Anúncios
Início > Air Canada Centre, Contusão / Recuperação, Derrota, NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs > 07/01/2015 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs

07/01/2015 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 08 janeiro 2015 Deixe um comentário Go to comments

Com a dispensa de Randy Carlyle como técnico do Toronto Maple Leafs na manhã de terça-feira, 06/01/2015, a equipe teve pouco tempo para assimilar e se preparar para receber a visita do Washington Capitals.

A equipe acabou sendo comandada no gelo por Peter Horachek, que já comandou o Florida Panthers por 66 partidas na temporada passada e foi auxiliar de Barry Trotz em Nashville por 10 anos. Auxiliando Horachek estavam Steve Spott e Steve Staios.

Os Leafs pareciam nervosos no gelo no início da partida, talvez pelo clima da saída de Randy Carlyle ou da mudança de estratégia de jogo frente ao novo técnico interino. Apesar de os Leafs darem os primeiros três chutes ao gol de Kirk Maltby, foram os Capitals que abriram o placar com Marcus Johansson aos 05m10s.

No segundo período os Leafs empataram com Daniel Winnik aos 04m49s e começaram a se impor na partida, desferindo mais chutes a gol, mas os Capitals voltaram a marcar com Eric Fehr, aos 06m20s, desta vez durante um powerplay para os Leafs. Creio que isso desestruturou a equipe, pois aos 08m58s, Jonathan Bernier não tinha a visão do puck e ao se movimentar para a direita, recebeu o chute de Brooks Laich no canto esquerdo do gol. As coisas começavam a sair do controle dos Leafs, que, apesar disso conseguiram diminuir com um gol de Trevor Smith aos 16m08s, dando mais uma esperança aos torcedores de Toronto. Infelizmente durou pouco, pois Marcus Johansson marcou o seu segundo gol da noite aos 16m50s, devolvendo os dois gols de vantagem aos Capitals.

O terceiro período ainda vou os Capitals ampliarem com o segundo gol de Eric Fehr, que aos 11m20s, num contra-ataque, chutou forte, cruzado, buscando o lado direito do gol de Bernier, que saiu bem para diminuir o ângulo de Fehr. O puck bateu na trave e entrou. No último minuto, com os Leafs já sem goleiro, em Empty-Net, Alex Ovechkin fechou o placar aos 19m34s. Placar final, Capitals 6 x Leafs 2.

Apesar da derrota Peter Horachek ainda conseguiu encontrar fatores positivos na performance dos Leafs. Segundo ele, se não fossem por gols tomados de forma inesperada, como o gol shorthanded ou o gol onde Bernier estava fora de posição, ao final do segundo período, a partida estaria empatada. Também citou o fato de os Keafs terem jogado melhor e dado mais chutes a gol, o que não vinha acontecendo nos últimos jogos.

Agora é hora de ser paciente e esperar a equipe colocar a cabeça no lugar e voltar a jogar o que sabe.

Kessel não foi bem na partida e por inúmeras vezes acabou por perder o controle do puck ao conduzir o contra-ataque ou ao sair da defesa, parecia mais nervoso que o habitual, talvez por ter dito que fará qualquer coisa para que a equipe vença.

Vamos aguardar os próximos episódios!

Go Leafs Goooooo

P.S.: durante o primeiro período, Roman Polak acabou recebendo o puck em seu rosto após o chute de Marcus Johansson que desviou em Troy Brower. Ele saiu do gelo com o rosto (bochecha direita) sangrando e retornou na metade do segundo período com a bochecha bem inchada e com vários pontos recém-costurados! Mostrou que é um verdadeiro guerreiro e ainda marcou um ponto na assistência ao gol de Daniel Winnik! Parabéns Roman Polak!!! Esse é o espírito que queremos ver nos Leafs e no hóquei no gelo!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: