Início > Air Canada Centre, Derrota, Derrota OT, NHL, NHL Game, NHL Playoffs, Toronto Maple Leafs > 08/05/2013 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – ECQF – Jogo 4

08/05/2013 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – ECQF – Jogo 4

quinta-feira, 09 maio 2013 Deixe um comentário Go to comments

Com a derrota sofrida no jogo anterior, em Toronto, devido principalmente a erros de passe na zona neutra e na defesa, os Leafs se prepararam para empatar a série em frente à sua torcida. O time veio ao gelo muito motivado, focado em não errar e voltar à Boston em igualdade de condições.20130508_Bruins@Leafs_ECQFG4_Banner

O jogo começou bem para os Leafs que marcaram logo aos 02m35s com Joffrey Lupul. Lupul recebeu o puck de Phil Kessel que fez excelente jogada por trás do gol de Tuuka Rask. Com os Leafs à frente do placar, o time continuou jogando bem e o jogo ficou aberto, com oportunidades para ambas equipes. Ao final do primeiro período, aos 18m32s, Cody Franson chuta da linha azul, mas havia muita gente em frente à Tuuka Rask, que não conseguiu ver o puck e permitiu o segundo gol dos Leafs. Ao final do período os Leafs ganharam um powerplay com vantagem de 2 jogadores a mais no gelo (5 contra 3), mas não conseguiu se aproveitar da oportunidade.

No início do segundo período, aos 32s de jogo, o Boston Bruins veio ao ataque e Patrice Bergeron aproveita um rebote de James Reimer para diminuir para os Bruins. Aos 12m59s o Boston chega ao empate com David Krejci, que recebeu um passe de Nathan Horton e, sem a cobertura de um defensor chutou de primeira. Apesar do bom posicionamento de James Reimer, o chute foi alto e entrou por cima do ombro de Reimer. Mais uma vez acabamos desperdiçando uma liderança de dois gols. Ainda veríamos os Bruins virarem a partida em mais um gol dado a David Krejci. Aos 16m39s Krejci chuta e Grabovski vem para a frente do gol para limpar a área em caso de rebote. Junto com Grabo veio Nathan Horton pressionando, Reimer deu rebote e o puck acabou batendo em Grabo e encobrindo o goleiro dos Leafs, colocando os Bruins à frente no placar. A virada deve ter mexido com os jogadores dos Leafs e, aos 17m23s, o puck acaba sobrando em frente ao gol de Tuuka Rask. Clarke MacArthur estava por lá e chutou por entre as pernas de Rask! Estávamos os de volta ao jogo.

20130508_Bruins@Leafs_ECQFG4_ScoreO número de chutes ao gol não refletia o placar. No primeiro período os Bruins chutaram 15 vezes ao gol dos Leafs e sofreram apenas 8 chutes ao gol de Rask, mas os Leafs estavam na liderança por 2 a 0. No segundo período foram 15 chutes dos Leafs contra 14 dos Bruins, mas os Bruins marcaram 3 vezes e os Leafs apenas conseguiram empatar a partida. O terceiro período viu os Leafs melhorarem e chutarem mais ao gol de Rask, mas o goleiro dos Bruins estava muito bem e não permitiu ao time da casa nenhuma reação. Aliás, ambos goleiros estavam bem, o que acabou levando o jogo à prorrogação.

A atmosfera no Air Canada Centre estava fantástica! Os fãs muito animados, apoiando a equipe. Algo que realmente não víamos a muito tempo. A excitação dos playoffs estava de volta ao lar dos Leafs! E essa motivação foi sentida pelos jogadores, que voltaram para a prorrogação com bastante energia.

Pode-se afirmar que os Leafs dominaram a prorrogação. Controlamos muito mais o jogo e tivemos as melhores oportunidades e chegamos a acertar a trave dos Bruins por duas vezes, sendo uma delas num belo chute de Matt Frattin, mas o puck teimava em não entrar, ou era defendido por Rask. Aos 13m06s, o puck estava em disputa na zona defensiva dos Bruins e Phaneuf tentou empurrar o puck mais para o fundo do gelo, porém algum jogador dos Bruins foi mais rápido e mandou o puck para David Krejci na zona neutra. No contra-ataque em 2 contra 1, Krejci esperou Ryan O’Byrne decidir se vinha para cima ou se esperava e cobria o passe. O’Byrne decidiu-se pela segunda opção deixando Krejci chutar sozinho em Reimer. O goleiro dos Leafs estava bem posicionado, mas o puck acabou passando entre ele e a trave, selando a vitória dos Bruins na prorrogação.

O time de Boston lidera a série por 3 a 1 e pode fechá-lá na próxima sexta-feira, em frente à sua torcida. Aos Leafs resta a esperança de saber que jogaram muito bem e que podem, mais uma vez, ganhar em Boston e trazer o jogo de volta a Toronto. Com as costas na parede os Leafs vão ter que mostrar a mesma intensidade deste jogo, errando e permitindo menos chances ao time de Boston, para vencer no TD Garden.

Os Leafs ainda perderam o defensor Mark Fraser que levou um puck no rosto num chute de Milan Lucic e não retornou ao gelo. Esse lance ocorreu no terceiro período do jogo.

A torcida, apesar da frustração da derrota em um jogo em que os Leafs estavam melhores que os Bruins, assistiram a um jogo como a muito tempo não de via em Toronto. Foi o jogo mais emocionante em muitos anos.

A equipe ainda tem chances de progredir para a segunda rodada, mas o caminho é muito difícil, tendo que vencer todos os três jogos que ainda restam. Mas enquanto existe uma chance, existe a esperança e a fé. Vamos apoiar a equipe para o jogo de sexta-feira e pensar em conquistar um jogo por vez!

Go Leafs Gooo – ainda temos chance e vamos apoiar o time a cada jogo!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: