Arquivo

Posts Tagged ‘Vancouver Canuck’

Leafs e Mason Raymond fecham contrato de 1 ano

segunda-feira, 23 setembro 2013 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs fechou contrato de 1 ano com o atacante Mason Raymond, de acordo com o repórter Chris Johnston da rede canadense Sportsnet.

Raymond, com os Leafs para uma oportunidade de avaliação profissional e futura contratação, lidera a equipe com quatro pontos em três jogos na pré-temporada.

“Com base na qualidade que Mason demonstrou na pré-temporada, nós sentimos que ele se encaixa bem no nosso grupo e terá uma função importante no nosso time,” disse o gerente geral dos Leafs, Dave Nonis. “Nós fechamos um acordo no final de semana e esperamos que ele contribua fortemente com a equipe nesta temporada.”

O jogador de 28 anos passou as últimas seis temporadas com o Vancouver Canucks, que o selecionou na segunda rodada, escolha de número 51, do draft da NHL de 2005. Ele marcou 10 gols e 22 pontos em 46 jogos na última temporada.

Raymond marcou 80 gols e 178 pontos em 374 jogos de temporada regular e 8 gols e 18 pontos em 55 jogos de pós-temporada.

Seja bem-vindo Mason Raymond! Que a sua habilidade e velocidade ajudem nossa equipe a chegar novamente nos playoffs, com chances de progredir para a tão sonhada e aguardada Stanley Cup.

Go Leafs Go

Leafs divulgam a lista do training camp

terça-feira, 10 setembro 2013 Deixe um comentário

O Gerente Geral do Toronto Maple Leafs, Dave Nonis, anunciou hoje que o Training Camp do time contará com 59 jogadores. O período de treinamento pré-temporada tem início amanhã no MasterCard Centre for Hockey Excellence em Etobicoke, Ontario.

A lista dos 59 jogadores que participarão está abaixo:

20130910-214030.jpg

Go Leafs Go!!!

17/12/2011 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

domingo, 18 dezembro 2011 3 comentários

Ontem perdemos para os Sabres em Buffalo, mas voltamos para Toronto para receber a visita dos Canucks!

Este jogo foi marcado por ótimas atuações de ambos goleiros, Jonas Gustavsson pelos Leafs e Roberto Luongo, goleiro dos Canucks. Ambos realizaram defesas importantíssimas durante a partida.

O jogo mal começou e  os Leafs já tomaram um balde de água gelada. Aos 1m02s Chris Higgins abre o placar para os Canucks. Os Leafs continuaram bem e conseguiram chegar ao empate aos 03m58s, com Joffrey Lupul, em vantagem numérica. O restante do primeiro período viu os times tentando chegar ao gol de desempate e os goleiros, ou as defesas, frustrando todas as tentativas.

No segundo período, a história se repete. mal começou o período e em apenas 49 segundos, isso mesmo, 49 segundos de jogo, os Canucks voltam a liderar a partida, com um gol de Mason Raymond. Mais uma vez os Leafs correram atrás do prejuízo e aos 07m33s, numa jogada inesperada, Tyler Bozak marca o gol de empate num chute, praticamente de costas para o gol de Roberto Luongo e que entrou no ângulo. Infelizmente, no último minuto deste período, os Canucks voltariam a passar à frente no placar. Aos 19m16s, Daniel Sedin recebeu o puck em frente ao goleiro dos Leafs e conseguiu surpreendê-lo com velocidade, vencendo Jonas Gustavsson.

Atrás no placar, por apenas um gol, os Leafs ainda teriam total chance de virar o jogo e vencer a partida no terceiro período e foi o que os Leafs tentaram. Porém a tentativa de empatar a partida terminou aos 14m06s, quando Alexandre Burrows marca o quarto gol dos Canucks. Os Leafs ainda conseguiriam o terceiro gol, com Phil Kessel que recebeu um belíssimo passe de Tyler Bozak aos 17m17s, dando novamente uma esperança à equipe dos Leafs. Essa esperança terminou com um erro de Phil Kessel que permitiu Jannik Hansen partir sozinho contra Jonas Gustavsson, que não conseguiu defender o chute aos 18m20s, fechando o placar da partida.

Apesar da derrota, os Leafs não jogaram mal, apenas não conseguiram se impor. Parabéns a Jonas Gustavsson que salvou os Leafs por diversas vezes em defesas espetaculares e demonstra ser um goleiro que pode ser utilizado por Ron Wilson com mais regularidade.

Foi a segunda derrota seguida dos Leafs que não vem apresentando bons resultados como os obtidos no mês de Outubro.

Amanhã receberemos a visita dos Los Angeles Kings e temos que usar o fator “gelo”, jogando em casa, para dominar a partida e voltar a aumentar a coluna das vitórias!

GO Leafs Goooooooo

Boston Bruins: campeão da Stanley Cup 2010-2011

quinta-feira, 16 junho 2011 Deixe um comentário
Goalie Tim Thomas, NHL Hockey player for the B...

Image via Wikipedia

Numa série disputada em 7 jogos, onde tanto o Boston Bruins quanto o Vancouver Canucks haviam ganhado os primeiros 6 jogos (3 em Vancouver e 3 em Boston) somente quando jogando em casa, o Boston se sagra campeão aniquilando os Canucks na Rogers Arena, vencendo a partida por shutout (4 a 0), na noite de ontem.

Neste post quero apenas discorrer sobre algums fatos desta série e expressar alguns sentimentos quanto à temporada que terminou.

Os Bruins, apesar de estar empatados em 3 a 3, dominaram os jogos no TD Garden, vencendo os Canucks por goleadas, enquanto os Canucks somente venceram os Bruins com diferenças de apenas 1 gol. No total, os Canucks marcaram apenas 8 gols na final, contra 23 dos Bruins! Uma diferença gigantesca para um time que devorou a temporada regular!

Os Bruins jogaram melhor, defenderam melhor, marcaram mais gols, tiveram seus jogadores astros ou não, desempenhando bem seus papéis, com Tim Thomas defendendo tudo!!! Já os Canucks simplesmente foram anulados pelos Bruins, seus astros não fizeram a diferença, os irmãos Sedin pontuaram muito pouco, Kesler também não, Luongo então tomou gols que não tomaria na temporada regular. O resultado não poderia ser outro.

Desde o início dos playoffs, minha torcida foi contra os Bruins pelos seguintes motivos: os Bruins são um adversário da mesma divisão e os Leafs possuem uma escolha do draft que dependia da classificação final dos Bruins na temporada e, quanto antes os Bruins fossem eliminados, melhor seria a escolha dos Leafs. O único fator que pesada à favor dos Bruins, na minha opinião, era o fato de Tomas Kaberle poder ganhar a tão sonhada Copa Stanley. Apesar dos Leafs terem realizado a troca dele com os Bruins, toda a nação Leafs gosta muito dele e posso dizer que até hoje, é difícil vê-lo com o uniforme dos Bruins … de tão acostumados que estamos com ele vestindo azul e branco, parece que não combina! HEHEHE

Ontem, ao final da partida, confesso que fui tomado por um sentimento estranho … felicidade pelos jogadores dos Bruins que mereceram a vitória, felicidade maior pelo Kaberle (Parabéns Kabby), tristeza por ver os Canucks caírem como caíram, mas principalmente uma certa “revolta” pelo fato do Kaberle, assim como Mats Sundin, não terem ganhado a Stanley Cup pelos Leafs! Bateu um certo pensamento de “porque o Toronto Maple Leafs não conseguiu?”. Tivemos GMs que não conseguiram dar resultados, que drenaram nossos talentos em troca de estrelas que poderiam nos dar uma chance maior no curto prazo, mas que acabaram por não nos deixar boas peças de reposição. Posso dizer que os Leafs, desde o último lockout, não conseguiram ainda encontrar a fórmula do sucesso sob o teto salarial, afinal, a equipe, uma das mais ricas da NHL (se não for a mais rica), nunca tinha que se preocupar com os salários de seus jogadores e podia contratar quem fosse de interesse do clube. Burke reiniciou o processo de trazer talentos jovens e tentar montar uma equipe competitiva e, na minha opinião, apesar de algumas divergências, está no caminho certo … os Leafs estão com uma equipe competitiva e, bastando fechar poucas lacunas (Center de primeira linha, recontratar RFAs como Clarke MacArthur e conseguir mais algum wing de peso), o time estará pronto para os playoffs e com chances de levar a Stanley Cup de volta à Toronto, após 45 anos!

Enfim, a temporada acabou com os Bruins como campeão, com Tim Thomas como MVP das finais (merecido) e com grandes chances de ganhar o troféu Vezina, com Kaberle campeão e sem contrato com os Bruins após primeiro de julho, com os Leafs e Brian Burke buscando contratações que deixarão o time mais forte para a próxima temporada. Já estou com saudades da temporada  e vou ficar acompanhando os passos dados por Brian Burke. Acredito que nos próximos anos, os Leafs serão um dos times com totais condições de levar a Stanley Cup!

Agradecimentos: Quero aqui agradecer a todos os fans que acessam o Maple Leafs Brasil! Também quero agradecer e parabenizar a ESPN, por ter voltado a colocar a NHL na sua grade de programação, o narrador, Ari Aguiar e os comentaristas, Diogo Novaes e Thiago Simões! Com a NHL na ESPN, os fãs de esporte têm tido oportunidade de conhecer este esporte fantástico que é o Hockey no Gelo, entender suas regras e conhecer seus jogadores. O papel da ESPN e nosso, blogs de times da NHL, é o de difundir a cultura da NHL e ensinar as regras deste esporte.

Boa pós-temporada a todos! Até as próximas notícias dos Leafs!

GO Leafs GO – Em direção à Stanley Cup!!!

18/12/2010 – Toronto Maple Leafs @ Vancouver Canucks

domingo, 19 dezembro 2010 2 comentários

Na última visita aos times do Oeste Canadense, os Leafs foram à Vancouver enfrentar os Canucks, tentando recuperar espaço, após a derrota para o Calgary Flames em 16/12.

Infelizmente os Leafs sofreram mais uma derrota … desta vez por 4 a 1. Esta foi a oitava derrota seguida dos Leafs, visitando os Canucks.

Desta vez não vou falar muito sobre o jogo em si. Quero aqui apenas deixar a minha impressão de que, por mais um ano, os Leafs vão lutar, lutar e lutar … mas morrerão longe da praia … ou dos playoffs.

Infelizmente temos problemas para marcar gols, algo que ficou claro ao enfrentarmos Luongo. O ataque dos Leafs não conseguem vencer a defesa e goleiro dos Canucks. Mais uma vez, um dos melhores jogadores no ataque é Grabovski, que vem marcando gols em vários jogos seguidos. Mais uma vez, Kessel, Bozak e Versteeg não conseguem marcar gols. Até quando Ron Wilson e Brian Burke aceitarão isso?

No gol os Leafs vão bem, mas desta vez com Gustavsson, pois Giguere voltou a sentir uma contusão na virilha que o afastou de alguns jogos em Novembro. Gustavsson fez o que pode, mas não foi o suficiente.

Bom … os Leafs recebem a visita do Atlanta Thrashers para o próximo jogo. Agora é torcer, mais uma vez, para que o Versteeg vença a Batalha contra Dustin Byfuglien.

GO Leafs GOOOOO

%d blogueiros gostam disto: