Arquivo

Posts Tagged ‘Los Angeles Kings’

11/12/2013 – Los Angeles Kings @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 12 dezembro 2013 Deixe um comentário

Após a derrota contra os Bruins, os Leafs ainda receberam uma notícia nada boa. O capitão da equipe e principal defensor, Dion Phaneuf, foi suspenso por dois jogos após dar um tranco (hit ou check) no jogador Kevan Miller dos Bruins, empurrando o jogador de cabeça contra as bordas. Miller saiu do gelo logo após este check e não retornou mais. Dion lamentou a jogada e a gerência dos Leafs afirmou não ver a jogada sob os mesmos ângulos do comitê disciplinar da NHL.20131211_Kings@Leafs_Banner

Sem Dion Phaneuf, os Leafs receberam o Los Angeles Kings que vinham de quatro vitórias seguidas, três delas com um goleiro novato, Martin Jones, que conseguiu dois shutouts consecutivos, o último na vitória de 6 a 0 contra os Canadiens. Como backup de Jones estava o ex-Leafs Ben Scrivens em seu primeiro retorno a Toronto.

Este foi o melhor jogo dos Leafs no ano. O time teve volume de jogo e venceu os Kings em número de chutes à gol em todos os períodos. Essa foi a primeira vez na temporada em que isso aconteceu e ao final os Leafs deram 39 chutes ao gol de Jones e receberam apenas 23 no gol de Jonathan Bernier, ex-goleiro dos Kings.

20131211_Kings@Leafs_ScoreNem mesmo essa diferença em chutes à gol deu a vitória aos Leafs! Os Kings ganharam um powerplay no primeiro período, quando Peter Holland segurou Viatcheslav Voynov. Neste powerplay, aos 10m30s, Drew Doughty chutou forte e, com jogadores à sua frente, Jonathan Bernier não teve uma visão clara do puck, para defendê-lo.

Os Leafs somente chegaram ao empate num powerplay em 5 contra 3, aos 14m30s do segundo período, numa jogada em que Phil Kessel fingiu chutar, o que deixou o goleiro Martin Jones paralisado para efetuar a defesa, e passou para Cody Franson que afirmou ter o gol para marcar. Com o jogo empatado, os Leafs começaram a pressionar e eram parados por Jones!

No terceiro período os Leafs deram 18 chutes à gol contra apenas 7 dos Kings, mas quem marcou, por duas vezes, foram os Kings. Aos 09m40s, Jeff Carter colocou o time visitante à frente num contra-ataque em 2 contra 1, após Paul Ranger avançar demais tentando recuperar o puck, o que deixou Mark Fraser sozinho contra dois atacantes dos Kings. Aos 18m01s os Leafs ainda veriam a vantagem dos Kings ainda maior com um gol de Kyle Clifford.

Apesar do retorno de Joffrey Lupul, e do ótimo volume de jogo, os Leafs não saíram com a vitória, mas esportes são assim mesmo, as vezes não é o melhor em campo, quadra, gelo, que recebe os frutos da aplicação tática e melhor nível de jogo.

Nosso próximo jogo será hoje, em St. Louis, contra o St. Louis Blues.

Go Leafs Go!!

P.S.: o canal HBO americano está filmando e acompanhando os Leafs e os Red Wings a caminho do Winter Classic, a ser jogado em Michigan em primeiro de janeiro. Os Leafs precisam começar a vencer e reagir, senão só teremos derrotas nos quatro episódios do programa chamado HBO 24/7. O primeiro episódio será transmitido neste sábado pela HBO e Rogers Sportsnet para os Estados Unidos e Canadá, respectivamente.

Jonathan Bernier apresentou seus novos equipamentos

quinta-feira, 22 agosto 2013 Deixe um comentário

De acordo com a revista inGoal Magazine, especializada em matérias sobre goleiros de hóquei no gelo, o mais novo goleiro dos Leafs, Jonathan Bernier, adquirido em troca com o Los Angeles Kings, apresentou seus novos equipamentos com as cores do Toronto Maple Leafs.

A máscara de goleiro, nas cores Azul e Branco, tem as folhas de Bordo (Maple) em estilo retrô nas laterais e, no topo, tem um rosto de um leão.

Seus pads (protetores das pernas) têm visual retrô.

20130822-232452.jpg

20130822-232524.jpg

20130822-232536.jpg

20130822-232550.jpg

20130822-232602.jpg

Que estes equipamentos tragam boa sorte a Bernier que disputará, a partir do mês que vem, a vaga de goleiro número um dos Leafs, com James Reimer, goleiro que levou os Leafs de volta aos playoffs! Vai ser uma ótima disputa!

Go Leafs Go!

Leafs negociam Frattin, Scrivens e escolha de segunda rodada por Jonathan Bernier

domingo, 23 junho 2013 Deixe um comentário

Dave Nonis, vice-presidente senior e gerente geral do Toronto Maple Leafs, anunciou hoje que o time negociou com os Los Angeles Kings para trazer à Toronto o goleiro Jonathan Bernier.

71/365 - Jonathan Bernier

71/365 – Jonathan Bernier (Photo credit: underactive)

Jonathan Bernier é um goleiro de 24 anos que foi escolhido na primeira rodada do draft de 2006, na décima primeira escolha geral, pelo Los Angeles Kings. Bernier é natural de Laval, Quebec e acabou ficando preso como backup de Jonathan Quick, sem muitas chances de demonstrar mais seu valor e ganhar mais tempo de jogo, já que Quick se formou como o goleiro número 1 da equipe.

Bernier é um ótimo goleiro e vai tirar James Reimer da zona de conforto, afinal com um outro goleiro de ótimo nível, você é obrigado a mostrar ainda mais seu valor e a elevar seus limites e qualidades, ao máximo.

Dave Nonis diz que, de forma alguma está jogando um balde de água fria em James Reimer, goleiro que levou os Leafs ao primeiro playoff em 9 anos, mas que acredita que o fato de ter dois ótimos goleiros, ajuda aos dois a ainda se tornarem melhores, na disputa pela vaga de titular.

Na troca os Leafs cederam Matt Frattin, um jovem atacante com futuro promissor, bom jogo físico e muita velocidade, Ben Scrivens, um jovem goleiro que mostrou seu valor quando necessitamos e que foi muito sólido em várias partidas pelos Leafs, além de uma escolha de segunda rodada em 2014 ou 2015.

Quero aqui agradecer a Matt Frattin e Ben Scrivens pelo tempo em que se dedicaram ao Toronto Maple Leafs e desejar muito boa sorte a eles em sua nova equipe.

Seja bem vindo Jonathan Bernier! Esteja preparado para disputar posição com James Reimer!

Reimer, prepare-se pois Jonathan Bernier vem aos Leafs com muita vontade de mostrar as qualidades de um goleiro titular, depois de ficar sob a sombra de Jonathan Quick.

Dave Nonis parece estar bem ocupado e deve inclusive realizar novas mudanças na equipe, antes da abertura do mercado (free agency), no dia 5 de julho.

Darryl Boyce é selecionado pelo Columbus Blue Jackets

sábado, 25 fevereiro 2012 Deixe um comentário

E começaram as mudanças no elenco dos Leafs.

Ainda não sabemos se haverá alguma contratação, quem estará envolvido e com quem será feita, mas o elenco dos Leafs já começou a mudar. Ontem os Leafs colocaram Jay Rosehill e Darryl Boyce na lista de waivers e, caso ninguém os selecionasse, ambos iriam para o Toronto Marlies. Bom … Rosehill foi para os Marlies, mas Boyce acabou sendo selecionado pelo Columbus Blue Jackets.

Adeus Boyce! Que você consiga uma melhor chance de demonstrar o seu valor em um time que está se reestruturando, inclusive vendendo jogadores como Jeff Carter que foi para o Los Angeles Kings e com Rick Nash recebendo propostas! Bos sorte para você.

Para ajudar os Leafs, Matt Frattin foi convocado junto aos Marlies. Frattin deve trazer velocidade à equipe.

GO Leafs GO

19/12/2011 – Los Angeles Kings @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 20 dezembro 2011 Deixe um comentário

É pessoal, os Leafs vindos de uma derrota para os Canucks, receberam o Los Angeles Kings, também vindos de derrota, no Air Canada Centre.

O jogo começou bem para os Leafs, que por jogar em casa, tinham o apoio da torcida. Jonathan Quick efetuou belas defesas, assim como James Reimer. O primeiro gol saiu aos 07m54s, numa jogada totalmente atípica e até mesmo bizarra. O puck foi chutado por Drew Doughty, para que circulasse por trás do gol dos Leafs, junto à parede, e os jogadores dos Leafs buscaram posições para interceptar o puck antes de algum jogador dos Kings. O problema é que o chute de Doughty foi alto e, ao invés de acompanhar a parede, próximo ao gelo, o puck foi acompanhando o vidro e, numa saliência atrás do gol de Reimer, acabou sendo desviado para a frente do gol, onde Justin Williams estava. Justin não desperdiçou e, sem marcação, venceu Reimer. Ainda no primeiro período, aos 11m01s, John-Michael Liles recebeu um passe de Tyler Bozak e acertou um chute muito forte no ângulo do gol de Quick, empatando para os Leafs.

O segundo período foi o mais fraco para o time de Toronto, que somente deu 4 chutes à gol, contra 16 dos Kings. No primeiro período haviam sido 16 chutes para os Leafs e 15 para os Kings. E, como poderia ser previsto, com tanta diferença de chutes à gol, os Kings novamente tomaram a frente da partida com seu capitão Dustin Brown, num powerplay. Aliás o penalty killing dos Leafs é o pior da Liga e está matando somente a paciência dos torcedores. O segundo período terminou com o placar de 2 para o time visitante e somente 1 para o time da casa.

Veio o terceiro período e os Leafs ainda tinha total chance de buscar a vitória, e eles voltaram bem animados para isso! Disputavam todos os pucks e desferiam diversos checks. Logo aos 02m56s, os Leafs partem em contra-ataque e com 4 passes, Mikhail Grabovski passa para Matt Frattin, que avançou para o gol dos Kings com muita velocidade e bateu para o gol, sem qualquer chance para o goleiro Jonathan Quick. Era o gol de empate! Apesar de outras tantas tentativas, o placar não se alterou e partimos para a prorrogação, que também não teve gols e, terminamos por decidir a partida no shootout.

O primeiro a bater pelos Leafs foi Phil Kessel, que acabou acertando a trave do gol de Quick. Pelos Kings, o primeiro foi Jarret Stoll que chutou por sobre o gol de Reimer. A próxima tentativa dos Leafs ficou a cargo de Matt Frattin que já havia feito um gol em shootoutna temporada. Frattin chutou muito aberto e pra fora do gol. Chegou a vez de Anze Kopitar, e Reimer fez uma bela defesa, aguardando até o último instante para dar o bote. O último chutador dos Leafs foi Joffrey Lupul, que partiu para cima de Quick e foi desarmado com o stick do goleiro. Ficou no stick de Dustin Brown, o capitão dos Kings, obter a vitória no shootout e foi isso que ele fez, vencendo Reimer e dando os 2 pontos ao time de Los Angeles.

Os Leafs estão em plena queda e, no mês de Novembro somente conseguimos juntar em 8 jogos, apenas 6 pontos. Ron Wilson e o time dos Leafs precisam encontrar o caminho das vitórias novamente … e rápido, pois estamos em sétimo na conferência leste a apenas dois pontos do nono!!!!

Luz de alerta ligada!!!!

GO Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: