Início > Air Canada Centre, Derrota, NHL, NHL Game, Toronto Maple Leafs > 26/10/2015 – Arizona Coyotes @ Toronto Maple Leafs

26/10/2015 – Arizona Coyotes @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 27 outubro 2015 Deixe um comentário Go to comments

A reconstrução dos Leafs continua e a equipe, apesar de demonstrar raça e esforço no gelo, acaba não tendo qualidade tanto no ataque quanto em sua defesa e goleiros. Os visitantes da vez foram os Arizona Coyotes, time de Max Domi, filho de um importante ex-jogador dor Leafs, Tie Domi, que foi um enforcer da era Sundin. Inclusive no aquecimento o time do Arizona Coyotes deixou Max Domi entrar no gelo e o restante dos jogadores aguardou no corredor, deixando Domi sozinho, numa “pegadinha” para Domi que é de Toronto.

No gol dos Leafs estava James Reimer, dando um descanso a Jonathan Bernier.

Os Leafs começaram mal a partida e os Coyotes dominavam e forçavam o erro do time da casa. Inclusive por diversas vezes no primeiro período os Leafs erraram passes em momentos decisivos para chances de gol. Aos 06m31s, Max Domi recebe o disco (puck) e dispara contra Reimer que não tinha visão clara do disco e não conseguiu defender. O pai, Tie Domi, estava presente no Air Canada Centre e ficou contente, mas de forma contida, afinal foi um gol de seu filho, mas contra os Leafs! Shawn Matthias empatou aos 13m08s, após um rebote num chute de Brad Boyes. Os Coyotes ainda tiveram um gol anulado, pois o puck foi desviado acima da linha do travessão. Aos 14m59s foi a vez de Shane Doan marcar, também em powerplay. Aliás os Leafs foram um time muito displicente no primeiro período.

No segundo período, os Coyotes continuaram melhores que os Leafs e Klas Dahlbeck aumentou a liderança dos Coyotes aos 07m38s. Neste período não houve nenhuma penalidade de ambas equipes. 

O terceiro período marcou a reação dos Leafs que voltaram mais atentos e mostrando se não haviam desistido da partida, mesmo com o placar adverso. Mesmo assim, Kyle Chipchura marcando quarto gol dos Coyotes aos 07m00s. Isso podia ter jogado um balde de água fria nos Leafs, mas os jogadores têm demonstrado muito poder de reação. Aos 09m05s, James Van Riemsdyk marcou e aos 17m34s foi a vez de Morgan Rielly deixar a partida com somente um gol de diferença. Depois disso, mesmo jogando sem goleiro, os Leafs não conseguiram o gol de empate.

É a reconstrução ainda em seus primeiros passos! Pelo menos os Leafs têm desferido mais chutes à gol que seus adversarios! 

Go Leafs Go

Anúncios
  1. terça-feira, 27 outubro 2015 às 21:33

    Já vi muitas temporadas ruins, como torcedor dos Leafs, mas essa tá demais.
    Acredito na reconstrução, mas confesso que esperava um pouco mais já.
    Complicado, mas vamos em frente.

    • terça-feira, 27 outubro 2015 às 21:36

      É Lucas!! Vamos ter que ser bem pacientes, pois vai ser uma longa temporada! Acho que só melhora a partir da próxima temporada, com outros jogadores ou os jogadores mais novos que esta temporada estão nos Marlies! Abraço e obrigado pelo comentário!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: