Anúncios

Arquivo

Arquivo do Autor

Grupo de torcedores do Toronto Maple Leafs no Facebook

terça-feira, 16 abril 2019 Deixe um comentário

Pessoal,

Quero divulgar aqui o grupo de torcedores do Toronto Maple Leafs no Facebook, para quem queira participar!

Não é administrado por mim, pois estou sem tempo até mesmo para postar aqui, mas vai servir de local de encontro de todos nós!

https://www.facebook.com/groups/2533542653326817/

Go Leafs Goooooo

Anúncios

13/04/2019 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – Jogo 2 – Rodada1 – Playoffs

domingo, 14 abril 2019 Deixe um comentário

Após vencermos o Boston Bruins no primeiro jogo em Boston, voltamos para tentar vence-los no segundo jogo da série de Playoffs entre as equipes.

Já sabíamos que o time da casa viria com tudo pra cima do Toronto Maple Leafs neste jogo e foi exatamente isso que aconteceu! Infelizmente para os Leafs, os Bruins realmente mudaram seu jogo e começaram a se impor, jogando fisicamente, como é costumeiro. Logo aos 04m44s, Charlie Coyle abriu o placar para os Bruins, após Nikita Zaitsev e Jake Muzzin falharem ao tentar controlar o puck. Charlize recebeu 7m passe que veio detrás do gol de Frederik Andersen e chutou para vencer o goleiro dos Leafs.

O jogo estava muito físico e houveram varias jogadas em que os árbitros não apitaram penalidades dos Bruins. Jake DeBrusk deu uma cotovelada em Travis Dermott e os árbitros não fizeram nada. Nazem Kadri e Jake DeBrusk iniciaram um empurra empurra e DeBrusk caiu por sobre Kadri, mas não houve qualquer punição para ambos. Aos 16m04s, foi a vez de Brad Marchand ampliar para os Bruins em mais um erro de Jake Muzzin, que não conseguiu interceptar o passe.

No segundo período, parecia que os Leafs tinham voltado melhor e estavam igualando o volume de jogo, mas William Nylander acabou sem saber se Andersen ia segurar o puck e acabou perdendo o controle dele. De minha parte, Nylander deveria ter controlado e passado por trás do gol de Andersen, mas ele perdeu o puck e Danton Heinen, que estava logo atrás de Nylander, se aproveitou e marcou o terceiro dos Bruins aos 10m39s. Houve varias situações onde eu entendo que os árbitros deveriam ter atuado e marcado infrações, mas isso não foi acontecendo e o jogo foi esquentando.

No terceiro período, os Leafs chegaram ao seu primeiro gol da partida, aos 10m44s, com Nazem Kadri, mas não conseguiram se aproximar no placar. Aos 15m03s, Patrice Bergeron marcou mais um para os Bruins, durante um powerplay, após Jake DeBrusk ter acertado Patrick Marleau bem no final do banco de penalidades dos Bruins. Kadri veio e simplesmente deu um crosscheck no rosto de DeBrusk. Essa jogada acabou sendo penalizada como game misconduct, retirando Kadri da partida. Ambos jogadores já vinham se estranhando durante a partida.

Ao final perdemos pelo mesmo placar em q7e havíamos ganhado o jogo 1! 4 a 1.

Torey Krug acabou se contundindo após um belo hit de Jake Muzzin!

Os árbitros precisam seguir as regras e apitar todas as penalidades, caso contrário jogadas como a de Kadri, que acertou a cabeça de DeBrusk, num crosscheck desleal, vão continuar acontecendo!

Agora é nos preparar para o próximo jogo, na segunda-feira à noite, em Toronto. Vamos pra cima deles!

Frederik Andersen teve uma performance invejável e o placar só não foi mais elástico para os Bruins, devido à ele.

11/04/2019 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – Jogo 1 – Rodada 1 – Playoffs

quinta-feira, 11 abril 2019 Deixe um comentário

Estive um pouco ausente, sem conseguir postar os últimos jogos da temporada regular, mas voltei e vou tentar postar todos os jogos dos playoffs!! E que sejam muitos!!

Hoje tivemos a estreia nos playoffs desta temporada, mais uma vez contra o Boston Bruins!

Havia muito receio, afinal perdemos pra eles no ano passado, em sete jogos! E há também aquele outro fatídico jogo 7, quando liderávamos por dois gols a menos de 3 minutos pro final e, acabamos cedendo o empate e depois, perdemos na prorrogação!

Os Leafs tinham que vir com muita raça e vontade de vencer os Bruins, e foi isso que vi no jogo de hoje!

Desde o começo estávamos mais atentos, jogando mais físico, disputando cada puck! Nylander acabou cometendo uma penalidade e deixou os Bruins com um powerplay. Patrice Bergeron não desperdiçou!! Aos 09m31s do primeiro período, Bergeron abriu o placar para os Bruins numa ótima jogada! Somente aos 16m44s foi que os Leafs chegaram ao empate, com Mitch Marner numa jogada em que Marner se aproveitou de um chute que pegou na trave e chutou novamente no meio de vários jogadores dos Bruins. O puck acabou desviando em alguém e entrando!

Ambas equipes tiveram muitas chances, mas foram os Leafs que saíram com a vitória! Marner marcou o seu segundo gol, após receber uma penalidade onde Jake DeBrusk acabou derrubando Marner num contra-ataque! Marner marcou aos 02m47s, num Penalty Shot, com is Leafs jogando shorthanded! William Nylander, que teve um ano controverso, mas que está jogando muito, encontrou seu gol num contra-ataque aos 18m25s, vencendo Tuuka Rask por entre as pernas (Five Hole).

Frederik Andersen fez ótimas defesas para garantir nossa vitória! E o jogo foi muito disputado no terceiro período. Até que, aos 18m41s, John Tavares venceu um face-off na zona defensiva dos Leafs, disputou o controle do puck e chutou no gol vazio dos Bruins, à distância, marcando o quarto gol dos Leafs em Empty Net!

Já conseguimos nossa primeira vitória nos playoffs! Só faltam mais 15 para vencermos a Stanley Cup!!

Go Leafs Goooooooooooooo

13/03/2019 – Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 14 março 2019 Deixe um comentário

Não jogamos bem contra o Tampa Bay Lightning e acho que isso poderia ter gerado um sentimento de necessidade e urgência maior na equipe dos Leafs, mas o que mostramos no primeiro período do jogo contra o Chicago Blackhawks, na Scotiabank Arena, nos deixou a todos preocupados.

Zach Hyman, Kasperi Kapanen, Travis Dermott e Jake Gardiner estavam fora da equipe, contundidos.

O jogo começou, mas sem o Toronto Maple Leafs no gelo. Parecia que o Chicago Blackhawks jogava sozinho e o resultado disso foram quatro gols dos Blackhawks e Frederik Andersen sendo retirado do jogo, substituído por Garret Sparks, pelo segundo jogo consecutivo. Duncan Keith abriu o placar aos 03m19s, Brendan Perlini ampliou aos 12m55s, Dominic Kahun aos 17m13s e Brandon Saad aos 18m46.

No segundo período, já sem Freddie, Alex DeBrincat marcou mais um para os Blackhawks aos 12m32s. Os Leafs voltaram melhor pro segundo período, mas não é fácil sair de um buraco de cinco gols! Andreas Johnsson marcou seu vigésimo gol da temporada tirando o zero dos Leafs do placar aos 18m27s, mas ainda estávamos longe de oferecer qualquer perigo à vitória dos Blackhawks.

O terceiro período viu os Leafs que todos queremos ter no gelo! Um time com raça e vontade de vencer, mesmo com quatro gols de desvantagem. Pressionamos tanto que fomos nos aproximando no placar. Primeiro foi Auston Matthews aos 07m57s. Nesse gol, William Nylander conseguiu marcar seu centésimo ponto na NHL. Depois Morgan Rielly chutou da linha azul aos 10m55s, num powerplay, e bateu Collin Delia, que substituiu Corey Crawford no início do terceiro período. John Tavares marcou o quarto gol dos Leafs faltando apenas 1m31s para o final do período. Foi seu gol de número 39, seu recorde pessoal em número de gols numa mesma temporada, e ainda temos 12 jogos antes de terminarmos a temporada regular! Os Leafs que já estavam sem Sparks no gol, no chamado Empty Net, pressionaram muito nestes 90s finais, com várias chances de empatar. Teve puck desviado que passou ao lado da trave, chutes cujo rebote acabou desviando por milímetros dos tacos de jogadores dos Leafs, teve até mesmo o goleiro Collin Delia movendo o gol segundo antes de um segundo gol de Tavares. Revendo a jogada, parece que não foi intencional, mas Delia já estava sem seu taco e não posso colocar minha mão no fogo de que isso não foi uma tática para parar a partida e retirar um pouco da pressão sofrida por ele. No final, não conseguimos o gol do empate e o Chicago Blackhawks saiu com a vitória.

A equipe dos Leafs não pode começar a partida como começaram hoje e depois correr atrás do prejuízo! Se começassem como jogaram no terceiro período, com certeza não teríamos sido derrotados!

Amanhã receberemos a visita do Philadelphia Flyers e, espero que estejamos preparados para 60 minutos de hóquei da nossa parte!

Go Leafs Goooooo

11/03/2019 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 12 março 2019 Deixe um comentário

Voltando de três jogos no oeste canadense, com duas vitórias e um tropeço na prorrogação, o Toronto Maple Leafs recebeu o melhor time da NHL nesta temporada, o único já classificado aos playoffs, o Tampa Bay Lightning.

Posso dizer que com uma vitória cada um nos jogos entre as equipes nesta temporada, os Leafs tinham chances contra os Bolts, mas realmente não jogamos bem e não conseguimos dominar o gelo. Os Bolts dominaram a partida desde o primeiro período e os Leafs, ao final ficaram apenas vendo os gols serem marcados, quase todos por pucks desviados por jogadores dos Bolts.

Tyler Johnson abriu o placar aos 10m07s do primeiro período enquanto Anthony Cirelli marcou o segundo aos 18m38s.

Tyler Johnson marcou seu segundo gol da partida aos 04m20s do segundo período. Ondrej Palat ampliou o placar aos 04m50s. Foi quando os Leafs tiveram uma belíssima jogada de Auston Matthews, que partiu com o puck na zona neutra e tirou Brayden Point da jogada, para marcar no cantinho de Andrei Vasilevskiy aos 11m49s. Para o desespero dos torcedores dos Leafs, Cedric Paquette marcou o quinto gol dos Bolts, com is Leafs no powerplay, aos 18m16s. Morgan Rielly errou a jogada na linha azul de ataque dos Leafs e os Bolts partiram para o ataque, com Rielly seguindo para defender, mas com todos os outros jogadores de linha dos Leads indo ao banco para dar espaço para uma troca de linha. No final, Rielly ficou só contra 3 jogadores dos Bolts, o que resultou no gol sobre Garret Sparks, já que Freddie havia sido retirado após o quarto gol!

Paquette voltou a marcar aos 05m59s do terceiro período, em outro desvio do puck para o gol. Faltando 5 segundos para o final da partida, os Leafs encontraram oportunidade para mais um gol, dessa vez de Connor Brown!

Foi uma derrota com letra maiúscula, com a equipe sendo dominada, com erros como o que deixou Rielly sozinho na defesa, mas espero que Babcock e sua equipe de técnicos possa contornar a situação e nos preparar para os últimos 13 jogos da temporada!

Ainda podemos vender o último jogo entre os Leafs e os Bolts, a ser jogado em 4 de abril em Toronto! Os Bolts venceram dois jogos e os Leafs, um!

Go Leafs Goooooooo

09/03/2019 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

segunda-feira, 11 março 2019 Deixe um comentário

O último jogo, contra os Canucks, não teve o resultado esperado, apesar dos Leafs terem garantido um ponto por empatar no período regular. O time teve que se recuperar e se preparar para o próximo adversário, o Edmonton Oilers.

Esse jogo parecia com o anterior, onde o Toronto Maple Leafs dominou a partida e abriu três gols de vantagem com gols de Morgan Rielly num powerplay, faltando apenas 14s para o término do primeiro período. John Tavares também deixou o seu anotado, aos 12m28s do segundo período, e Jake Muzzin ainda chegou a marcar aos 03m00s do terceiro periodo.

Realmente a vitória estava praticamente definida, não fosse pelos últimos 02m00s do terceiro período, onde os Leafs simplesmente bobearam e deixaram Ryan Nugent-Hopkins marcar aos 18m21s e Oscar Klefbom aos 19m07s. Após o segundo gol dos Oilers, os Leafs viveram uma pressão total do time da casa que, graças a Frederik Andersen, não conseguiu chegar ao empate.

Garantimos a vitória com belas defesas de Freddie, mas os torcedores dos Leafs ficaram de cabelos em pé nestes últimos 53s de jogo!

Go Leafs Goooooooo

06/03/2019 – Toronto Maple Leafs @ Vancouver Canucks

segunda-feira, 11 março 2019 Deixe um comentário

Após vencer o Calgary Flames, continuando o roteiro de viagem pelo Oeste Canadense, o Toronto Maple Leafs foi visitar o Vancouver Canucks.

O jogo estava bom para os Leafs, que dominavam a partida e conseguiram uma vantagem de dois gols no segundo período, com gols marcados por Ron Hainsey aos 12m28s, com os Leafs com um jogador a menos no gelo, e um belo passe recebido de Mitch Marner. Aos 13m02s, foi a vez de Morgan Rielly marcar.

O terceiro período viu os Leafs simplesmente sumirem do gelo e os Canucks dominarem e empatarem com gols de Louie Eriksson aos 02m21s e Josh Leivo, sim ele mesmo, que somente deu mais uma força para a maldição do ex, com um gol aos 04m13s, em powerplay.

Com a decisão indo à prorrogação, foi a vez de Alexander Edler garantir a vitória do time da casa aos 03m11s, vencendo Frederik Andersen.

Pelo menos garantimos um ponto no jogo e ainda tínhamos o jogo contra o Edmonton Oilers, antes de voltarmos pra casa.

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: