Arquivo

Posts Tagged ‘Michael Cammalleri’

22/10/2011 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 23 outubro 2011 2 comentários

Mais um jogo fora de casa e mais um jogo contra um rival de divisão. Desta vez, vindos de uma derrota contra os Bruins, os Leafs visitaram os Canadiens, que estavam engasgados com a derrota no jogo de abertura da temporada, no Air Canada Centre.

Mal o jogo começou e numa jogada aparentemente normal, Brian Gionta, o capitão dos Canadiens, acertou uma cotovelada na cabeça de James Reimer, inclusive arrancando a máscara do mesmo e ganhou uma penalidade por interference. Reimer ficou alguns segundos se recuperando e voltou à partida. Logo aos 1m51s, se aproveitando da vantagem numérica (powerplay) dos Leafs, Travis Moen, recebe o puck num contra-ataque e não desperdiçou, abrindo o placar para os Canadiens! Os Leafs somente conseguiram empatar a partida aos 7m07s, quando num chute de Jake Gardiner, David Steckel desviou o puck e enganou Carey Price. Ainda no primeiro período, houve um check duplo onde PK Subban foi ensanduichado por Jay Rosehill e Mike Brown, e James Reimer salvou os Leafs numa tentativa à queima-roupa dos Canadiens.

Para o segundo período uma surpresa! James Reimer não retorna e quem assume o gol é Jonas Gustavsson. Os médicos dos Leafs acharam melhor retirar Reimer devido à cotovelada do início do primeiro período, para poupá-lo e já iniciar uma recuperação. Gistavsson mal conseguiu se aquecer e entrar no clima da partida e aos 29 segundos do segundo período, Andrei Kostitsyn marca o gol de empate num contra-ataque. Os Leafs estavam jogando bem e não se deixaram abater, após menos de 1 minuto, aos 1m05s, Phil Kessel rouba o puck do defensor dos Canadiens que acabava de dar a volta no gol de Carey Price e marca o gol de empate! Belo gol de Kessel que está tendo um início de temporada invejável! No período os Leafs ainda marcaram mais um, desta vez com um chute certeiro de Dion Phaneuf aos 04m19s em vantagem numérica. Price não deve nem ter visto a cor do puck, pois o chute de Phaneuf foi muito potente!  Após tomar aquele gol logo aos 29 segundos deste período, Gustavsson passou a jogar melhor e defendeu os Leafs de tomarem o gol de empate! Neste período, os Canadiens desferiram 13 chutes ao gol, contra apenas 6 dos Leafs.

Com certeza, jogando em casa, os Canadiens voltariam com força total no terceiro período, e foi o que aconteceu. Aos 1m27s, Michael Cammalleri recebe o puck na linha azul de defesa dos Leafs, avança e desfere um chute que vence Gustavsson! Foi um gol muito parecido ao gol de Andrei Kostitsyn! Com a partida empatada, foi a vez de Travis Moen marcar o seu segundo gol da partida, aos 09m28s, num chute dado em meio ao tráfego em frente a Gustavsson! Os Canadiens passaram a frente, mas os Leafs mantiveram-se melhores, até que, aos 13m07s, Nikolai Kulemin se aproveitou de um puck que ficou livre próximo ao gol dos Habs e empatou novamente a partida. Ninguém mais conseguiu marcar gol e, portanto fomos para a prorrogação.

Na prorrogação os Leafs terminaram a partida, aos 1m23s, quando Grabovski recebe um passe de Jean-Michael Liles, atrás do gol dos Habs e, com uma incrível habilidade avança para a frente do gol, dá as costas para o defensor e marca um belíssimo gol, o gol da vitória dos Leafs! É impressionante a habilidade de Grabo!

Amanhã visitaremos os Flyers, tentando continuar jogando bem, e conseguindo mais 2 pontos!

GO Leafs GO

%d blogueiros gostam disto: