Arquivo

Posts Tagged ‘Michael Hutchinson’

Dubas traz Jack Campbell e Kyle Clifford em negociação com o Los Angeles Kings

sexta-feira, 07 fevereiro 2020 Deixe um comentário

A situação do goleiro backup dos Leafs, Michael Hutchinson, com performances aquém do esperado, permitindo gols em momentos importantes e não conseguindo se provar um bom goleiro para substituir Frederik Andersen, o atual e estabelecido titular, acabou recebendo a merecida atenção de Kyle Dubas.

Após Freddie ter se confundido, saindo do jogo contra o Florida Panthers após o final do primeiro período, Hutchinson não conseguiu manter o gol dos Leafs seguro. Acabou levando gols no terceiro período que deixaram os Panthers, um rival de conferência que está diretamente disputando vaga aos playoffs com os Leafs, virar o jogo em Toronto.

O próximo jogo foi ontem, contra o New York Rangers no Madison Square Gardens, e Michael Hutchinson iniciou a partida, mas novamente não conseguiu parar o ataque dos Rangers. De forma alguma a atuação dele nos mostrou a segurança que tanto necessitamos. Muitos fãs acham que a culpa é de erros da defesa e não tiro a razão deles, mas um goleiro necessita parar os pucks, algo que Hutchinson, infelizmente, não conseguiu. Perdemos mais um jogo com gols defensáveis. No terceiro período, os Leafs haviam marcado o terceiro gol com Auston Matthews, o que tinha trazido os Leafs a apenas um gol dos Rangers, mas Hutchinson perdeu seu stick e demorou muito para recupera-lo. Quando fez isso, se posicionou mal e aceitou um chute à distância, que jogou um balde de água fria na reação dos Leafs.

Dubas, que já devia estar planejando o que precisava fazer, acabou por fechar negócio com o Los Angeles Kings, trocando Trevor Moore, uma escolha de terceira rodada do draft de 2020 e uma outra de terceira rodada, condicional, do draft de 2021, pelo goleiro Jack Campbell e pelo ala Kyle Clifford.

Campbell foi escolha de primeira rodada do draft e, infelizmente, nunca teve a performance esperada na NHL, mas é melhor que Hutchinson e vai ser um ótimo backup para Freddie. Clifford é um veterano, ganhador de duas Stanley Cups com os Kings, além de ser um jogador muito forte e físico, e que cresceu próximo a Toronto e era Leafs fan quando criança.

A escolha condicional se tornará uma escolha de segunda rodada caso Jack Campbell jogue mais que seis partidas regulares e o time se classifique para os playoffs, ou que Kyle Clifford assine novo contrato com os Leafs. Na troca, o Los Angeles Kings continuará pagando metade do salário do Clifford (800 mil dólares). Ahhh, a escolha de terceira rodada deste ano pertencia aos Blue Jackets!

Clifford até já deu entrevista em que disse que sabe que não vai marcar tantos gols quanto Matthews, mas que sabe que veio aqui para trazer seu jogo físico pra equipe! Ou seja, podemos esperar muita raça dele!!!

Sejam bem vindos Jack Campbell e Kyle Clifford! Estamos confiantes de que melhorarão a equipe de agora em diante!

Go Leafs Goooooooo

Leafs até agora na temporada 2019: Decepção ou Esperança?

terça-feira, 29 outubro 2019 Deixe um comentário

Já deixo aqui o meu pedido de desculpas por não ter atualizado o Maple Leafs Brasil desde o começo da temporada 2019-20, mas na verdade está muito difícil manter o ritmo de atualizações a cada jogo, por razões pessoais e profissionais. Vou continuar dando o meu melhor para trazer aqui notícias e fatos relevantes.

Já estamos com 13 jogos na temporada e hoje à noite enfrentaremos o Washington Capitals buscando nossa sétima vitória, ou seja, perdemos sete jogos, sendo dois deles na prorrogação ou shootout, e somente vencemos seis!

A equipe ainda está tentando encontrar seu ritmo de jogo, a maior convivência entre os jogadores para que um saiba, instintivamente, onde o outro está no gelo, como o que acontece com o Boston Bruins na linha Marchand, Bergeron e Pastrnak, e nossos defensores ainda necessitam ser melhores, mas a boa notícia é que ainda temos tempo para tudo isso acontecer!

Matthews, Nylander, Tavares e Marner vêm jogando bem e levando muito perigo ao gol adversário. Foi uma pena John Tavares ter quebrado um dedo da mão e precisar ficar fora para se recuperar, mas nosso capitão vai ser muito importante pra equipe!

Outras peças importantes tem sido Alexander Kerfoot, Trevor Moore e o Russo apreciador de sopa, Ilya Mikheyev, aliás o “Souper Man”, como tem sido chamado, tem se adaptado muito bem ao estilo de jogo da NHL e em muito pouco tempo!

Na defesa, Morgan Rielly, Jake Muzzin, Tyson Barrie, Martin Marincin, Justin Holl, Cody Ceci e cia, têm tido muitos altos e baixos, o que nos causaram alguns gols e algumas derrotas na temporada. Barrie ainda não se achou na equipe e não tem tido a mesma performance que tinha no Colorado Avalanche. Infelizmente por motivos estratégicos, Rasmus Sandin, acabou sendo retornado ao Toronto Marlies, mesmo tendo apresentado um ótimo nível de jogo na NHL. Com certeza o veremos na equipe principal em breve.

Quanto aos goleiros, Freddie está super bem, mas Michael Hutchinson não tem tido uma performance espetacular, e na verdade está deixando a desejar como um goleiro backup. Tenho saudades de Curtis McElhinney.

Zach Hyman e Travis Dermott estão para retornar e estrear na temporada, o que trás qualidade, apesar de criar alguns problemas salariais que Babcock e Kyle Dubas terão que resolver.

Sei que todos estamos ávidos por resultados e por ver nosso Toronto Maple Leafs jogando bem e ditando o ritmo de jogo, mas a equipe mudou muito nesta pré/pós temporada! É necessário tempo para colocar cada peça no seu devido lugar!

Eu acredito que a equipe vai se entrosar mais e ainda seremos muito felizes de termos todos esses jogadores apresentando um ótimo nível de jogo! Ainda não é hora pra decepção!

Go Leafs Goooooooooo

Kapanen, Johnsson, Marincin e Hutchinson renovam com os Leafs

domingo, 30 junho 2019 Deixe um comentário

Finalmente chegamos ao final da novela quanto à renovação de Kasperi Kapanen e Andreas Johnsson. Após a troca envolvendo Patrick Marleau, onde abrimos um espaço de 6.25 milhões no teto salarial (salário de Marleau), Kyle Dubas usou esse valor para conseguir propor um contrato de 3 anos e 3.2 milhões de dólares para Kasperi Kapanen e 4 anos e 3.4 milhões de dólares para Andreas Johnsson. Conseguimos manter dois jovens jogadores que tem muito potencial para jogar ainda melhor e que são muito rápidos! Foi uma ótima negociação de Kyle Dubas!

Também conseguimos manter contrato de um ano com Michael Hutchinson por um valor de 700 mil dólares. Hutchinson é um goleiro experiente e pode acabar como o backup de Frederik Andersen, após uma no muito fraco de Garret Sparks.

Infelizmente nem todas as contratações agradaram, pois os Leafs assinaram um contrato de um ano, também por 700 mil dólares, com Martin Marincin, um defensor que não tem agradado muito a torcida e não tem sido muito seguro. Creio que com o aperto no bolso para a contratação de Mitch Marner, sobrou pouco saldo para ir atrás de um defensor melhor. Kyle Dubas teve que “se virar nos 30” para, pelo menos, manter defensores baratos para a equipe.

Amanhã, domingo, ainda teremos mais negociações, antes de primeiro de Júlio, quando o mercado se abre novamente e veremos muita movimentação.

Um exemplo disso é uma notícia dada por Bob Mackenzie de que os Leafs vão negociar Nikita Zaitsev e mais algum ativo (jogador ou escolha de draft) por Cody Ceci. É outra troca que libera espaço no teto salarial! E não sabemos se Ceci fica ou não nos Leafs!

Vamos aguardar, além de rezar para que a novela com o contrato de Mitch Marner também tenha um final feliz!

Go Leafs Gooooo

Go Dubas Gooooooooo

12/01/2019 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

domingo, 13 janeiro 2019 Deixe um comentário

Havia muita ansiedade dos fãs dos Leafs pelo último jogo da temporada contra o Boston Bruins. Na temporada passada, os Leafs venceram 3 dos 4 jogos, mas nesta, o placar estava em 2 a 1 para o time de Boston.

No gol dos Bruins estava Tuuka Rask, que foi draftado pelo Toronto Maple Leafs e, no gol dos Leafs estava Michael Hutchinson, draftado pelos Bruins!

Os Leafs estavam muito bem no primeiro período e deram 15 chutes ao gol de Tuuka Rask, contra apenas 9 dos Bruins, mas quem saiu do período em vantagem no placar foi o time de Boston. Aos 18m21s, David Krejci chutou num contra-ataque no exato momento em que Chris Wagner estava em frente à Michael Hutchinson, que não conseguiu ter uma visão clara do puck para fazer a defesa.

No segundo período, continuamos pressionando e chegamos ao empate com um gol de Andreas Johnsson aos 07m37s. Mitch Marner virou o placar aos 09m30s, com os Leafs aproveitando muito bem um powerplay e trocando passes que deixaram Marner livre contra Rask. Sean Kuraly empatou para os Bruins aos 14m47s, com um belo chute que venceu Hutchinson por sobre o ombro direito. Faltando apenas 15s para o final do segundo período, o “Nêmesis” dos Leafs, David Pastrnak, que marcou 6 gols e 9 assistências em 4 jogos contra os Leafs nesta temporada, marcou o gol da virada dos Bruins, numa jogada em que a defesa dos Leafs simplesmente dormiu no ponto.

O terceiro período viu o Boston Bruins jogar melhor, mas sem marcar mais gols. Já os Leafs tentaram de tudo e continuaram perto de empatar a partida, mas sem conseguir acertar aquele último passe que deixa algum jogador em melhores condições de marcar! Pressionamos muito, mas faltou efetividade.

Os Bruins acabaram merecendo ganhar e aos Leafs sobrou dar mais atenção aos detalhes e focar na próxima partida, segunda-feira, contra o Colorado Avalanche em Toronto, antes de viajar à Flórida para enfrentar o Tampa Bay Lightning e o Florida Panthers.

Go Leafs Gooooooo

10/01/2019 – Toronto Maple Leafs @ New Jersey Devils

sábado, 12 janeiro 2019 Deixe um comentário

Ainda sem Frederik Andersen ou Garret Sparks de volta ao elenco, o Toronto Maple Leafs foi a New Jersey visitar o New Jersey Devils.

Os Leafs jogaram muito bem e Connor Brown desviou um chute de Ron Hainsey para abrir o placar aos 04m30s do primeiro período. John Tavares marcou o segundo dos Leafs aos 07m21s, numa jogada em que ele foi muito paciente, controlando o puck em frente ao gol de Keith Kincaid, antes de chutar com o goleiro totalmente deslocado. Esse foi o gol de número 300 da carreira de Tavares na NHL, um feito a ser comemorado! Tavares voltou a marcar aos 19m53s, dando aos Leafs uma liderança tranquila no placar.

O segundo período viu o New Jersey Devils jogar melhor e Blake Coleman marcar o primeiro do time da casa aos 16m07s. Brian Boyle recebeu um presente de Jake Gardiner, que acabou errando um passe e, deu ao experiente jogador dos Devils um contra-ataque que acabou servindo para os Devils marcarem o segundo gol do jogo, aos 16m33s, ou seja, menos de 20s após o gol de Coleman. Isso deixou o time da casa com a esperança de conseguir empatar e, talvez, vencer a partida.

O terceiro período foi disputado e ambos goleiros foram muito bem em proteger seus gols contra os atacantes adversários. Somente aos 19m38s, com os Devils já sem goleiro (empty net), Mitch Marner partiu no contra-ataque e até tentou passar o puck pra Zach Hyman, mas o puck foi direto ao gol.

Mais uma vitória pros Leafs!

Nosso próximo desafio será hoje, contra o Boston Bruins, ainda sem Freddie e com os Bruins com a defesa completa, inclusive com McAvoy.

Go Leafs Goooooooo

07/01/2019 – Nashville Predators @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 08 janeiro 2019 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs recebeu o Nashville Predators de PK Subban, Pekka Rinne, Kevin Fiala e Viktor Arvidsson.

Ainda sem Frederik Andersen e Garret Sparks no gol, quem tentou segurar os Preds foi Michael Hutchinson, que conseguiu a sua primeira vitória e shutout defendendo os Leafs no jogo anterior. O goleiro reserva foi Kasimir Kaskisuo.

Muito diferente do último jogo, onde ganhamos por shutout, neste não jogamos bem. E, não jogar bem contra os Predators é pedir pra perder.

O primeiro período ainda viu algumas boas jogadas dos Leafs, com direito a chute na trave de Auston Matthews.m, mas nenhuma equipe chegou a abrir o placar.

Somente aos 04m08s do segundo período, num powerplay, o chute forte de Mattias Ekholm venceu Michael Hutchinson no meio do tráfego de jogadores à frente do goleiro dos Leafs. Aos 04m51s, após receber um passe de Andreas Johnsson, Auston Matthews marcou para os Leafs, empatando a partida. Mas houve uma revisão pedida pelos Preds e o gol foi anulado, pois 26s antes do gol, os Leafs acabaram entrando impedidos na zona ofensiva. Não sei se esse tipo de revisão é benéfico para o jogo, pois o impedimento foi por muuuuito pouco e só foi possível ser revisto pelos recursos técnicos que estão disponíveis agora. Não deixa de ser uma justiça feita, mas joga um balde de água fria no time que teve o gol anulado. Aos 13m11s, PK Subban marcou o segundo dos Preds em uma jogada muito parecida com o primeiro gol.

O terceiro período viu os Leafs tentando voltar à partida, mas perdendo oportunidades, errando o chute ao gol, errando o último passe para o gol, enfim, perdendo as poucas chances dadas por Pekka Rinne. Quem acabou se aproveitando e ampliando o placar foi o time visitante, com gols de Colton Sissons aos 17m23s e Kevin Fiala aos 19m22s. Placar final Preds 4 x Leafs 0.

Os Leafs sentiram como é perder por shutout, um jogo após ganharem de dessa forma contra os Vancouver Canucks.

Nosso próximo jogo será na quinta-feira contra o New Jersey Devils, fora de casa. Até lá Mike Babcock tem tempo de colocar o time de volta aos trilhos!

Go Leafs Gooooooo

05/01/2019 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

domingo, 06 janeiro 2019 Deixe um comentário

Neste sábado o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Vancouver Canucks, que acabou vindo a Toronto sem o jovem talento, Elias Pettersson, que se contundiu num jogo com o Montreal Canadiens.

No gol dos Leafs estava Michael Hutchinson, goleiro que veio à equipe após troca com o Florida Panthers e que cresceu em Barrie, uma cidade próxima à Toronto e torcia pelos Leafs quando criança. Pelos Canucks estava Jakob Markstrom.

Os Leafs jogaram melhor desde o começo e John Tavares abriu o placar aos 08m54s, desviando um chute de Morgan Rielly. Aos 14m30s, Trevor Moore parte da zona neutra com o puck e chuta forte, pars marcar o seu primeiro gol na NHL, 2 a 0 para os Leafs.

Apesar dos Leafs continuarem jogando melhor, não houveram gols no segundo período e os goleiros conseguiram efetuar ótimas defesas, mantendo o placar inalterado.

O terceiro período viu os Leafs deslancharem com gols de Auston Matthews aos 04m45s, num wrap-around, Andreas Johnsson aos 11m55s, e Igor Ozhiganov aos 14m49s.

Foi uma vitória por shutout para Michael Hutchinson que saiu do jogo feliz da vida, com um sonho de criança realizado, jogar pelos Leafs e vencer sem tomar gols, jogando em casa.

Mais uma vez os Leads conseguiram evitar três derrotas seguidas na temporada!

Ótimo resultado para nos preparar para o jogo contra o Nashville Predators amanhã, em Toronto.

Parabéns ao Michael Hutchinson e ao Trevor Moore!!!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: