Anúncios
Início > Toronto Maple Leafs > 01/02/2011 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

01/02/2011 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 02 fevereiro 2011 Deixe um comentário Go to comments

Após o pequeno hiato do NHL Super-Skills e do Jogo das Estrelas, os jogos da temporada regular retornaram com força total. Num desses jogos, o Toronto Maple Leafs recebeu o Florida Panthers e as equipes protagonizaram uma partida emocionante.

Toronto começou na frente – fato que não ocorria há dez jogos – com um gol de Kris Versteeg aos 7:20 do primeiro período. A resposta dos Panthers veio onze minutos depois, com Stephen Weiss. Mas, após menos de trinta segundos, os Leafs voltam a liderar com um gol de Nikolai Kulemin, que, com seu décimo-sétimo gol, passou sua marca de gols na temporada.

Com menos de cinco minutos do segundo, David Booth converte um gol em vantagem numérica (power play) e empata novamente. Mikhail Grabovski também aproveita uma vantagem numérica e também quebra sua marca de gols na temporada; seu vigésimo-primeiro põe Toronto na frente de novo.

Parecia que os Maple Leafs venceriam essa equilibrada disputa no tempo regular, mas Cory Stillman faz o terceiro dos Panthers aos 16:19 e em vantagem numérica. Os dois times bem que tentaram definir a partida nos minutos restantes, mas o empate prevaleceu.

No tempo-extra (over-time), o equilíbrio foi mantido: tanto Panthers como Maple Leafs fizeram boas jogadas – mas apenas os Leafs chutaram a gol – e os goleiros Scott Clemmensen e Jean-Sébastien Giguere fizeram boas defesas, mandando o jogo para os tiros-livres (shootout).

As cobranças foram as seguintes:

Kris Versteeg (Toronto) – Defesa

David Booth (Flórida) – Gol

Tyler Bozak (Toronto) – Gol

Mike Santorelli (Flórida) – Defesa

Colby Armstrong (Toronto) – Gol

Chris Higgins (Flórida) – Defesa

Além das três estrelas (1ª – Colby Armstrong, um gol no tempo regular e o gol da vitória no shootout; 2ª – Mikhail Grabovski, um gol e uma assistência; e 3ª – Clarke MacArthur, uma assistência), outros destaques da partida foram David Booth, que fez um belíssimo spin-o-rama para vencer Giguere nos tiros-livres [confira o vídeo aqui]; o defensor Luke Schenn, que anotou uma assistência no primeiro gol dos Leafs e liderou a partida em hits (com 9); e o próprio J.S. Giguere, que defendeu 30 dos 33 chutes.

O próximo jogo dos Leafs será contra o Carolina Hurricanes, no Air Canada Centre. Será uma boa oportunidade de devolver os 6-4 sofridos no RBC Center.

GO LEAFS GO!

Anúncios
  1. cnbeiro
    quarta-feira, 02 fevereiro 2011 às 15:04

    Oi Renatto … obrigado pelo post …

    Esse jogo foi excelente … os Leafs jogaram de forma consistente … e, apesar de o jogo ter empatado no tempo regular, houve muito volume de jogo de ambas equipes!

    Pena que por 4 minutos não ganhamos sem ir pra prorrogação.

    De qualquer maneira é melhor ganhar 2 pontos e deixar o adversãrio ganhar 1, do que não ganhar nenhum, ou então você ganhar um ponto e o adversário 2.HEHEHEHE

    Apesar das chances que a cada dia diminuem de uma presença nos playoffs, ainda acredito nesta equipe!

    Abraços

  1. sexta-feira, 04 fevereiro 2011 às 2:38
  2. domingo, 06 fevereiro 2011 às 12:32

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: