Archive

Posts Tagged ‘Jerry D’amigo’

Leafs contratam Stephane Robidas e trazem de volta Leo Komarov

quarta-feira, 02 julho 2014 2 comentários
English: Dallas Stars defenceman Stephane Robi...

English: Dallas Stars defenceman Stephane Robidas during warm-up prior to a National Hockey League game vs. the Calgary Flames in Calgary. (Photo credit: Wikipedia)

MapleLeafs.com — Após tomar um gole d’água no início de sua conferência de imprensa, o gerente geral do Toronto Maple Leafs, Dave Nonis, tratou de agradecer todos os jogadores que fizeram parte do elenco da última temporada e que nos deixaram no primeiro dia de agentes livres.

“Eu quero agradecê-los pelo que eles tentaram fazer nos últimos 12 meses e desejo tudo de melhor para o futuro”, disse Nonis.

Tentaram pode ser a palavra mais importante depois que os Leafs foram de um status de quase certeza de participação nos playoffs para um colapso com uma seqüência de 8 derrotas. Daquele grupo de jogadores, Dave Bolland e Mason Raymond já deixaram a equipe, assinando contratos com o Florida Panthers e Calgary Flames respectivamente.

Para os Leafs vieram o defensor Stephane Robidas, que assinou um contrato de 3 anos pelo valor total de 9 milhões
de dólares, e o ala Leo Komarov, que assinou um contrato de 4 anos por 11.8 milhões de dólares, além de Matt Frattin, readquirido numa troca que enviou o ala Jerry D’Amigo aos Columbus Blue Jackets.

É a esperança de Dave Nonis que estes jogadores mudem os Leafs para o que o time foi na temporada encurtada pelo lockout em 2013, quando eles chegaram aos playoffs.

“O nível competitivo que tínhamos dois anos atrás, eu creio que estava próximo do topo do nível de toda a liga”, disse Nonis.

Robidas com 37 anos traz 885 jogos de experiência para Toronto, além de chutar com a mão direita. Ele quebrou a perna nos playoffs, jogando pelo Anaheim Ducks mas já começou a patinar na semana passada e espera estar pronto para o primeiro dia do training camp.

Komarov retorna para os Leafs após um ano no Dynamo Moscow da KHL, onde teve quatro gols e cinco assistências em 42 jogos na temporada, mas o finlandês de 27 anos com certeza terá uma atuação maior em Toronto.

“Leo tem potencial para fazer muito mais do que a dois anos atrás”, disse Nonis, que se encontrou com Komarov na Finlândia e deixou claro que ele não será um jogador de quarta linha, jogando apenas 6 minutos por jogo.

O retorno de Komarov pode ajudar a preencher a lacuna deixada pela saída de Dave Bolland, que assinou por cinco anos com o Florida Panthers por 27.5 milhões de dólares. Os Leafs estiveram muito perto de trazê-lo de volta, mas não conseguiram cobrir a oferta dos Panthers.

Raymond também recebeu uma oferta melhor do que os Leafs estavam dispostos a pagar: três anos e 9.5 milhões de dólares dos Calgary Flames. Ficar mais próximo de casa também foi um fator considerado por Raymond

Nota — Nonis disse que se uma troca para o agente livre restrito James Reimer for posta à mesa e fizer sentido para a equipe, os Leafs a considerariam, mas que ele pode este de volta aos Leafs na próxima temporada. O processo de contratação do Staff técnico para auxiliar Randy Carlyle ainda está caminhando.

Anúncios

14/12/2013 – Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 16 dezembro 2013 Deixe um comentário

O que os Leafs mais precisavam era de uma vitória convincente, e eles a almejaram e com muito esforço de toda equipe, conseguiram. E não foi contra os times mais frágeis da NHL, foi contra os atuais campeões, o Chicago Blackhawks.

Para este jogo, Dion Phaneuf retornou após dois jogos de suspensão, mas David Clarkson estava cumprindo seu primeiro jogo de suspensão por desferir um check na cabeça de Sobotka, jogador do St. Louis Blues.20131214_Blackhawks@Leafs_Banner

Fazia mais de uma década que os Leafs não venciam os Blackhawks e 12 anos que não venciam no Air Canada Centre!

Neste jogo, Randy Carlyle montou a terceira linha com Jay McClement, Jerry D’Amigo e Nikolai Kulemin, e esta linha deu ótimo resultado! Os Leafs abriram o placar aos 07m14s, num powerplay, com Peter Holland. O time estava dominando o jogo, mas deixou os Blackhawks empatarem aos 16m14s, também num powerplay, onde os Blackhawks tinham 2 jogadores de vantagem, com Patrick Kane. Após ok início gol de empate, o time visitante pôs pressão nos Leafs e ao final do período, o número de chutes à gol foi igual, 11 para cada lado!

20131214_Blackhawks@Leafs_ScoreMal o segundo período começou e Jerry D’Amigo marcou o segundo dos Leafs, seu primeiro gol na NHL, aos 42s. Os Leafs dominaram o período e jogavam muito bem. Aos 12m09s, Peter Holland marca o terceiro dos Leafs, seu segundo no jogo e quinto na temporada. Ainda vimos Patrick Kane diminuir a diferença, aos 13m30s, Nikolai Kulemin aos, 14m36s, e Joffrey Lupul, em powerplay, aos 17m08s. Desta forma os Leafs fecharam o segundo período com 5 a 2 no placar.

Para o início do terceiro período, os Blackhawks substituíram o goleiro Raanta por Kent Simpson, um novato em seu primeiro jogo na NHL. Simpson sofreu o seu primeiro gol no primeiro chute recebido, de Joffrey Lupul, aos 28s. Os Leafs continuaram jogando bem e nem mesmo o terceiro gol dos Blackhawks, marcado por Brandon Saad aos 07m38s, desanimou a equipe, que aos 08m35s, marcou o sétimo gol dos Leafs na partida, com Phil Kessel numa belíssima jogada.

Ótima vitória dos Leafs, que pode dar a confiança necessária para enfrentar os Penguins hoje, em Pittsburgh.

Go Leafs Gooooo

03/05/2012 – Abbotsford Heat @ Toronto Marlies – Playoffs Calder Cup Round 2 – jogo 2

sexta-feira, 04 maio 2012 Deixe um comentário
Toronto Marlies

Toronto Marlies (Photo credit: Wikipedia)

Os Marlies foram derrotados pelo Abbottsford Heat no jogo 1 da semifinal da conferência leste, em Toronto, mas voltaram ao gelo do Ricoh Coliseum com vontade de controlar o jogo 2.
O jogo começou e aos 10m03s, J. Reault abriu o placar para os Heat. Será que os Marlies se deixariam abater? Não … Aos 15m15s, Ryan Hamilton empatou para os Marlies e, antes de terminar o primeiro período, Matt Frattin marcou o gol, que viria a ser o gol da vitória, aos 19m36s.
No restante da partida só deu Marlies que ainda marcaram com Jerry D’Amigo aos 02m03s e Korbinian Holzer aos 3m56s. Para finalizar a convincente vitória, Nazem Kadri marcou o dele aos 11m30s do terceiro período!
Agora a série vai a Abbotsford para os jogos 3, 4 e 5, somente volta à Toronto, se os Marlies ganharem um jogo na casa do adversário!

Go Marlies Go

23/04/2012 – AHL Playoffs – 1st Round – Toronto Marlies @ Rochester Americans – Jogo 3

terça-feira, 24 abril 2012 Deixe um comentário
Rochester Americans

Rochester Americans (Photo credit: Wikipedia)

Ontem os Marlies foram à Rochester para o terceiro jogo da primeira rodada dos playoffs 2012 da AHL. Liderando a série por 2 a 0, os Marlies somente necessitavam de mais uma vitória nos próximos 3 jogos e, por sua vez, os Amerks necessitavam ganhar todos os próximos 3 jogos para passarem para a próxima rodada dos playoffs.

Neste jogo, apesar de terem recebido mais chutes ao gol de Ben Scrivens (29) que chutes feitos ao gol de David Leggio (26), goleiro do Rochester Americans, os Marlies conseguiram simplesmente aniquilar com o time da casa. Phillipe Dupuis abriu o placar no primeiro período, aos 3m59s, com assistências de Nicolas Deschamps e Mark Fraser. No segundo período, foi a vez de Jerry D’Amigo marcar o seu quinto gol nos playoffs, em apenas 3 jogos, logo aos 1m36s, com assistências de Mike Zigomanis e Nazem Kadri. Por fim, no terceiro período, quem marcou foi Nazem Kadri aos 4m36s, com assistências de Jerry D’Amigo e Greg Scott.

Com a vitória e a “varrida” sobre os Amerks, os Marlies agora aguardam o seu adversário da próxima rodada dos playoffs, que pode ser o Chicago Wolves, Abbotsford Heat, Milwaukee Admirals ou Houston Aeros.

Que venha o próximo adversário! Estamos preparados!

GO Marlies GO

21/04/2012 – AHL Playoffs – 1st Round – Rochester Americans @ Toronto Marlies – Jogo 2

segunda-feira, 23 abril 2012 1 comentário
Toronto Marlies

Toronto Marlies (Photo credit: Wikipedia)

No sábado, os Marlies tiveram o seu segundo jogo da primeira rodada dos playoffs da AHL. O Toronto Marlies já tinham 1 a 0 na série melhor de 5 jogos, com a vitória no jogo anterior.

Os Marlies venceram novamente os Amerks por 4 a 3, num jogo em que Nicolas Deschamps, Mike Zigomanis e Jerry D’Amigo (2 gols) marcaram. Mais uma vez D’Amigo foi quem marcou o gol da vitória, desta vez numa bela jogada feita por Matt Frattin, faltando apenas 01m50s para o final da partida.

Os Marlies abrem 2 a 0 na série! O próximo jogo é hoje, 23/04 em Rochester.

GO Marlies GO

21/09/2011 Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers

quinta-feira, 22 setembro 2011 Deixe um comentário

Após o shutout sofrido no dia 20, em pleno Air Canada Centre, os Leafs foram à Philadelphia enfrentar os Flyers no Wells Fargo Center.

O goleiro dos Flyers foi Ilya Bryzgalov, em seu primeiro jogo defendendo o time da Philadelphia. Os Leafs começaram com Ben Scrivens no gol.

O jogo começou bem para o Toronto, que abriu o placar aos 15m54s do primeiro período, com um gol de Juraj Mikus.

O segundo período contou com o primeiro gol de Matt Frattin como um Leaf, aos 14m31s. Após o gol, os Leafs tiveram continuaram um powerplay que foi cometido aos 12m34s por Jody Shelley, que deu um check em Daryl Boyce, por detrás, o que jogou o jogador dos Leafs de cara no vidro. Boyce quebrou o nariz e deixou o gelo. Ao final do powerplay, Tomas Hyka, ao sair para o gelo, recebeu um belo passe e conseguiu diminuir o placar para 2 a 1, com um belo gol sobre Jonas Gustavsson, aos 17m42s.

No terceiro período, Joe Colborne colocaria os Leafs em vantagem de 2 gols, batendo Bryzgalov aos 04m05s. Gustavsson tomou mais um gol aos 17m52s, num chute de Erik Gustafsson, diminuindo para 3 a 2. Mas novamente Matt Frattin, aos 19m45s, fechou o placar após receber um belo passe de Jerry D’Amigo. Devolvemos a derrota da noite anterior aos Flyers.

Hoje, 22/09/2011, a NHL e Brendan Shanahan definiram que Jody Shelley vai cumprir 10 jogos de suspensão pelo check dado em Daryl Boyce. Segundo a  liga, Shelley poderia ter evitado o check pois Daryl Boyce estava de costas, sem ter como se proteger.

Amanhã os Sabres vão à Toronto! Será que Connolly vai enfrentar seu ex-clube pela primeira vez, já na pré-temporada?

GO Leafs GO.

21/09/2010 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs (atualizado)

terça-feira, 21 setembro 2010 2 comentários

Pessoal,

Acho que todos já estão antenados e esperando pelo início da temporada, dia 07 de Outubro, contra os Canadiens, mas hoje temos o primeiro jogo da pré-temporada 2010-11!

Os Leafs recebem os Senators hoje, às 07 da noite, horário de Toronto, no Air Canada Centre! Será a primeira vez que os torcedores poderão ver os novos jogadores dos Leafs em ação, como Kris Versteeg, Brett Lebda e Marcel Mueller, e talvez ver a atuação de outros nomes como Nazem Kadri, Jerry D’amigo, Greg McKegg !!!

Com certeza será uma festa em Toronto e o Maple Leafs Brasil fará a cobertura do jogo e atualizará este post após a partida!

GO Leafs GO!!!!

————————————————————————————————————–

Bom … o jogo acabou de terminar … a notícia não é muito boa, mas não vamos nos desesperar, ainda!!!

Os Senators venceram a partida com um shutout (sem tomar gols) com o placar de 5 a 0. Isso mesmo, Senators 5, Leafs 0.

Os Leafs iniciaram com Gustavsson no gol e, durante o primeiro período de jogo, os Senators deram 17 chutes à gol, contra apenas 5 chutes dos Leafs. Resultado ao final do primeiro período, Senators 2, Leafs 0.  Os gols dos Senators vieram de Jesse Winchester e Nick Foligno! Aparentemente, com base no número de chutes à gol, os Senators tiveram mesmo um melhor volume de jogo e, mereceram estar à frente no placar!

No segundo período, os Leafs voltaram melhor e mais dispostos a retomar o jogo e abrir o placar, diminuindo a diferença. Foram 12 chutes à gol para os Leafs, contra 5 para os Senators e, mesmo com 6 penalidades para os Senators, incluindo bons períodos com vantagem numérica de 5 contra 3, os Leafs não conseguiram marcar. Ron Wilson tentou trocar de goleiro e ver se conseguia segurar o ataque dos Senators e tirando Jonas Gustavsson, deu oportunidade a Jussi Rynnas de mostrar serviço, porém os Senators anotam mais um gol, com Corey Locke.

O período final teve um jogo mais parelho, com as equipes com objetivos diferentes: os Leafs necessitavam atacar enquanto os Senators poderiam se defender, garantindo a vitória, mas o que aconteceu mais uma vez foi os Leafs deixarem os Senators aumentarem ainda mais o placar com Chris Neil e Chris Kelly, com 1h10s de diferença!

Infelizmente os Leafs não se mostraram um time que dificulta o jogo para o adversário, como já havia sido comentado nos últimos dias! Sei que estamos com um time ainda testando algumas de suas peças, mas perder dos Senators por uma diferença destas, começa a desmoralizar a equipe!

Amanhã teremos mais uma partida contra os Senators, no Air Canada Centre. Vamos aguardar e ver como Ron Wilson posiciona a equipe e como ele muda as características da equipe, para dar a volta por cima!

GO Leafs GO!!!!!!

%d blogueiros gostam disto: