Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘NHL’ Category

27/02/2019 – Edmonton Oilers @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 28 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Recebemos o Edmonton Oilers de Connor McDavid, Leon Draisatl e Ryan Nugent-Hopkins e precisávamos continuar vencendo.

Novamente começamos o jogo de forma sonolenta, se é que essa é a melhor palavra para definirmos Leafs e Leon Draisatl que recebeu o puck na zona defensiva, conduziu o disco ao ataque e simplesmente foi passando por todos. Quando chegou mais perto do gol de Frederik Andersen, Ron Hainsey o acompanhou, mas não conseguiu desviar o puck e deixou Draisatl chegar a chutar em Freddie e então aproveitar seu próprio rebote para abrir o placar para os Oilers aos 11m06s, em powerplay. Os Leads somente empataram o jogo aos 18m02s, com Patrick Marleau.

Com o jogo empatado os Leafs tiveram um segundo período muito parecido com o que tiveram contra os Sabres. Foram 4 gols: Mitch Marner aos 01m09s, após receber passe de Zach Hyman, Andreas Johnsson aos 02m26s, William Nylander aos 04m50s, com um chute que acertou o único local desprotegido de Mikko Koskinen e entrou. Com esse gol, enquanto os Leafs estavam em powerplay, Koskinen foi substituído por Anthony Stolarz, que não defendeu um chute de Andreas Johnsson, seu segundo gol da noite aos 08m09s, também em powerplay.

O terceiro período viu John Tavares ampliar para 6 gols e, após uma jogada muito revisada, o segundo gol dos Oilers foi confirmado, marcado por Nugent-Hopkins, aos 16m06.

O jogo teve um lance mais físico de Brad Malone sobre Travis Dermott, levando Dermott aos gelo e contundindo o jogador dos Leafs, aparentemente o ombro. O mais raro é que Malone nem teve um minuto de penalidade, já Dermott não retornou mais ao jogo.

Amanhã visitaremos o New York Islanders, antiga equipe de John Tavares, que vai recebê-lo com todo rancor do mundo após o jogador ter trocado de time, indo à Toronto após a temporada 2017/18.

Boa sorte Tavares! Boa sorte Maple Leafs!!!

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

Na Trade Deadline, Par Lindholm é trocado por Nic Petan com os Jets

quarta-feira, 27 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Chegou o tão esperado dia limite de trocas na NHL ( NHL Trade Deadline) e todas equipes decidem se é o momento de serem vendedoras ou de serem compradoras, dependendo de suas classificações e chances de irem aos playoffs!

Os Leafs necessitavam de um defensor destro e todos os torcedores esperavam uma contratação para suprir essa necessidade, ou então muitos davam como certa a vinda de Wayne Simmonds, para ajudar a equipe a ser mais “dura” no gelo!

Ao final do dia os Leafs apenas conseguiram realizar uma troca, Par Lindholm por Nic Petan, com o Winnipeg Jets.

Lindholm estava em sua primeira temporada na NHL e com 27 anos seria Agente Livre Irrestrito ao final da temporada, dando a possibilidade de ir a qualquer time da liga, entretanto, Nic Petan de 23 anos, ainda será um Agente Livre Restrito.

Foi a única possível explicação para que Kyle Dubas fizesse tal troca, além do fato de Petan ter um bom histórico como jogador ofensivo, marcando muitos pontos na AHL.

Obrigado por sua dedicação nesta temporada de ajuste à NHL, Par Libdholm! Te desejo sucesso no Winnipeg Jets!

Seja bem vindo Nic Petan! Que você tenha a oportunidade de mostrar o seu valor e venha a ser mais um jovem ídolo desta equipe!

25/02/2019 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 27 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Mesmo após vencer os Habs de virada, de forma espetacular, o Toronto Maple Leafs necessita se manter vencendo, até mesmo para ultrapassar o Boston Bruins na classificação.

Recebemos a visita do Buffalo Sabres, sem a presença de Brandon Montour, defensor que foi negociado pelos Sabres com o Anaheim Ducks.

Mais uma vez começamos o jogo deixando o adversário dominar e acabamos terminando o primeiro período atrás no placar. Jack Eichel marcou aos 19m07s, num powerplay para o time visitante.

Mike Babcock teve que colocar o time nos trilhos e os Leafs voltaram melhor no segundo período. Tão melhor que em 02m14s marcamos três gols em Carter Hutton, que foi substituído por Linus Ullmark. O primeiro a marcar foi John Tavares, aos 03m38s. Depois foi Auston Matthews aos 05m24s aproveitando um retorno do puck após bater no patins de um defensor dos Sabres, e por fim, Frederik Gauthier com um belo gol de backhand aos 05m52s. Tyler Ennis marcou o quarto dos Leafs, e o segundo em jogos consecutivos, aos 13m07s, dando aos Leads uma liderança bem confortável. Somente aos 17m25s os Sabres diminuíram a liderança dos Leafs com um gol num powerplay, marcado por Sam Reinhardt.

No início do terceiron período, os Sabres conseguiram mais um gol, marcado por Jack Eichel aos 00m09s. Esse gol deu aos Sabres aquela esperança de conseguir voltar na partida. Os Leafs só garantiram a vitória com um gol de Kasperi Kapanen aos 17m42s, com os Sabres no powerplay. O gol shorthanded foi possível após o puck desviar nos patins do árbitro e trair Rasmus Dahlin, que estava se movimentando para receber o passe, sem o desvio e acabou não se recuperando, enquanto Kasperi Kapanen controlou o puck e venceu Ullmark.

Foi mais uma bela vitória dos Leafs, a 100ª na carreira de Frederik Andersen, jogando pelos Leafs!

Amanhã recebemos a visita do Edmonton Oilers!

Go Leafs Goooooo

23/02/2019 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

domingo, 24 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após perder três jogos consecutivos pela primeira vez na temporada o Toronto Maple Leafs precisava de um jogo com muita rivalidade para “acordar” e voltar a mostrar a raça que os torcedores tanto desejam.

Jogar contra o Montreal Canadiens nunca é fácil e as equipes têm uma rivalidade histórica na NHL, além de serem parte dos times chamados de Original Six. Montreal está jogando bem e tem jogadores espetaculares como o goleiro Carey Price, o defensor Shea Weber e o atacante Brendan Gallagher.

O jogo começou bem mal para o time da casa, que parecia estar sem energia, perdendo todas as disputas e não conseguindo jogar. Os Habs se aproveitaram e começaram com todo o gás. Andrew Shaw abriu o placar vencendo Frederik Andersen aos 08m07s. Tomas Tatar aumentou aos 12m44s e Jeff Petry marcou mais um para os Habs aos 13m52s, esse em um powerplay. Com três gols marcados no primeiro período e sem jogar bem, parecia que teríamos nossa quarta derrota seguida na temporada.

Veio o segundo período e os Leafs devem ter tomado uma chacoalhada de Mike Babcock jos vestuários pois voltaram melhor e conseguiram se impor mais no gelo. Auston Matthews conseguiu vencer Carey Price logo no início do período, aos 02m13s, também num powerplay. Após o gol de Matthews os times batalharam muito e houve até mesmo disputas mais físicas, uma delas entre Auston Matthews e Shea Weber, além de outra envolvendo Kapanen. Tyler Ennis diminuiu a vantagem para apenas um gol aos 18m06s, em outro powerplay para os Leafs, onde a troca rápida de passes foi essencial para abrir espaço para um bom chute contra Carey Price.

Agora era voltar focado pro terceiro período e conseguir o gol de empate para ter aquela injeção de confiança e ganhar o jogo. Apesar de muita disputa, foi numa jogada que teve a ajuda das bordas do gelo que William Nylander empatou aos 06m58s. O puck seguia pela borda para o fundo do gelo dos Habs, quando bateu em alguma parte que não estava bem alinhada e traiu Price que se movia para pegar o puck atrás do gol. O puck desviou para frente do gol e pro taco de Nylander, que não desperdiçou. O jogo empatado teve chance para as duas equipes, inclusive com um puck na trave de Freddie. A vitória só veio aos Leafs faltando 01m50s para o final do terceiro período. Zach Hyman se aproveitou de um rebote de Price num chute de Mitch Marner e marcou o quarto gol dos Leafs. Com o gol, os Habs retiraram Price para tentar pressionar os Leafs no Empty Net, mas is Leafs levaram a melhor com Andreas Johnsson numa bela jogada com Kasperi Kapanen, aos 19m02s. Aos 19m37s, Zach Hyman partiu sozinho atrás de um puck com o gol dos Habs aberto e Shea Weber acabou cometendo uma penalidade na hora que Hyman ia chutar no gol aberto. Os juízes consideraram que Hyman ia marcar e validaram a jogada como gol. Placar final Habs 3 x Leafs 6.

Esse jogo esquentou no final e jogadores no banco das duas equipes começaram a discutir. No final foi bom para reavivar os jogadores dos Leafs! Que esse sentimento permaneça até os playoffs. Nesta temporada os Habs perderam os três jogos contra os Leafs!

Go Leafs Goooooooo

21/02/2019 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 22 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Os atuais campeões da Stanley Cup voltaram à Toronto para enfrentar os Leafs. Ovechkin e cia chegaram buscando se aproximar do New York Islanders, o primeiro classificado da divisão Metropolitan. O Toronto Maple Leafs buscava voltar a vencer, após duas derrotas consecutivas.

Não posso dizer que os Leafs jogaram mal, aliás demos muitos chutes ao gol de Braden Holtby, mas o goleiro dos Capitals estava muito bem na noite!

Somente no segundo período é que o placar foi alterado com um gol de Alexander Ovechkin aos 03m54s, num powerplay. Ovechkin havia chutado o taco de Um dos jogadores dos Leafs, mas os árbitros não deram penalidade a ele, somente a Morgan Rielly, por “holding”, segurar o jogador adversário. Foi o gol de número 650 de Ovie na NHL, realmente um marco na carreira de qualquer jogador. Brett Connolly marcou o segundo dos Capitals aos 12m07s, após bobeira na defesa dos Leafs.

Veio o terceiro período e Andreas Johnsson foi persistente e, após cair no gelo por um contato com um jogador dos Capitals, continuou na jogada e se aproveitou de um rebote de Holtby num chute de Auston Matthews. O gol foi aos 04m23s e deu uma esperança aos torcedores dos Leafs. A chance de empate veio numa penalidade para os Capitals, mas os Leafs bobearam e levaram um gol de Tom Wilson enquanto os Caps estavam em desvantagem numérica, aos 06m46s. Levar gol shorthanded já é ruim, mas levar gol de Tom Wilson é quase um sacrilégio! Os Leafs até que pressionaram mas Holtby fechava o gol. Só aos 19m27s que, em Empty Net, com Frederik Andersen no banco para colocar um jogador a mais para pressionar os Caps, chegamos ao segundo gol com John Tavares. Mas já era tarde demais e não tivemos mais tempo para tentar reagir.

Foi nossa terceira derrota consecutiva e embora o time não tenha jogado mal, também não podemos dizer que jogou bem. Está faltando inteligência, está faltando velocidade, está faltando aplicação, está faltando uma estratégia para enfrentar times que jogam mais fisicamente, está faltando um espírito nesta equipe, ou será que falta liderança? Marner anda sumido, assim como Marleau. Quem está muito bem é Andreas Johnsson e William Nylander, que vem surpreendendo a cada jogo, sempre dominando o puck na zona ofensiva.

Nosso próximo jogo é no sábado, no Scotiabank Arena, recebendo a visita do Montreal Canadiens! Só podemos torcer para que a equipe encontre o caminho da vitória, voltando a “patinar” na direção correta que é obter a vantagem de jogar mais jogos em casa nos playoffs!

E como estamos muito próximos da Trade Deadline, na próxima segunda-feira, vamos ver o que Kyle Dubas ainda pode aprontar! Nossa defesa não está bem, mas não podemos abrir mão de nosso futuro por um jogador que seja muito caro, ou que somente vá ser usado até o final desta temporada!

Go Leafs Goooooooo

Mas que vá mesmo!!!!!!

19/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ St. Louis Blues

quinta-feira, 21 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após o péssimo jogo contra o Arizona Coyotes, o Toronto Maple Leafs foi à St. Louis enfrentar o St. Louis Blues, que não perdiam a 10 jogos e que chegaram a ser a pior equipe da NHL, mas que atualmente são o terceiro time de sua divisão.

Os Leafs começaram muito mal, sendo totalmente dominados pelos Blues. Aliás, os Blues estavam jogando tão bem que os Leafs não conseguiam sair de sua zona defensiva com qualidade e domínio do puck. No total foram 19 chutes ao gol de Frederik Andersen, contra apenas 9 dos Leafs ao gol de Jordan Binnington, o goleiro novato dos Blues que tem simplesmente fechado o gol. Binnington vem de 3 vitórias por shutout seguidas! Aos 10m13s, Jaden Schwartz abriu placar após Jake Muzzin cometer um erro na defesa, que deixou dois jogadores livres contra Freddie, que não teve muito o que fazer. Aos 17m42s, num powerplay, Colton Parayko acertou um belo de um chute que, à primeira vista, bateu na trave, mas após uns 30 segundos, o vídeo do chute mostrou que o puck havia entrado e o gol foi validado.

Os Leafs até voltaram melhor no segundo período, mas os Blues estavam voando no gelo e pareciam jogar muito facilmente. Para os Leafs, todas as jogadas e passes exigiam um esforço sobre-humano. Mas podemos dizer que conseguimos igualar o jogo contra os Blues e Frederik Andersen nos ajudou a manter o placar.

Veio o terceiro período e de forma incrível, com diferença de apenas 31s entre um gol e outro, os Leafs empataram a partida. O primeiro gol foi de Zach Hyman aos 06m34s, que chutou cruzado e viu o puck ser desviado pelo defensor dos Blues para o fundo do gol, acabando com 233m50s de invencibilidade de Binnington, a segunda maior da franquia. O gol de empate veio com Auston Matthews, que acabou desviando o puck com sua lâmina do patins. A jogada foi recusada e o gol validado aos 07m05s. Depois disso houve chances para ambas equipes, mas acabamos indo à prorrogação.

Sabíamos que o time dos Blues era perigoso e após uma tentativa de Mitch Marner que boa obteve sucesso ao tentar passar por trás do gol dos Blues em velocidade e passar para Kohn Tavares, Ryan O’Reilly recuperou o puck e partiu ao ataque, marcando o gol da vitória aos 34s da prorrogação e garantindo a décima primeira vitória seguida dos Blues, um recorde histórico da franquia!

Os Leafs conseguiram um ponto, o que é melhor que nada, mas estão deixando espaço para os Bruins nos passarem na classificação, e aos Habs de nos alcançar!

Nazem Kadri sofreu um hit de Vincent Dunn e acabou deixando a equipe ainda no primeiro período, não mais retornando, muito provavelmente contundido.

Nosso próximo adversário será o atual campeão da Stanley Cup, em Toronto, amanhã!

Go Leafs Goooooo

16/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ Arizona Coyotes

domingo, 17 fevereiro 2019 Deixe um comentário

A viagem do Toronto Maple Leafs continua e o próximo adversário foi o time do Arizona Coyotes, na Gila River Arena.

Os Coyotes confiaram o gol a Darcy Kuemper, que jogou de forma excepcional na noite, além de contar com a equipe dos Yotes, jogando muito bem e segurando os Leafs a apenas 11 chutes ao gol de Kuemper após dois períodos inteiros.

O segundo período viu os gols de Alex Galchenyuk aos 03m19s, se aproveitando de uma defesa dos Leafs totalmente perdida e recebendo um belo passe para chutar de primeira e vencer Frederik Andersen. O segundo gol veio pouco tempo depois, aos 05m59s quando Josh Archibald se aproveitou de um rebote de Freddie e estava sozinho, sem nenhum defensor o acompanhando, para chutar e marcar.

O placar terminou em um shutout dos Yotes sobre os Leafs, por 2 a 0.

Neste jogo fomos dominados pelo Arizona Coyotes, que além de não nos deixar dar muitos chutes ao gol, mantiveram o puck por muito tempo no ataque.

Agora é esquecer esse jogo, se preparar para o próximo jogo, na terça-feira em St. Louis. E torcer contra os Bruins que estão apenas a um ponto dos Leafs na classificação e podem nos passar, nos jogando para as vagas de Wild Card.

Go Leafs Gooooooo

%d blogueiros gostam disto: