Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Brian Boyle’

Contratações dos Leafs na abertura do mercado em 2017

terça-feira, 04 julho 2017 Deixe um comentário

Com o mercado agitado devido à entrada do Vegas Golden Nights e o Draft que essa equipe realizou, retirando bons jogadores de outras equipes, aqueles que não foram protegidos pelas equipes de acordo com a regra adotada pela NHL, o mercado para agentes livres irrestritos, os famosos UFAs, abriu em primeiro de julho e os Leafs se mexeram para cobrir suas deficiências e aqui vou citar as contratações que Lou Lamoriello, Brendan Shanahan e Mike Babcock negociaram para a equipe.

Goleiros

O primeiro a ser contratado foram os goleiros, Garret Sparks e Curtis McElhinney. Dessa forma, os Leafs garantiram um backup para Frederik Andersen e um possível backup para McElhinney, se este vier a se contundir. Sparks deve mesmo jogar pelos Marlies, junto com Kasimir Kaskisuo, já que Antoine Bibeau saiu da equipe, sendo contratado pelos San Jose Sharks.

Defesa

O próximo passo dos Leafs foi contratar Ron Hainsey, defensor que defendeu os Penguins na temporada passada e venceu a Stanley Cup. Hainsey tem 36 anos e possui a experiência para ajudar a defesa dos Leafs pelos próximos dois anos! 

Na defesa perdemos Matt Hunwick, que foi para os Penguins. 

Ainda estamos sem Roman Polak, que talvez volte a assinar com os Leafs. 

Ataque

Com a saída de Brian Boyle, que foi para o New Jersey Devils, os Leafs ficaram com uma posição aberta de central de terceira ou quarta linha. Para cobrir essa posição, os Leafs contrataram Dominic Moore. Moore já defendeu mais de 10 equipes na NHL e já foi parte dos Leafs também. Moore é mais um jogador que traz experiência à jovem equipe dos Leafs. 

Mas a contratação que gerou mais burburinho e discussões nas redes sociais foi a contratação de Patrick Marleau, por um período de três anos, mas ao preço de 6.25 milhões de dólares por temporada. Muitos acharam o valor muito alto, outros acharam que o jogador, que vai completar 38 anos em dois meses, não devia ter recebido um contrato de três anos, e outros, como eu, adoraram a ideia de ter Marleau para ajudar a dar consistência ao ataque dos Leafs e também desenvolver, dentro do gelo, nossos novatos e futuras lendas, Auston Matthews, Mitch Marner, William Nylander, Zach Hyman e Connor Brown. 

Marleau pode jogar como central ou ala e em todos os seus 20 anos com o San Jose Sharks, somente ficou de fora de pouco mais de 30 jogos, o que demonstra que é um jogador muito saudável e que mesmo com a idade já se aproximando dos 40, pode contribuir e muito com a equipe. 

Sejam muito bem vindos Hainsey, Moore e Marleau! A equipe, com certeza está melhor com vocês. 

Agora, o que se fala é que os Leafs podem acabar negociando Tyler Bozak ou James Van Riemsdyk, para reduzir os gastos totais, já que trouxeram Hainsey e Marleau a peso de ouro! Vamos ver os próximos movimentos da equipe, que com certeza estarão aqui no MapleLeafsBrasil! 

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

Seja Bem-vindo Brian Boyle!

terça-feira, 28 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Na tarde de ontem foi anunciada a negociação entre o Toronto Maple Leafs e o Tampa Bay Lightning que trouxe Brian Boyle aos Leafs em troca de Byron Froese e uma escolha de segunda rodada do Draft de 2017.

Brian Boyle estava dormindo, aguardando o jogo dos Lightning contra os Senators quando foi acordado por uma chamada telefônica informando que ele havia sido negociado com o Toronto Maple Leafs. Boyle não havia passado por uma situação dessas em sua carreira na NHL, mas teve uma boa reação afirmando que sempre que jogou em Toronto, sentia toda a atmosfera em torno dos Leafs!

Boyle tentará estar em San Jose para jogo dos Leafs de hoje e já ser escalado para a partida com sua nova equipe.

O que Brian Boyle traz para a equipe é sua sua experiência tanto na temporada regular, quanto em seus quase 100 jogos de playoffs, área em que os Leafs sofrem com a falta de experiência. Boyle diz que já ouviu falar muito dos jovens talentos dos Leafs e da coesão da equipe e diz que isso é muito importante nos playoffs.

Brian Boyle, tem 32 anos e está em seu último ano de contrato com os Lightning no valor de 2 milhões de dólares. Com certeza os Leafs vão propor a Boyle uma renovação de contrato para mantêm-lo na equipe nas próximas temporadas.

Seja bem-vindo Brian Boyle! Sua vinda com certeza ajudará os Leafs a dar mais experiência aos novatos!

GO Leafs GOOOOOO – Rumo aos Playoffs

15/03/2016 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 16 março 2016 Deixe um comentário

Sempre que o Tampa Bay Lightning enfrenta o Toronto Maple Leafs, dessa vez foi no Air Canada Centre, o assunto é se Steven Stamkos vai ou não assinar com os Leafs! Dessa vez não foi diferente! Mas isso é algo que não vai ser resolvido assim de uma hora pra outra e que deve ocorrer próximo a 1º de julho, quando abre-se a janela pra negociações.

Os Leafs que vinham de vitória contra o Detroit Red Wings jogou o suficiente para vencer o Tampa Bay Lightning. No gol dos Leafs, Jonathan Bernier jogou bem e pelos Lightning, Andrei Vasilevskiy realizou defesas espetaculares. 

Somente no segundo período os Leafs conseguiram abrir o placar, quando Peter Holland fez uma excelente jogada passando por detrás do gol de Vasilevskiy para chutar forte. O goleiro dos Lightning deu rebote que foi para o taco de Connor Carrick, que chutou, sem marcação, por baixo do braço de Vasilevskiy aos 13m34s. Esse foi o primeiro gol de Carrick na temporada e o primeiro pelos Leafs. O restante do segundo período viu as equipes disputando muito o puck, mas sem mais gols de ambas as partes.

O terceiro período viu a definição da partida. Aos 06m33s, Brian Boyle conseguiu o empate, após receber um passe de Anton Stralman que recuperou o puck atrás do gol dos Leafs, numa jogada em que Ben Smith não chegou com a “vontade” que devia. Smith entretanto se redimiu e marcou o gol da vitória dos Leafs aos 09m07s, quando num contra-ataque, aproveitou-se rebote do chute de Michael Grabner e venceu Vasilevskiy por entre as pernas, marcando também o se primeiro gol como jogador dos Leafs. Os Leafs ainda marcaram mais dois gols em Empty-Net, com Zach Hyman aos 18m27s, recebendo um belo passe de Martin Marincin, e de P.A. Parenteau aos 19m47s.

Os Leafs jogam os próximos 5 jogos em casa e, apesar de não ter mais chances de classificação aos playoffs, parece que está fazendo a torcida acreditar no futuro da equipe. Os jovens e promissores jogadores estão mostrando serviço e conseguindo seus primeiros gols.

Go Leafs Goooooo

26/01/2013 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

domingo, 27 janeiro 2013 Deixe um comentário

Os Leafs, apesar de jogarem bem, estão demonstrando que não conseguem manter o nível de jogo quando necessitam. Foi assim contra os Islanders, que viraram o placar e também foi assim contra os Rangers. Mais uma derrota, a terceira da temporada, a segunda de virada e a primeira fora de casa.

20130126_Leafs@Rangers_Banner

20130126_Leafs@Rangers_ScoreNo primeiro período, os Leafs iniciaram bem a partida, conseguindo logo aos 06m25s abrir o placar com Mikhail Grabovski, que recebeu um passe de Jean-Michael Liles e efetuou um belo “drible” em Henrik Lundqvist para marcar o gol. Os Leafs ainda aumentaram o placar com James Van Riemsdyk, que se posicionou em frente a Lundqvist para aproveitar um rebote. Apesar de efetuar apenas 3 chutes ao gol dos Rangers, os Leafs foram para o vestiário com a vantagem de 2 a 0.

No segundo período, os Leafs continuaram a ser dominados pelos Rangers, pelo menos no número de chutes ao gol de James Reimer. Reimer jogou muito bem e manteve os Leafs à frente do placar enquanto pode, mas aos 05m43s, Brad Richards marca o primeiro gol dos Rangers, dando novo ânimo ao time da casa.

Aos Leafs bastava manter a liderança no placar em um jogo em que o ataque não conseguia gerar perigo ao gol adversário, mas mesmo com ótimas defesas de Reimer, se a defesa, e o ataque não ajudarem, uma hora o outro time acaba empatando. Foi o que aconteceu, quando aos 07m36s, Marc Staal marcou o gol de empate. Os Leafs sentiram esse gol e, aos 12m57, Marian Gaborik marcou o gol da vitória (Game Winning Goal – GWG). O período ainda veria mais dois gols dos Rangers, marcados por Brian Boyle aos 17m08s e o segundo de Marian Gaborik aos 18m45s. Placar final, Leafs 2 x Rangers 5.

Os Leafs necessitam urgentemente melhorar o nível de seu jogo, mostrar força nos powerplays (vantagem numérica), além de impedir que outros times consigam a virada sobre a nossa equipe. Se não fossem essas viradas, os Leafs teriam ganho 4 dos 5 jogos desta temporada. Jogadores chave também precisam começar a marcar presença na equipe, como é o caso de Phil Kessel, que ainda não marcou gols nesta temporada, Dion Phaneuf que possui um plus/minus rating de -8. Só para vermos como as coisas estão ruins, quem tem os melhores plus/minus ratings são Carl Gunnarsson e Mike Komisarek, com 3 e 2, respectivamente. Nem mesmo Nazem Kadri, com 3 gols e duas assistências em 5 jogos, se salva, com plus/minus ratings de -1.

Agora é pensar no próximo jogo, contra os Sabres na próxima terça feira, em Buffalo.

GO Leafs GO …

14/01/2012 – New York Rangers @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 16 janeiro 2012 1 comentário

Apesar de jogarmos bem contra os Sabres, em Buffalo, não conseguimos a vitória. No dia seguinte, voltaríamos ao gelo contra o líder da conferência Leste, o New York Rangers, que também vinha de derrota contra os Senators.

Posso aqui afirmar que este foi o pior jogo dos Leafs neste ano (2012). O time não estava atento, parecia cansado e que sentiu a derrota da noite anterior. O time não conseguia chegar ao ataque com chances concretas de gol e vivia “rifando” o puck, cometendo icing por inúmeras vezes. Os passes também não conseguiam encontrar um jogador livre e os Rangers pressionaram muito, não nos deixando jogar. Enfim, mérito para os Rangers que, fora de casa, conseguiram impor seu jogo e controlar a partida desde o início.

Os gols só saíram a partir do segundo período. O primeiro, marcado por Mike Rupp aos 3m35s, originou-se de um passe errado de Mike Komisarek, interceptado pelos Rangers que, num momento de troca de linha dos Leafs, partiu para o gol de Jonas Gustavsson com três jogadores contra um e marcou, sem chances de defesa para Gustavsson. O segundo foi de Brian Boyle, aos 16m28s.

O terceiro gol foi de Derek Stepan, aos 06m01s do terceiro período.

Espero que os Leafs descansem e se preparem mentalmente para enfrentar os Senators amanhã, terça-feira 17/01. Os Senators estão numa ótima fase e vêem ganhando vários jogos seguidos, sendo que ganharam 8 dos últimos 10 jogos. Como os Senators enfrantam os Jets hoje, em Ottawa, amanhã eles, supostamente, devem estar mais cansados que o time dos Leafs!

GO Leafs GO

Veja também a cobertura deste jogo no blog Rangers Brasil.

19/01/2010 – Leafs @ Rangers – Esmagados no MSG!

quinta-feira, 20 janeiro 2011 14 comentários

Após um período longo de descanso … afinal os Leafs jogaram pela última vez na sexta, 14/01/2010 … fomos à Nova York visitar os Rangers.

A visita não rendeu muitos frutos para os Leafs … aliás rendeu um bom shutout, com direito a sermos totalmente esmagados no Madison Square Garden!

Eu não consegui me conectar para assistir à partida até os 15 minutos do primeiro período e, quando me conectei, os Leafs já tinham sofrido 4 gols e quem estava no gol era Giguere, pois Gustavsson foi retirado após tomar os 3 primeiros gols!! Foi um início medíocre para os Leafs.

Acabei dormindo e só vi o placar final , 7 Rangers, 0 Leafs, hoje pela manhã.

Nesta partida, somente Marian Gaborik marcou 4 gols! E ele tinha marcado somente 11 em todo o restante da temporada!

Também marcaram gols Brian Boyle, Ruslan Fedotenko e Mats Zuccarello, conforme o quadro.

Gustavsson tomou 6 dos 7 gols e Giguere tomou um no final do primeiro período.

Bom … nada mais a comentar sobre este jogo …

Hoje à noite temos os Ducks nos visitando no Air Canada Centre … tomara que os Leafs venham para esse jogo, pois para o de ontem eles foram somente observar os Rangers jogar.

GO Leafs GO

30/10/2010 – New York Rangers @ Toronto Maple Leafs

domingo, 31 outubro 2010 6 comentários

É … o Toronto Maple Leafs viveu um pesadelo hoje no Air Canada Centre, com a visita do New York Rangers. E a fantasia de Halloween mais temida pelos torcedores do Toronto era de Henrik Lundqvist!

O jogo terminou com o placar de 2 Rangers, 0 Leafs. Um shutout para Henrik Lundqvist, que salvou os Rangers em todas as ocasiões possíveis.

Ron Wilson está com um problema com o ataque dos Leafs que não consegue marcar gols a duas partidas.

Hoje os Leafs deram um total de 36 chutes à gol, mas houveram outros tantos chutes à gol que foram bloqueados pelos jogadores dos Rangers, que jogaram numa forma muito defensiva e se aproveitaram de erros dos Leafs para marcar seus gols com Brian Boyle e Ryan Calahan (em penalty shot)!

Neste jogo Luca Caputi, Christian Hanson e Carl Gunnarsson jogaram pelos Leafs, deixando de fora Brett Lebda, Colby Armstrong e Mike Zigomanis. Kris Versteeg também voltou a jogar, após ficar se recuperando de dores nas costas!

Na próxima terça-feira teremos nova visita dos Senators! No jogo do dia 9 de Outubro, os Leafs se deram muito bem contra eles … agora é torcer para que isso se repita!!!

GO leafs GO!

Para informações sobre este jogo na visão dos Rangers, acessem este link (matéria do site Rangers Brasil).

%d blogueiros gostam disto: