Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Charlie Conacher’

03/01/2019 – Minnesota Wild @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 04 janeiro 2019 Deixe um comentário

Hoje os Leafs tiveram um jogo em um horário diferente, às duas da tarde (horário de Toronto). Foi um jogo chamado de NextGen, pois foi para que as crianças, que voltam às aulas na próxima semana, pudessem assistir e até mesmo participar de varias outras atividades. Para esse jogo o adversário foi a experiente equipe do Minnesota Wild de Zach Parise e con Devan Dubnyk no gol.

Pelo Toronto Maple Leafs o recém adquirido Michael Hutchinson, que já jogou pelo Winnipeg Jets e estava atuando pelo time afiliado ao Flórida Panthers na AHL, estreava no gol após contusões de Frederik Andersen e Garret Sparks.

O jogo mal havia começado e Mitch Marner abriu o placar aos 00m07s, no primeiro chute ao gol. Marner se igualou a Charlie Conacher que marcou o primeiro gol de uma vitória contra os Bruins em 1932, também aos 7s de partida. Aos 05m38s, Mitch Marner voltou a marcar para os Leafs. Tudo parecia or muito bem até Charlie Coyle diminuir para os visitantes. A defesa dos Leafs pareceu meio perdida e ele não desperdiçou.

Mikko Koivu, capitão dos Wild, empatou a partida aos 05m09s do segundo período, em outra bobeira da defesa dos Leafs. Aos 08m16s, William Nylander faz bela jogada com Auston Matthews atrás do gol de Dubnyk, controla o puck e chuta por sobre o ombro do goleiro dos Wild, marcando seu primeiro gol da temporada, que só começou no mês passado, após todo o imbróglio da sua renovação contratual. Nylander tirou um peso das costas e deve começar a produzir mais pelos Leafs. Infelizmente a noite parecia não ser nossa e Jarred Spurgeon empatou aos 09m36s, numa jogada que eu vejo como uma falha de Michael Hutchinson, que não conseguiu defender e viu o puck entrar por entre suas pernas.

O último período viu Zach Parise colocar o time visitante à frente no placar aos 04m21s e os Leafs sem conseguir produzir mais gols.

Parecia que o primeiro jogo do ano estava garantido com os 2 a 0 no placar, mas apesar de dois gols de Marner e o primeiro de Nylander na temporada, não nos deram a vitória. Que tenhamos aprendido a lição de que devemos nos manter atentos durante toda a partida e que Freddie se recupere logo, pois suas atuações teriam garantido nossa vitória no jogo de hoje.

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

Mats Sundin terá a honra de ter seu número no teto do ACC

domingo, 30 outubro 2011 2 comentários
Agora é oficial. Os Leafs homenagearão e agradecerão Mats Sundin, por toda sua história na equipe, colocando o seu número, 13, no teto do Air Canada Centre.
A cerimônia está marcada para dia 11 de fevereiro de 2012, num jogo contra o Montreal Canadiens.
Sundin recebeu um caloroso aplauso quando foi introduzido aos torcedores dos Leafs durante o primeiro período do jogo contra os Penguins, ontem à noite.
Agora que a data da cerimônia é oficial, Sundin está extasiado.
Sundin Press Conference
“Ter a chance de representar os Leafs e jogar numa cidade como essa, assistir a um jogo sentado na platéia e sentir a atmosfera da torcida … é difícil descrever em palavras o que estou sentindo.”
Aos 40 anos, Sundin disse que as duas finais de conferência foram os melhores momentos de sua carreira.
“Você ganha um jogo de playoff na primeira rodada e as pessoas comemoram como se você tivesse ganho a Stanley Cup. Isso é algo muito especial. Eu não sei se você vê isso em outros lugares.”
Sundin será o décimo sexto jogador a ter a honra de ter seu número no teto do ACC. A lista inclui Syl Apps, Ted Kennedy, Turk Broda, Johnny Bower, Tim Horton, King Clancy, George Armstrong, Charlie Conacher, Frank Mahovlich, Darryl Sittler, Hap Day, Red Kelly, Borje Salming, Wendel Clark e Doug Gilmour.
Os Leafs somente retiram os números de jogadores dos Leafs, que apesar de serem comparados aos jogadores acima, tiveram a sua carreira suspensa devido à morte ou outra calamidade. Os únicos números retirados são o número 6 usado por Ace Bailey e depois o número 5, usado por Ron Ellis e Bill Barilko.
———————————————————————————–
O Maple Leafs Brasil parabeniza Mats Sundin por toda sua história como um Leafs e aguarda ansioso por 11 de fevereiro de 2012, assim como pela indicação de Sundin ao Hall da Fama (HHoF), que não deve demorar a acontecer.
%d blogueiros gostam disto: