Anúncios
Início > Contratação, NHL > Nabokov e algumas regras da NHL

Nabokov e algumas regras da NHL

segunda-feira, 24 janeiro 2011 Deixe um comentário Go to comments

Caros colegas:

Eu sei que isto é um espaço para falar dos Leafs, mas gostava de trazer um assunto à discussão.

Está a passar-se um caso na NHL que é exemplo do (na minha opinião) péssimo sistema de regras dos desportos norte-americanos, e a nível pessoal para os jogadores, é terrível.

A pior situação na minha opinião é o facto de não haver promoção-relegação e haver o estúpido sistema dos drafts, com a prioridade a ser dada aos piores: como resultado disto, uma equipa anda a perder jogos propositadamente e sem se esforçar para ganhar (com a justificação de estar a reconstruir a equipa) e vai ganhando os melhores draft picks, tendo acesso às maiores estrelas da NHL. Alguns anos no fundo da tabela e de repente uma ou mais Stanley Cups. Por mim, era RELEGAÇÃO. O meu espírito desportivo europeu (e penso que o vosso no Brasil) não concebe a ideia de não haver penalização. DEVIA haver a possibilidade de alguém querer construir uma equipa na cidade que quisesse e subisse pelas divisões até ser campeão da Stanley Cup. As relegações estimulavam as equipas e o desporto expandia-se não do modo que o sr. (anti-canadiano) Gary Bettman pretende, com “presentes” a dar a regiões dos E.U.A. que não dão a mínima para o hockey.

Mas o que me traz aqui é outra regra idiota. Para quem não sabe, Evgueni Nabokov foi libertado dos San Jose Sharks, onde defendeu a baliza durante 10 anos. Isto aconteceu no final da última temporada. Sem contrato, Nabokov, rumou à KHL (Kontinental Hockey League), na Rússia (com algumas equipas de países da ex-União Soviética e com alguns convites a equipas de outros países). MAS…. a NHL é a NHL, e os Detroit Red Wings falaram com ele. Pessoalmente eu não gosto dos Red Wings, mas todos sabemos que são um colosso da NHL.

Nabokov chegou a um acordo e assinou contrato pelos Red Wings. MAS…. as regras da NHL estipulam que um jogador que assine por uma equipa da NHL “vindo de fora” tenha de passar por “waivers”, ou seja, pode ser reclamado por outras equipas, e se o for, tem de ir para lá jogar!!!! Ora num mundo ideal, as pessoas seriam sérias e perceberiam que Nabokov apenas assinou o contrato para poder ir para os Red Wings…. Mas SENDO MAIS UMA REGRA ESTÚPIDA para supostamente equilibrar o campeonato (como a regra IDIOTA das franchises e não haver promoção/despromoção), as equipas que têm os primeiros direitos sobre os jogadores são as PIORES! Ora os fracos New York Islanders (muito longe daquela equipa que tiveram na década de 1980), quiseram reclamar o jogador. O seu GM está todo satisfeito pelo ASSALTO À MÃO ARMADA E RAPTO de um excelente guarda-redes.

Nabokov nem quer ouvir falar dos Islanders, pois já disse só ter assinado por serem os Red Wings. Mas o GM dos Islanders não pretende abrir mão do bilhete premiado QUE ROUBOU!

Compensa muito ser uma equipa medíocre no gelo! Se não fosse gostar do desporto de hóquei no gelo (que, como em todos os desportos norte-americanos, RECOMPENSA A MEDIOCRIDADE), nunca suportaria ver um jogo com estas regras (É QUE NA EUROPA A MAIORIA DOS CAMPEONATOS DE HÓQUEI NO GELO TÊM PROMOÇÃO/DESPROMOÇÃO).

O que pensam deste tipo de coisas, colegas? (para termos um paralelo no futebol, para quem não tenha entendido exactamente, é como se o Ronaldinho Gaúcho tivesse assinado com o Flamengo e viesse uma equipa do fundo da tabela ROUBAR e não deixar o futebolista ir para o Flamengo, obrigando-o a jogar pela sua equipa).

A mim, pura e simplesmente causa-me repugnância, e é idiota da parte dos Islanders pensarem que vão ter um jogador satisfeito. O único jogo que vi ao vivo foi um Islanders @ Devils, onde fiquei com uma grande simpatia pelos Devils, e contra os Islanders, e realmente…

GO LEAFS GO!!!

Anúncios
  1. Andre
    segunda-feira, 24 janeiro 2011 às 17:45

    Concordo e discordo

    Por exemplo eua cho o Draft uma otima ideia. Ele evita que aconteça coisas como o Barcelona e a Inter de Milão. Times que tem muito dinheiro dominam o futebol e ganham praticamente tudo. Como voce mesmo disse, um ano em baixo outro ano na Stanley Cup. Isto torna o Hockey um esporte apaixonante, onde todo jogo pode ser um desafio, onde o ultimo tem a chance de desbancar o primeiro.

    Porem algumas regras exageram e os gm muito espertos se aproveitam disso.

  2. Andre
    segunda-feira, 24 janeiro 2011 às 17:46

    Á so par anao deixar de falar
    Reimer foi chamado de votla ^^
    parece que ja começa no jogo de amanha

    • joaoneves77
      terça-feira, 25 janeiro 2011 às 13:16

      sim, pode ter um Barcelona e um Inter Milão, mas também pode ter um Bradford City, que ainda há poucos anos chegou da 4ª Divisão inglesa à Premier League… Pode ter um Nottingham Forest campeão da II Divisão Inglesa em 77, campeão da I Divisão em 78, e bicampeão europeu em 79 e 80…
      no hockey não há liberdade de criação de equipas, e todos os privilégios são dados a equipas dos Estados Unidos com recintos vazios (a NHL chegou a comprar os Coyotes para não ser vendido a empresários canadianos que levassem a equipa para a terra onde se AMA o hockey… (mas Gary Bettman é mais do que famoso por ser um anti-canadiano).
      e equipas a perderem de propósito para o draft não é fair-play…
      REIMER NA BALIZA!!!! As chances de ganhar aumentam logo 50%!!!! GRANDE REIMER!!!!

      • cnbeiro
        terça-feira, 25 janeiro 2011 às 14:47

        Eu concordo que algumas regras da NHL não ajudam ninguém, nem os times e nem os jogadores. No caso do retorno de Nabokov à NHL, o fator que o trouxe, com certeza foi jogar por um time de ponta, como os Red Wings, mas o sistema de colocá-lo em waivers para que outros times possam solicitá-lo, é injusto … O atleta quer retornar e vai para um time que não quer???

        Quanto ao draft, acho uma regra justa, assim como o teto salarial de todas as equipes. Isso tende a fazer com que as equipes que atualmente estão com um conjunto de jogadores menos habilidosos, possam apostar na contratação de um novato promissor. Isso foi o que aconteceu com os Penguins, que contratou Sidney Crosby e passou de um time de fim da tabela, para o campeão da Stanley Cup!

        Gostaria de ver mais times no Canadá! Quebec está pronta a receber uma equipe novamente … e também tem Winnipeg, entre outras cidades interessadas! É triste ver jogos com poucos torcedores como em Atlanta, Phoenix, etc.

        Um abraço a todos e vamos vencer hoje contra os Lightning!
        GO Leafs GO

  1. segunda-feira, 24 janeiro 2011 às 17:39

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: