Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Boston’

13/05/2013 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – ECQF – Jogo 7

terça-feira, 14 maio 2013 2 comentários

E não é que chegamos ao jogo 7? Quem poderia ter tanta confiança de que os Leafs jogariam de igual para igual com os Bruins, principalmente após os quatro primeiros jogos desta rodada dos playoffs, com os Leafs perdendo em Boston, vencendo em Boston e empatando a série e, perdendo ambos jogos em Toronto, deixando os Bruins liderarem a série por 3 a 1. Voltamos ao jogo 5 com mais vontade e fomos pra cima, não dando espaço para os Bruins e vencemos os jogos 5 e 6, criando a chance considerada como quase remota, de irmos à segunda rodada!20130513_Leafs@Bruins_ECQFG7_Banner

O time estava bem, focado, jogando de forma responsável e disputando cada puck, até que Matt Bartkowski marca o primeiro para os Bruins aos 05m39s. Tudo parecia que ia ficar difícil para os Leafs, mas num powerplay, Cody Franson se aproveita e um puck que fugiu do controle de Tuuka Rask e empata para os Leafs aos 09m35s do primeiro período. Após o gol de Franson, os Leafs melhoraram bastante e passaram a controlar a partida, com boas atuações de Reimer, quando necessário.

No segundo período, apesar de toda a força dos Bruins, os Leafs continuaram melhor e aos 05m48s, Cody Franson desfere um belo chute que passa debaixo do braço direito de Zdeno Chara e entra no ângulo direito de Tuuka Rask. Os Leafs passam a frente do placar e tudo ia muito bem no jogo.

20130513_Leafs@Bruins_ECQFG7_ScoreNo terceiro período, um milagre parecia estar para acontecer. Os Leafs marcaram com Phil Kessel, se aproveitando de um chute de Nazem Kadri que acertou a trave. Phil Kessel marcou aos 02m09s e, em uma bela jogada de contra-ataque aos 05m29s, Nazem Kadri marca o quarto gol dos Leafs. Com três gol de vantagem no placar, os Leafs acabaram por afrouxar o jogo e os Bruins, que são uma ótima equipe, sentiu isso e se aproveitou. Aos 09m18s, Nathan Hortons marca o segundo dos Bruins. Seriam os últimos 10 minutos mais tensos da temporada para os torcedores dos Leafs. Esse tempo viu Matt Frattin ser defendido por Rask e Reimer efetuando defesas importantíssimas. Faltando apenas 1m22s para o término da partida e eliminação dos Bruins, Milan Lucic marca o terceiro dos Bruins, que já jogava sem goleiro, para colocar um atacante adicional no gelo. Neste momento o meu coração simplesmente congelou … Nem respirava mais … Enquanto os técnicos estavam dando instruções para as suas equipes, num pedido de tempo técnico dos Bruins, a ESPN transmitia o jogo dos Rangers x Capitals e, como existe um atraso do sinal da Internet ( NHL Game Center), já estavam dando a notícia que os Bruins empataram o jogo faltando apenas 40 segundos … Com Patrice Bergeron. Ou seja, os Leafs deixaram a vitória escapar por entre os dedos e, à esta altura, meu coração e estômago estavam paralisados. Ainda tivemos um lance perigoso faltando apenas 10 segundos para o término, mas Rich Peverley não conseguiu aproveitar um rebote de Reimer.

Fomos para a prorrogação, mas o momento do jogo já havíamos mudado para o lado dos Bruins. O gol que cravou uma espada no coração da equipe de Toronto veio aos 06m05s de uma prorrogação dominada pelos Bruins, com muito poucas chances de gol para os Leafs. Patrice Bergeron se aproveitou de um puck mal retirado por Jake Gardiner e venceu James Reimer, para a alegria dos torcedores de Boston e total tristeza dos torcedores e jogadores dos Leafs.

Chegamos beeeeeem perto de nos classificarmos para a segunda rodada, mas acabamos sem gás, sem energia para nos impor frente aos Bruins. Aliás deixo aqui os meus parabéns para os Bruins que não desistiram, mesmo perdendo por um placar de 4 a 2, faltando 10 minutos para o término da partida. Os Bruins são uma equipe muito experiente e que joga junto a muito tempo, o que melhora a qualidade do passe e integração entre os jogadores. São uma equipe muito forte e que joga muito fisicamente.

Parabéns também para Phil Kessel, Joffrey Lupul, James Van Riemsdyk, Dion Phaneuf, Nazem Kadri, Clarke MacArthur, Jake Gardiner, Cody Franson, Colton Orr, Tyler Bozak, Joe Colborne, Mikhail Grabovski, Nikolai Kulemin, Carl Gunnarsson, Ryan O’Byrne, Jay McClement, Mark Fraser, Frazer McLaren, e principalmente a James Reimer, o jovem goleiro que voltou à sua ótima forma e segurou a barra nos jogos 5 e 6, nos dando a chance do jogo 7! Randy Carlyle possui uma boa equipe para a próxima temporada, bastando alguns reforços e reposições para sermos ainda melhores.

Mostramos muita garra, raça, aplicação e qualidade frente aos Bruins, um dos melhores times da NHL. Estávamos sem confiança até mesmo de uma parte da torcida, mas perseveramos e levamos a decisão para jogo 7! Os Bruins perseveraram um pouquinho mais … Vitória merecida …

Parabéns pessoal! Foi uma série e tanto! Digna de uma final de conferência!

Go Leafs Go

P.S.: Continuaremos cobrindo as notícias de mundo Leafs até a abertura da próxima temporada!!!

Anúncios

15/04/2013 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 16 abril 2013 Deixe um comentário

Após nossa convincente vitória sobre os Habs no Air Canada Centre, o próximo visitante foram os Devils, vindos de New Jersey com Martin Brodeur, David Clarkson, Travis Zajac, Adam Henrique e cia.

Infelizmente vou deixar aqui uma notícia triste ocorrida nesta data. A cidade de Boston que teria o jogo entre os Senators e os Bruins sofreu um atentado com bombas sendo detonadas próximo à linha de chegada da Maratona de Boston e na biblioteca JFK. O jogo foi cancelado para evitar nova aglomeração de pessoas e será jogado em outra data. O cancelamento foi decidido visando a segurança pública na cidade de Boston.20130415_Devils@Leafs_Banner

Voltando ao jogo dos Leafs, apesar de não termos jogado bem no ataque, nossa defesa e principalmente James Reimer foram muito sólidos ontem à noite. O time dos Devils que busca uma recuperação no final da temporada, tentando voltar a se classificar aos playoffs, armou uma estratégia que simplesmente impedia ações de ataque dos Leafs. A equipe de Toronto, especialmente James Reimer, sofreu mais chutes à gol do que ofereceu perigo à Martin Brodeur durante cada um dos períodos da partida. Devido à isso, os Leafs também bloquearam muito mais chutes à gol que os Devils.

20130415_Devils@Leafs_ScoreDurante os dois primeiros períodos as equipes disputaram muito o puck e os goleiros atuaram quando necessário, inclusive com Reimer efetuando defesas milagrosas! Apesar do domínio dos Devils, os Leafs frustravam cada uma das ações dos Devils, deixando a equipe visitante cada vez mais pressionada, já que necessitava da vitória!

Eu, particularmente, já estava me contentando com conseguirmos 1 pontinho com o empate no tempo regular, afinal Reimer estava sendo bombardeado, mas o primeiro gol da partida veio, e veio num chute de Phil Kessel, aos 13m28s. Kessel recebeu um passe de Dion Phaneuf e deu um chute mais que certeiro, que Brodeur talvez não tenha defendido pois um defensor estava, pelo menos parcialmente, impedindo a visão clara do puck. Com liderança da partida, os Leafs se sentiram mais à vontade e, com os Devils sem goleiro (Empty Net), conseguiram selar a vitória com Jay McClement recebendo um passe de Mark Fraser que passou pelo defensor dos Devils e deixou McClement sozinho com o puck em direção ao gol dos Devils, marcando o segundo gol aos 19m23s.

Foi uma vitória da raça, da aplicação dos Leafs na defesa, de Reimer voltando àquela performance que o trouxe à equipe principal, dos Leafs à caminho dos playoffs pela primeira vez desde 2004!!!

Hoje visitaremos o Washington Capitals! Vamos que vamos!!

Go Leafs Go!!!

%d blogueiros gostam disto: