Arquivo

Posts Tagged ‘Bryan Little’

02/12/2015 – Toronto Maple Leafs @ Winnipeg Jets

quinta-feira, 03 dezembro 2015 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs iniciou uma viagem com cinco jogos na agenda, sendo o primeiro deles uma visita aos Winnipeg Jets. 

No dia do jogo os torcedores dos Leafs receberam uma noticia que gerou diferentes sentimentos: Jonathan Bernier foi enviado ao Toronto Marlies, time afiliado aos Leafs na AHL, por um período de 10 dias, para recuperar forma física, já que vinha jogando pouco com a excelente performance de James Reimer, e para recuperar a confiança. Com isso, Garret Sparks ganhou a sua segunda partida na NHL.

Os Leafs começaram bem e logo aos 02m02s, Michael Grabner marcou seu primeiro gol pelos Leafs, recebendo um belo passe de Daniel Winnik. Mas os Leafs não mantiveram o bom momento e os Jets pressionaram, chegando ao empate aos 08m25s, com Drew Stafford. Após o gol os Leafs iniciaram uma queda de atenção e a defesa simplesmente deixava buracos para o ataque dos Jets aproveitarem, além da equipe começar a cometer penalidades. Numa dessas penalidades, aos 17m32, Drew Stafford marcou o segundo gol e virou o placar. Sparks foi para um lado do gol para fazer a defesa e o passe cruzou o crease, área do gol, chegando a Stafford, que chutou com o gol praticamente aberto.

O segundo período foi muito disputado, mas não produziu gols. Sparks efetuou boas defesas e manteve os Leafs na partida.

Não sei o que aconteceu, mas os Leafs voltaram muito mal para o terceiro período. A defesa não conseguia conter o ataque ou contra-ataque dos Jets e os chutes a gol acabaram deixando Sparks sozinho contra os jogadores dos Jets. Isso resultou em quatro gols no período, com Sparks podendo fazer muito pouco. O primeiro gol foi de Mark Scheifele aos 01m25s, chutando por cima da luva de Sparks. Os Leafs marcaram um gol, com Nick Spaling, mas após revisão, o gol foi anulado, pois foi considerado que Daniel Winnik interferiu na movimentação do goleiro da Jets, Connor Hellebuyck, outro novato em sua segunda partida na NHL, que está jogando após a contusão de Ondrej Pavelec. Na minha opinião, Daniel Winnik foi empurrado por Tyler Myers e não havia como ele evitar um contato inicial com Hellebuyck, mas essas decisões estão cada vez mais subjetivas. Depois marcou Andrew Ladd aos 02m43s, num belo chute por cima do ombro de Sparks. Bryan Little marcou aos 10m53s e Anthony Peluso fechou o placar aos 17m53s.

Aos Leafs restou apenas aceitar que jogaram mal e se preparar para o jogo de hoje à noite, contra o Minnesotta Wild. Sparks não deve ser avaliado somente por esse jogo, afinal a equipe o deixou na mão por diversas vezes e ele ainda é um goleiro novo, que está ganhando experiência na NHL.

Go Leafs Goooo

04/11/2015 – Winnipeg Jets @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 05 novembro 2015 Deixe um comentário

Os Leafs têm demonstrado que aparentemente estão ganhando mais entrosamento e conseguem se impor mesmo contra times mais habilidosos, como os Dallas Stars na última partida. Os visitantes agora eram os Winnipeg Jets, um time com jogadores muito velozes e com o defensor Dustin Byfuglien, um defensor muito forte e que também contribui quando vai ao ataque.

Os Leafs, embalados pela vitória do jogo anterior, começou bem a partida com James Reimer no gol. No primeiro período desferiram mais chutes ao gol de Ondrej Pavelec (13), contra apenas 10 chutes recebidos por Janes Reimer, entretanto que saiu na frente foi o time visitante. Aos 03m41s, Dustin Byfuglien abriu o placar, que viu os Leafs empatarem aos 08m22s, num gol em powerplay de PA Parenteau. Os Leafs nem tiveram tempo de comemorar pois aos 08m59s Mark Scheifele marcou um gol num erro de posicionamento de James Reimer. Reimer foi pra o canto do gol pensando ter fechado o gol, mas seu posicionamento deixou um vão entre sua luva, seu protetor de pernas e a trave, exatamente por onde o puck passou. 

O segundo período viu os Leafs manterem a pressão e os Jets igualarem a força com os Leafs. Desta vez os Lesfs levaram a melhor e empataram a partida aos 12m17s com Leo Komarov recebendo um passe de Roman Polak, numa belíssima jogada de contra-ataque. 

O jogo estava bem parelho no terceiro período, até que os Leafs tiveram um powerplay, que não conseguiram aproveitar e, quando Alexander Burmistrov saía do banco de penalidades, recebeu um passe atrás da defesa dos Leafs e conseguiu marcar o terceiro dos Jets aos 17m55s. Esse foi um golpe certeiro na confiança dos Leafs que então partiram ao ataque e retiraram James Reimer para ter um atacante a mais no gelo. Os Leafs também tiveram um powerplay no finalzinho da partida o que os deixou com dois jogadores a mais no gelo, mas mesmo assim os Jets conseguiram mandar o puck para a zona defensiva dos Leafs e Bryan Little teve tempo de marcar mais um gol aos 19m34s, fechando o placar da partida.

Os Leafs têm jogado bem, mas ainda falta uma melhor finalização! Por parte dos goleiros, temos que parar de tomar gols defensáveis! Tanto Reimer quanto Bernier estão permitindo gols por mal posicionamento! 

Go Leafs Go! 

07/02/2012 – Toronto Maple Leafs @ Winnipeg Jets

quarta-feira, 08 fevereiro 2012 Deixe um comentário

Para concluir a maratona de jogar 3 vezes em 4 dias os Leafs, após a vitória de ontem sobre os Oilers em Toronto, viajaram para Winnipeg para enfrentar os Jets!

É lógico que o time estaria cansado e já era esperado que seria um jogo difícil, pois os Jets vinham de derrotas seguidas e precisavam da vitória, ainda mais jogando em frente a sua torcida!

No gol dos Leafs estava Jonas Gustavsson, deixando James Reimer que jogou na noite anterior, descansar um pouco. No gol dos Jets estava Ondrej Pavelec.

O jogo começou com os Jets pressionando os Leafs e os Leafs tentando usar da sua velocidade para surpreender. Mas quem abre o placar aos 11m06s é Phil Kessel, que marca o seu trigésimo gol da temporada, num contra-ataque matador. O gol joga  balde de água fria nos Jets, mas não tanto para tirar eles do jogo. Aos 14m16s Chris Thorburn se aproveita de um contra-ataque e surpreende Gustavsson chutando antes dele se posicionar corretamente para a defesa! Mais tarde, na entrevista após o jogo, Gustavsson afirma que esperava ele cruzar na frente do gol e não chutar daquele ângulo, e estava se posicionando para tal movimento, que não aconteceu!

Com a partida empatada, os Leafs até que jogavam bem, mas não conseguiam chegar ao gol de Pavelec com perigo. Aos 09m47s Bryan Little marcou o segundo dos Jets, chutando em Gustavsson que espalmou de volta e nenhum defensor estava a postos para tirar o puck da área em frente ao gol, dando a oportunidade de Little marcar o gol da vitória!

No último período, os Leafs chegaram a pressionar, mas continuavam sem chutar ao gol de Pavelec com perigo. A jogada de maior perigo foi um breakaway de Lombardi, que Pavelec defendeu! Nem mesmo dois powerplays na partida foram aproveitados pelos Leafs, que sequer deram chute ao gol! Também não conseguimos nos valer do uso da Empty Net, com menos de um minuto para o final. Gustavsson foi retirado do gelo para termos mais um atacante, mas os Jets nos mantiveram na zona neutra ou em nossa zona defensiva!

Apesar da derrota, não deixamos os Jets marcarem gol em powerplay., sendo este o décimo sexto jogo sem tomar gols em powerplay!

A verdade é que é triste perder um jogo em que saímos na frente,  mas era algo até mesmo esperado, afinal os jogadores estavam cansados, vindos de dois jogos e ainda viajando para o terceiro!

Amanhã temos uma visita aos Flyers!  Go Leafs Go! Em direção aos Playoffs!!

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: