Anúncios
Início > Air Canada Centre, NHL, NHL Game, Sent to the Marlies, Toronto Maple Leafs, Vitória > 01/02/2012 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

01/02/2012 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 02 fevereiro 2012 Deixe um comentário Go to comments

Com a derrota no shootout na noite anterior, em Pittsburgh, depois de estar vencendo por 4 a 1 no terceiro período e de tomar o gol de empate faltando apenas 6 segundos para acabar o jogo, os Leafs retornaram para casa, para receber os mesmos Penguins.

Para este jogo os Leafs contaram com o retorno de John-Michael Liles e Colby Armstrong e com o goleiro James Reimer, para o descanso de Jonas Gustavsson, que vinha sendo o goleiro número 1 até então.

O jogo em Toronto começou com o clima pesado, com os Leafs querendo descontar a derrota da noite anterior e os Penguins confiantes de que conseguiriam novamente vencer, porém o primeiro período viu um jogo “amarrado” com as equipes disputando muito o puck nas bordas e com poucos chutes à gol até os 15 minutos do período (3 chutes para os Penguins e 2 para os Leafs). Faltando 5 minutos para o final do período, os Leafs começaram a dominar o gelo e fazer uma pressão maior no time dos Pens, mas que não surtiu efeito no placar e o período terminou, sem gols para nenhuma das equipes.

O segundo período veio e, apesar da melhora dos Penguins, nada mudou no placar. Ambas equipes e seus goleiros conseguiram se defender bem. Houve inclusive um lance em que Mike Brown, após um check em Matt Cooke, chegou a se estranhar com o jogador dos Pens e se desfez de suas luvas, chamando Cooke para a briga, mas Cooke aceitou e apenas se dirigiu ao banco dos Pens. Estranhei essa atitude do Matt Cooke que na noite anterior derrubou Phaneuf por trás, próximo ao gol dos Penguins, e ambos tomaram penalidades por fighting.Neste período também houve um gol de James Neal, dos Pens, que foi anulado corretamente pelos árbitros, após uma revisão dos vídeos, onde foi identificado que Neal chutou o puck para o gol.

No terceiro período, as equipes voltaram com a energia para disputar a vitória, mas foi somente aos 13m55s que o placar foi finalmente alterado. Clarke MacArthur recebe um passe de Grabovski e finta o goleiro dos Pens, Brent Johnson, marcando um gol de backhand. Seria o gol da vitória dos Leafs, que ainda veriam os Penguins pressionarem no ataque, inclusive com um chute que resvalou no travessão de Reimer.

Dos últimos 5 jogos, dos 10 pontos possíveis, os Leafs ganharam 9. O time está jogando bem e conseguindo as vitórias necessárias para se classificar aos playoffs.

Este mês é complicado devido à data final de trocas (27 de fevereiro), pois principalmente em Toronto, a imprensa começa a fazer previsões sobre quem vai ser envolvido nas trocas e isso acaba deixando os jogadores um pouco inseguros sobre seu futuro na equipe. Um dos que já reclamaram de todo esse assunto foi Clarke MacArthur, um dos que possivelmente pode estar envolvido numa troca que Burke deve realizar antes do dia 27, como já é de costume dele, ao antecipar tais negociações.

No sábado enfrentaremos a quinta batalha de Ontario, em Ottawa. Os Senstors possuem a vantagem, tendo ganho 3 dos 4 jogos contra os Leafs nesta temporada, mas o time de Ottawa perdeu os seus últimos 3 jogos, então parece que será um jogo bem disputado uma vez que as equipes estão muito próximas na tabela de classificação (Os Sens estão em sexto, com 60 pontos em 53 jogos e os Leafs estão com 58 pontos em 51 jogos).

GO Leafs GOOOOOOOOO

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: