Arquivo

Posts Tagged ‘Lee Stempniak’

08/12/2015 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 09 dezembro 2015 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs enfrentou o New Jersey Devils pela primeira vez após Lou Lamoriello, atual General Manager dos Leafs, deixar os Devils, onde atuou como GM por 28 anos. O jogo foi no Air Canada Centre e os jogadores dos Leafs queriam muito dar uma vitória a Lou.

Mais uma vez no gol estava Garret Sparks e, pelos Devils, Corey Schneider, o sucessor de Martin Brodeur.

Os Leafs mais uma vez começaram atrás do placar já aos 01m24s, quando Lee Stempniak desviou o chute de John Moore, bem em frente à Sparks, num powerplay pra os Devils. Sparks não teve chance de defesa. Os Leafs quase empataram com Matt Hunwick, mas o puck acertou a trave de Corey Schneider. Somente aos 14m13s, numa jogada até mesmo despretenciosa, Pierre-Alexandre Parenteau chutou o puck da zona neutra, somente para fazer os defensores dos Devils se virarem ao seu próprio gol, mas o puck acabou batendo no gelo e saltando de forma imprevisível, passando por sobre o ombro de Schneider, e os Leafs empataram a partida.

O segundo período viu os Leafs virando o jogo com um gol de James Van Riemsdyk aos 02m12s, muito parecido com o gol de Stempniak, desviando um chute de Dion Phaneuf, que aliás estava em seu 400º jogo pelos Leafs! Parabéns Dion! Os Devils chegaram ao empate com Kyle Palmieri, mais uma vez num powerplay, chutando forte com muita gente à frente de Sparks, que acabou não vendo o puck a tempo de se preparar para defender! 

Não houve qualquer alteração no placar no terceiro período ou na prorrogação, apesar de que as equipes lutaram muito e tiveram ótimas chances na prorrogação. A decisão ficou para o Shootout (cobrança de pênaltis). Após duas rodadas, ninguém havia marcado. Na terceira rodada, Tyler Bozak fez um belo movimento e venceu Schneider por sobre o ombro, mas Mike Cammalleri manteve os Devils no jogo. Somente na quinta rodada, Nazem Kadri marcou para os Leafs e, na última cobrança, Garret Sparks conseguiu fazer com que David Schlemko errasse, dando a vitória aos Leafs!

Os Leafs agora só voltam ao gelo na próxima terça-feira!

Go Leafs Goooo

12/10/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

segunda-feira, 13 outubro 2014 Deixe um comentário

Sem nenhuma vitória na temporada após dois jogos em casa, contra os Habs e os Penguins, os Leafs foram a New York para enfrentar os Rangers e mudar o rumo da equipe de Toronto.

Os New York Rangers, assim como os Leafs, haviam jogado na noite anterior e ambas equipes perderam pelo mesmo placar (5 a 2) para os Columbus Blue Jackets e Pittsburgh Penguins, respectivamente. A única diferença é que os Rangers já possuíam uma vitória contra nenhuma dos Leafs.

Season_2014-15_Score_Game3O jogo começou melhor para os Leafs e Cody Franson, voltando à equipe, marcou o primeiro da equipe de Toronto num powerplay, aos 07m45s. Acho que este gol serviu para acordar a equipe e tirar aquela memória de duas derrotas. Também serviu para jogar um balde de água gelada no ímpeto dos Rangers, jogando em casa. Os Rangers somente empataram aos 17m22s, logo após matarem uma penalidade, num contra-ataque em que Rick Nash foi muito mais veloz que Stephane Robidas e recebeu ótimo passe de Martin St. Louis, vencendo James Reimer. Aliás, James Reimer viu o seu primeiro jogo da temporada e teve ótimo desempenho, se mostrando confiante e muito seguro no gol!

O segundo período definiu a partida. Os Leafs simplesmente engoliram os Rangers e marcaram 3 gols em 5 minutos, com Phil Kessel, em vantagem numérica (powerplay), Nazem Kadri em igualdade numérica e James Van Riemsdyk em desvantagem numérica (shorthanded). Foi um duro golpe sobre a equipe dos Rangers, principalmente no ótimo goleiro da equipe, Henrik Lundqvist. Lee Stempniak marcou um gol num contra-ataque, validado após revisão por vídeo, pois a trave havia sido retirada pelo contato com um defensor dos Leafs. O período ainda viu Tyler Bozak e David Clarkson marcarem para os Leafs que terminou o período com 6 a 2 no placar e com a retirada de Lundqvist, substituído por Cam Talbot.

Outro jogador que não terminou a partida pelos Rangers foi Rick Nash. A esposa do jogador entrou em trabalho de parto durante a partida e o jogador foi à maternidade para dar apoio à esposa e acompanhar o nascimento de seu primeiro filho(a).

Season_2014-15_Goalies_Game3No terceiro período foi a vez de James Reimer deixar o gelo, após ser atingido na cabeça por Dominic Moore numa jogada na lateral do gol. Apesar de Reimer dizer que estava se sentindo bem, a NHL implementou um protocolo para evitar maiores problemas com concussões, e Reimer foi substituído por Jonathan Bernier, que sofreu o último gol da partida num chute de Derick Brassard.

Ótima vitória dos Leafs é um banho de ânimo em todos! Amanhã receberemos a visita do Colorado Avalanche em jogo que será transmitido pela ESPN!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: