Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘Toronto Maple Leafs’ Category

31/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Vegas Golden Knights

terça-feira, 02 janeiro 2018 Deixe um comentário

Para fechar o ano, o Toronto Maple Leafs foi visitar o Vegas Golden Knights, time que, apesar de jogar a sua primeira temporada na NHL, vem se apresentando bem, principalmente jogando em casa.

Mais uma vez não começamos o jogo muito bem e acabamos levando três gols, o que nos deixou com uma grande desvantagem para tentar recuperar. Os gols foram marcados por Pierre-Edouard Bellemare aos 02m24s, William Karlsson aos 04m17s, e Erik Haula aos 13m24s.

No segundo período, após uma bela bronca de Mike Babcock, os Leafs voltaram muito melhores! Patrick Marleau marcou o primeiro dos Leafs aos 05m07s, o que trouxe aquela esperança de conseguir buscar o placar e dificultar para o time da casa. Mas o time dos Golden Knights conseguiu mais um gol, de William Karlsson aos 08m26s. Auston Matthews marcou aos 19m12s, vencendo Malcolm Subban, goleiro dos Golden Knights.

Com o placar de 4 a 2, pressionamos a equipe da casa, com Auston Matthews marcando logo aos 00m27s do terceiro período, mas não conseguimos chegar ao empate, pois Frederik Andersen e a fraca defesa dos Leafs não conseguiram impedir o quinto gol dos Vegas Golden Knights, marcado por Jonathan Marchessault aos 06m11s. Com os Leafs em Empty Net, já no final da partida, aos 18m24s, William Karlsson marcou o seu terceiro da noite, seu primeiro hat-trick da carreira e também primeiro marcado por um jogador dos Vegas Golden Knights.

Matthews chegou ao seu centésimo ponto na NHL, em apenas 112 jogos, uma marca impressionante!

O placar final, 6 a 3, somente mostrou que é muito difícil vencer a rápida equipe dos Golden Knights, principalmente quando eles jogam em casa!

Hoje os Leafs começam o ano em casa, no Air Canada Centre, recebendo o Tampa Bay Lightning!

Vamos ver se começamos o ano com vitória!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

29/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Colorado Avalanche

domingo, 31 dezembro 2017 Deixe um comentário

Tendo jogado na noite anterior e vencido de forma convincente, o Toronto Maple Leafs foi à Denver, visitar o Colorado Avalanche, buscando nova vitória fora de casa!

Curtis McElhinney sofreu uma contusão e Calvin Pickard foi chamado dos Toronto Marlies para jogar, já que Frederik Andersen havia jogado na noite anterior.

Mesmo assim, Pickard conseguiu o empate no tempo regular, com os Leafs jogando sempre atrás no placar e buscando o empate.

Os Avs abriram implicar com Nathan McKinnon, numa jogada em que Pickard deu um rebote e o capitão dos Avs não desperdiçou, driblando o goleiro dos Leafs e marcando de backhand aos 11m24s. Aos 14m55s Matt Martin empatou.

No segundo período, Mikko Rantanen marcou aos 10m29s e Roman Polak devolveu aos 14m04s, vencendo Semyon Varlamov.

Com a decisão no terceiro período, novamente os Avs saíram na frente, com um gol de Alexander Kerfoot aos 04m34s. Os Leafs somente chegaram ao empate já em Empty Net, faltando 01m55s, com James Van Riemsdyk, levando o jogo pra prorrogação.

Na prorrogação acabamos cometendo uma penalidade e ficamos com um jogador a menos no gelo. Aos 03m25s, J. T. Compher acabou dando a vitória ao time da casa.

Hoje, a equipe joga em Las Vegas, contra os Golden Knights, que estão sendo uma das surpresas da liga, jogando bem em sua primeira temporada!

Go Leafs Goooooo

28/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Arizona Coyotes

sábado, 30 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após passar o Natal com sua família, no Arizona, nada poderia ser mais revigorante para Auston Matthews que enfrentar a equipe que ele mais vou quando crescia, se desenvolvendo, jogando Hóquei quando criança, o Arizona Coyotes.

Matthews alugou um camarote na Gila River Arena, para seus familiares e amigos mais próximos e todos assistiram à partida usando sua camisa, número 34!

O jogo começou com os Coyotes pressionando e logo o time da casa ganhou um powerplay. Para a felicidade dos Leafs, Zach Hyman se aproveitou de um erro de um defensor dos Coyotes e marcou para os Leafs aos 08m55s, shorthanded, ou seja, com um jogador a menos no gelo. Auston Matthews marcou o seu primeiro, contra os Coyotes, aos 10m58s, recebendo um passe de William Nylander. O Toronto Maple alegada aumentou para 3 a 0 com um gol de Mitch Marner aos 11m25s. Foi quando o time da casa conseguiu reduzir a vantagem com gols de Josh Archibald e Brendan Perlini aos 14m15s e 15m32s respectivamente.

Parecia que o time da casa ia conseguir pressionar para chegar ao empate, mas Patrick Marleau marcou aos 09m15s do segundo período, em powerplay. William Nylander marcou aos 15m13s e Marleau novamente aos 15m23s. Parecia que Scott Wedgewood, o goleiro dos Coyotes, não estava vendo os chutes direito. Deve ser bem frustrante tomar 6 gols em dois períodos! Jordan Martinook ainda diminuiu aos 18m33s, mas o placar já estava 6 a 3 para os Leafs.

No último período, Christian Fischer marcou mais um para os Coyotes aos 14m07s, num powerplay, vencendo Frederik Andersen. No finalzinho, com os Leafs já em Empty Net, Connor Brown fechou o placar, uma vitória de 7 a 4 contra o Arizona Coyotes!

Foi um ótimo jogo com todas as linhas jogando muito bem!

Nem deu muito tempo para Matthews comemorar com sua família pois na noite seguinte enfrentamos o Colorado Avalanche em Denver.

Go Leafs Gooooooo

23/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

quinta-feira, 28 dezembro 2017 Deixe um comentário

Sem uma vitória fora de casa desde 9 de Dezembro, os Leafs foram à New York, enfrentar o New York Rangers. Esse jogo marcou o retorno de Auston Matthews ao elenco, após ficar se recuperando de uma concussão.

Os Leafs jogaram bem e William Nylander abriu o placar aos 17m14s do primeiro período.

Ron Hainsey aumentou a liderança aos 50s do segundo período, num powerplay para os Leafs, e tudo parecia sob controle para a equipe de Toronto, mas aos 02m37s, Frederik Andersen cometeu um erro ao controlar o puck atrás do gol dos Leafs e Jimmy Vesey se aproveitou para marcar o primeiro gol dos Rangers. Graças ao Deus do hóquei, Auston Matthews marcou o terceiro dos Leafs num chute de backhand, aos 11m22s, voltando a dar um alívio aos torcedores e deixando Henrik Lundqvist muito frustrado.

No terceiro período, os Rangers conseguiram se aproximar novamente com um gol de J. T. Miller aos 11m25s. Faltando menos de 5 minutos para o final, os Rangers conseguiram marcar com uma jogada muito veloz de Michael Grabner, mas após revisão, um jogador dos Rangers estava à frente da linha azul, bem em frente ao banco dos Leafs, e o gol foi corretamente invalidado. Os Rangers não conseguiram mais um gol para voltar a empatar a partida.

Que bom voltar a vencer fora de casa!

Go Leafs Goooooo

A Lenda, Johnny Bower, falece aos 93 anos

quarta-feira, 27 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após o Natal e antes de postar sobre o último jogo dos Leafs, contra o New York Rangers, todos recebemos a triste notícia de que uma das maiores lendas do Toronto Maple Leafs e da própria história da NHL, o goleiro Johnny Bower, faleceu em Toronto, por ter contraído pneumonia, aos 93 anos.

Johnny Bower foi um jogador que passou muito tempo de sua carreira na AHL e somente aos 34 anos foi chamado por Punch Imlach, o técnico dos Leafs e acabou ajudando a equipe a vencer 4 Stanley Cups na década de 60, incluindo a última Stanley Cup dos Leafs, em 1967.

Bower também foi nomeado ao Hockey Hall of Fame e sempre foi um dos mais ativos participantes em ações sociais dos Leafs na cidade de Toronto.

Em sua vida esportiva, Bower jogou muitos anos sem a proteção de uma máscara, o que o fez perder, praticamente, todos seus dentes, devido a chutes que ele acabava defendendo com o rosto. Era uma época em que as máscaras não eram obrigatórias.

Perdemos não somente uma lenda, mas uma pessoa, que todos que tiveram contato com ele diziam ser muito humilde e que era parte de um grupo seleto de ex-jogadores dos Leafs, também homenageado no Leafs Legend’s Row. Quando os correios do Canadá lançaram uma coleção de selos com os principais goleiros da NHL, Bower agradeceu e disse que somente tinha tido como objetivo, vence a Stanley Cup, e que queria muito que o amigo Gump Worsley, outra lenda no gol, estivesse vivo para ver isso!

Que Deus o tenha a seu lado Mr. Johnny Bower! O rink no céu ganhou mais um goleiro de excelência invejável! Descanse em paz! #RIPJohnnyBower

20/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 21 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após a comemorativa vitória na tarde anterior, o Toronto Maple Leafs foi à Columbus, enfrentar o Columbus Blue Jackets que havia perdido de 7 a 2 na segunda-feira, contra o Boston Bruins. Os momentos eram diferentes e talvez isso tenha afetado totalmente a postura das equipes neste jogo.

Não posso dizer que os Leafs jogaram mal, afinal chutaram mais ao gol de Joonas Korpisalo (41), do que sofreram chutes no gol defendido por Curtis McElhinney (37). E McElhinney não foi o culpado na derrota dos Leafs, mas sim a forma mais “leve” da equipe jogar.

No primeiro período, o jogo estava empatado quando a defesa dos Leafs deu bobeira. Haviam três jogadores tentando roubar o puck de um jogador dos Blue Jackets na lateral do gol de McElhinney, mas Jake Gardiner deixou Lukas Sedlak sozinho para receber o puck em frente ao gol para bater de virada, abrindo o placar aos 12m57s. No primeiro powerplay para os Leafs, a equipe pressionou os Blue Jackets, mas novamente Jake Gardiner fez um passe arriscado, que foi interceptado por Seth Jones, que patinou e bateu sozinho, vencendo o goleiro dos Leafs, aos 18m45s, já que o próprio Gardiner ficou marcando o outro jogador que acompanhava Seth Jones.

Gardiner chegou a diminuir para os Leafs aos 04m26s, mas Korpisalo estava excelente na noite e não deixou os Leafs empatarem. Por sua vez, os Blue Jackets voltaram a abrir dois gols de vantagem com o novato, Pierre-Luc Dubois, aos 10m20s, num powerplay. Atualmente os Blue Jackets possuem o pior powerplay de toda a liga.

O último período ainda viu Alexander Wennberg ampliar para o time da casa aos 11m51s. Apesar de tentar muito, os Leafs sempre tinham seus chutes parados por Korpisalo. Mas Mitch Marner encontrou uma rota desde a defesa dos Leafs, passando por todos os jogadores adversários e vencendo Korpisalo aos 17m03s, marcando o seu segundo gol em dois jogos seguidos! Marner realmente está muito bem e novamente a linha formará por Marner, Bozak e JVR foi a nossa melhor na noite!

Acabamos derrotados por 4 a 2 e o próprio Mike Babcock disse que a equipe não tem desculpa, nem mesmo ter jogado no dia anterior, uma vez que foi um jogo num horário mais cedo. Simplesmente a equipe não foi tão aplicada quanto deveria ter sido! Auston Matthews também ficou de fora dessa partida, a sexta seguida, mas deve estar próximo de voltar à equipe.

O próximo jogo será amanhã, contra o New York Rangers no Madison Square Garden.

Vamos arrumar a casa e partir pra cima deles!

Go Leafs Goooooo

19/12/2017 – Carolina Hurricanes @ Toronto Arenas

quinta-feira, 21 dezembro 2017 Deixe um comentário

No jogo que marcou o centenário do primeiro jogo do Toronto Maple Leafs, que em 1917 eram o Toronto Arenas, na NHL, os visitantes dessa vez foram o Carolina Hurricanes.

A 100 anos atrás, os Arenas perderam para o Montreal Wanderers por 10 a 9, mas não deram chance dos Canes de fazer o mesmo feito em 2017. Os Leafs já foram Arenas entre 1917 e 1919, St. Pats entre 1919 e 1927, antes de Conn Smythe, o então dono da equipe, mudar o nome para Toronto Maple Leafs, homenageando uma divisão do exército canadense do qual ele mesmo fez parte.

A prefeitura de Toronto decretou o dia 19 de dezembro como sendo o Toronto Maple Leafs Day, celebrando toda a história desta equipe que representa a cidade a 100 anos! É uma grande homenagem à uma equipe entre as mais vencedoras na NHL, mas que não tem tido o mesmo sucesso nos últimos 50 anos!

Com o puck no gelo, os Leafs simplesmente se impuseram e aos 02m52s, com os Canes em powerplay, Leo Komarov partiu para cima de Scott Darling, que não conseguiu defender o chute do atacante dos Leafs, que abriu o placar com um gol shorthanded, o primeiro dos Leafs na temporada e o quarto da carreira de Komarov na NHL. Mitch Marner que teve uma noite excelente e acabou anotando 4 pontos no jogo, marcou o segundo dos Leafs aos 05m33s num powerplay. Os Canes até tentaram dificultar, mas paravam em Frederik Andersen. Somente aos 09m07s, Jeff Skinner fez uma ótima jogada e conseguiu vencer Freddie num chute que resvalou em Ron Hainsey. Apesar disso, os Leafs ainda marcaram com James Van Riemsdyk aos 10m34s, em outro powerplay, e Tyler Bozak, aos 13m28s, abrindo 4 a 1 no placar no primeiro período. O gol de JVR foi-nos gol de número 20.000 na história! Mais um marco deste excepcional e comemorativo jogo!

A equipe parecia estar muito mais “ligada” no jogo que ocorreu às 14:00 em Toronto, entretanto o segundo período não viu gols de ambas equipes, mas viu belas defesas tanto de Freddie quanto de Darling.

O terceiro período viu os Leafs voltarem novamente focados e definindo o placar e o jogo. Patrick Marleau marcou aos 09m25s e, apenas seis segundos depois, Kasperi Kapanen marcou outro. William Nylander também acabou com a sua “seca” e marcou aos 14m05s. Para fechar a partida, outro jogador que não marcava a muito tempo, Connor Carrick, marcou aos 18m33s, num powerplay.

Que vitória marcante num jogo comemorativo de 100 anos na NHL! Foram oito gols marcados por oito jogadores diferentes! Bozak e Marner tiveram 4 pontos na partida, 1 gol e 3 assistências cada!

Pena que Auston Matthews ainda está se recuperando de lesão e não pode participar. Quem sabe implicar não seria ainda maior com ele no gelo?!?

Hoje à noite os Leafs já enfrentam o Columbus Blue Jackets, fora de casa! Que essa vibe da vitória de ontem seja mantida!!

Parabéns Toronto Maple Leafs pelos seus 100 anos na NHL! Parabéns pela vitória!

Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: