16/12/2014 – Anahein Ducks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 17 dezembro 2014 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs engatou a quinta marcha e continua acelerando na temporada. Após uma vitória no shootout contra os atuais campeões, Los Angeles Kings, no domingo, a equipe voltou a enfrentar uma equipe da Califórnia, os Anahein Ducks, em busca da sexta vitória consecutiva.

Mais uma vez no gol dos Leafs estava Jonathan Bernier, que vem tendo apresentações sólidas, dificultando muito para as outras equipes. Pelo lado dos Ducks, o goleiro da vez é Frederick Andersen.

Este jogo não pode ser comemorado pelos Leafs como seu melhor jogo. A equipe não conseguiu se impor fisicamente e por partes do jogo acabou sendo dominado pelos Ducks. Ao final da partida foram 42 chutes dos Ducks contra apenas 27 dos Leafs.

Felizmente os Leafs foram oportunistas e saíram com a vitória se aproveitando das poucas chances que conseguiam criar. O primeiro gol foi de Tyler Bozak, aos 15m12s, se aproveitando de um rebote de um chute de James Van Riemsdyk! Os Leafs estão invictos na temporada, quando abrem o placar e este jogo não foi diferente. Foi a décima quarta vitória da temporada!

Mal começou o segundo período e Joffrey Lupul amplia a vantagem com um chute forte, de primeira, que venceu Andersen por sobre o ombro aos 1m31s. Aos 13s13s, foi a vez dos Leafs dormirem no gelo e permitirem aos Ducks um gol shorthanded, com os Leafs em powerplay. Quem marcou foi Sami Vatanen, com assistência de Ryan Kesler. Esse gol deu ânimo à equipe visitante, que pressionou os Leafs nos minutos finais do segundo período.

Somente no terceiro período os Leafs definiram a vitória e acabaram com as chances de recuperação dos Ducks. Aos 04m37s, David Booth marca o terceiro dos Leafs num wrap-around. Nazem Kadri marcou um belíssimo gol aos 05m28s, com um movimento de controle do puck perfeitamente executado. Aos 08m35s, Ryan Kesler marca o segundo dos Ducks, mas os Leafs conseguiram controlar a partida e ainda viu Phil Kessel marcar dois gols, aos 15m23s, em powerplay, e aos 18m17s. Placar final: Ducks 2 x Leafs 6.

Foi a sexta vitória consecutiva dos Leafs e o time vem jogando bem, com seus goleiros também se mostrando sólidos.

É manter ritmo para o restante da temporada!

Go Leafs Goooo

14/12/2014 – Los Angeles Kings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 15 dezembro 2014 Deixe um comentário

Com a visita dos atuais campeões da Stanley Cup, o Los Angeles Kings, o Toronto Maple Leafs fecharia o final de semana após vencer o Detroit Red Wings na noite de sábado.

A equipe demonstra estar muito bem e tanto Jonathan Bernier, quanto James Reimer, que jogou esta partida, estão muito bem!

No primeiro período os Leafs dominaram e acabaram por abrir o placar aos 14m00s, com um gol de Mike Santorelli, que num wrap-around, jogada em que o jogador dá a volta por trás do gol, marcou um belo gol, sem chance de defesa para Jonathan Quick. Aos 19m30s, Cody Franson aumentou para os Leafs num chute à distância!

Como é bom estar com dois gols de vantagem no placar ainda no primeiro período! O problema é que toda essa vantagem desmoronou nos últimos quatro minutos do segundo período, quando Justin Williams marcou aos 16m02s e os Kings pressionaram os Leafs. Com a pressão os Kings conseguiram o gol de empate numa jogada em que Dwight King partiu para cima de Reimer e o puck entrou no cantinho do gol. Foi um balde de gelo na equipe dos Leafs!

Para o desespero da Leafs Nation, com apenas 01m02s do terceiro período, Marian Gaborik vira o placar. Foi então que os Leafs demonstraram maturidade e se aproveitaram de um powerplay para que James Van Riemsdyk empatasse novamente a partida aos 08m49s. Depois disso as chances foram iguais para ambas equipes e a partida foi para a prorrogação, sem gols, e a decisão foi para os pênaltis (Shootout).

Joffrey Lupul foi o primeiro a chutar e marcar por sobre a luva de Quick! Nenhum outro jogador conseguiu marcar gol e este acabou sendo o gol da vitória dos Leafs! Reimer fechou o gol e não permitiu que os Kings empatassem a disputa de pênaltis!

Que ótima fase da equipe! Que dure muito tempo e que a equipe mantenha a regularidade, jogando bem e sem muitas contusões!

Go Leafs Gooooooo

13/12/2014 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 15 dezembro 2014 Deixe um comentário

Realmente os Leafs parecem ter encontrado o seu jogo e estão em uma bela sequência de vitórias. Na última quarta venceram os Red Wings em Detroit e no sábado voltaram a enfrentar os mesmos Red Wings no Air Canada Centre.

Apesar da vitória, Randy Carlyle citou alguns problemas da equipe na vitória de quarta-feira e creio que esses erros foram corrigidos nesta partida.

Jonathan Bernier realizou uma ótima partida e manteve os Red Wings fora do placar com uma bela defesa antes de acabar permitindo o gol de Niklas Kronwall aos 15m27s, num powerplay onde Darren Helm acabou por bloquear a visão de Bernier do chute. Apenas um minuto depois, James Van Riemsdyk dá o troco e, aos 16m27s, empata para os Leafs também num powerplay, vencendo o goleiro Petr Mrazek. Ambas equipes deram 12 chutes a gol no primeiro período.

A partir do segundo período os Leafs passaram a dominar a partida. Os Red Wings não quiseram culpar o jogo que tiveram na noite anterior contra o Florida Panthers, onde perderam no shootout, e seu capitão, Henrik Zetterberg comentou que a equipe não conseguiu se impor. Aos 17m50s, Richard Panik colocou os Leafs à frente do placar.

O terceiro período ainda viu os Leafs melhor na partida e os gols de Morgan Rielly aos 01m42s, e Nazem Kadri, aos 16m46s, já com os Red Wings em Empty Net (sem goleiro). Aliás, o gol de Rielly foi um belíssimo gol onde ele recebeu o puck na zona neutra, patinou com velocidade durante uma troca de linhas dos Red Wings e disparou forte, vencendo Mrazek abaixo de sua luva.

Foi mais uma ótima vitória dos Leafs, contra um forte time e mantendo a equipe bem classificada na tabela.

Na noite seguinte tivemos outra pedreira pela frente, os atuais campeões, Los Angeles Kings.

Go Leafs Gooooo

10/12/2014 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

sábado, 13 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após 5 jogos em casa, vencendo 4 e perdendo apenas 1, os Leafs foram visitar o antigo rival do grupo dos Original Six, o Detroit Red Wings, no Joe Louis Arena.

Como Jonathan Bernier venceu o jogo contra o Calgary Flames na noite anterior, James Reimer seria o goleiro da vez para os Leafs.

Os Red Wings, jogando em casa, pressionavam os Leafs e iam desferindo chutes ao gol de Reimer, que fez uma ótima partida. O primeiro período terminou com o mesmo placar do início do jogo, sem nenhuma equipe conseguir vencer a defesa adversária!

Veio o segundo período, a mesma pressão dos Red Wings e, aos 17m52s, Gustav Nyquist abriu o placar. Apesar do baixo número de chutes ao gol do time de Detroit, somente 10, somando os dois períodos, os Leafs se seguravam.

No terceiro período os Leafs conseguiram chegar ao empate aos 05m09s, com Phil Kessel, em seu primeiro ponto sobre os Red Wings após o NHL Winter Classic.

Com o jogo empatado, a prorrogação teve uma jogava que, por alguns centímetros, não deu a vitória aos Leafs. James Van Riemsdyk fez ótima jogada, o puck foi deslizando por trás de Jimmy Howard e pode ser que entrasse, mas o defensor do Detroit, Niklas Kronwall, parou o puck sobre a linha e o colocou mais próximo ao goleiro, evitando o gol.

Nos pênaltis (shootout), Pavel Datsyuk marcou o primeiro para os Red Wings, com o puck batendo na trave e no patins de Reimer antes de entrar. Depois foi a vez de Tyler Bozaj empatar para os Leafs. A segunda rodada viu Gustav Nyquist desperdiçar, assim como Joffrey Lupul, chutando o puck por cima do gol de Jimmy Howard. Na última rodada de cobranças, Tomas Tatar teve sua tentativa defendida por James Reimer enquanto Mike Santorelli marcou o gol da vitória dos Leafs!

Ambas equipes voltam a se enfrentar hoje, em Toronto.

Os Leafs venceram 7 dos últimos 9 jogos, e ainda tiveram mais este, contra os Red Wings, vencido no shootout.

Go Leafs Goooooo

09/12/2014 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 11 dezembro 2014 2 comentários

Este é o último jogo de uma sequência de cinco jogos em casa, no Air Canada Centre, onde os Leafs venceram três e perderam só um. O Toronto Maple Leafs recebeu os Calgary Flames antes de ir à Detroit enfrentar os Red Wings na noite seguinte.

Mais uma vez no gol dos Leafs estava Jonathan Bernier e, assim como no jogo anterior, sua performance foi impressionante e garantiu a vitória aos Leafs.

No primeiro período, após um ataque dos Flames defendido por Bernier, os Leafs partiram ao ataque e David Clarkson e Joffrey Lupul trocaram passes antes de enviarem o puck para a frente do gol de Jonas Hiller, onde Peter Holland aproveitou e abriu o placar aos 10m46s. É o segundo jogo seguido em que Holland marca. Os Flames se mantiveram bem no jogo, mas os Leafs e Bernier os mantiveram fora do placar.

O segundo período dos Leafs foi praticamente perfeito, mantendo os Flames com somente 4 chutes à gol e chutando 13 vezes ao gol de Jonas Hiller. Um desses chutes, desta vez de James Van Riemsdyk, aos 02m51s, venceu Hiller, com os Leafs em powerplay.

Mais uma vez, de acordo com Randy Carlyle, os Leafs deixaram de fazer o que vinham fazendo e proporcionaram mais espaço no gelo para os Flames, que se aproveitaram e diminuíram a vantagem dos Leafs com um gol de Markus Granlund aos 3m48s, em powerplay. Depois do gol os Leafs conseguiram arrumar a casa e ainda marcaram duas vezes com o gol dos Flames sem goleiro (empou net), no último minuto do jogo, com Phil Kessel aos 19m20s e Mike Santorelli aos 19m56s.

Foi mais uma bela vitória dos Leafs em casa, dando à equipe mais confiança e nos mantendo bem na tabela de classificação.

A próxima batalha será contra os Red Wings no Joe Louis Arena.

Go Leafs Gooooo

06/12/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 10 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a derrota para o New Jersey Devils, quando os Leafs jogaram um jogo sonolento, lento, o próximo adversário seria o Vancouver Canucks, ainda no Air Canada Centre. Os Canucks traziam uma novidade no gol este ano, Ryan Miller, que já deu muitas dores de cabeça aos Leafs quando jogava no Buffalo Sabres.

O jogo começou e os Canucks não se intimidaram, mesmo jogando no Air Canada Centre. Jogavam de igual para igual … e dificultavam a vida do Toronto Maple Leafs. Apesar de tudo Jonathan Bernier e a defesa conseguiam impedir os Canucks de abrir o placar. Aos 15m47s, Jake Gardiner, que havia recebido uma “bronca” de Randy Carlyle, para ir mais ao ataque e levar perigo ao gol adversário, marcou para os Leafs. Menos de um minuto depois, aos 16m32s, Richard Panik marcou o segundo gol dos Leafs. Mesmo assim, os Canucks chutaram mais ao gol dos Leafs, 12 a 10 no primeiro período.

No segundo período os Leafs dobraram a vantagem no placar com gols de Peter Holland aos 04m16s e Joffrey Lupul aos 05m39s. Neste momento os Canucks retiraram Ryan Miller do gol, para o delírio da torcida dos Leafs. Miller foi substituído por Eddie Lack. Já com quatro gols de liderança no placar os Leafs começaram a perder a concentração e permitiram vários powerplays para os Canucks. Mas os Leafs estão defendendo bem os powerplays e não permitiam aos Canucks crescer na partida. Até que aos 15m21s, Daniel Sedin consegue finalmente vencer Jonathan Bernier. Este gol deu uma esperança de reação aos Canucks, mas o segundo período terminou assim, com o placar de 4 a 1 para o time da casa.

Com esperança de reação os Canucks voltaram pressionando no terceiro período e aos 08m45s, Christopher Tanev marcou o segundo dos Canucks. Após este gol os Leafs conseguiram controlar a partida, sem maiores chances aos Canucks e, aos 17m39s, já com o gol vazio, sem goleiro (Empty Net), David Clarkson marcou o quinto gol, fechando o placar.

Grande jogo dos Leafs e, principalmente de Jonathan bernier que efetuou 44 defesas para manter os Canucks somente com dois gols no placar!

Go Leafs Goooooooo

04/12/2014 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 09 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a vitória sobre o Dallas Stars, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do New Jersey Devils, que sofre com a ausência de sete de seus jogadores titulares. Os Decils sabiam que necessitariam de muito esforço para vencer os Leafs nesta situação e foi isso que fizeram.

Eric Gelinas abriu o placar para os Devils aos 04m53s durante um powerplay. Os Leafs passaram todo o restante do primeiro período tentando vencer Corey Schneider, sem sucesso.

O segundo período reservou emoções para os torcedores. Aos 05m37s, Mike Santorelli empatou para os Leafs. Stephen Gionta devolveu a vantagem aos Devils aos 08m00s. Nazem Kadri empatou novamente a partida aos 11m14s, com um gol shorthanded, ou seja, enquanto os Leafs estavam em desvantagem numérica. Mas Mike Cammalleri devolveu a vantagem aos Devils aos 16m48s, mais uma vez durante um powerplay cedido pelos Leafs. Esta vantagem nunca mais foi retirada do placar nesta partida.

No terceiro período os Devils ampliaram a vantagem com gols de Steve Bernier aos 06m12s e Adam Henrique aos 11m58s. Somente no finalzinho aos 19m25s, num powerplay, os Leafs marcaram o terceiro gol com Phil Kessel e fecharam o placar final com a vitória dos Devils por 5 a 3.

Neste jogo os Leafs não foram um time muito rápido e não aproveitaram chances de gol, algo que já incomoda o técnico Randy Carlyle desde a última partida. A próxima batalha será contra o Vancouver Canucks.

Go Leafs Gooooo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 318 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: