Arquivo

Posts Tagged ‘Tim Thomas’

04/02/2014 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quarta-feira, 05 fevereiro 2014 Deixe um comentário

Os Leafs tiveram uma de suas piores performances na noite de ontem, em Sunrise, Flórida. Jogando contra os Panthers, contra quem haviam vencido na última quinta-feira em Toronto, por 6 a 3, os Leafs não demonstraram a mesma energia no gelo. Por outro lado, este foi um dos melhores jogos dos Panthers na temporada e o jogo onde eles deram mais chutes ao gol adversário, 48!

20140204_Leafs@Panthers_BannerOs Leafs erraram muito durante toda a partida e, quando tinham alguma chance de gol, paravam em Tim Thomas. O primeiro período terminou empatado sem gols, mas os Panthers chutaram 19 vezes ao gol de Jonathan Bernier, contra apenas 4 dos Leafs, que ficaram sem chutar ao gol durante os primeiros 7m19s!

20140204_Leafs@Panthers_ScoreLogo no início do segundo período os Panthers tiveram um powerplay e a defesa dos Leafs não conseguiu ajudar Bernier, que acabou tendo a visão prejudicada por um jogador dos Panthers e não conseguiu fazer a defesa no chute de Tom Gilbert aos 1m14s. Os Leafs até tentaram reagir no período, mas Tim Thomas estava bem no gol e não permitiu o empate. Os Leafs chegaram a ser dominados pelos Panthers em sua zona defensiva, por longos períodos, onde o time sequer conseguia trocar suas linhas no gelo!

Tudo o que restava para a reação dos Leafs era o terceiro período, mas para a infelicidade dos país de diversos jogadores dos Leafs, que estão acompanhando a equipe nesta viagem à Flórida, quem ampliou o placar foi o time da casa. Aos 05m21s, Jesse Winchester desviou o chute de Brian Campbell e marcou o segundo dos Panthers. Os Leafs ainda conseguiram reagir e após Nazem Kadri recuperar o puck na zona ofensiva, David Clarkson marcou o seu quarto gol pelos Leafs, e o primeiro dos Leafs na partida aos 09m31s. Esse gol deu esperança aos Leafs de uma reação, mas um erro de Cody Franson na zona neutra, permitiu a Shawn Mathias, aos 13m22s, um contra-ataque decisivo, voltando a dar dois gols de vantagem aos Panthers. Ao final da partida, já em Empty-Net, foi a vez de Jake Gardiner perder o puck na zona ofensiva e permitir o quarto gol dos Panthers aos 17m30s, marcado por Marcel Goc.

Conforme o próprio Randy Carlyle definiu ao final da partida, ninguém jogou bem na partida de ontem, exceto Jonathan Bernier, que com seus esforços manteve os Leafs na partida.

O próximo jogo dos Leafs será amanhã contra o Tampa Bay Lightning e depois, no sábado, em casa, contra o Vancouver Canucks, último jogo antes da parada para as Olimpíadas de Inverno de Sochi, onde os jogadores defenderão as seleções de seus países.

Vamos tentar fechar esses jogos com vitórias e ficar mais tranquilos durante as Olimpíadas de Inverno!

Go Leafs Gooooo

Enhanced by Zemanta

19/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

terça-feira, 20 março 2012 2 comentários

Embalados por duas vitórias os Leafs foram até Boston, enfrentar o atual campeão da Stanley Cup, time que não apenas venceu todos os outros cinco jogos contra os Leafs na temporada, mas que venceu sem deixar dúvidas de que time é o melhor! Placares sempre com grande diferença de gols a favor dos Bruins!
Sem ter muito espaço, na verdade nenhum espaço, para perder, os Leafs necessitam de todas as vitórias possíveis para continuar na briga pela última vaga dos playoffs da conferência leste! Mas os Bruins não tiveram bem que se esforçar muito para vencer os Leafs por um placar totalmente humilhante, algo a não ser esquecido por muito tempo!
Os Leafs começaram com James Reimer no gol, afinal o goleiro venceu os dois últimos jogos, quase marcando shutouts consecutivos! Infelizmente, desta vez Reimer e o restante do time não estavam preparados para o que estava por vir.
Os Leafs começaram a partida sendo totalmente controlados pelos Bruins que não deixava os Leafs chegarem até o gol de Tim Thomas. Logo aos 2m25s, Chris Kelly recebe um ótimo passe e dribla Reimer para abrir o placar! A defesa não estava posicionada para impedir e Reimer não conseguiu tirar o puck do atacante dos Bruins! O segundo gol veio aos 5m40s, com Greg Campbell. O puck ficou atrás do gol de Reimer, que meio que se perdeu no lance e ficou na trave oposta, quando percebeu que Campbell havia pego o puck e estava indo em direção à outra trave para um wrap-around goal, Reimer foi lento e não conseguiu chegar à tempo de defender! O terceiro gol veio aos 10m58s com Benoit Pouliot desviando um chute de primeira de Boychuk. Mais uma vez Reimer não conseguiu se antecipar para fazer a defesa e a defesa dos Leafs não atrapalhou o posicionamento de Pouliot. Até esse momento os Leafs haviam dado apenas 2 chutes ao gol de Tim Thomas, contra 9 chutes dos Bruins! Ainda veríamos o quarto gol dos Bruins no primeiro período, com Brad Marchand em powerplay aos 12m42s, chutando de um ângulo fechado e vencendo Reimer que não conseguiu se posicionar para a defesa! Este período ainda viu Mike Komisarek partir para cima de Milan Lucic, aos 13m10s, numa briga já antiga, desde quando Komisarek era dos Habs. Komisarek levou a pior, afinal Lucic é maior e mais forte que ele! Mas valeu pela tentativa de dar mais ânimo à equipe!
Neste momento, Reimer foi substituído por Jonas Gustavsson, na esperança de melhorar a defesa e evitar mais gols dos Bruins! No primeiro período o placar se manteve, mas logo aos 2m31s do segundo período, Benoit Pouliot marca o seu segundo da noite, quinto dos Bruins! O capitão dos Bruins Zdeno Chara marca o sexto aos 05m45s, dando um forte chute enquanto seu time estava em vantagem numérica! Gustavsson ainda tomou o seu terceiro gol, sétimo da partida, marcado por Brian Rolston! Foi o primeiro gol de Rolston com a camisa dos Bruins! E no final do segundo período, mesmo com a troca de goleiro, os Leafs perdiam de 7 a 0!
O último período viu mais do mesmo! Os Leafs sem poder de ataque, sem poder de marcação, sem confiança em seus goleiros, totalmente entregue aos Bruins. Aos 18m29s Tyler Seguin finaliza o placar com um belo gol, chutando de primeira, sem muita chance para Gustavsson!
Foi mais uma derrota humilhante e desmoralizante para os Leafs que não apenas não conseguiram vencer os Bruins durante toda a temporada, mas perdeu as seis partidas sem oferecer qualquer dificuldade aos Bruins!
Quem achou que o problema era Reimer, que tomou quatro gols em pouco mais de 12 minutos e por volta de 10 chutes à gol, viu Gustavsson também tomar 4 gols, o que demonstra que o problema é com os goleiros, mas também com a defesa, que não os protege de forma eficiente, deixando espaço livre para chutes diretos, desvios, wrap-arounds! O ataque também não foi bem, não chegamos com perigo ao gol de Tim Thomas! Chegando com perigo já é difícil vencer o ótimo goleiro dos Bruins, imagina sem levar perigo! Tim Thomas nem precisou de um banho após a partida, afinal nem suou! Não precisou! E ainda ganhou mais um shutout em sua carreira!
Carlyle e Burke terão muito trabalho para morar a equipe para a próxima temporada, afinal já joguei a toalha! Perdemos numa noite em que os Sabres e os Capitals ganharam, se distanciando 8 pontos de nós! Somente agora, minhas esperanças de playoffs terminaram! Temos mais 9 jogos, com mais 18 pontos sendo disputados, mas temos uma distância de 8 pontos para a vaga nos playoffs! Matematicamente ainda dá, mas com o time jogando com essa inconsistência, acho que no máximo ganharemos 6 ou 8 dos 18 pontos possíveis!
É isso aí, mais um final de temporada triste para os torcedores dos Leafs que discutem se já chegou a hora de Brian Burke deixar o comando do time, afinal após 4 anos, não chegamos aos playoffs! Na minha opinião o problema não é Burke, ele está tentando fazer este time melhor, assim como manter jogadores jovens e com futuro promissor nas nossas equipes de base! Não é culpa dele o time simplesmente entrar em uma seqüência de derrotas, quando vinha jogando bem e aparentava que, finalmente, se classificaria aos playoffs! Mas Burke necessita trazer o central de primeira linha tão esperado e colocá-lo para jogar com Kessel e Lupul! Tem que rever a defesa, trazendo mais experiência e tamanho e também necessita trazer mais experiência pro gol dos Leafs! Se ele tivesse trazido Marty Turco!!!!
Hoje temos outro jogo, agora contra o New York Islanders!
Go Leafs Go – 2012-2013 está logo aí

06/03/2012 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 07 março 2012 Deixe um comentário

Após a vitória contra os Canadiens, que na verdade só veio no último período, os Leafs enfrentariam o seu maior pesadelo desta temporada no primeiro jogo de Randy Carlyle no Air Canadá Centre, os atuais campeões da Stanley Cup, Boston Bruins.

O time dos Leafs começou muito bem a partida, mostrando um jogo muito mais físico do que nos acostumamos com Ron Wilson. E esta “truculência” adicional nos trouxe resultados logo aos 03m01s quando Carl Gunnarsson consegue abrir o placar após Milan Lucic perder o puck num tranco na borda do gelo, na zona de defesa dos Bruins. Tudo levava a crer que os Leafs finalmente ganharíam dos Bruins nesta temporada, mas aos 13m58s, quando Jordan Caron se aproveitou de um rebote de Jonas Gustavsson, sem uma devida cobertura dos defensores dos Leafs. Jogo empatado.Um ponto interessante do primeiro período é que não houve nenhuma penalidade aplicada às equipes

No segundo período, logo no primeiro minuto, aos 31s Brad Marchand cometeu penalidade, “enganchando” um jogador dos Leafs. Os Leafs se aproveitaram da oportunidade e novamente se colocaram à frente na partida, com um gol de John-Michael Liles aos 57s. Eis que os Leafs permitiram novamente o empate aos 02m02s, com Tyler Seguin desviando um chute de Zdeno Chara. O empate não duraria muito tempo, pois apenas 41s depois, aos 2m43s, Chris Kelly foi ao ataque, seguindo o puck que estava com Jordan Caron. Quando Caron chutou, Gustavsson deu rebote e Chris Kelly já vinha na sequência, colocando o puck na rede dos Leafs e deixando o time visitante à frente do placar pela primeira vez.Aos 09m52s, Phil Kessel se aproveitou de novo powerplay e empatou a partida! A torcida dos Leafs se alegrou e se viu aliviada, mas esse alívio não durou muito pois aos 13m34s, Jordan Caron, voltou a colocar os Bruins à frente no placar. Tyler Seguin marcou o seu segundo da noite aos 16m09s, colocando os Leafs em uma posição difícil para retornar à vitória.

O último período viu os Leafs lutando, não se entregando e tentando à todo custo empatar ou virar o placar. Somente aos 13m13s o recém recontratado Mikhail Grabovski marca o quarto gol dos Leafs. Infelizmente nos segundos finais os Leafs, com 6 jogadores contra 4 dos Bruins, não conseguiram o gol de empate.

Tim Thomas e Gustavsson realizaram diversas defesas importantes, mas Tim saiu com a vitória, a quinta dos Bruins, este ano contra os Leafs.

Não podíamos esperar uma mudança radical dos Leafs, mas o time, sob a coordenação de Carlyle já demonstra estar mais disposto a jogar físicamente e a não desistir nunca!

Infelizmente a partida deixou um dos principais jogadores dos Leafs contundido, Joffrey Lupul saiu do gelo no segundo período, não retornando mais, pois teve o ombro deslocado por um tranco que tomou na borda, onde bateu com o ombro na parede.

Hoje temos um confronto com os Penguins! Temos que voltar a ganhar!!!
GO Leafs GOOOOOOO

30/11/2011 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 01 dezembro 2011 2 comentários

Estamos mais uma vez em casa, para um jogo no Air Canada Centre contra o Boston Bruins, após termos 3 vitórias seguidas durante uma sequência de 4 jogos fora de casa. Apesar disso, os Leafs não possuíam um retrospecto bom contra os Bruins nesta temporada, tendo perdido os dois jogos contra o time de Boston pelos placares de 6×2 e 7×0.

Os Bruins visitaram os Leafs com uma performance incrível em novembro. O time estava invicto no tempo regular, com 12 vitórias e uma derrota na prorrogação e, neste jogo, poderia fechar o mês sem perder no tempo regular e ainda se tornar o líder da divisão Nordeste, passando os Leafs.

O jogo começou e desde o princípio os Bruins jogavam melhor e levavam mais perigo ao gol de Jonas Gustavsson do que os Leafs ao gol de Tim Thomas. Gustavsson estava fazendo uma bela partida e impedindo os Bruins de abrir o placar. Os Leafs marcaram primeiro, aos 07m29s, com Mikhail Grabovski numa bela jogada num powerplay em que ele recebeu um passe cruzado de Clarke MacArthur por trás da defesa dos Bruins e, de backhand, venceu Tim Thomas. Após o gol, os Leafs tentavam manter a vantagem no placar mas os Bruins levavam perigo ao gol de Gustavsson, até que aos 15m08s, Milan Lucic marca o gol de empate, também em powerplay. Ao final do primeiro período os times terminam empatados.

No segundo período, logo aos 03m33s, os Bruins viram a partida com David Krejci, num gol estranho em que o rebote de Gustavsson bate no stick dele e vai para o gol, bem lentamente, mas sem chances de Gustavsson evitar o gol. Os Leafs ainda empatariam a partida numa bela jogada em que Phil Kessel se utiliza de sua velocidade, aos 07m00s, puxa a defesa dos Bruins e Tim Thomas para um lado e dá um passe para Joffrey Lupul marcar um belo gol! Pena que isso não duraria muito e aos 15m30s, Zdeno Chara, com seu chute poderoso, vence Gustavsson, dando a liderança de volta aos Bruins.

Ainda havia a chance de os Leafs brigarem pelavitória no terceiro período, mas Benoit Pouliot aumentou para 4 a 2, logo aos 03m03s. Quem trouxe um pouco mais de esperança para os Leafs foi Matt Frattin, que aos 06m00s, chutou quase da linha vermelha dos Bruins e o puck desviou nos patins de Tim Thomas e entrou! Belíssimo gol de Frattin, o seu segundo gol da temporada! Mas apesar disso, os Leafs não conseguiram mudar a história da partida e, ainda viram Milan Lucic marcar o seu segundo da noite e, Brad Marchand finalizar o placar de 6 a 2, com os Leafs sem o goleiro (empty net).

Pena que os Leafs perderam neste jogo que foi transmitido pela ESPN no Brasil. Acredito que não somos o time com mais torcedores no Brasil e, por este motivo, quando os jogos passam na TV, o melhor é que sejam vitórias do time, para atrair mais torcedores. mas teremos outro jogo dos Leafs, na próxima sexta-feira, ao Vivo às 22h00na ESPN Internacional e ESPN HD.

Os Leafs e Ron Wilson não conseguiram armar uma estratégia para vencer os Bruins nesta temporada. Perdemos todos os jogos e sempre por muitos gols. Até sábado, Ron Wilson deve estudar o que fazer para vencer os Bruins, um time poderoso, atual campeão da NHL, pois jogaremos novamente contra eles, desta vez, em Boston!

GO Leafs GO

05/11/2011 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

domingo, 06 novembro 2011 5 comentários

Este post será mais curto pois, aparentemente, até este momento não há muito a se falar dos Leafs! Estou escrevendo este post no intervalo para o terceiro período e os Bruins já estão ganhando por 5 a 0, com um hat-trick de Tyler Seguin, um de Milan Lucic e um de David Krejci.

Até nos powerplays Leafs são dominados pelo time visitante e Ben Scrivens, que tomou os 5 gols , já deu lugar ao Monster!

Acabou o jogo …

No terceiro período os Leafs continuaram com seu jogo tímido, sem dominar o gelo, perdendo pucks de todas as formas possíveis, com powerplays onde não faziam nenhum chute ao gol de Tim Thomas, sem intimidar o time adversário, enfim, os Leafs estavam presentes no gelo, mas sem alma, sem garra, sem vontade!

Foi o pior jogo dos Leafs que já assisti nestes quase 10 anos que acompanho o time!

Ainda deixaram os Bruins marcarem gols seguidos, com diferença de 8 segundos (segundo e terceiro gols), 14 segundos (quarto e quinto gols) e 28 segundos (sexto e sétimo gols).

Placar final: Boston Bruins 7 x Toronto Maple Leafs 0.

Tudo bem que não vamos ganhar todos os jogos, mas perder por esse placar e jogando mal assim!?!?!?!?!?!

Nesta temporada o placar está 13 x 2 para os Bruins, afinal perdemos o primeiro jogo, em Boston, por 6 x 2. Ron Wilson necessita encontrar um solução para os jogos contra os Bruins, caso contrário, perderemos os 6 jogos contra eles!

Parabéns aos Bruins que jogaram bem e anularam totalmente os Leafs! Parabéns ao Tyler Seguin pelo seu primeiro hat-trick!

E Leafs! Vamos esquecer este jogo decepcionante e voltar com tudo para a próxima partida, no Air Canada Centre contra o Florida Panthers!

%d blogueiros gostam disto: