Anúncios
Início > Air Canada Centre, Derrota Shootout, NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs > 15/11/2011 – Phoenix Coyotes @ Toronto Maple Leafs

15/11/2011 – Phoenix Coyotes @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 16 novembro 2011 Deixe um comentário Go to comments

Após as comemorações da cerimônia onde David Gilmour, Joe Niewendyk e Ed Belfour foram formalizados como jogadores que fazem parte do Hockey Hall of Fame, os Leafs voltaram ao Air Canada Centre, desta vez para enfrentar o Phoenix Coyotes.

Os Leafs necessitam voltar a vencer após a derrota contra os Senators no jogo do último sábado.

No primeiro período, antes de os Leafs chegarem a aquecer, o Phoenix ganhou uma chance de ouro com 2 jogadores contra um, num contra-ataque em que nosso capitão, Dion Phaneuf, cometeu um erro grotesco de não controlar o puck na linha azul adversária. Shane Doan, o capitão dos Coyotes não desperdiçou e marcou o primeiro gol da partida. Ben Scrivens bem que tentou, mas não conseguiu defender o chute de Doan. Os Leafs ainda tomariam o segundo gol, marcado por Oliver Ekman-Larsson, num chute de longa distância, em que Scrivens estava encoberto e não conseguiu visualizar o puck. Depois do segundo gol, os Leafs melhoraram e chegaram muitas vezes ao gol dos Coyotes, mas o goleiro deles, Mike Smith, se saiu bem.

Veio o segundo período e ambas equipes tiveram boas chances, mas mais uma vez, Mike Smith, manteve o placar inalterado em vários chutes perigosos dos Leafs. o total de chutes, até o segundo período é de 23 para os Coyotes e 21 para os Leafs.

No terceiro período, os Leafs voltaram com tudo e, logo aos 2m08s, Mike Komisarek marca o primeiro gol dos Leafs. Neste período, os árbitros ficaram meio cegos e não viram um slashing que quebrou o stick de Phaneuf, quando os Leafs estavam em powerplay, mas isso não impediu que em uma outra jogada, Phil Kessel se aproveitasse do rebote e marcasse o gol de empate dos Leafs. Durante o restante do período os Leafs tentaram de todas as maneiras marcar o gol da vitória, mas não conseguiram. Ben Scrivens também fez defesas belíssimas, inclusive na prorrogação, e o placar permaneceu inalterado, levando o jogo aos penaltis (shootout).

Scrivens que havia pego todas as tentativas dos St. Louis Blues, não conseguiu a mesma performance e foi batido por Patrick O’Sullivan e por Radim Vrbata, enquanto Kessel e Kulemin foram parados por Mike Smith. Vitória dos Coyotes no shootout!

Neste jogo, os Leafs mais uma vez demonstraram um poder de reação que não vimos na temporada passada! Pena que nos penaltis é loteria e não conseguimos a vitória, mas melhor marcar 1 ponto do que nada! O próximo jogo é no dia 17 em Nashville!

Go Leafs Go!!!!!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. quarta-feira, 16 novembro 2011 às 13:03

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: