29/10/2022 – Leafs @ Kings

domingo, 30 outubro 2022 Deixe um comentário

No quarto jogo seguido fora de casa, após enfrentarmos os Winnipeg Jets (vitória), Vegas Golden Knights (derrota) e o San Jose Sharks (derrota na prorrogação), fomos até a Crypto.com Arena, antigo Staples Center, para enfrentar os Los Angeles Kings!

Desta vez, Ilya Samsonov está no gol de Toronto, após uma boa apresentação de Erik Kallgren no jogo anterior. Pelos Kings, Cal Petersen defende o gol do time da casa.

O jogo começou e os Leafs, para manter a tradição, começaram jogando mal, sem energia e sem pressionar os Kings. Simplesmente os Kings se mantinham no ataque com poucas jogadas dos Leafs levando perigo ao time de Los Angeles. Foi num powerplay, aos 10m45s que John Tavares conseguiu abrir o placar! Apesar de não jogarmos bem, acabamos achando o fundo da rede, mas a equipe sofreu mais chutes a gol que os Kings e perdeu mais face-offs. Precisamos voltar melhor para o segundo período!

O segundo período veio e nada mudou! Aliás, como nada mudou, os Kings pressionaram e ganharam um powerplay por “Slashing” de Justin Holl. Os Kings aproveitaram e empataram com um gol de Adrian Kempe aos 03m03s. Não bastasse uma penalidade, Justin Holl cometeu outra e dessa vez Viktor Arvidsson, marcou aos 09m03s. Simplesmente não estamos nos impondo. Não estamos jogando de forma inteligente. O time está perdido no gelo. Não existe ataque e a defesa fica batendo cabeça. Os Kings se aproveitaram disso e marcaram mais um, com Gabriel Vilardi aos 14m40s. Em uma jogada de sorte, Pierre Engval, que não vem jogando nada bem, conseguiu marcar pros Leafs, reduzindo o prejuízo para Leafs 2 , Kings 3, aos 16m58s.

Mal o período começou e Kevin Fiala simplesmente tirou o doce da boca de uma criança, e marcou o quarto gol dos Kings aos 02m11s. Rasmus Sandin não protegeu o puck e viu Kevin Fiala erguer seu taco, pegar o puck e partir sozinho contra Samsonov que nada pode fazer. O placar de 4 a 2 para os Kings perdurou até o final, mesmo com os Leafs tentando jogar sem goleiro (Empty Net), e até mesmo com duas penalidades cometidas por Auston Matthews, algo que ocorreu pela primeira vez em um único período na carreira dele. Houve também um gol corretamente anulado de Mitch Marner, que foi marcado com ele batendo no puck acima da linha do travessão (High Sticking).

Foi mais uma derrota, mas não uma simples derrota. Foi mais uma derrota com a equipe não demonstrando raça, paixão, esforço, vontade de vencer, estrutura de jogo, cadência de jogo e até mesmo sem demonstrar que sentem a derrota. A equipe continua errando, fazendo passes sem olhar a quem, perdendo o puck, não defendendo, deixando o goleiro sozinho. Só não tomamos mais gols pois Samsonov fez ótimas defesas!

Já até existe rumores de que se essa situação perdurar, um próximo técnico para os Leafs pode ser Barry Trotz, mas não acho que Dubas possa ter essa decisão de despedir Keefe após apenas 9 ou 10 jogos. E também tem o fato de que os jogadores têm que começar a gerar bons resultados, pois a culpa não é só do Keefe! Um exemplo é Auston Matthews que não tem conseguido ser tão efetivo! Aliás, onde está o boneco de voodoo dele? Impossível ele chutar e não marcar gols, seja por chutar pra fora, ou pelos goleiros defenderem os chutes!

Bom … amanhã enfrentaremos o pior time da liga na classificação atual. Espero que possamos ter uma vitória!

Go Leafs Goo – e que encontrem logo o boneco voodoo do Matthews!!!

27/10/2022 – Leafs @ Sharks

sexta-feira, 28 outubro 2022 Deixe um comentário

Seguindo com a sequência de jogos fora de casa, os Leafs foram até a Califórnia para enfrentar o San Jose Sharks.

No gol dos Leafs, desta vez, estava Erik Kallgren, dando um descanso a Ilya Samsonov. Pelos Sharks, Kaapo Kahkonen estava no gol, deixando James Reimer como backup.

O jogo mal começou e numa jogada onde Auston Matthews perdeu o face off no ataque, Logan Couture partiu em velocidade, vencendo Matthews e a indecisão de Kallgren, para abrir o placar aos 26s de jogo. Os Leafs colocaram a cabeça no lugar e David Kampf empatou em um ótimo chute, no canto do gol aos 05m14s. Os Leafs melhoraram, apesar de quase tomar um gol, se não fosse por um bloqueio de Mark Giordano. Placar do primeiro período, Leafs 1, Sharks 1.

Com o jogo aberto pela frente, os Leafs conseguiram cometer duas penalidades ao mesmo tempo e deram aos Sharks a chance de ter dois jogadores a mais no gelo num powerplay 5 contra 3 por dois minutos completos! Os Sharks não perderam a oportunidade e marcaram com Logan Couture aos 05m15s e Timo Meier aos 05m57s, desfiando um chute de Couture. Sofremos pelo erro que cometemos. Depois disso passamos todo o período atrás de chances de diminuir a vantagem dos Sharks e só encontramos em um contra-ataque aos 19m37s, onde Mitch Marner partiu com o puck, passou para Matthews que passou para Kerfoot, que passou para Morgan Rielly, que retornou para Marner marcar! Belíssimo gol dos Leafs, com a defesa dos Sharks sem podem cortar os passes!!! Placar até agora, Leafs 2, Sharks 3.

O empate chegou aos 05m38s e foi num gol de Auston Matthews, que chutou da linha azul num powerplay cometido por Erik Karlsson, que acabou jogando o puck por cima do vidro (Delay of Game). Finalmente um gol de Matthews que apesar de estar em um início de temporada atípico, sem marcar muitos gols, se diz despreocupado com isso! Tanto Kaapo Kahkonen e Erik Kallgren trocaram excelentes defesas de lado a lado, mantendo o jogo empatado em 3 a 3 e levando o jogo à prorrogação!

Na prorrogação, os Leafs não mostraram qualquer real chance de gol. William Nylander partiu em 1 contra 1, mas foi bem defendido e acabou passando o puck de costas, numa jogada arriscada que acabou sendo interceptado e permitiu Erik Karlsson se redimir e marcar o gol da vitória!

Foi mais um jogo em que não jogamos bem, não nos impomos e nas poucas vezes que o fizemos, ficamos passando o puck mais do que deveríamos, rifando o puck pro ataque, o que me irrita, pois já estamos com o puck, mas achamos que devemos rifar e correr atrás dele, o que só cansa nossos jogadores e não é uma garantia que vamos manter o controle do puck!

A equipe joga bem por ter jogadores muito habilidosos, mas não tenho sentido aquele espírito de equipe, a garra e determinação de dar o sangue pra conseguir a vitória! Sheldon Keefe precisa acertar o time! Ainda está cedo na temporada, mas estamos com 4 vitórias , 3 derrotas e essa derrota na prorrogação, enquanto os Bruins, por exemplo, possuem 7 vitórias e 1 derrota!

Go Leafs Goooo – Mas vamos arrumar esse time!!!

24/10/2022 – Leafs @ Golden Knights

terça-feira, 25 outubro 2022 Deixe um comentário

Estamos apenas começando uma sequência de jogos no sudoeste americano. Visitamos Las Vegas, antes de três jogos na Califórnia, contra os Sharks, Ducks e Kings!

No gol pelos Leafs, mais uma vez, Ilya Samsonov. Pelo time da casa, o Vegas Golden Knights, estava Logan Thompson.

O jogo mal começou e a equipe de Bruce Cassidy, o ex-técnico do Boston Bruins que nos deu muitas dores de cabeça e derrotas no passado, começou a nos pressionar e conseguiram um powerplay por “Many Men on the Ice”. Foram muitas chances até que Phil Kessel, sim, você leu direito, Phil Kessel, marcou um gol. Seria o gol de número 400 na carreira dele na NHL, se o gol não tivesse sido anulado após revisão da jogada que mostrou que os Golden Knights entraram impedidos na zona de ataque. Nem mesmo essa frustração fez os Leafs acordarem. Nicolas Roy acabou marcando segundos depois, aos 03m51s com uma assistência de Kessel, num powerplay para Vegas.

Os Leafs continuaram errando muitos passes, especialmente Justin Holl que sinceramente parece perdido neste jogo. Os Leafs bem que tentaram e pressionaram nos últimos 5 minutos, mas nem mesmo uma chance de Auston Matthews, quis entrar no gol. O chute bateu em uma trave e cruzou o gol para bater na outra trave e sair. Justin Holl necessita melhorar e os Leafs precisam começar a pressionar mais. Samsonov esteve bem no período.

O segundo período viu uma melhora muito clara no nível de jogo dos Leafs, apesar de que muitas chances de gol dos Golden Knights só não aumentaram a vantagem no placar devido a Ilya Samsonov, que esteve calmo e fechou o gol! Aos 11m42s, John Tavares ganha a disputa pelo puck na zona neutra e parte para o ataque com William Nylander ao seu lado. Tavares passa para Nylander que domina o puck e o protege até chutar e marcar o gol de empate!

Um vergonhoso início de terceiro período deu a chance que os Golden Knights queriam e eles aproveitaram. Chandler Stephenson marcou aos 42s com os Leafs perdidos no gelo! Próximo aos 8 minutos os Leafs até levam perigo, mas parecem uma equipe assustada no gelo, perdendo jogadas e tentando empatar com base na habilidade de alguns jogadores e não da equipe. Numa jogada muito infeliz, Rasmus Sandin chute da blue line e acerta o joelho de John Tavares, que imediatamente vai ao gelo. A jogada segue até que Ilya Samsonov segura o puck e Tavares sai carregado, sem apoiar o pé no gelo. Pouco depois, aos 08m11s, numa falta total de comunicação e num passe, mais um, que não encontrou o stick de um jogador dos Leafs, os Vegas vão ao ataque e os Leafs trocavam suas linhas. Isso resultou no gol de Michael Amadio, o terceiro dos Vegas.

Ainda bem que parece que a situação do nosso capitão, John Tavares, não foi grave e, faltando 6 minutos para o final, ele retornou ao gelo.

Nos últimos 3 minutos partimos para o Empty Net e até conseguimos um powerplay, mas apesar de nos esforçarmos, não conseguimos reduzir a vantagem! Derrota por 3 a 1!

Nossos melhores jogadores na noite foram William Nylander, John Tavares e Ilya Samsonov. Matthews e Marner até tentaram, mas não conseguiram vencer Logan Thompson. Bunting, Kerfoot, Engval, Jarnkrok, etc. não apareceram. Nossos defensores pareciam perdidos, principalmente Justin Holl. Keefe deveria tirar ele por algumas partidas para que ele possa voltar melhor. Da forma como está, não gera oportunidades de ataque e ainda da ao adversário chances de contra-ataque. Realmente jogou muito mal.

O jogo por vezes parecia a seleção canadense jogando contra um catado de jogadores da América do Sul! Pena que nesse exemplo, a seleção canadense estava representada pelo time dos Golden Knights!

Próximo jogo é na quinta contra o San Jose Sharks!

Go Leafs Gooooooooo

22/10/2022 – Leafs @ Jets

domingo, 23 outubro 2022 Deixe um comentário

Iniciando uma série de 5 jogos fora de casa o Toronto Maple Leafs foi até Winnipeg, visitar os Jets!

Esse foi o primeiro jogo do novo técnico da equipe, Rick Bowness, após o técnico ser diagnosticado com COVID-19.

Pelos Leafs, mais uma vez, Ilya Samsonov estava no gol, enfrentando Connor Hellebuyck.

Aos 04m17s, Pierre-Luc Dubois abre o placar, aproveitando um rebote de seu próprio chute ao gol. Ainda no primeiro período, John Tavares marcou o seu primeiro gol da noite, em powerplay, aos 09m56s, empatando a partida.

David Kampf marcou o segundo dos Leafs aos 14m34s do segundo período, após Wayne Simmonds dar um passe de costa por entre as pernas que acabou surpreendendo a defesa dos Jets. O jogo estava muito pegado e em algumas jogadas no segundo período, as equipes partiram para as brigas, gerando muitas oportunidades em powerplay. Numa dessas oportunidades, John Tavares marcou o seu segundo gol da noite, segundo em powerplay, aos 18m56s, desviando um chute de Auston Matthews e praticamente tirando o puck da luva de Hellebuyck.

O terceiro período foi os Leafs mantendo um bom nível de jogo, mas os Jets buscando a reação, sem sucesso. Aos 17m23s, com os Jets em Empty Net, Mitch Marner faz um passe longo, que os jogadores dos Jets não conseguiram cortar, e Michael Bunting usa da velocidade e pontaria para marcar de backhand, num ângulo de chute muito difícil!

Placar final, Leafs 4, Jets 1.

Auston Matthews não está encontrando o caminho do gol adversário, mas marcou 3 assistências no jogo de hoje. Temos que ter paciência, pois é só questão de tempo até que ele volte a marcar!!

Go Leafs Gooooo, segunda em Vegas!!

20/10/2022 – Stars @ Leafs

sábado, 22 outubro 2022 Deixe um comentário

Após a lamentável performance dos Leafs contra o Arizona Coyotes, recebemos a visita do Dallas Stars no Scotiabank Arena.

Este foi o primeiro jogo de Nick Robertson pelos Leafs nesta temporada e o garoto foi decisivo na partida.

Ilya Samsonov continua sendo o goleiro titular e tem tido boas defesas. Pelos Stars, Scott Wedgwood fez excelentes defesas e também foi muito sólido na noite.

Os Stars abriram o placar aos 14m45s do primeiro período com Luke Glendening e os Leafs não conseguiram empatar até os 02m31s do segundo período., num powerplay.

Robertson estava muito ligado no jogo e encontrou o fundo das redes no terceiro período, com um gol aos 01m59s. Tyler Seguin empatou novamente a partida aos 07m21s, numa jogada em que houve muita discussão e revisão da arbitragem, pois parecia que Seguin acabou por empurrar Mitch Marner em Ilya Samsonov, impedindo o goleiro de poder fazer a defesa. O gol que não havia sido validado no gelo, acabou sendo validado pela revisão de vídeo e deixou Kyle Dubas revoltado, afinal foi a segunda decisão em dois jogos, contra os Leafs. Em minha opinião, Marner não teria colidido com Samsonov se não fosse por Seguin.

Com a partida indo pra prorrogação, o resultado estava aberto com chances para ambas equipes, mas Robertson estava lá uma vez mais. Ele defendeu um contra-ataque dos Stars em 2 contra um e partiu pro ataque com Morgan Rielly e Auston Matthews. Robertson passou para Matthews que retornou o puck para ele chutar um one timer, direto pro fundo do gol!!! Vitória dos Leafs!

Está partida foi marcada também com Nick Robertson enfrentando seu irmão, Jason Robertson, em face-offs!

Auston Matthews não tem sido feliz em marcar gols, mas tem jogado muito mais fisicamente. Nesta partida ele acabou levanto a pior em algumas jogadas, tomando um cross-check de Jamie Benin, não marcado pelos árbitros, bloqueando um chute e levando o puck na parte interna do pé, além de ter seu capacete retirado em uma jogada em que um defensor dos Stars acabou caindo sobre ele!

Com a vitória estamos com 3 vitórias e 2 derrotas na temporada! Próximo jogo é em Winnipeg!

Go Leafs Goooooooo

%d blogueiros gostam disto: