Arquivo

Posts Tagged ‘Gustav Nyquist’

17/10/2014 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 20 outubro 2014 Deixe um comentário

Os Leafs, que parecem ter encontrado o caminho das vitórias e acabaram por vencer os dois últimos jogos, depois de perder os dois primeiros, enfrentariam os sempre fortes Red Wings em jogos “Back to Back”, ou seja, uma noite em Toronto e na próxima em Detroit.

Season_2014-15_Goalies_Game5Ao receber os Red Wings, os Leafs pareciam estar lentos, sem conseguir se opor ao ataque liderado pelo capitão Henrik Zetterberg, que estava em noite inspirada. Zetterberg acabou por marcar 4 pontos na noite, todos eles de assistências nos gols do time de Detroit.

Logo no primeiro período os Red Wings abriram o placar com Johan Franzen aos 10m00s, recebendo um passe de Zetterberg.

O segundo e terceiro gols marcados em James Reimer no segundo período levaram os Red Wings a uma liderança mais tranqüila. Johan Franzen marcou o seu segundo da noite com 05m42s do segundo período e Gustav Nyquist aos 18m16s. Neste mesmo período, Brandon Kozun recebeu um forte hit atrás do gol dos Red Wings, que o jogou de costas na parede, retirando o jovem jogador dos Leafs da partida.

Season_2014-15_Score_Game5Mal começou o terceiro período e os Leafs pareceram acordar, com um gol de Mike Santorelli aos 21s, recebendo um passe de Leo Komarov. Infelizmente a reação parou por aí e aos 05m51s, Justin Abdelkader fechou o placar da partida. Red Wings 4 x 1 Leafs.

Foi um jogo tenso, com muita disputa física em que os Leafs não entraram inspirados! Randy Carlyle e a equipe devem arrumar a casa e têm apenas 24 horas para isso, já que enfrentariam os Red Wings na noite seguinte.

Go Leafs Go

29/03/2014 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 31 março 2014 Deixe um comentário

Os Leafs estão, simplesmente, cavando o buraco para enterrarem a temporada 2013-14. Vindos de sete derrotas seguidas, a equipe tinha um jogo chave, importantíssimo, contra um adversário direto na corrida pelos playoffs, o Detroit Red Wings. Os Leafs precisavam da vitória a qualquer custo, pois os Red Wings ainda tinham dois jogos a mais até o final da temporada.

Mais uma vez, Carlyle teve que utilizar Jonathan Bernier em duas noites seguidas. Essa não é a melhor estratégia, afinal o goleiro já vem de uma noite jogando e de uma derrota, mas James Reimer parece não dar a confiança necessária ao técnico e aos jogadores, pelo menos nesta fase de derrotas, após sofrer 5 derrotas seguidas.

Os Leafs entraram no jogo com vontade de vencer, com energia e vibração, e acabaram dominando o primeiro período. Aos 10m57s Cody Franson abriu o placar para os Leafs! Parecia que os Leafs conseguiriam colocar o time de volta ao caminho das vitórias!

No segundo período, o time acabou perdendo qualidade, não sei se acabaram desatentos, ou se a pressão de vencer acabou se sobressaindo, mas os Leafs permitiram o empate num gol shorthanded de Darren Helm aos 03m05s. Foi o décimo primeiro gol sofrido pelos Leafs enquanto jogando em vantagem numérica, igualando os Flyers e Oilers como os times com mais gols sofridos desta maneira na temporada. Aos 04m37s, foi a vez de Gustav Nyquist virar a partida. Aos 07m57, Darren Helm marca o segundo da noite, colocando os Red Wings numa distância segura de dois gols de vantagem. No finalzinho do período, aos 18m57s, Joffrey Lupul diminuiu para os Leafs, vencendo Jimmy Howard por entre as pernas, dando uma esperança de reação à torcida.

Para infelicidade da Leafs Nation, a equipe não voltou bem ao terceiro período e não conseguiu mais vencer Jimmy Howard. Os Red Wings por sua vez, conseguiram marcar mais um gol, novamente com Darren Helm, que marcou o seu primeiro Hat-Trick da carreira e deu a vitória aos Red Wings por 4 a 2.

As chances dos Leafs se classificarem aos playoffs está cada vez mais distante. Faltando apenas seis jogos até o final da temporada, a equipe precisa, desesperadamente, vencer todos eles e ainda torcer por tropeços de Columbus, Detroit e Washington, para conseguir uma vaga nos playoffs.

Os Leafs também conseguiram igualar o número de oito derrotas consecutivas, que não deixavam acontecer desde 1985.

Tudo leva a crer que este blog terá suas férias antecipadas, mais uma vez, neste ano, já que somente teremos mais seis jogos para postar aqui.

O jeito é torcer, rezar, fazer promessa, simpatia ou qualquer coisa que funcione para os Leafs conseguirem esta combinação milagrosa que nos levará aos playoffs!

Go Leafs Gooooo – Tá difícil, mas ainda dá!!!

18/03/2014 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

segunda-feira, 24 março 2014 Deixe um comentário

Após a derrota contra os Capitals, os Leafs foram à Detroit enfrentar os Red Wings, mais novos rivais de divisão.

Com a contusão de Jonathan Bernier ainda no jogo contra o Los Angeles Kings, James Reimer assumiu o gol dos Leafs.

No primeiro período os Leafs jogavam bem, mas o time da casa dominava nos chutes a gol. Aos 12m50s, Gustav Nyquist abriu o placar para os Red Wings, após passar por Tim Gleason na zona neutra e vencer Cody Franson na velocidade.

Os Leafs reagiram e melhoraram na partida, oferecendo mais risco ao goleiro dos Red Wings, Jimmy Howard.

Infelizmente o mesmo Gustav Nyquist marcou o segundo gol dos Red Wings aos 02m06s do terceiro período, deixando a vitória muito mais distante do time de Toronto. Aos 08m24s, Jake Gardiner diminuiu a vantagem pela metade, marcando um gol em powerplay, mas isso não serviu para embalar a equipe que ainda tomou um gol de Daniel Alfredsson aos 17m27s, voltando a colocar dois gols de vantagem no placar. Os Leafs ainda conseguiram mais um gol com James Van Riemsdyk aos 18m47s, mas já era muito tarde para uma reação e para o empate.

Foi a segunda derrota seguida dos Leafs e contra um adversário que disputa com o time de Toronto uma vaga nos playoffs.

O time precisa se ficar e voltar a vencer.

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: