Arquivo

Posts Tagged ‘Anders Lee’

09/03/2016 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 10 março 2016 Deixe um comentário

Apesar de a sequência de jogos estar nos trazendo derrotas consecutivas, o Toronto  Maple Leafs e seus jogadores novatos têm jogado muito bem. Alguns erros são sempre esperados, mas Zach Hyman, William Nylander e Nikita Soshnikov têm impressionado Mike Babcock.

O New York Islanders foi ao Air Canada Centre vindo de uma sequência de vitórias, mas sem o seu goleiro titular, Jaroslav Halak, que sofreu uma contusão na noite anterior, num jogo contra o Pittsburgh Penguins. Halak ficará fora por até seis semanas! Em seu lugar jogou Thomas Greiss. Pelos Leafs, Garret Sparks defendeu o gol. 

John Tavares foi quem abriu o placar aos 08m08s, aproveitando o seu próprio rebote. Os Leafs empataram o jogo com Zach Hyman. O jogador que estava em seu quinto jogo na NHL, tem demonstrado uma vontade incrível de se manter na equipe dos Leafs e tem sido muito aplicado. Após um chute de Colin Greening, defendido por Greiss, Hyman estava no lugar certo na hora certa e aproveitou o rebote para marcar o seu segundo gol na NHL, aos 11m27s.

O segundo período vou novamente os Leafs e os Isles trocarem gols. O primeiro foi marcado por Morgan Rielly, aos 10m45s em um powerplay. Rielly acertou um belo chute que foi no ângulo do gol de Greiss. Aos 12m54s, Anders Lee empatou para os Isles, com um wrist shot, que Sparks não conseguiu defender. 

O jogo seguia empatado e muito disputado até que, aos 14m41s do terceiro período, Ryan Strome partiu num contra-ataque, onde um defensor dos Isles simplesmente limpou a jogada na zona defensiva, mas o puck acabou indo na direção de Strome, que aproveitou e foi pra cima de Sparks. O goleiro dos Leafs defendeu parcialmente o chute, mas o puck acabou deslizando lentamente e cruzou a linha de gol, colocando os Islanders à frente. Babcock então resolveu retirar Sparks e colocar um jogador de linha a mais, além do fato dos Leafs terem um powerplay a seu favor, o que os deixava com dois jogadores a mais no gelo. Quem estava no lugar certo agora foi William Nylander, que segundo Babcock teve seu melhor jogo na NHL. Nylander empatou para os Leafs faltando apenas 01m13s para o final. 

A prorrogação terminou sem gols e a decisão foi levada ao shootout, onde o único a marcar foi Nikita Soshnikov, o jovem jogador russo, que demonstra ter habilidade, velocidade e não se acanha frente aos jogadores já experientes da NHL. Ele venceu Greiss com um chute de backhand!

É isso aí! A vitória nos trás mais confiança e evitamos bater o recorde de derrotas consecutivas nesta temporada!

Parabéns a Nylander, Hyman e Soshnikov! 

Go Leafs Go

29/12/2015 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 30 dezembro 2015 Deixe um comentário

Os Leafs e os Islanders voltaram ao gelo após a partida entre as duas equipes no jogo passado, onde os Leafs saíram com a vitória! 

No gol do Toronto Maple Leafs, mais uma vez estava Jonathan Bernier, que jogou bem nos últimos dois jogos. Mais uma vez pelo New York Islanders, Thomas Greiss estava no gol.

Os Leafs sabiam que os Islanders viriam diferente para este jogo, já que haviam perdido o jogo no Brooklyn duas noites atrás, mas não conseguimos nos antecipar ou combater os Islanders no mesmo nível.

Brock Nelson abriu o placar aos 02m00s do primeiro período e os Leafs, mais uma vez começaram atrás no placar. A reação dos Leafs foi bem rápida, aos 02m39s, quando Brad Boyes empatou a partida. John Tavares, capitão dos Isles, é nativo de uma cidade próxima a Toronto e com amigos e familiares no Air Canada Centre, acaba tendo uma ótima partida. Aos 11m51s, ele mesmo coloca o time à frente no placar e ainda no primeiro período, Frans Nielsen aumentou a vantagem dos Isles aos 17m45s.

O segundo período viu mais do mesmo com os Islanders marcando mais três gols depois dos Leafs se aproximarem do placar com Pierre-Alexander Parenteau aos 10m57s. Os Isles marcaram com Nikolay Kukemin aos 11m25s, Matt Martin aos 18m06s e Anders Lee aos 19m20s.

Sem uma boa performance de Bernier, após sofrer seis gols em 15 chutes, ele sai para a entrada de James Reimer no terceiro período, onde ele realizou seis defesas, mas onde os Leafs não conseguiram nada mais que um único gol, de Shawn Mathias aos 16m00s.

John Tavares conseguiu dois pontos nesta partida e nos últimos 12 jogos no Air Canada Centre, possui 19 pontos, sendo o jogador que mais marcou pontos em Toronto.

Os Leafs voltam ao gelo hoje, em Pittsburgh!

Go Leafs Gooo

27/02/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

sábado, 01 março 2014 Deixe um comentário

Após a pausa para as Olimpíadas de Inverno de Sochi, onde Phil Kessel foi eleito o melhor atacante do campeonato, a NHL voltou e o primeiro jogo dos Leafs foi uma visita aos Islanders.

Pelos Islanders, Evgeny Nabokov estava no gol, enquanto Jonathan Bernier defendia o gol dos Leafs.

O jogo começou melhor para os Leafs que abriram o placar com Phil Kessel, num belo gol aos 06m53s. Os Islanders ainda ofereceram powerplays para os Leafs aumentarem o placar, mas os Leafs estavam dormindo e permitiram dois gols shorthanded para os Islanders virarem o placar. Os dois gols foram marcados por Michael Grabner, aos 15m53s e 16m41s, sendo que o segundo gol aconteceu após Bernier tentar tirar um puck totalmente perdido para os Isles, mas que acabou sendo passado nos patins do engendro dos Leafs e voltou para Grabner marcar com o gol escancarado.

No segundo período não houve gols e tudo ficou para ser decidido no terceiro e último período. Os Leafs conseguiram voltar bem e marcarm o gol de empate com Paul Ranger, aos 08m50s. Viraram a partida com um gol de Dion Phaneuf aos 11m26s, quando Phaneuf recebeu um passe de Tyler Bozak e chutou forte, de primeira, sem chances para Nabokov. Os Isles empataram com Anders Lee aos 12m52s, em powerplay. Foi então a vez de a dupla Nazem Kadri e Joffrey Lupul trabalharem e Kadri deu um passe primoroso para Lupul colocar os Leafs à frente do placar novamente aos 13m54s. Tudo levava a crer que os Leafs ganhariam a partida, mas aos 17m20s, Anders Lee marca soeu segundo gol, com Bernier não conseguindo segurar o puck, que escorreu por sobre sua perna e foi parar dentro do gol. Esse gol levou a partida à prorrogação!!

Na prorrogação, Lubomir Visnovsky definiu a partida, recebendo o puck de frente para o gol, sem uma marcação mais efetiva do time dos Leafs! O gol foi marcado aos 01m55s da prorrogação.

Esta não foi a noite de Jonathan Bernier. Definitivamente não foi! Ele falhou no segundo gol dos Isles e, apesar de outras defesas, acabou deixando gols defensáveis serem marcados.

Vamos comemorar o ponto ganho, mas temos que buscar vitórias para garantir nossa presença nos playoffs!!

Hoje vamos com tudo pra cima dos Habs!!!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: