Anúncios
Início > NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs, Vitória > 11/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

11/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

quarta-feira, 12 janeiro 2011 Deixe um comentário Go to comments

Os Leafs, que vinham de três vitórias consecutivas, foram até a Califórnia para enfrentar os Sharks, que vinham de quatro derrotas seguidas.

O jogo começou sem o predomínio de nenhuma das duas equipes. O primeiro gol da partida saiu do taco de Patrick Marleau, na metade do período, o que animou os torcedores dos Sharks e os fans mais supersticiosos dos Leafs (as duas últimas vitórias da equipe foram de virada). Depois do gol, San Jose ganhou mais confiança e passou a atacar mais, mas o novato Reimer não se abalou e continuou com seu jogo.

No começo do segundo período, os Leafs tiveram uma oportunidade de dois minutos em vantagem numérica (powerplay), mas a equipe de matar penalidades (PK) dos Sharks se sobressaiu e manteve o placar inalterado. Apesar de não conseguir sair do zero, os Leafs passaram a pressionar mais. Na metade do período, Colton Orr tenta acertar um hit em Logan Couture, mas acaba dando uma joelhada no adversário e é punido com dois minutos na “casinha” (penalty-box). Os Sharks chegaram a ter uma vantagem de dois jogadores – por apenas 10 segundos – após Phaneuf também cometer pênalti. Ao retornar ao jogo, Orr parte para o ataque e causa tumulto na frente do gol de Anti Niemi e Dan Boyle é punido por slashing; trinta segundos depois, Phil Kessel é quem fica dois minutos fora do jogo, dando aos Sharks uma vantagem numérica por poucos segundos. Para finalizar, tivemos ainda mais uma chance em vantagem numérica para cada time: Beauchemin faz pênalti aos 15:46 e Heatley faz o seu aos 17:15, mas o segundo tempo termina sem gols.

O terceiro período começou bem agitado e, com menos de cinco minutos, Phil Kessel faz um belo gol e empata o jogo. A virada dos Leafs veio, momentos depois, com um gol de Clarke MacArthur em vantagem numérica. Em seguida, vem a resposta do time da casa: Patrick Marleau faz seu segundo da noite e empata o jogo novamente. Carl Gunnarsson devolve a vantagem para os Leafs faltando dez minutos para o fim da partida. O resto do jogo foi bastante dramático, até que Clarke MacArthur fez o quarto gol dos Leafs no gol vazio do San Jose, faltando 40 segundos e fechando o jogo em 4-2 a favor de Toronto.

Essa foi a quarta vitória seguida dos Maple Leafs e, com ela, Ron Wilson se tornou o sétimo técnico a atingir a marca de 600 vitórias na NHL, justamente contra seu antigo clube, que amargou a  quinta derrota consecutiva.

Veja o resumo do jogo aqui.

O próximo jogo será fora de casa, contra o Phoenix Coyotes na quinta-feira.

Go Leafs Go!

Anúncios
  1. renattomd
    quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 4:41

    Que jogo!! Os Leafs não se afobaram e conseguiram a merecida vitória. Só o segundo período que foi meio truncado, de resto o jogo foi sensacional.

    E, na boa, não importa quem tá voltando: Reimer NÃO pode sair do time. Pelo menos não agora. Nada contra Giguere, nem Gustavsson, mas deixa o Reimer aproveitar esse momento dele; tanto ele como a equipe estão bastante confiantes, pode ser furada mexer justo agora.

    (PS: Desculpa se eu deixei passar algum erro no post ou no comentário. É que esse horário dos times do Oeste é muuuuuito ruim! Termina muito tarde! huahauha)

    • cnbeiro
      quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 9:52

      Então Renatto, obrigado pelo post! Realmente deve ter sido um jogaço, mas neste horário fica difícil acompanhar e ainda acordar às 6:00 para trabalhar!!! HEHEHEHE

      Ainda bem que tenho amigos como você que conseguem seguir e, o melhor, postar no Maple Leafs Brasil!

      Assim como todos, concordo que Reimer tem que permanecer … ele está muito sólido no gol … e a equipe confia nele … então … pra que mexer?

      Eu alterei algumas coisas no post, acrescentei links, essas coisas … tinha só um erro maior que era sobre o terceiro gol que você deu para Darryl Boyce, mas foi de Gunnarsson! HEHEHEHE Mas tá tudo certo!!!!

      Abraços

  2. Andre
    quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 8:47

    Renato, concordo com voce sobre Reimer, e a Leafs nation tambem concorda.
    Na pesquisa do site oficial 35% (A maioria) dos torcedores, concordam que a onda de vitorias do time se dá devido a solidez das redes. Gust nem Gigue são ruins, pelo contrario, mas o numero de gols que a equipe vinha sofrendo era bem alto. Reimer dificilmente toma mais que 2 gols em uma partida. Deixa o menino curtir pq ele é bom.

    Porem não podemos culpar somente as redes e nem dar os creditos somente a Reimer, o time esta com uma postura bem diferente neste ano de 2011, não sei o que aconteceu, mas os erros grosseiros que irritavam a torcida, sumiram, os jogadores estão jogando com seriedade e vontade (e nao com a displicencia de outrora), McArthur e Kessel voltaram a marcar e jogar bem, alias o ataque voltou a marcar. Porem o melhor de tudo é ver o time sorrir e comemorar (ate o Wilson comemorou), isso mostra que o time ta unido e animado, vibração é sempre bom.

    No mais, se continuar com um bom ritimo quem sabe rola uma ultima vaga na divisão?

    • cnbeiro
      quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 10:00

      André, o que mais me deixa animado é ver o time vibrando! E espero que Ron Wilson não tenha vibrado apenas por sua vitória de número 600, pois geralmente ele não vibra no banco dos Leafs!

      O time realmente entrou 2011 com outra atitude! Muito melhor!

      E ainda dá tempo de irmos aos playoffs! Com certeza!!!! Só temos que manter esse nível de jogo!

      E vamos pra cima dos Coyotes na quinta!!!!!!

  3. Juan Valencia
    quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 22:18

    Embora o Reimer tenha ido muito bem ontem, o que mais me chamou a atenção foi a marcação do ataque na frente do gol, foi uma coisa espetacular, se uma defesa faz uma marcação boa como aquela, pode ter o Mike Smith no gol que ele vai ir bem no jogo ahahha. Um exemplo desta marcação, foi uma jogada que até comentei no Fórum ontem, em que o Colby Armstrong vendo o Thornton na frente do gol tentando fazer alguma coisa, rapidamente mandou ele pra dentro das redes, não permitindo ele fazer nada.

    Abraços!

    http://www.forumcenterice.com/

    • cnbeiro
      quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 22:43

      É Juan!!! Essa jogada foi bem engraçada, pois o Luke Schenn cuidou de um dos jogadores, enquanto o MacArthur cuidou do outro (Joe Thornton). HEHEHEHE

      É verdade … o time dos Leafs está protegendo o Reimer … mas devia ser assim com todos os goleiros!

      Abraços

  4. Juan Valencia
    quinta-feira, 13 janeiro 2011 às 14:57

    Concordo, devia ser assim com todos os goleiros mesmo, embora cada tenha uma estrategia, uns deixam 2 a frente do gol e o resto pressionando os outros jogadores, outros fecham mais no meio… para mim está estrategia de proteger o gol é a melhor para não tomar gols.. vamos ver se o Leafs finalmente encontrou um jeito de conciliar defesa-goleiro agora.

  1. quarta-feira, 12 janeiro 2011 às 5:20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: