Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Philipp Grubauer’

03/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

quarta-feira, 04 janeiro 2017 Deixe um comentário

Após cinco vitórias seguidas, o Toronto Maple Leafs buscava manter a sequência contra o Washington Capitals. Até jogamos bem, mas o terceiro período tem sido nosso calcanhar de Aquiles e, ao final, acabamos perdendo na prorrogação. 

O jogo mal começou e concedemos um powerplay para os Capitals, que não desperdiçaram. Justin Williams abriu o placar logo aos 01m14s. Nazem Kadri empatou aos 06m39s também em powerplay e jos colocou de volta na partida. Estávamos jogando bem e Braden Holtby, o ótimo goleiro dos Capitals, parecia não estar em sua melhor noite, permitindo 3 gols em apenas 8 chutes no primeiro período. Connor Brown virou o placar aos 11m44s. T.J. Oshie empatou aos 16m00s, mas Frederik Gauthier voltou a colocar os Leafs à frente aos 18m06s. 

Braden Holtby acabou sendo substituído por Philipp Grubauer logo no início do segundo período. Numa jogada espetacular de Auston Matthews, que levou o puck para trás do gol de Grubauer e passou, de costas, para Leo Komarov marcar num powerplay aos 13m33s, dando uma liderança de dois gols no placar aos Leafs no início do terceiro período. 

Mais uma vez a “lentidão” do terceiro período veio para atacar os Leafs. Não sei se os jogadores jovens já pensam que o jogo esta ganho e diminuem o ritmo, ou se eles se aplicam tanto nos dois primeiros períodos que chegam ao terceiro mais cansados, mas a equipe simplesmente parou no gelo e sofreu com a pressão dos Capitals, que empataram o jogo com gols de Evgeny Kuznetsov aos 02m20s e Dimitri Orlov aos 03m39s. Os jogadores jovens dos Leafs estão muito bem e Mitch Marner recebeu o puck em ótima posição e partiu sozinho num contra-ataque, vencendo Grubauer aos 11m08s. Voltamos a respirar, mas por poucos minutos pois aos 13m55s, John Carlson voltou a empatar a partida. Só não perdemos no tempo regulamentar pois Frederik Andersen fez excelentes defesas no terceiro período. 

A decisão foi para a prorrogação e, dessa vez, a sorte não ficou ao lado dos Leafs, que deixaram ninguém mais, ninguém menos, que Alexander Ovechkin livre para desferir um potente chute, sem defesa para Andersen, fechando a partida e dando a vitória aos Capitals. 

Essa lentidão do terceiro período é algo em que Babcock precisa atuar, mas também pode ser devido à pouca experiência de muitos jogadores. Mas não podemos reclamar, afinal pontuamos nos últimos seis jogos, vencendo cinco deles!

Go Leafs Gooooo 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: