Anúncios
Início > Toronto Maple Leafs > 04/12/2020 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

04/12/2020 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 06 dezembro 2010 Deixe um comentário Go to comments

Com a visita dos Bruins, time que ganhou de goleada do Tampa Bay Lightning na quinta-feira, a chance de vitória dos Leafs era muito pequena, afinal os Leafs perderam os dois últimos jogos, nesta semana, por shutout, contra os Oilers e os Lightning.

Ontem a história começou como sempre … logo no primeiro período, num erro de passe dos Leafs, o puck sobrou para Nathan Horton, que fuzilou Giguere. Resultado: 1 Bruins, 0 Leafs, aos 4m48s de jogo.

Os Leafs, com o apoio da torcida e, com o retorno de Colby Armstrong, conseguiu o empate aos 15m53s com Carl Gunnarsson, dando uma esperança aos torcedores dosLeafs, de que o time poderia vencer este jogo.

O jogo prosseguiu e ao final do segundo período, seguia empatado em 1 a 1.

Somente no terceiro período, o puck encontrou o fundo da rede. Primeiro foi novamente com os Bruins num gol de Gregory Campbell, que saiu do banco e, com dois passes, chutou ao gol de Giguere para marcar 2 Bruins, 1 Leafs.

Os Leafs seguiam pressionando, tentando o empate à todo custo, porém sempre paravam na muralha que era Tim Thomas! O goleiro estava em noite inspirada e conseguia defender cada chute dado pelos Leafs. Somente aos 19m18s, isso mesmo, faltando apenas 42s para o término da partida, Kris Versteeg empatou … gol que foi muito comemorado pelos Leafs!!!!

A partida foi então à prorrogação. Os Leafs chegaram muito próximo de marcar o gol da vitória, mas mais uma vez, Tim Thomas realizou a defesa mais bela da temporada, defendendo um chute à queima roupa de Beauchemin. Beauchemin não sabe até hoje como perdeu esse gol!!!!

Desta forma, fomos aos pênaltis … a vantagem parecia estar novamente do lado dos Bruins, afinal com Tim Thomas inspirado, quem é que conseguiria marcar um gol nele??? Mas lá foi Nazem Kadri e marcou o primeiro para os Leafs num belo movimento. Tyler Seguin empatou para os Bruins. Na segunda rodada, tanto Kulemin pelos Leafs, quanto Krejci pelos Bruins, não converteram seus pênaltis.

Na terceira rodada, o batedor pelos Leafs foi Phil Kessel, ex-jogador dos Bruins e que nunca marcou um gol nos Bruins após sair da equipe. Phil se dirigiu ao gol de Tim Thomas e disparou um chute tentando surpreender o goleiro, entre as pernas. Apesar do chute não passar pelas pernas do goleiro, Tim Thomas, em seu movimento para defender, deslizou com puck e tudo para dentro do gol, que com revisão por vídeo, comprovou o que já era sabido … segundo gol dos Leafs nos pênaltis e, apesar de não aparecer na Scoresheet, primeiro de Kessel sobre os Bruins. Depois disso o chute de Michael Ryder foi defendido por Giguere e, final da história, vitória dos Leafs sobre os Bruins no shootout (Pênaltis).

Ao final os torcedores dos Leafs, contentes com a vitória, após uma sequência de derrotas, entoava “Thank you, Kessel”.

Obrigado Kessel, Obrigado Kadri e Obrigado Versteeg. Obrigado também ao Colby Armstron que retornou à equipe e pôs fogo no jogo!

Quero parabenizar Tim Thomas, o excelente goleiro dos Bruins, pela partida majestoda que fez e por todas as defesas contra os Leafs. Tim Thomas fechou o gol e em algumas jogadas que certamente seriam gol dos Leafs, conseguiu manter os Bruins à frente do placar.

GOOOO Leafs GOOOOO, Hoje tem jogo contra os Capitals!!!! Vamos vencer a segunda seguida !!!

Para ler a matéria publicada, com a visão dos torcedores do Boston Bruins, visitem o Bruins Fans Brazil.

Quem quiser ver o melhor do jogo aqui está uma compilação de 6 minutos.

Anúncios
  1. Andre
    segunda-feira, 06 dezembro 2010 às 11:55

    Uma vitória inesperada, uma vibração inesperada.
    Arrepiei quando vi o game in six (não pude ver o jogo)
    Não esperava tamanha comemoração e dedicação nos segundos.
    E mais uam vez a torcida dando um show.
    Nossa primeira vitoria em penalidades.

    Armstrong voltando monstro com ja esperado, e que venha phaneuaf tb.

    Podemos voltar a sonhar?
    Será que a pressão e a indignação sofreu efeito?? ou foi coisa atipica?

    • cnbeiro
      segunda-feira, 06 dezembro 2010 às 12:56

      André … o jogo foi emocionante … bom mesmo … quando Versteeg empatou faltando apenas 42 segundos … foi merecido e mágico …. tudo ao mesmo tempo!!!!

      Armstrong voltou muuuito bem … com vontade … chegou a discutir com Zdeno Chara … Milan Lucic … etc …

      Ainda dá tempo de sonhar … mas o time tem que se manter constante agora … sem essas sequência infinitas de derrotas …

      Abraço

  2. Andre
    segunda-feira, 06 dezembro 2010 às 13:28

    Parece que o Monster vai ficar no banco mesmo ein?
    Nada contra o Giguere, mas prefiro o Gustavsson.

    • cnbeiro
      segunda-feira, 06 dezembro 2010 às 14:35

      É … parece que Ron Wilson vai deixar o Giguere jogar mais um pouco … mas realmente Gustavsson estava muito bem no gol … acho que nessa posição estamos muito bem servidos ….

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: