Arquivo

Posts Tagged ‘Zdeno Chara’

26/03/2016 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 28 março 2016 Deixe um comentário

Finalizando uma sequência de seis jogos em casa o Toronto Maple Leafs recebeu o Boston Bruins, que não vencia a cinco jogos seguidos! Os Leafs vinham de três vitórias seguidas.

Com Jonathan Bernier no gol, os Leafs foram melhor no primeiro período e conseguiram se impor. Colin Greening fez uma ótima jogada e Ben Smith desviou, tirando o puck de Tuuka Rask aos 16m55s do primeiro período.

Infelizmente para o time da casa, após o intervalo, os Bruins colocaram seu jogo em ordem e viraram a mesa no segundo período, e também viraram o placar com gols de Patrice Bergeron aos 02m52s em powerplay e o capitão, Zdeno Chara aos 06m29s. Os Leafs simplesmente pareciam um time lento, rifando o puck a cada jogada. 

O último período foi mais parelho, mas ao final, com os Leafs já sem Bernier no gol (empty-net), Matt Beleskey fechou o placar. 

Realmente não foi um bom jogo pra os Leafs mas não podemos reclamar, já que dos seis jogos em casa, vencemos 4 e perdemos 2. Os jogadores novos estão se encontrando na NHL e marcando seus primeiros pontos e gols. 

Hoje jogamos em Tampa contra o Tampa Bay Lightning. 

Go Leafs Gooo

21/11/2015 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

domingo, 22 novembro 2015 Deixe um comentário

Sem descanso os Leafs foram à Boston, enfrentar o Boston Bruins. 

Ainda no gol do Toronto Maple Leafs estava James Reimer, mesmo tendo jogado na noite anterior, num jogo que chegou ao Shootout. Mas como Reimer tem sido muito sólido no gol, Mike Babcock decidiu que valia à pena mantê-lo. É realmente valeu.

Reimer foi excelente e manteve os Leafs no jogo até o terceiro período! O jogo estava bem parelho, apesar de os Leafs desferirem menos chutes ao gol de Tuuka Rask, mas aos 16m17s, Zdeno Chara recebeu um ótimo passe e ficou livre para chutar de forma indefensável! Com a vantagem no placar conseguida com menos de 4 minutos para o final da partida, os Leafs ainda tentaram o Empty Net, retirando Reimer para colocar um jogador a mais no ataque. Isso não funcionou pois aos 19m53s, Brad Marchand acertou o gol vazio de Toronto com um chute da zona neutra. 

Foi uma derrota para os Leafs, mas a equipe vem mostrando seu valor e merece respeito!

Go Leafs Go

25/10/2014 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 27 outubro 2014 Deixe um comentário

No início da partida, as equipes de Toronto, Montreal e Ottawa fizeram uma homenagem aos soldados mortos no atentado ocorrido na quarta-feira e todas as três cidades cantaram juntas o hino nacional canadense.

Season_2014-15_Goalies_Game9Os Bruins vieram a Toronto sem seu capitão, Zdeno Chara, que contundiu o joelho em um encontrão que teve com John Tavares dos Islanders. Chara ficará até seis semanas afastado. Sem Chara na equipe, os Bruins tiveram que se aplicar mais na defesa e isso levou a equipe a responder bem à falta de seu capitão e jogar o melhor jogo defensivo da temporada.

No primeiro período os Bruins abriram o placar, em vantagem numérica (powerplay) com Carl Soderberg aos 03m27s. No segundo período os Bruins dobraram a vantagem com um gol de David Krejci que chutou em Jonathan Bernier e aproveitou o rebote proporcionado pelo goleiro dos Leafs aos 15m58s.

Os Leafs bem que tentavam reagir, mas realmente não jogaram bem e deixaram o time de Boston dominar a partida desde o começo. E, quando tinham chance, paravam na defesa de Tuuka Rask ou da própria defesa dos Bruins.

Season_2014-15_Score_Game9No início do terceiro período os Leafs teriam chance de diminuir o placar num powerplay, mas quem marcou foram os Bruins (shorthanded) aos 02m32s com Gregory Campbell e, aos 04m09s, foi a vez de Dougie Hamilton vencer Bernier num contra-ataque, retirando o goleiro dos Leafs da partida. Com James Reimer no gol os Leafs conseguiram marcar o gol de honra com Richard Panik, aos 14m27s. Foi o primeiro gol de Panik na NHL pelos Leafs!

Ao final da partida, os Leafs somaram mais uma derrota, a quinta em casa, onde somente ganharam uma vez na temporada. Randy Carlyle disse que se sente frustrado e bravo pois a equipe parece desmontar após tomar um gol em casa. Parece que os tacos começam a tremer e os passes que acertamos em outros jogos não chegam limpos para o destino!

Os Leafs ainda estão em um período de ajustes, mas precisam acordar. O próximo jogo será em casa, contra o Buffalo Sabres.

Go Leafs Gooooo

06/05/2013 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – ECQF – Jogo 3

terça-feira, 07 maio 2013 Deixe um comentário

Os torcedores dos Leafs aguardaram mais de 9 anos para ver o time jogando novamente nos playoffs e a tão esperada data chegou. Após dois jogos em Boston, os Leafs voltavam para casa com uma vitória sobre os Bruins, esperando usar o ambiente do Air Canada Centre e sua fervorosa torcida a seu favor.20130506_Bruins@Leafs_ECQFG3_Banner

A Maple Leafs Square, em frente ao Air Canada Centre estava lotada de fãs apoiando a equipe, assim como o próprio Air Canada Centre que estava com lotação máxima, tudo para ajudar a equipe e pressionar qualquer equipe visitante.

O jogo começou bem para ambas equipes e os Leafs pareciam que estavam muito ligados no jogo. Tudo nos levava a crer que a vitória seria questão de tempo. Engraçado foi ver que o Zdeno Chara foi designado para marcar o Phil Kessel homem a homem. Houve até uma imagem dividida na tela, com Kessel entrando no gelo e, assim que ele entrou, Zdeno Chara imediatamente e terá no gelo! Bom saber da preocupação dos Bruins quanto ao Kessel. Infelizmente para os Leafs, aos 13m42s, Adam McQuaid desfere um chute num momento em que Dion Phaneuf passava em frente a James Reimer, o que atrapalhou o goleiro dos Leafs a visualizar o puck. Reimer achou que Phaneuf ia bloquear o chute e o defensor e capitão dos Leafs, achou que seria melhor sair da frente para Reimer efetuar a defesa. Mesmo assim, atrás no placar, os Leafs estavam com um bom nível de jogo, jogando de igual para igual com os Bruins, num ótimo jogo de playoffs.

20130506_Bruins@Leafs_ECQFG3_ScoreO segundo período definiu o jogo e, mais uma vez, infelizmente, para o lado dos Bruins. Rich Peverley aumentou para os Bruins aos 5m57s, num erro de Ryan O’Byrne, que não viu Jaromir Jagr se aproximando e acabou perdendo o puck para Jagr, que deu o passe para Peverley marcar. A partida ainda não parecia perdida pelos Leafs, que continuavam jogando bem e desafiando Tuuka Rask em cada chute a gol. O primeiro gol dos Leafs só veio aos 13m45s, num belo chute de Jake Gardiner. Com o gol, as esperanças de uma resposta aos Bruins aumentou, mas foi logo soterrada com um gol de contra-ataque de Nathan Horton. A jogada começou após um ataque dos Leafs em que Grabovski mandou o puck para a frente do gol dos Bruins, mas não conseguimos aproveitar. Os Bruins começaram o contra-ataque, Milan Lucic venceu o defensor dos Leafs e cruzou para Nathan Horton marcar aos 14m35s. Aos 16m37s Daniel Paille não desperdiçou o presente dado à ele pelos defensores dos Leafs. Phaneuf e Kessel trocavam passes indo ao ataque, quando Paille interceptou o passe próximo à linha azul dos Leafs e partiu sozinho contra Reimer. O chute ainda bateu na trave antes de entrar. Os Leafs não estavam mal na partida, mas os erros nos custaram dois gols.

Para o terceiro período a equipe tinha que voltar ao gelo com muita vontade e impor o seu jogo. Logo aos 47s, Phil Kessel marca o segundo gol dos Leafs, aproveitando-se de um powerplay. Após esse gol os Leafs pressionaram bastante os Bruins, mas Tuuka Rask estava bem no jogo e defendeu todos os chutes restantes. Os Bruins ainda marcaram o quinto gol da noite, com David Krejci, aos 18m43s, quando os Leafs já estavam sem goleiro (Empty Net) para colocar um atacante a mais no gelo e tentar uma reação. Só neste período os Leafs deram 18 chutes à gol contra apenas seis dos Bruins.

Neste jogo os Leafs deram um total de 47 chutes à gol contra 38 dos Bruins. A equipe mostrou determinação, coração e raça, mas erros pontuais acabaram por minar as nossas chances. Quarta-feira tem mais e se jogar os bem como temos jogado podemos facilmente empatar a série novamente!

Go Leafs Gooo

19/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

terça-feira, 20 março 2012 2 comentários

Embalados por duas vitórias os Leafs foram até Boston, enfrentar o atual campeão da Stanley Cup, time que não apenas venceu todos os outros cinco jogos contra os Leafs na temporada, mas que venceu sem deixar dúvidas de que time é o melhor! Placares sempre com grande diferença de gols a favor dos Bruins!
Sem ter muito espaço, na verdade nenhum espaço, para perder, os Leafs necessitam de todas as vitórias possíveis para continuar na briga pela última vaga dos playoffs da conferência leste! Mas os Bruins não tiveram bem que se esforçar muito para vencer os Leafs por um placar totalmente humilhante, algo a não ser esquecido por muito tempo!
Os Leafs começaram com James Reimer no gol, afinal o goleiro venceu os dois últimos jogos, quase marcando shutouts consecutivos! Infelizmente, desta vez Reimer e o restante do time não estavam preparados para o que estava por vir.
Os Leafs começaram a partida sendo totalmente controlados pelos Bruins que não deixava os Leafs chegarem até o gol de Tim Thomas. Logo aos 2m25s, Chris Kelly recebe um ótimo passe e dribla Reimer para abrir o placar! A defesa não estava posicionada para impedir e Reimer não conseguiu tirar o puck do atacante dos Bruins! O segundo gol veio aos 5m40s, com Greg Campbell. O puck ficou atrás do gol de Reimer, que meio que se perdeu no lance e ficou na trave oposta, quando percebeu que Campbell havia pego o puck e estava indo em direção à outra trave para um wrap-around goal, Reimer foi lento e não conseguiu chegar à tempo de defender! O terceiro gol veio aos 10m58s com Benoit Pouliot desviando um chute de primeira de Boychuk. Mais uma vez Reimer não conseguiu se antecipar para fazer a defesa e a defesa dos Leafs não atrapalhou o posicionamento de Pouliot. Até esse momento os Leafs haviam dado apenas 2 chutes ao gol de Tim Thomas, contra 9 chutes dos Bruins! Ainda veríamos o quarto gol dos Bruins no primeiro período, com Brad Marchand em powerplay aos 12m42s, chutando de um ângulo fechado e vencendo Reimer que não conseguiu se posicionar para a defesa! Este período ainda viu Mike Komisarek partir para cima de Milan Lucic, aos 13m10s, numa briga já antiga, desde quando Komisarek era dos Habs. Komisarek levou a pior, afinal Lucic é maior e mais forte que ele! Mas valeu pela tentativa de dar mais ânimo à equipe!
Neste momento, Reimer foi substituído por Jonas Gustavsson, na esperança de melhorar a defesa e evitar mais gols dos Bruins! No primeiro período o placar se manteve, mas logo aos 2m31s do segundo período, Benoit Pouliot marca o seu segundo da noite, quinto dos Bruins! O capitão dos Bruins Zdeno Chara marca o sexto aos 05m45s, dando um forte chute enquanto seu time estava em vantagem numérica! Gustavsson ainda tomou o seu terceiro gol, sétimo da partida, marcado por Brian Rolston! Foi o primeiro gol de Rolston com a camisa dos Bruins! E no final do segundo período, mesmo com a troca de goleiro, os Leafs perdiam de 7 a 0!
O último período viu mais do mesmo! Os Leafs sem poder de ataque, sem poder de marcação, sem confiança em seus goleiros, totalmente entregue aos Bruins. Aos 18m29s Tyler Seguin finaliza o placar com um belo gol, chutando de primeira, sem muita chance para Gustavsson!
Foi mais uma derrota humilhante e desmoralizante para os Leafs que não apenas não conseguiram vencer os Bruins durante toda a temporada, mas perdeu as seis partidas sem oferecer qualquer dificuldade aos Bruins!
Quem achou que o problema era Reimer, que tomou quatro gols em pouco mais de 12 minutos e por volta de 10 chutes à gol, viu Gustavsson também tomar 4 gols, o que demonstra que o problema é com os goleiros, mas também com a defesa, que não os protege de forma eficiente, deixando espaço livre para chutes diretos, desvios, wrap-arounds! O ataque também não foi bem, não chegamos com perigo ao gol de Tim Thomas! Chegando com perigo já é difícil vencer o ótimo goleiro dos Bruins, imagina sem levar perigo! Tim Thomas nem precisou de um banho após a partida, afinal nem suou! Não precisou! E ainda ganhou mais um shutout em sua carreira!
Carlyle e Burke terão muito trabalho para morar a equipe para a próxima temporada, afinal já joguei a toalha! Perdemos numa noite em que os Sabres e os Capitals ganharam, se distanciando 8 pontos de nós! Somente agora, minhas esperanças de playoffs terminaram! Temos mais 9 jogos, com mais 18 pontos sendo disputados, mas temos uma distância de 8 pontos para a vaga nos playoffs! Matematicamente ainda dá, mas com o time jogando com essa inconsistência, acho que no máximo ganharemos 6 ou 8 dos 18 pontos possíveis!
É isso aí, mais um final de temporada triste para os torcedores dos Leafs que discutem se já chegou a hora de Brian Burke deixar o comando do time, afinal após 4 anos, não chegamos aos playoffs! Na minha opinião o problema não é Burke, ele está tentando fazer este time melhor, assim como manter jogadores jovens e com futuro promissor nas nossas equipes de base! Não é culpa dele o time simplesmente entrar em uma seqüência de derrotas, quando vinha jogando bem e aparentava que, finalmente, se classificaria aos playoffs! Mas Burke necessita trazer o central de primeira linha tão esperado e colocá-lo para jogar com Kessel e Lupul! Tem que rever a defesa, trazendo mais experiência e tamanho e também necessita trazer mais experiência pro gol dos Leafs! Se ele tivesse trazido Marty Turco!!!!
Hoje temos outro jogo, agora contra o New York Islanders!
Go Leafs Go – 2012-2013 está logo aí

%d blogueiros gostam disto: