Arquivo

Posts Tagged ‘Chris Neil’

01/02/2014 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 03 fevereiro 2014 Deixe um comentário

Os Leafs realmente estão em ótima fase e, se continuarem assim, não só chegaremos aos playoffs, mas poderemos competir pela tão esperada Stanley Cup!!

20140201_Sens@Leafs_BannerO time que vem de sucessivas vitórias recebeu o seu arquirrival de Província e de divisão, o Ottawa Senators para mais uma Batalha de Ontario! Sempre é um jogo muito disputado devido à rivalidade!

Os Leafs começaram bem desde o início, mas no primeiro período não conseguiram vencer Craig Anderson. Faltando apenas 53s para o final do primeiro período, Chris Neil traz o puck ao ataque e chuta com a marcação de Morgan Rielly, aparentemente o puck desvia levemente nas pernas de Rielly e o chute despretensioso engana Jonathan Bernier e vai para o fundo do gol!

20140201_Sens@Leafs_ScoreNo segundo período os Senators ampliam a vantagem com um gol de Colin Greening aos 06m46s, marcado com a assistência de Chris Neil, num contra-ataque. Os Leafs não estavam jogando mal, mas acabaram atrás no placar por lances normais de jogo. Só então o time acordou e aos 13m01s, Phil Kessel abre o placar para os Leaf. Somente 1m38s depois, Nazem Kadri disputa o puck atrás do gol dos Senators e com um check por trás em Ceci, joga o defensor dos Senators de cabeça corta as bordas. Kadri dominou o puck e passou de costas para Joffrey Lupul que, de frente para o gol, não desperdiçou a chance e empatou para os Leafs com seu décimo sétimo gol da temporada. Este gol foi muito questionado pois os Senators achavam que, no mínimo deveria haver uma penalidade de 2 minutos para Kadri e o gol invalidado, mas os árbitros acabaram por validar o gol. Na minha opinião, Ceci poderia ter dominado o puck de outra forma, mas tentou se utilizar desta regra onde checks por trás, contra as bordas são penalizadas, e Kadri foi à disputa com vontade, como deve ser! A jogada não foi perigosa para Ceci, que logo se levantou e continuou jogando.

Os Leafs conseguiram virar o placar no terceiro período com mais um gol de Phil Kessel, aos 07m34s, num powerplay, mas Chris Neil voltou a marcar para empatar a partida aos 09m06s, numa jogada em que Bernier achou que tivesse parado o puck entre as pernas, mas seus movimentos empurraram o puck para ultrapassar a linha, o que foi revisto pela NHL e o gol validado. Aos 14m02s Phil Kessel marca o seu terceiro gol da noite, um Hat-Trick, o quinto de sua carreira, voltando a dar a liderança aos Leafs. O jogo ainda viu gols de Tyler Bozak, numa linda jogada disputada atrás do gol de Craig Anderson, onde James Van Riemsdyk passa o puck por debaixo de suas pernas para Kessel, que se livra do defensor e passa para Bozak marcar aos 18m37s. Os Senators ainda tentaram uma reação retirando Craig Anderson para colocar mais um atacante, tática conhecida como Empty-Net, mas Nazem Kadri controlou o puck na zona defensiva dos Leafs e deu um chute certeiro para fechar a partida para os Leafs, faltando apenas 29s para o término!

Foi um ótimo jogo dos Leafs e que nos manteve distantes dos Senators na classificação! Agora estamos 8 pontos à frente deles!

Os Leafs vão à Florida para enfrentar os Panthers amanhã, 04/03. Já os vencemos em Toronto na quinta-feira, por 6 a 3, mas não podemos dar bobeira!

Go Leafs Gooooo

Enhanced by Zemanta

17/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

segunda-feira, 19 março 2012 Deixe um comentário

Acredito que a vitória no jogo anterior, contra o Tampa Bay Lightning, serviu para tirar o peso das costas de todos os jogadores dos Leafs e de Randy Carlyle. O time partiu mais confiante para Ottawa para enfrentar seus arqui-rivais de divisão, os Senators, na última batalha de Ontario da temporada!
O jogo aconteceu no dia de St Patrick e haviam muitos torcedores com roupas verdes em comemoração! Até mesmo o time dos Senators foi para o aquecimento usando camisas verdes!
Mais uma vez no gol dos Leafs estava James Reimer, tentando mostrar a Carlyle que merece a posição de goleiro número 1 da equipe!
O primeiro período viu as equipes disputarem o puck com muita intensidade e o jogo se tornar uma verdadeira batalha! Os Senators buscavam a liderança da Divisão e, consequentemente, uma classificação em segundo da conferência leste. Já os Leafs tentam buscar a tão sonhada vaga aos playoffs, que apesar de difícil, ainda é possível! Neste jogo até mesmo jogadores que não costumam brigar, cometeram tais penalidades, como foi o caso em uma briga entre Sergey Gonchar e Clarke MacArthur aos 11m22s. Com tudo isso, o primeiro período terminou sem qualquer alteração do placar.
No segundo período os ânimos continuaram quentes. Aos 7m20s Tim Connolly abre o placar para os Leafs se aproveitando de uma oportunidade na zona de ataque! Aos 13m23s aconteceu uma grande confusão, quando Luke Schenn deu um belo tranco em Nick Foligno, e então os dois partiram pra briga, com isso os outros jogadores também ficaram naquela agarração e quando Chris Neil deu um slashing no novato Carter Ashton, Grabovski partiu em defesa do novato e iniciou uma briga com Neil. Foi a primeira briga de Grabo na NHL, custando a ele 25 minutos de penalidades no jogo. Foi mais fique ele já havia cometido em toda a temporada! Ele tomou duas penalidades de 10 minutos por má conduta esportiva, incluindo uma por ele estar sem a camisa, que foi arrancada por Chris Neil, e mais uma de cinco minutos por brigar! Após tudo resolvido, o período terminou com a vantagem dos Leafs no placar!
No terceiro período os Leafs já voltaram ao gelo em vantagem numérica, devido a uma penalidade cometida por Zack Smith. Aos 19m45s do segundo período e outra aos 23s do terceiro período, cometida por J. O’Brien. Com 5 contra 3 no gelo, Phil Kessel marcou o segundo dos Leafs aos 53s! Aos 12m02s, Dion Phaneuf chuta forte e também vence Craig Anderson, numa outra vantagem numérica de 5 contra 3, após Daniel Alfredsson cometer slashing e o time dos Senators errarem uma troca de linhas deixando a equipe com mais jogadores no gelo do que o permitido. Com a partida já perdida, os Senators só conseguiram marcar seu gol de honra aos 18m51s, com Corey Greening, mais uma vez evitando um shutout para James Reimer.
Com duas vitórias seguidas pelo placar de 3 a 1, os Leafs partem para Boston para enfrentar os Bruins na última partida entre as equipes na temporada regular. Infelizmente os Bruins venceram todos os outros cinco jogos e esta é a chance dos Leafs não deixarem o time de Boston com todas as invicto contra eles este ano!
Go Leafs Gooooo
P.S.: ainda dá!!! Estamos a 6 pontos dos Capitals que ocupa a oitava posição no leste! A apenas 4 pontos das duas equipes que estão empatadas com 76 pontos (Buffalo Sabres e Winnipeg Jets) e a 1 ponto do Carolina Hurricanes que ganhou dos Jets ontem! Vamos Leafs! Ainda dá!!!

30/10/2011 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

segunda-feira, 31 outubro 2011 2 comentários

Após o disputado jogo contra os Penguins no sábado, os Leafs foram à Ottawa para mais uma Batalha de Ontario.

Como era de se esperar, os Leafs demonstraram um certo cansaço e não conseguiram ter a mesma performance que tiveram na noite anterior.

No primeiro período, quem abriu o placar foram os Leafs, numa jogada muito bem elaborada, com o puck sendo passado de jogador em jogador, envolvendo a defesa dos Senators para um gol de Clarke MacArthur! Belo gol dos Leafs que estavam melhor que os Senators, até que aos 11m20s Colin Greening recebeu um belo passe de Rundblad, entre Phaneuf e Schenn, e partiu sozinho para cima de Gustavsson, que não conseguiu defender o chute que bateu na trave e foi para dentro do gol dos Leafs, empatando a partida.

Os times voltaram para o segundo período e os Leafs ficaram durante os 20 minutos, totalmente perdidos, deixando as melhores jogadas para os Senators, até que, aos 07m59s, Chris Neil marca o único gol do período, deixando o time da casa à frente!

Veio então o terceiro período e os Leafs tentaram acordar, mas numa jogada em que Matthew Lombardi, visivelmente cansado, perdeu o puck na zona neutra, Kaspars Daugavins, aos 07m08s, chutou de longe e Gustavsson não conseguiu defender o puck que entrou no canto do gol, entre ele e a trave! Os Leafs estavam mais combativos e partiram pra cima dos Senators, tentando diminuir a diferença e, novamente ele, Clarke MacArthur, marcou o segundo gol dos Leafs aos 09m07s. Até o final da partida os Leafs tentaram empatar, mas os Senators e seu goleiro Robin Lehner, deram sorte em diversas oportunidades e o puck não entrou!

Mais uma vez chamo a atenção para o Monster, que teve mais uma bela partida e defendeu o gol dos Leafs de várias tentativas do time de Ottawa!

Go Leafs Go!!!

01/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

domingo, 02 janeiro 2011 4 comentários

Nada como uma mudança em Toronto … mesmo que seja a mudança de 2010 para 2011. No primeiro dia do ano os Leafs foram à Ottawa tentando recuperar espaço na corrida aos playoffs, afinal nem chegamos à metade da temporada!

Neste primeiro jogo do ano, os Leafs escalaram James Reimer para o gol. O primeiro jogo dele na NHL e ele não decepcionou!

Reimer foi avisado por Ron Wilson que seria o goleiro para a partida contra os Senators dois dias antes, para se preparar. Sendo assim, Reimer trouxe a esposa de Vancouver, e o Pai e irmã também estavam presentes. Ron Wilson disse que não anunciou antes pois não queria a imprensa de Toronto sobre o jogador, o que poderia deixá-lo nervoso, ou ansioso com a pressão da mídia.

O Toronto começou arrasador e ao final do primeiro período já estava com o placar de 3 a 0 com gols de Clarke MacArthur (1m57s) e dois de Tyler Bozak (12m24s e 15m21s).

Logo no início do segundo período, os Leafs já aumentaram a vantagem para 5 a 0 com gols de Darryl Boyce (3m18s) e Luke Schenn (5m46s). Foi o primeiro gol de Boyce na NHL, que jogou os últimos 2 jogos pelos Leafs e marcou 2 pontos, 1 assistência e 1 gol.

Ainda no segundo período, Sergei Gonchar marcou o único gol dos Senators, após Mike Komisarek e François Beauchemin cometerem penalidades e deixarem os Leafs em desvantagem numérica com 2 jogadores a menos.

Komisarek e Beachemin devem o shutout a Reimer, que, sem essas penalidades teria ganho o seu primeiro jogo na NHL, sem tomar nenhum gol!

Durante o terceiro período, o mais emocionante foi uma briga entre Colton Orr e Chris Neil, onde Orr levou a melhor.

Bom … foi um primeiro jogo muito bom e o primeiro passo dado no ano!! Ainda mais com uma vitória sobre os Senators!!!!

Vamos continuar com esse pique e energia neste ano de 2011!

GO Leafs GO!!!!

 

%d blogueiros gostam disto: