Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Jonathan Quick’

02/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 novembro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória contra o Anaheim Ducks, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Los Angeles Kings. 

Nosso primeiro período foi um desastre e podemos dizer que demos um tiro no próprio pé.   E não foi culpa do Curtis McElhinney. O time estava jogando bem, mas Jake Gardiner acabou por tropeçar e cair perdendo o controle do puck, oportunidade que os Kings não desperdiçaram. Michael Amadio abriu o placar com o seu primeiro gol na NHL aos 02m34s do primeiro período. Pouco depois, aos 04m58s, Mike Cammalleri marcou o segundo dos Kings num powerplay. O terceiro gol dos Kings veio num erro triplo de Nazem Kadri que por três vezes teve a oportunidade de limpar o puck da área defensiva dos Leafs, mas acabou perdendo o puck, que foi cruzado para Trevor Lewis marcar aos 19m24s. Foi um período para esquecer.

O segundo período viu Tyler Toffoli marcar duas vezes aumentando o placar para 5 a 0. Somente no final do período, Auston Matthews venceu Jonathan Quick num penalty shot aos 17m50s. Morgan Rielly também marcou, faltando apenas 1,5s para o fim do período, dando uma esperança para os Leafs no terceiro período. Quick ficou muito irritado e quase quebrou seu taco no travessão após o gol de Rielly! 

O problema é que o terceiro período só tinha 20 minutos e, todos os erros que os Leafs cometeram no primeiro período, não conseguiram ser remediados. Somente Connor Brown marcou aos 08m00s.

Durante o jogo, Auston Matthews teve outra oportunidade de marcar num penalty shot, mas acabou chutando acima do gol de Jonathan Quick. 

O próximo jogo será amanhã, em St. Louis!

Go Leafs Gooooo 

Anúncios

Los Angeles Kings @ Toronto Maple Leafs – 23/10/2017

terça-feira, 24 outubro 2017 Deixe um comentário

Ainda com a derrota contra os Senators na cabeça dos jogadores, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Los Angeles Kings, que pontuou em todos os jogos até aqui, ou seja, não tinham nenhuma derrota no tempo regular ainda. 

Os Kings são uma equipe experiente e não deixavam muitas chances para os Leafs no primeiro período. O número de chutes à gol foi de 17 a 10 em favor dos Kings, mas quem saiu do período com a liderança foram os Leafs. Matt Martin se posicionou em frente à Jonathan Quick e desviou um chute de Roman Polak, abrindo o placar. A jogada foi revista a pedido do técnico dos Kings, mas não houve interferência no goleiro e o gol foi validado. 

Tyler Bozak marcou o segundo dos Leafs aos 14m44s do segundo período, num powerplay.  Adrian Kempe diminuiu com um gol aos 15m42s. 

Quando tudo parecia tranquilo para os Leafs, após o terceiro gol, marcado por Patrick Marleau aos 02m54s do terceiro período, o quarto gol dele na temporada, os Leafs foram agraciados com um powerplay, mas Morgan Rielly, que estava na linha azul, não dominou o puck e Travis Lewis venceu Rielly na corrida e marcou o segundo dos Kings (shorthanded). Isso deu mais fôlego aos Kings, que pressionaram no final da partida em busca do empate, que os Leafs conseguiram segurar. 

Foi a sétima vitória dos Leafs em 9 jogos e a primeira derrota no tempo regular sofrida pelos Kings! 

Mitch Marner teve uma ótima partida, assim como William Nylander e Auston Matthews! Frederik Andersen fez excelentes defesas, nos mantendo vivos na partida! 

Os Leafs recebem o Carolina Hurricanes na quinta-feira em Toronto!

Go Leafs Gooooooo

07/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 08 janeiro 2016 Deixe um comentário

Sem muito tempo para descansar o Toronto Maple Leafs deixou Anahein após a vitória por shutout e já foi para Los Angeles, enfrentar os Kings na noite seguinte. É sempre difícil manter a performance jogando em noites consecutivas, mas até que os Leafs conseguiram em boa parte do jogo.

No gol estava James Reimer, retornando de contusão e sem jogar desde 3 de Dezembro. Pelo Los Angeles Kings, Jonathan Quick estava no gol, um dos melhores goleiros da liga, próximo de bater o recorde de número de vitórias por Shutouts, sem permitir sequer um gol ao time adversário, marcados por um goleiro americano. Quick tem 40 vitórias por shutout na carreira, com 41 já batera o recorde anterior.

Este jogo marcou também a volta de Jeff Carter nos Kings, que estava contundido, e a primeira partida de Vincent Lecavalier e Luke Schenn pelos Kings, após a troca realizada no dia anterior.

Lecavalier e Schenn jogaram bem e ajudaram os Kings a sair com uma vitória por um gol de diferença.

Os gols somente apareceram no terceiro período. Jake Muzzin recebeu um passe de Vincent Lecavalier e disparou pra o gol sem nenhum defensor para pressioná-lo, abrindo o placar aos 02m53s. O puck foi certeiro no ângulo esquerdo de Reimer. Aos 08m05s, Peter Holland perdeu o puck ainda na defesa e Marian Gaborik fez uma excelente jogada, passando pra Jeff Carter dentro do crease, que somente teve que desviar o puck para o gol. O mesmo Peter Holland acabou se redimindo e marcando o gol dos Leafs aos 10m05s, com um chute certeiro sobre o ombro direito de Jonathan Quick. Os minutos finais da partida foram dominados pelos Leafs, que retiraram James Reimer com mais de 2 minutos para o término, colocando no gelo um atacante a mais (Empty-Net). Os Leafs pressionaram muito e Nazem Kadri e Brad Boyes só não empataram a partida pois Jonathan Quick fez defesas espetaculares para manter a vitória dos Kings.

Perdemos a partida, mas demonstramos que temos qualidade e força para enfrentar qualquer equipe, mesmo em noites consecutivas! 

A próxima parada dos Leafs na Califórnia será no sábado, quando visitam o San José Sharks! 

Go Leafs Goooo

13/03/2014 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sábado, 15 março 2014 Deixe um comentário

A derrota para os Sharks por 6 a 2 não desanimou a equipe que descansou e foi enfrentar os Kings no Staples Center.

O jogo mal começou e logo aos 01m57s, Marian Gaborik, recém negociado com o New York Rangers, marca o seu primeiro gol com a camisa dos Kings! Aos 16m05s, num powerplay, Anze Kopitar marca o segundo dos Kings e a noite parecia que ia ser um pesadelo para os Leafs, mas um powerplay onde Phil Kessel sofreu hooking, deu aos Leafs a possibilidade de diminuir o placar. E foi o que aconteceu. Dion Phaneuf recebeu o puck em direção ao gol de Jonathan Quick e com muita habilidade marcou de backhand aos 18m13s.

Para o início do segundo período o goleiro dos Leafs, Jonathan Bernier, que estava jogando a sua primeira partida contra sua ex-equipe, foi retirado devido a uma contusão e deu lugar a James Reimer.

Quase os Leafs ficaram sem goleiro pois no segundo período, Reimer foi afastar o puck e acabou recebendo um impacto do patins de um jogador dos Kings em seu capacete e chegou a ficar um pouco zonzo. Caso ele tivesse que ser retirado, os Leafs teriam que adaptar outro jogador ou alguém do Staff técnico no gol, algo que Carlyle já estava pensando e consultando seus auxiliares técnicos. Mas Reimer conseguiu continuar a partida. Aos 03m46s do segundo período, Carl Gunnarsson chuta da linha azul e o puck desvia em Anze Kopitar. Jonathan Quick não conseguiu defender e os Leafs empataram a partida.

No terceiro período, os Leafs estavam em desfasagem numérica durante um powerplay para os Kings, quando Reimer efetua uma linha defesa num chute de Anze Kopitar, com o gol praticamente aberto. Foi a terceira chance de Kopitar na partida, do mesmo jeito, onde Reimer defendeu duas vezes e Bernier uma. Após a defesa, os Leafs partiram num contra-ataque em dois contra um e Mason Raymond conseguiu marcar o gol da vitória, virando a partida.

Foi uma ótima partida para os Leafs que agora vão a Washington enfrentar os Capitals de Alex Ovechkin!

Go Leafs Gooooooo

Leafs negociam Frattin, Scrivens e escolha de segunda rodada por Jonathan Bernier

domingo, 23 junho 2013 Deixe um comentário

Dave Nonis, vice-presidente senior e gerente geral do Toronto Maple Leafs, anunciou hoje que o time negociou com os Los Angeles Kings para trazer à Toronto o goleiro Jonathan Bernier.

71/365 - Jonathan Bernier

71/365 – Jonathan Bernier (Photo credit: underactive)

Jonathan Bernier é um goleiro de 24 anos que foi escolhido na primeira rodada do draft de 2006, na décima primeira escolha geral, pelo Los Angeles Kings. Bernier é natural de Laval, Quebec e acabou ficando preso como backup de Jonathan Quick, sem muitas chances de demonstrar mais seu valor e ganhar mais tempo de jogo, já que Quick se formou como o goleiro número 1 da equipe.

Bernier é um ótimo goleiro e vai tirar James Reimer da zona de conforto, afinal com um outro goleiro de ótimo nível, você é obrigado a mostrar ainda mais seu valor e a elevar seus limites e qualidades, ao máximo.

Dave Nonis diz que, de forma alguma está jogando um balde de água fria em James Reimer, goleiro que levou os Leafs ao primeiro playoff em 9 anos, mas que acredita que o fato de ter dois ótimos goleiros, ajuda aos dois a ainda se tornarem melhores, na disputa pela vaga de titular.

Na troca os Leafs cederam Matt Frattin, um jovem atacante com futuro promissor, bom jogo físico e muita velocidade, Ben Scrivens, um jovem goleiro que mostrou seu valor quando necessitamos e que foi muito sólido em várias partidas pelos Leafs, além de uma escolha de segunda rodada em 2014 ou 2015.

Quero aqui agradecer a Matt Frattin e Ben Scrivens pelo tempo em que se dedicaram ao Toronto Maple Leafs e desejar muito boa sorte a eles em sua nova equipe.

Seja bem vindo Jonathan Bernier! Esteja preparado para disputar posição com James Reimer!

Reimer, prepare-se pois Jonathan Bernier vem aos Leafs com muita vontade de mostrar as qualidades de um goleiro titular, depois de ficar sob a sombra de Jonathan Quick.

Dave Nonis parece estar bem ocupado e deve inclusive realizar novas mudanças na equipe, antes da abertura do mercado (free agency), no dia 5 de julho.

19/12/2011 – Los Angeles Kings @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 20 dezembro 2011 Deixe um comentário

É pessoal, os Leafs vindos de uma derrota para os Canucks, receberam o Los Angeles Kings, também vindos de derrota, no Air Canada Centre.

O jogo começou bem para os Leafs, que por jogar em casa, tinham o apoio da torcida. Jonathan Quick efetuou belas defesas, assim como James Reimer. O primeiro gol saiu aos 07m54s, numa jogada totalmente atípica e até mesmo bizarra. O puck foi chutado por Drew Doughty, para que circulasse por trás do gol dos Leafs, junto à parede, e os jogadores dos Leafs buscaram posições para interceptar o puck antes de algum jogador dos Kings. O problema é que o chute de Doughty foi alto e, ao invés de acompanhar a parede, próximo ao gelo, o puck foi acompanhando o vidro e, numa saliência atrás do gol de Reimer, acabou sendo desviado para a frente do gol, onde Justin Williams estava. Justin não desperdiçou e, sem marcação, venceu Reimer. Ainda no primeiro período, aos 11m01s, John-Michael Liles recebeu um passe de Tyler Bozak e acertou um chute muito forte no ângulo do gol de Quick, empatando para os Leafs.

O segundo período foi o mais fraco para o time de Toronto, que somente deu 4 chutes à gol, contra 16 dos Kings. No primeiro período haviam sido 16 chutes para os Leafs e 15 para os Kings. E, como poderia ser previsto, com tanta diferença de chutes à gol, os Kings novamente tomaram a frente da partida com seu capitão Dustin Brown, num powerplay. Aliás o penalty killing dos Leafs é o pior da Liga e está matando somente a paciência dos torcedores. O segundo período terminou com o placar de 2 para o time visitante e somente 1 para o time da casa.

Veio o terceiro período e os Leafs ainda tinha total chance de buscar a vitória, e eles voltaram bem animados para isso! Disputavam todos os pucks e desferiam diversos checks. Logo aos 02m56s, os Leafs partem em contra-ataque e com 4 passes, Mikhail Grabovski passa para Matt Frattin, que avançou para o gol dos Kings com muita velocidade e bateu para o gol, sem qualquer chance para o goleiro Jonathan Quick. Era o gol de empate! Apesar de outras tantas tentativas, o placar não se alterou e partimos para a prorrogação, que também não teve gols e, terminamos por decidir a partida no shootout.

O primeiro a bater pelos Leafs foi Phil Kessel, que acabou acertando a trave do gol de Quick. Pelos Kings, o primeiro foi Jarret Stoll que chutou por sobre o gol de Reimer. A próxima tentativa dos Leafs ficou a cargo de Matt Frattin que já havia feito um gol em shootoutna temporada. Frattin chutou muito aberto e pra fora do gol. Chegou a vez de Anze Kopitar, e Reimer fez uma bela defesa, aguardando até o último instante para dar o bote. O último chutador dos Leafs foi Joffrey Lupul, que partiu para cima de Quick e foi desarmado com o stick do goleiro. Ficou no stick de Dustin Brown, o capitão dos Kings, obter a vitória no shootout e foi isso que ele fez, vencendo Reimer e dando os 2 pontos ao time de Los Angeles.

Os Leafs estão em plena queda e, no mês de Novembro somente conseguimos juntar em 8 jogos, apenas 6 pontos. Ron Wilson e o time dos Leafs precisam encontrar o caminho das vitórias novamente … e rápido, pois estamos em sétimo na conferência leste a apenas dois pontos do nono!!!!

Luz de alerta ligada!!!!

GO Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: