Arquivo

Posts Tagged ‘Cam Talbot’

29/11/2016 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

quarta-feira, 30 novembro 2016 Deixe um comentário

Em viagem ao oeste canadense, o Toronto Maple Leafs foi visitar o Edmonton Oilers.

Os Leafs tiveram um jogo muito bom e logo aos 05m45s do primeiro período, William Nylander conduziu o puck pela lateral e cruzou para Auston Matthews marcar seu décimo gol da temporada e o terceiro nos três últimos jogos! 

Foi no segundo período que o jogo foi decidido! James Van Riemsdyk marcou o segundo gol dos Leafs aos 02m49s, também seu décimo gol da temporada, com um passe recebido de Tyler Bozak e Mitch Marner. Andrej Sekera diminuiu aos 4m50s, mas aos 06m00s, Nazem Kadri devolveu a liderança de dois gols aos Leafs. Ao final do período, Zach Hyman aumentou a liderança com um gol aos 17m58s. 

Para o terceiro período, Cam Talbot foi substituído por Jonas Gustavsson, o “The Monster”, que ingressou na NHL defendendo os Leafs. Gustavsson não tomou nenhum gol e viu Connor McDavid marcar um gol no terceiro período aos 03m58s, mas os Oilers não conseguiram reagir e acabaram perdendo por 4 a 2 e Frederik Andersen foi espetacular na noite de ontem, fazendo ótimas defesas e mantendo os Leafs na partida.

Hoje os Leafs vai enfrentar o Calgary Flames! 

Go Leafs Gooooo

01/11/2016 – Edmonton Oilers @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 03 novembro 2016 Deixe um comentário

No primeiro duelo entre Connor McDavid e Auston Matthews, quem se saiu melhor foi … Nazem Kadri! 

Esse jogo marcou a primeira vez em que a primeira escolha do Draft de 2015, Connor McDavid, enfrentou a primeira escolha do Draft de 2016, Auston Matthews, mas foi Nazem Kadri quem foi responsável por marcar McDavid, o capitão do time dos Oilers. 

Nos gols estavam Frederik Andersen pelos Leafs e Cam Talbot pelos Oilers.

Os Leafs saíram na frente logo aos 01m29s, com um gol de Nazem Kadri. Os Oilers só empataram após um erro na defesa dos Leafs entre um defensor e Frederik Andersen, que foi pegar o puck atras do gol e acabaram deixando um jogador dos Oilers ser mais esperto, chegar primeiro e passar para Anton Lander empatar aos 19m29s. Sim … mais uma vez nossa defesa/goleiro falharam e permitiram um gol ao adversário. 

O segundo período viu Ben Smith marcar o seu primeiro gol pelos Leafs aos 03m14s, com assistência de Nikita Soshnikov e Matt Martin.

Os Oilers conseguiram novamente o empate no terceiro período com Darnell Nurse aos 08m38s o que levou o jogo à prorrogação.

Foi na prorrogação que ocorreu o melhor lançando jogo. Logo no face-off, Nazem Kadri ganhou de McDavid e passou para Morgan Rielly, que dominou, esperou a movimentação de Kadri e devolveu o puck. Kadri dominou, protegeu de McDavid e levou puck até a frente do gol para vencer Cam Talbot, aos somente 12s da prorrogação, selando a vitória dos Leafs! 

Os Leafs voltam ao gelo hoje, contra os Sabres fora de casa. 

Go Leafs Gooooooo

11/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

sexta-feira, 12 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Continuando a série de jogos fora de casa os Leafs foram visitar Connor McDavid e os Edmonton Oilers.

Neste jogo o goleiro da equipe foi Jonathan Bernier, que enfrentou Cam Talbot pelos Oilers.

Infelizmente para os Leafs, Connor McDavid, que cresceu próximo à Toronto, em Richmond Hill, Ontario, e torceu pelos Leafs durante toda a infância, teve uma noite excepcional.

Aos 03m29s, o ataque dos Oilers fez uma rápida troca de passes e deixou McDavid sozinho contra Bernier. O jovem jogador dos Oilers se utilizou de sua velocidade e venceu o goleiro dos Leafs com um drible, abrindo o placar. Josh Leivo se aproveitou de um erro dos Oilers na zona neutra e empatou para os Leafs aos 08m06s. Foi o segundo gol de Leivo em jogos consecutivos, mas o jogador saiu do gelo com uma contusão e não retornou. 

O jogo estava disputado, mas os Oilers pareciam mais hábeis em aproveitar as oportunidades dadas pelos Leafs. Jordan Eberle voltou a colocar os Oilers à frente aos 06m25s. Num powerplay aos 18m36s, Eberle novamente marca e coloca os Oilers à frente com dois gols de vantagem. Felizmente Jake Gardiner conseguiu uma boa jogada e diminuiu para os Leafs faltando apenas 15s para o término do período.

Realmente a noite foi de McDavid e de Eberle e ambos marcaram no terceiro período, aos 13m55s e em Empty-net, faltando 54s para o final do jogo, respectivamente. McDavid anotou 5 pontos na partida com seus dois gols e três assistências, uma em cada gol de Eberle. 

Este foi o primeiro jogo de Colin Greening pelos Leafs, mas o jogador acabou com um rating plus/minus de -2, ou seja, enquanto estava no gelo, os Leafs sofreram dois gols. 

É isso … Os Leafs não jogaram mal, mas sentimos falta de alguns de nossos jogadores contundidos e demonstramos que ainda necessitamos contratar melhores jogadores para as próximas temporadas. Mas é como Mike Babcock disse: Haverá dor, antes de conseguirmos resultados! 

Go Leafs Gooooo

23/12/2013 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

quinta-feira, 26 dezembro 2013 Deixe um comentário

Após perderem a prévia do NHL Winter Classic, no shootout, em Toronto, os Leafs foram até a Big Apple, New York, enfrentar os Rangers.20131223_Leafs@Rangers_Banner

No gol dos rangers está o novato Cam Talbot, cobrindo a contusão de Henrik Lundqvist. Todos podem achar que seria mais fácil vencer com Talbot no gol, mas o goleiro vem mostrando muita qualidade e os Rangers venceram seus últimos jogos com Talbot no gol.

20131223_Leafs@Rangers_ScoreO jogo começou embolado, com ambas equipes procurando o gol, mas sem conseguir abrir o placar durante os dois primeiros períodos. Os Leafs foram melhores no primeiro, entretanto, no segundo período, receberam 22 chutes à gol e desferiram apenas 5. Mesmo assim Jonathan Bernier manteve os Leafs no jogo, sem deixar o time da casa, jogando em pleno Madison Square Garden, abrir o placar. Houve jogadas de ambas equipes onde o puck insistia em bater na trave.

No terceiro período, J. T. Miller, um novato de 20 anos, trazido do time afiliado dos Rangers na American Hockey League – AHL, o Kitchener Rangers, abriu o placar aos 07m04s. Os Leafs continuaram sua batalha até que, faltando apenas 1m24s para o término do período, Nazem Kadri foi o único jogador que visualizou o puck parado, disponível embaixo da perna de Cam Talbot, como nenhum árbitro havia parado a jogada, Kadri enfiou o taco, empurrando o puck para dentro do gol. Após muitas reclamações dos Rangers, de que a jogada já deveria ter sido parada e coisa e tal, os árbitros efetuaram uma revisão de toda a jogada e validaram o gol dos Leafs! Com a partida empatada, a decisão foi para a prorrogação, que terminou sem gols, e ao shootout, a famosa disputa de penaltis.

Infelizmente, pelo segundo jogo seguido, os Leafs foram vencidos nas cobranças de penaltis. Jonathan Bernier não conseguiu realizar defesas nos dois primeiros chutes, de Mats Zuccarello e Derek Stepan, enquanto James Van Riemsdyk foi defendido por Cam Talbot e Joffrey Lupul marcou para os Leafs. A decisão foi para a terceira rodada de penaltis, onde Rick Nash foi o primeiro e chutou para fora. Nazem Kadri era o batedor pelos Leafs e, se marcasse, empataria a série, mas acabou defendido por Cam Talbot, que deu a vitória aos Rangers.

Os Leafs precisam acordar e não deixar que os times adversários chutem tanto em nossos goleiros. Também precisam voltar a jogar como no início da temporada, ou como no jogo contra o Los Angeles Kings ou contra os Blackhawks, mais recentemente.

Espero que essa pausa do Natal tenha servido para um merecido descanso de todos e que a adrenalina do NHL Winter Classic traga o time de volta aos trilhos das vitórias.

GO Leafs GO.

%d blogueiros gostam disto: