Jackets

sábado, 25 fevereiro 2012 Deixe um comentário

E começaram as mudanças no elenco dos Leafs.

Ainda não sabemos se haverá alguma contratação, quem estará envolvido e com quem será feita, mas o elenco dos Leafs já começou a mudar. Ontem os Leafs colocaram Jay Rosehill e Darryl Boyce na lista de waivers e, caso ninguém os selecionasse, ambos iriam para o Toronto Marlies. Bom … Rosehill foi para os Marlies, mas Boyce acabou sendo selecionado pelo Columbus Blue Jackets.

Adeus Boyce! Que você consiga uma melhor chance de demonstrar o seu valor em um time que está se reestruturando, inclusive vendendo jogadores como Jeff Carter que foi para o Los Angeles Kings e com Rick Nash recebendo propostas! Bos sorte para você.

Para ajudar os Leafs, Matt Frattin foi convocado junto aos Marlies. Frattin deve trazer velocidade à equipe.

GO Leafs GO

Anúncios

03/01/2012 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 05 janeiro 2012 2 comentários

Finalmente 2011 acabou e, quem sabe a sequência de má fase dos Leafs também! Como primeira partida de 2012, os Leafs receberam a visita do Tampa Bay Lightning, de Vincent Lecavalier, Steven Stamkos e Martin St. Louis.

A partida mal começou, os Leafs, incluindo o goleiro Jonas Gustavsson, mal se esquentaram e Vincent Lecavalier marca o primeiro gol aos 58s. Isso seria um indicativo de que seria um jogo difícil para os Leafs, mas a resposta e reação vieram bem rápido desta vez. Aos 3m25s Joffrey Lupul empata para o  time da casa, deixando o Air Canada Centre mais aliviado. Aos 8m46s foi a vez de Carl Gunnarsson marcar o seu segundo gol da temporada, num chute de longa distância que Mathieu Garon não conseguiu defender. Este período teve 13 chutes à gol dos Leafs, contra 11 dos Lightning.

No segundo período os Leafs voltaram ainda melhor, mostrando vontade de vencer, disputando os pucks, distribuindo checks nos adversários, tanto na defesa quanto no ataque, porém foi Steven Stamkos que conseguiu o primeiro gol do período, empatando a partida em 2 a 2, aos 11m55s. Foi então que, em menos de 2 minutos, as equipes trocaram gols seguidos. Os Leafs voltaram a ficar na frente com  um gol de Mikhail Grabovski aos 12m28s. Os Lightning voltou a empatar com Pavel Kubina aos 13m26s e, aos 13m43s Darryl Boyce marca o gol, que viria a ser o gol da vitória (Game Winning Goal), colocando os Leafs novamente à frente no placar. Este período viu os Leafs darem 16 chutes à gol, sendo que após o gol de Boyce, Mathieu Garon foi substituído por Dwayne Roloson, o goleiro veterano dos Lightning. No finalzinho do período Matt Frattin, aniversariante do dia, marcou aos 19m22s, dando tranquilidade ao time dos Leafs.

O terceiro período somente ajudou a aumentar a segurança da vitória, com gols de Dion Phaneuf logo aos 1m23s, em powerplay e um gol de Phil Kessel, aos 12m28s, também em powerplay. Placar final Lightning 3 x 7 Leafs, com Joffrey lupul sendo o melhor jogador, marcando 4 pontos (1 gol e 3 assistências).

Parece que a mudança de ano mexeu com os jogadores dos Leafs e a conversa que Ron Wilson e seu staff técnico teve com os jogadores surtiu efeito. Os Leafs que sempre sofriam gols enquanto em desvantagem numérica, sendo o pior time da NHL em porcentagem de Penalty Killing, não sofreram nenhum gol nas 9 vezes em que o time se viu com menos jogadores que os Lightning na partida. Houve até mesmo um momento em que os Leafs ficaram por mais de 1 minuto com apenas 3 jogadores contra 5 dos Lightning e conseguiram se defender!

Que esse jogo tenha sido o começo de boas apresentações e performance da equipe, rumo à reta final de classificação aos playoffs!

GO Leafs GO!!!

Leafs definem o elenco para o início da temporada!

terça-feira, 04 outubro 2011 Deixe um comentário
Toronto Maple Leafs

Image via Wikipedia

Jake Gardiner está dentro. Keith Aulie está fora.

Este é somente uma parte do processo de “cortes” realizados pelos Leafs para reduzir o elenco ao total de 24 jogadores, incluindo jogadores contundidos e suspensos.

O fato de Gardiner estar no time não é uma notícia tão surpreendente. Ele foi provavelmente o melhor defensor da pré-temporada e sua presença, assim como a de John-Michael Liles, sinaliza uma defesa mais agressiva e com mais mobilidade.

Os Leafs necessitavam balancear o tamanho de sua linha de defesa, que em sua maioria era muito truculenta. Podemos considerar o seguinte: o Capitão Dion Phaneuf, com seu tamanho, joga muito físicamente e Mike Komisarek chegou ao training camp após perder pelo menos 9 quilos. A aquisição da pós-temporada, Cody Franson tem 1,90 m e ainda pode ficar mais forte com os treinamentos dos Leafs.

Já Gardiner joga num estilo mais ofensivo com sua ótima patinação que o ajuda a diminuir o risco proveniente da falta de experiência. Ele enxerga o gelo como ninguém e maneja o stick com muita habilidade. Com tudo isso, Gardiner não deixou outra escolha aos Leafs.

O maior derrotado, pelo menos no curto período, é Aulie que jogou 40 jogos, quase que exclusivamente com Phaneuf e marcou duas vezes, finalizando a temporada com o rating -1.

Os Leafs colocaram os atacantes Joey Crabb, Darryl Boyce e o defensor Matt Lashoff na lista waivers. Se nenhum time convocá-los, os três retornarão ao Toronto Marlies.

Esta não é uma aposta segura. Lashoff é um defensor razoável e que pode vir a ser chamado para a NHL em caso de contusões e Boyce e Crabb são jogadores incansáveis, forçados a ficar de fora do elenco, em parte pela presença de  Colton Orr e Jay Rosehill.

Os Leafs ainda ficarão sem os atacantes Clarke MacArthur, suspenso nos dois primeiros jogos da temporada regular, e Nazem Kadri, fora até o meio de outubro devido a uma contusão no joelho esquerdo. Até que o novato Matt Frattin “tropece”, Rosehill ou Orr podem ser enviados aos Marlies quando MacArthur e Kadri retornarem.

Frattin esteve entre os melhores atacantes na pré-temporada. Ele marcou dois gols, foi responsável defensivamente e mostrou que pode jogar em ambos times especiais (powerplay e penalty kill).

Abaixo está o elenco:

Atacantes: Colby Armstrong, Tyler Bozak, Mike Brown, Tim Connolly, Philippe Dupuis, Matt Frattin, Mikhail Grabovski, Phil Kessel, Nikolai Kulemin, Matthew Lombardi, Joffrey LupulColton Orr, Jay Rosehill

Contundido: Nazem Kadri.
Suspenso: Clarke MacArthur.

Defensores:  Cody Franson, Jake Gardiner, Carl Gunnarsson, Mike Komisarek, John-Michael Liles, Dion Phaneuf, Luke Schenn

Goleiros: Jonas Gustavsson, James Reimer

Os Leafs possuem dois novatos em Frattin e Gardiner e dois novos defensores em Franson e Liles.

Cinco questões serão respondidas quando os Leafs abrirem a temporada contra os Canadiens na quinta-feira no Air Canada Centre.

1. James Reimer está pronto para ser o titular após uma temporada em que ele “apareceu” de forma excepcional, desbancando Giguere e o Monstro? Os números de Reimer na pré-temporada não são nada impressionantes: média de 3,29 gols sofridos por partida e percentual de 88% de defesas.

2. A linha composta por Tim Connolly, Joffrey Lupul ePhil Kessel produziu somente um gol na pré-temporada e Connolly está contundido podendo ficar de fora do jogo de abertura.

3. Que impacto terá a saída de Aulie no jogo de Dion Phaneuf?  O jogo de Phaneuf melhorou muito depois de ser colocado com Aulie como parceiro na defesa dos Leafs.

4. Gardiner manterá seu excelente nível de jogo agora que são jogos “pra valer”?

5. Orr, que perdeu boa parte da última temporada devido a uma concussão, continua sendo um bom “lutador” após esta contusão? E, um lutador ainda é necessário num time que tem Rosehill e Mike Brown?

Fonte: Toronto Sun

Leafs contratam Darryl Boyce por um ano

quinta-feira, 14 julho 2011 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs fechou contrato o center Darryl Boyce por mais um ano.

Boyce marcou cinco gols e oito assistências em 46 jogos com os Maple Leafs na temporada 2010-11, atuando quase sempre na quarta linha.

O center conseguiu ser “promovido” aos Leafs após atuar nas três últimas temporadas com o Toronto Marlies, afiliado dos Leafs na AHL.

Originalmente contratado como um free agent pelos Leafs em 2008, Boyce competirá por uma vaga na quarta linha dos Leafs com os recém contratados Mike Zigomanis e Philippe Dupuis. Em 169 jogos com os Marlies, Boyce marcou 28 gols e 53 assistências, além de 298 minutos de penalidades.

Boyce está vindo de um contrato com os Leafs, de dois anos, que rendeu um salário anual de $525,000.

Fonte (em inglês): http://www.tsn.ca/nhl

29/03/2011 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 30 março 2011 6 comentários

O Buffalo Sabres foi à Toronto, enfrentar os Leafs, tentando selar e enterrar as chances de classificação dos Leafs aos playoffs. Com 7 pontos à frente, poderiam abrir 9 de vantagem e, com apenas 5 jogos restantes para os Leafs após a partida, não haveria chances de os Leafs se recuperarem.

Os Leafs por sua vez jogam sua vida a cada partida, pois não podem mais se dar ao luxo de perderem. Cada jogo é decisivo. Cada jogo conta.

Mal o jogo começou e os Leafs, com apoio da torcida presente no Air Canada Centre com lotação máxima já foi pressionando os Sabres e,com apenas 01m34s de jogo, Dion Phaneuf abre o placar. O restante do período foi bem disputado até que, aos 18m46s, Darryl Boyce recebe um passe de Nazem Kadri e marca o segundo dos Leafs. Apenas um minuto depois, faltando 12 segundos para o final do primeiro período, Thomas Vanek consegue vencer James Reimer e deixa o placar em Sabres 1 x Leafs 2.

O segundo período foi o mais disputado e o decisivo. Os Leafs voltaram a pressionar os Sabres com um gol de Clarke MacArthur, com nova assistência de Nazem Kadri, aos 05m06s. Após este gol, os Leafs deram uma relaxada geral e deixaram os Sabres empatar a partida em 3 a 3 com gols de Jason Pominville aos 06m25 e Rob Niedermayer aos 06m55s. Aliás, o gol de Rob Niedermayer foi marcado numa falha terrível de Carl Gunnarsson, que numa jogada simples, acabou por perder o puck debaixo do próprio corpo e permitiu o chute à gol de Niedermayer.

Ainda bem que temos Mikhail Grabovski. Aos 13m35s Grabovski aproveita um passe de Phil Kessel e marca o gol da vitória dos Leafs.

Durante todo o terceiro período os times jogaram de igual para igual, porém no último minuto, os Leafs acabaram cedendo um powerplay para os Sabres e acabamos tendo os Sabres em Empty Net, com 6 jogadores no ataque, contra 4 dos Leafs (time de penalty kill), sufocando os Leafs, mas Reimer segurou as pontas e assegurou os dois pontos!

Voltamos a ficar a 5 pontos dos Sabres e, infelizmente, com a vitória no shootout dos Hurricanes, continuamos a dois pontos deles. Somente restam 5 jogos para os Leafs e temos que continuar fazendo a nossa parte, vencendo. O próximo desafio é na quinta-feira contra os Bruins, em Boston.

Para os Sabres, eles enfrentam hoje os Rangers, em Buffalo! Os Rangers estão em sétimo na conferência Leste e deve ser uma briga boa.

GO Leafs GO … até o final!!!!

 

16/03/2011 – Toronto Maple Leafs @ Carolina Hurricanes

quinta-feira, 17 março 2011 8 comentários

Os Maple Leafs estão meio para trás na corrida por uma vaga nos Playoffs, e para se manterem vivos na corrida, dependiam da vitória em cima do Carolina Hurricanes, um dos concorrentes diretos.

Nazem Kadri e Matt Lashoff, do Toronto Marlies, foram chamados para ir a Raleigh, na Carolina do Norte, defender o Toronto Maple Leafs.

O primeiro período começou melhor para os ‘Canes, que abriram o placar aos 12 minutos com Chad LaRose, em vantagem numérica (power play). O empate dos visitantes veio no final do período, com um gol do capitão Dion Phaneuf, também em vantagem-numérica. O novato goleiro, James Reimer, foi fundamental para manter o placar empatado (os Hurricanes tiveram 12 chutes, contra apenas 6 dos Leafs no período).

No segundo período, os Leafs conseguiram equilibrar a partida. Aos 10:51, Dion Phaneuf faz seu segundo na noite (em outra vantagem-numérica) e, dez segundos depois, Tyler Bozak vence Cam Ward e amplia a vantagem dos Leafs (com assistência de Phaneuf e Darryl Boyce).

Mike Komisarek se machucou e não voltou para o terceiro período, o que complicou o lado dos Leafs. Os ‘Canes se aproveitaram disso e foram com tudo na busca de um placar melhor, mas o jogo terminou em 3-1 a favor do Toronto. Os chutes no período ficaram em 15 para os ‘Canes e apenas 4 para os Leafs.

As três estrelas da partida foram:

3ª Estrela: Chard Larose (Carolina), 1 gol

2ª Estrela: James Reimer (Toronto), 36 defesas

1ª Estrela: Dion Phaneuf (Toronto), 2 gols e uma assistência

Amanhã os Leafs jogarão na Flórida, contra os Panthers e quem começa no gol e Jean-Sábastien Giguère e Brett Lebda entra no lugar de Mike Komisarek.

05/02/2011 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres

domingo, 06 fevereiro 2011 Deixe um comentário

Vindos de duas vitórias seguidas sobre os Panthers (Shootout) e Hurricanes (Shutout), os Leafs cruzaram a fronteira e foram até Buffalo, tentar obter sua terceira vitória seguida, mesmo apesar da nevasca que caiu em Buffalo na tarde de hoje!

Não sei o que aconteceu, mas os #Leafs não jogam nem perto do que jogaram na quinta-feira … o time está apático, cometendo muitos erros e o ataque mal aparece no jogo e, até mesmo com James Reimer no gol, o time não consegue um bom desempenho! O primeiro período viu o Buffalo dominando bem no começo do jogo, até os 10 minutos de partida, os Leafs deram somente 2 chutes à gol!!! Ao final do primeiro período o número de chutes fechou em 12 Sabres, 10 Leafs … e o placar em 2 Sabres, 0 Leafs!

Veio o segundo período e a esperança dos Leafs acordarem e diminuírem o placar … mas novamente acabamos assistindo o time de Buffalo aumentar a diferença para 4 a0 … Foi então que num powerplay, para os Sabres, Nikolai Kulemin anotou o primeiro dos Leafs e devolveu uma pontinha de esperança para a Leafs Nation … seria o momento do time acordar e retomar o nível de jogo de quinta-feira? A resposta é não … logo após o gol dos Leafs, os Sabres aumentaram para 5 a 1 … e terminou assim o segundo período.

No terceiro período, a história foi a mesma … os Leafs jogando mal … e agora com Giguere no gol! Quero aqui formalizar que a culpa pelo placar não foi de forma alguma do Reimer … a defesa não jogou nada hoje … Neste período, os torcedores ainda veriam os Leafs diminuírem com um gol de Francois Beauchemin e depois  Vanek marcar o gol de número 6 de sua equipe …

Placar final: Leafs 2 – Sabres 6.

Os Leafs cometeram penaltis demais … erros demais … enfim … não jogaram nada!!!

Só nos resta esperar pelos Thrashers que vão à Toronto na segunda-feira à noite!!!!

GO Leafs GOOOOOO

%d blogueiros gostam disto: