Arquivo

Posts Tagged ‘NHL’

Pandemia de Coronavírus faz grandes ligas suspenderem a temporada regular

segunda-feira, 27 abril 2020 Deixe um comentário

Esse post está atrasado em algumas semanas, mas quis escrever sobre esse tema e colocar aqui algumas observações e minha opinião sobre o que pode acontecer.

É a primeira vez na história que temos uma Pandemia declarada e que temos toda essa rede de informações que é a Internet, onde recebemos dados atualizados a qualquer momento sobre a evolução do número de casos, ou de mortes, por pais, cidade e até mesmo casos geolocalizados dentro das cidades.

Toda essa informação tem seu lado bom que é nos manter atualizados, mas também tem o lado de nos manter ansiosos por novas atualizações e nos sentirmos em perigo.

Todas as grandes ligas americanas que estavam ativas suspenderam suas temporadas. A NHL suspendeu a temporada 2019-2020 em 12 de março de 2020 com pouco mais de 10 jogos por equipe, na média, faltando para os playoffs! Houve casos de jogadores na NBA com casos confirmados de COVID-19 e que estiveram nos mesmos estádios onde equipes da NHL disputam suas partidas! Não havia mais como continuar jogando após alguns estados americanos suspenderem qualquer atividade onde haja aglomeração de pessoas.

Eu achei a decisão acertada e, com o passar de algumas semanas vemos que realmente não haveria condições da temporada continuar. A cidade de Nova York começou a apresentar um aumento muito grande do número de casos e a ordem do governador foi de todos ficarem em suas casas, e o comércio não essencial fechar até segunda ordem. Mesmo assim os casos continuaram aumentando pois esse vírus tem um período de incubação de até 14 dias, ou seja, os casos continuam aparecendo mesmo após 14 dias de isolamento social.

Hoje, 26 de abril de 2020, um mês e meio após a suspensão, continuamos sem definição de quando poderemos, ou se poderemos ver a temporada terminar e os playoffs começarem. E essa é uma questão muito complicada, pois existem muitos fatores associados. Vou tentar escrever sobre eles abaixo:

  • Temos situações diferentes de níveis de contaminação em cada cidade/estado onde temos equipes da NHL. Então uma cidade pode decidir que está na hora de afrouxar o isolamento, enquanto outras, como Nova York pode continuar a manter todas as ações de isolamento social por mais tempo.
  • Temos a própria proteção ao público. No início a ideia seria de ter jogos sem torcedores presentes, sendo só transmitidos pela TV. Eu diria que ainda não é hora de abrir estádios e deixar o público perto um do outro. E mesmo mantendo distância nos assentos, o acesso aos assentos e uso de banheiros e lanchonetes nas arenas seria proibitivo.
  • Como fazer para manter os jogadores em forma? Eles não estão patinando já a mais de um mês!
  • Definir se vamos terminar a temporada, ou se não teremos tempo e, no final, iríamos direto pros playoffs. Seria justo? Afinal se houvessem os jogos finais da temporada, a classificação atual poderia mudar. Pra isso estão pensando em ter mais equipes nos playoffs. Umas 20 equipes talvez.
  • Onde realizar os jogos? Centralizar em algumas arenas? Ou até mesmo em locais totalmente neutros para não ter vantagem pra nenhuma equipe e ainda promover a NHL em cidades sem equipes.
  • A decisão não pode demorar, pois senão os jogos podem se estender até próximo do início da próxima temporada!

Com tudo isso ainda a decidir, todos ficamos aguardando pela decisão da NHL.

Outras datas também estão indefinidas, como a data do Draft deste ano, que seria em Montreal, a data dos testes dos jogadores do Draft (Draft Combine), até mesmo como fica a situação dos contratos que vencem em 30 de junho! Se a temporada for além dessa data, como fica isso? Os jogadores continuam nas suas equipes e receberão salários até o final da temporada? E as negociações e novas contratações? Quando poderiam ser feitas?

Enquanto isso as equipes tentam manter seus jogadores treinando em casa e em contato com os fãs por meio das redes sociais, enquanto a NHL transmite os jogos antigos e históricos!

Essa temporada será pra sempre lembrada! Mas vamos ver como terminará! Se teremos um vencedor da Stanley Cup!

Eu espero que sim! E quem sabe os Leafs não serão os campeões em uma temporada tão única! Pode ser a nossa chance! Hehehehe Tiramos a zica numa temporada totalmente histórica em diferentes formas!

Go Leafs Goooooo

Seja Bem-vindo Brian Boyle!

terça-feira, 28 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Na tarde de ontem foi anunciada a negociação entre o Toronto Maple Leafs e o Tampa Bay Lightning que trouxe Brian Boyle aos Leafs em troca de Byron Froese e uma escolha de segunda rodada do Draft de 2017.

Brian Boyle estava dormindo, aguardando o jogo dos Lightning contra os Senators quando foi acordado por uma chamada telefônica informando que ele havia sido negociado com o Toronto Maple Leafs. Boyle não havia passado por uma situação dessas em sua carreira na NHL, mas teve uma boa reação afirmando que sempre que jogou em Toronto, sentia toda a atmosfera em torno dos Leafs!

Boyle tentará estar em San Jose para jogo dos Leafs de hoje e já ser escalado para a partida com sua nova equipe.

O que Brian Boyle traz para a equipe é sua sua experiência tanto na temporada regular, quanto em seus quase 100 jogos de playoffs, área em que os Leafs sofrem com a falta de experiência. Boyle diz que já ouviu falar muito dos jovens talentos dos Leafs e da coesão da equipe e diz que isso é muito importante nos playoffs.

Brian Boyle, tem 32 anos e está em seu último ano de contrato com os Lightning no valor de 2 milhões de dólares. Com certeza os Leafs vão propor a Boyle uma renovação de contrato para mantêm-lo na equipe nas próximas temporadas.

Seja bem-vindo Brian Boyle! Sua vinda com certeza ajudará os Leafs a dar mais experiência aos novatos!

GO Leafs GOOOOOO – Rumo aos Playoffs

Leafs contratam Andrew Campbell

quarta-feira, 30 setembro 2015 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs anunciou na terça-feira que o clube contratou o defensor Andrew Campbell num contrato de duas vias ( o jogador pode jogar na NHL ou na AHL). 

Campbell, com 27 anos, jogou em 33 jogos da última temporada regular defendendo o Arizona Coyotes marcando uma assistência e 10 minutos em penalidades. Ele também jogou 40 jogos com o Portland Pirates, time da American Hockey League – AHL, marcando 12 pontos (três gols e nove assistências), além de 30 minutos em penalidades.

Seja bem-vindo Andrew Campbell! 

Go Leafs Go

Leafs contratam o central Mike Santorelli

sábado, 05 julho 2014 Deixe um comentário

Toronto Maple Leafs

Toronto Maple Leafs (Photo credit: Wikipedia)

Conforme o site Sportsnet.ca, essa matéria parece um déja vu.

Assim como na temporada passada, o Toronto Maple Leafs contratou um bom atacante do Vancouver Canucks.

Os Leafs assinaram por um ano com o versátil central Mike Santorelli, um agente livre irrestrito, no valor de 1.5 milhão de dólares, de acordo com a Canadian Press.

Na pós-temporada de 2013, o clube assinou com o ex-Canucks, Mason Raymond também por um ano, num contrato que funcionou bem para ambas as partes.

Santorelli é um central de 28 anos que também pode jogar como ala. O contrato dele com os Canucks terminou em 1 de Julio e as negociações para renovação caíram por terra.

O nativo de Vancouver vem de uma temporada em que marcou 28 pontos em 48 jogos pelos Canucks. Na única temporada em que foi usado em mais de 60 jogos, Santorelli marcou 20 gols para o Florida Panthers.

Seja bem-vindo Santorelli, que suas habilidades sejam bem utilizadas por Randy Carlyle e que você se torne um dos ídolos desta equipe e nos ajude a voltar à disputa da Stanley Cup!!!

21/01/2013 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 22 janeiro 2013 3 comentários

buf-tor

Toronto Maple Leafs e Buffalo Sabres se enfrentaram hoje no Air Canada Centre. As duas equipes começaram a temporada com uma vitória e buscavam seguir no embalo vencendo também esta segunda partida – o que aconteceu para os Sabres. Por ser a primeira partida da temporada no Air Canada Centre, o Toronto Maple Leafs exibiu um vídeo relembrando um pouco da história dos jogadores de toda a história da franquia e realizou uma cerimônia especial para o lançamento do puck. Seguem os vídeos aí pra quem quiser conferir.

 

Vídeo dos jogadores da história dos Leafs.

 

Cerimônia de lançamento do puck, que contou com o astronauta Chris Hadfield e os ex-jogadores Felix Potvin, Darcy Tucker, Darryl Sittler e Johnny Bower.

Agora vamos à partida. Cody Hodgson abriu o placar para os Sabres ainda no primeiro período, com 08:51 de jogo. Os 13 chutes dos Leafs no período não foram suficientes para abrir a contagem para o time da casa.

No segundo período os Sabres aumentaram a vantagem logo aos 4:51, com Jason Pominville. Aos 9:40, Phil Kessel se chocou com Ryan Miller, goleiro do Buffalo, e foi repreendido por Patrik Kaleta, que prensou o jogador dos Leafs contra o gelo, causando um pequeno empurra-empurra no local. A resposta dos Leafs veio com Mike Brown, que discutiu momentos depois com Kaleta; os dois não chegaram a brigar, mas foram mandados direto para o vestiário. Na parte truculenta do jogo, os dois times estavam bem, mas no campo da habilidade parecia que os Sabres possuíam uma certa vantagem com sua primeira linha (Thomas Vanek, Jason Pominville e Cody Hodgson).

O terceiro período começou com os Leafs tentando abrir o marcador, mas o primeiro – e único gol – da equipe saiu do taco de Nazem Kadri, aos 18:18 com Toronto em vantagem-numérica (powerplay) e um jogador a mais no lugar do goleiro, ou seja, num 6-contra-4. Nos minutos finais os Maple Leafs pressionaram – e muito – o adversário, e tiveram um gol anulado [corretamente]: o puck sobrou na luva de Joffrey Lupul, que empurrou para dentro do gol – o que vai contra a regra.

Os Leafs pareceram estar ainda um pouco enferrujados durante a partida, e como não há/houve pré-temporada, pequenos ajustes e ritmo de jogo têm que ser obtidos o mais rápido possível para progredir nos próximos jogos. O próximo confronto do Toronto Maple Leafs será em Pittsburgh, contra o Pittsburgh Penguins, que vem de duas boas vitórias (um 3-1 em cima dos Flyers e um 6-3 contra os Rangers).

%d blogueiros gostam disto: