Arquivo

Posts Tagged ‘Marc-Édouard Vlasic’

17/12/2015 – San Jose Sharks @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 18 dezembro 2015 Deixe um comentário

Com a má atuação de Jonathan Bernier na última partida, quem retorna ao gol dos Leafs é Garret Sparks, o goleiro novato que vem jogando bem e havia ganho três dos seus quatro jogos na NHL. 

A visita do San Jose Sharks é o segundo jogo fora de casa num roteiro de cinco partidas longe da Califórnia. 

Os Leafs começaram muito mal a partida deixando o time visitante dominar, além de conceder powerplays, que foram aproveitados pelos Sharks. Aos 02m01s, Joe Pavelski abriu o placar e aos 11m32s, Patrick Marleau ampliou. Foram dois gols em powerplay para os Sharks sobre Garret Sparks, mas o segundo gol acabou causando uma contusão em Soarks que deixou o gelo para a entrada de Jonathan Bernier. Creio que ele tenha distendido algum músculo no movimento que fez e talvez fique algum tempo em recuperação. Desta vez Bernier entrou bem na partida e fez ótimas defesas enquanto os Leafs começavam a jogar bem e pressionar os Sharks. Peter Holland diminuiu para os Leafs após interceptar um passe na zona de ataque e disparar, vencendo Martin Jones aos 14m48s.

O segundo período foi ótimo para os Leafs, com Bernier jogando bem e com a equipe buscando o gol adversário e levando perigo. Logo aos 04m50s, Leo Komarov marca seu 11º gol da temporada, aguardando o tempo certo para tirar Jones da jogada e chutar num gol aberto, empatando a partida. Esse gol teve a assistência e primeiro ponto na temporada do defensor Frank Corrado. James Van Riemsdyk vira a partida para os Leafs aos 19m14s, chutando detrás do gol dos Sharks e fazendo o puck bater no patins de Martin Jones e ir pro fundo do gol.

Tudo parecia que ia acabar bem para os Leafs na partida, já que aos 01m59s, Michael Grabner chutou duas vezes para marcar o quarto gol dos Leafs e colocar dois gols de vantagem no placar. Infelizmente os Leafs não conseguiram segurar a vantagem e aos 03m10s, Marc-Edouard Vlasic diminuiu para os Sharks, que ainda marcaram o gol de empate aos 11m49s com Matt Nieto. 

O jogo foi decidido na prorrogação, apesar da boa atuação de Bernier, com um gol de Brent Burns aos 02m13s.

Foi o segundo jogo em que os Leafs lideravam no início do terceiro período e deixaram o time adversário empatar. É nestes dois jogos acabamos perdendo na prorrogação. Mas Mike Babcock gostou de ver a postura da equipe que conseguiu sair de uma situação adversa no primeiro período e chegou a virar a partida. 

No primeiro período, Nick Spaling também deixou o gelo com uma contusão. De acordo com Babcock, ele também deve focar em recuperação por um período mais longo. 

Amanhã, sábado, jogamos no Air Canada Centre contra o Los Angeles Kings! Go Leafs Go

11/03/2014 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

sábado, 15 março 2014 Deixe um comentário

Apenas uma noite após a vitória sobre o Anahein Ducks, os Leafs teriam outro jogo difícil à frente, visitando o San Jose Sharks.

Mais descansados o time da casa pressionou os Leafs desde o começo e não permitiu muita liberdade e espaço para o time visitante.

Marc-Edouard Vlasic abriu o placar para os Sharks aos 03m58s, após o novato Matt Nieto proteger o puck e efetuar um passe para Vlasic chutar. Aos 04m23s, Jake Gardiner empata para os Leafs num belo e rápido contra-ataque. Mas os Leafs estavam cansados e não patinavam bem, deixando os Sharks dominarem a partida. Aos 11m04s Brent Burns coloca os Sharks à frente no placar, para não mais deixar a liderança.

Aos 06m54s, Tommy Wingels amplia a liderança. Wingels ainda marcaria o chamado Gordie Howe Hat Trick, com um gol, uma assistência e uma briga na partida. Após o gol de Wingels, Joe Pavelski marcou aos 08m13s. Assim os Sharks terminaram o segundo período com a vantagem de 4 a 1 no placar.

O terceiro e último período não demonstrou nenhuma diferença no comportamento dos Leafs, nem dos Sharks. Joe Pavelski marcou mais um gol aos 04m26s. Jake Gardiner bem que tentou colocar os Leafs de volta ao jogo com um gol shorthanded aos 14m56s, mas esta foi toda a reação dos Leafs, que ainda tomaram mais um gol de Martin Havlat aos 16m33s.

Jogar contra os Sharks já não é tarefa fácil, mas fazer isso após uma noite jogando contra os Ducks, torna isso muito mais difícil. Não é uma daquelas derrotas onde mesmo descansado o time jogou mal e, portanto, não chega a ser preocupante.

O próximo jogo ainda é na Califórnia, contra os Kings.

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: