Início > Derrota, NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs > 16/12/2013 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

16/12/2013 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

terça-feira, 17 dezembro 2013 Deixe um comentário Go to comments

O calendário dos Leafs não tem sido fácil nas últimas semanas. A equipe tem enfrentado todos os times mais difíceis e que ganharam a Stanley Cup nos últimos anos, como o Chicago Blackhawks, Los Angeles Kings, Boston Bruins e foram à Pittsburgh jogar contra Sidney Crosby!20131216_Leafs@Penguins_Banner

Os Penguins estavam com um time muito desfalcado devido à contusões ou suspensões. Cinco de seus principais defensores estavam fora de ação.

Com apenas 39s de jogo os Penguins abriram o placar com Chris Conner, que desviou um chute de Brian Dumoulin. Acredito que o gol afetou a equipe dos Leafs, que jogou muito mal durante o restante do primeiro período. A equipe não conseguia criar jogadas e não dominava o puck, recebendo 15 chutes ao gol de Jonathan Bernier e dando somente 7 no gol de Marc-Andre Fleury.

20131216_Leafs@Penguins_ScoreNo segundo período, os Leafs acordaram pro jogo e passaram a pressionar os Penguins. O gol veio numa bela jogada de Morgan Rielly, aos 06m03s. O defensor novato e muito habilidoso dos Leafs conduziu o puck desde a zona neutra, passou por defensores dos Penguins, cruzou patinando em frente ao gol e chutou forte, cruzado, batendo Marc-Andre Fleury. Com o jogo empatado, os Leafs mantiveram a pressão sobre Fleury, que assim como Bernier, estava muito bem e sólido na partida. Ambos goleiros realizaram ótimas defesas, mantendo o placar empatado.

Com o jogo disputado, bastava uma pequena distração de qualquer uma das equipes para que a outra se aproveitasse e passasse à frente no placar. Foi exatamente isso que aconteceu faltando apenas 06m03s para o final do terceiro período. Os Leafs tinham um faceoff em sua zona defensiva, devido à um Icing (quando o puck é lançado desde a zona defensiva até o final da zona de ataque, sem qualquer interferência de outro jogador da equipe. É quase como isolar o puck. Isso é visto como anti-jogo). A linha dos Leafs que estava no gelo teve que ser mantida e Dion Phaneuf, que se mantém colado em Crosby e anulado muitas de suas jogadas, não estava no gelo. Crosby venceu o faceoff e passou para Pascal Dupuis, que passou para Robert Bortuzzo que encontrou Crosby sozinho, desmarcado. Crosby não teve dificuldades para vencer Bernier e colocou o time da casa à frente. Ao finalzinho do período, Brent Sutter ainda marcou um gol com o gol dos Leafs vazio (Empty Net), após vencer uma disputa de puck com Dion Phaneuf, selando a vitória dos Penguins por 3 a 1.

No terceiro período, houve um lance em que o puck ia sobrar sozinho para um atacante dos Penguins e Jonathan Bernier deixou o gol para tentar chegar antes ao puck. Bernier conseguiu desviar o puck, mas ele e Jayson Megna acabaram colidindo e o jogador dos Penguins levou a pior, sendo lançado aos ares e caindo no gelo, deixando a partida. Mas foi uma disputa limpa, tanto que nem houve penalidade aplicada a Bernier no lance.

Com os Penguins desfalcados os Leafs deveriam ter se aproveitado e vencido a partida, mas agora é reunir forças e ficar no próximo jogo, contra o Florida Panthers, de Tim Thomas, no Air Canada Centre, hoje à noite!

Go Leafs Go!!!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: