Inicial > Air Canada Centre, Derrota, Derrota OT, NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs > 09/03/2015 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

09/03/2015 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 10 março 2015 Deixe um comentário Go to comments

Com o New York Islanders lutando para manter a liderança da divisão Metropolitan, o Toronto Maple Leafs sabia que teria um jogo muito difícil pela frente e, qualquer erro nos levaria a uma nova derrota. 

Com isso em mente os Leafs entraram no gelo determinados a mostrar que em casa, no Air Canada Centre, ele pode e vai fazer de tudo para dificultar a vida dos adversários. O primeiro período foi muito disputado e os Isles não conseguiram impor seu jogo. Aos 18m23s, David Booth partiu com o puck para o ataque e num esforço para alcançar o puck, conseguiu desferir um belo chute que venceu Michal Neuvirth por sobre o ombro direito, abrindo o placar do jogo. Foi o quarto gol de David Booth na temporada e o atacante parece ter encontrado o caminho, pois marcou um gol em cada um dos últimos três jogos! 

No segundo período os Leafs, apesar de darem menos chutes ao gol de Neuvirth, controlavam a partida e Jonathan Bernier estava em uma ótima noite, sempre bem posicionado e defendendo tudo. Peter Holland ampliou para os Leafs aos 10m27s. Com dois gols de vantagem, tudo nos levava a crer que os Leafs manteriam o ritmo e sairiam com uma boa vitória contra uma forte equipe.

Mas veio o terceiro período e os Leafs voltaram a apresentar o “defeito” que tiveram por toda a temporada: não conseguir segurar a liderança no placar. Aos 01m32s Tyler Kennedy finalmente conseguiu vencer Bernier e este gol deu aos Isles a esperança e confiança para pressionar os Leafs. Mesmo com um gol de James Van Riemsdyk aos 06m06s, os Isles foram pra cima e não desistiram. A pressão deu frutos e aos 09m58s, Frans Nielsenmarcou o segundo dos Isles num powerplay, após penalidade cometida por David Booth. Os Leafs pareceram sentir o golpe e apenas 30s depois, aos 10m28s, concederam o gol de empate, marcado por Casey Cizikas. O restante do período até viu os Leafs tentarem recuperar a liderança da partida, mas foi a vez de Neuvirth salvar os Islanders. 

Com a partida já na prorrogação, os Leafs pressionaram muito, mas faltando apenas 21,8s para que a decisão fosse levada aos pênaltis, John Tavares, o capitão dos Islanders, partiu com o puck dominado para cima da defesa dos Leafs, numa atitude que hoje falta na equipe de Toronto, e protegeu bem o puck até conseguir chutar fraco, mas já com Bernier um pouco fora de posição. Foi o gol da vitória dos Isles, que mereceram pelo controle e esforço, ou raça em virar um placar de 3 a 1.

A jogada de John Tavares, que definiu a partida, me traz muita saudade dos tempos em que tínhamos o “Captain Clutch”, Mats Sundin, em nossa equipe. Sundin com certeza iria para cima e tentaria de tudo para nos levar às vitórias! 

Parabéns aos Islanders! Parabéns a John Tavares que mostrou o que um capitão deve fazer por sua equipe! 

Aos Leafs deixo apenas a frase: “Melhor um ponto na mão do que dois! Assim podemos ainda competir pela escolha de draft que nos daria direito a selecionar Connor McDavid!” 

Go Leafs Go

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: