Arquivo

Posts Tagged ‘Jay Harrison’

27/03/2012 – Carolina Hurricanes @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 29 março 2012 2 comentários

É … Nossa situação está cada vez mais difícil! Perdemos dos Rangers no Shootout e recebemos os Hurricanes no Air Canadá Centre, um time que, como nós não tem mais como ir aos playoffs. Mas tem um ótimo goleiro, Cam Ward!

Os Leafs devem estar em clima de derrota e de uma temporada que até mesmo para os jogadores foi frustrante. Com Jonas Gustavsson no gol, pois James Reimer aparentemente sentiu algumas dores no pescoço ou no tronco, algo não muito bem explicado, os Leafs iniciaram a partida e apesar de tentarem fazer belas jogadas, pararam na muralha que foi Cam Ward!

Devido à falta de tempo não farei este post como tenho feito todos os outros, dividindo os parágrafos por período, vou resumir o jogo todo num só.

Os Hurricanes estavam melhor no primeiro período e, como os Leafs deram somente 5 chutes ao gol, não foi uma novidade que os Hurricanes saíssem na frente. Aos 13m05s, Jussi Jokinen abre o placar desviando o puck num chute de Tuomo Ruutu, sem chances de defesa para Gustavsson. O segundo e o terceiro gol vieram de ex- jogadores dos Leafs. Tim Brent marcou aos 18m17s do primeiro período, num chute bem defensável! E Jay Harrison marcou logo no início do segundo período, aos 37s, chutando de longe, marcado por um defensor e com Gustavsson muito mal, permitindo o gol com o puck passando por cima de sua luva. Após este gol, Randy Carlyle, imediatamente substituiu Gustavsson por Jussi Rynnas. Foi o primeiro jogo de Rynnas na NHL e ele se saiu bem, não tomando nenhum gol durante todo o restante da partida. Nos dois últimos períodos os Leafs dominaram a partida, tanto que deram 25 chutes a gol contra 11 dos Hurricanes e foi justamente Cam Ward quem garantiu a vitória numa noite inspiradíssima!

Com a derrota deixamos de ter qualquer possibilidade matemática de classificação aos playoffs e já podemos começar a pensar em acompanhar os Marlies.

Este é o sétimo ano consecutivo sem playoffs em Toronto!

Go Leafs Go – Agora só podemos ficar na expectativa de qual escolha do draft será a nossa e o que faremos com ela!

20/11/2011 – Toronto Maple Leafs @ Carolina Hurricanes

terça-feira, 22 novembro 2011 5 comentários

Após um sábado onde os Leafs ensacaram o poderoso Washington Capitals, num placar de 7 a 1, os Leafs partiram para uma semana de jogos fora de casa, iniciando em Raleigh, cidade dos Carolina Hurricanes.

Os Hurricanes não estão tendo uma boa temporada e vinham de derrotas seguidas contra os Canadiens e Sabres e seu capitão, Eric Staal não está tendo uma boa temporada também, o que vem impactando a colocação do time na tabela de classificação.

Os Leafs iniciaram a partida sem sete de seus principais jogadores devido à contusões e, neste jogo, quem defendeu o gol dos Leafs foi Ben Scrivens. No primeiro período os Hurricanes estavam mesmo buscando a vitória e mantiveram pressão sobre Scrivens que conseguiu se segurar e manter o placar inalterado até quando faltavam somente 29 segundos para término do período. Foi quando Jay Harrison, ex-Leafs, chutou do círculo de face-off esquerdo e conseguiu o primeiro gol dos Hurricanes. Os Leafs deram somente 5 chutes à gol no período e os Canes, 10.

No segundo período, os Leafs tomaram o segundo gol, desta vez de Jussi Jokinen, numa jogada em powerplay em que os Canes estavam pressionando a defesa dos Leafs e jokinen conseguiu desviar o puck para o gol, aos 7m05s. Mais uma vez a diferença de número de chutes à gol foi grande e à favor dos Canes, que deram 19 chutes à gol contra apenas 7 dos Leafs.

Quando tudo parecia perdido, com os Canes jogando melhor e chutando muito mais à gol, os Leafs parece que acordaram! E ninguém mais, ninguém menos que Phil Kessel, que está tendo uma temporada maravilhosa, marcou para os Leafs aos 04m31s. Foi o décimo quinto gol de Kessel nesta temporada! Os Leafs melhoraram após o gol e pressionaram muito o goleiro dos Canes, Cam Ward, que efetuou defesas improváveis! Quando os Leafs achavam estar mais próximos do empate, Eric Staal consegue um breakaway e partiu para cima de Scrivens, sozinho, Scrivens defendeu, mas Jeff Skinner, outro ótimo jogador dos Canes, veio logo em seguida e, sem a defesa dos Leafs chegar à tempo, mandou o puck pro gol, sem chances de defesa para Scrivens. Os Leafs ainda diminuiriam a diferença faltando um minuto para o término da partida, com Phil Kessel novamente! Infelizmente não havia mais tempo e os Canes garantiriam a vitória, mas os Leafs bem que tentaram empatar a partida no minuto final.

O próximo jogo é contra o Tampa Bay Lightning, amanhã.

GO Leafs GOOOOOOOO

%d blogueiros gostam disto: