Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Mason Raymond’

17/12/2013 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 20 dezembro 2013 Deixe um comentário

Após uma série de jogos difíceis, contra os últimos campeões da Stanley Cup, os Leafs voltaram ao Air Canada Centre para receber a visita do Florida Panthers, time que começou mal a temporada, mas com uma mudança de técnico, parece ter acordado e vinha de três vitórias seguidas.20131217_Panthers@Leafs_Banner

David Clarkson voltou ao elenco neste jogo, após cumprir dois jogos de suspensão.

Os Leafs não jogaram bem os dois primeiros períodos, vindos de um jogo na noite anterior em Pittsburgh, enquanto os Panthers estavam descansados. O time visitante se aproveitou disso e abriu o placar aos 03m29s num contra-ataque onde os Leafs venceram o faceoff, mas tiveram um passe interceptado o que permitiu a Tomas Fleischmann abrir o placar contra James Reimer.

20131217_Panthers@Leafs_ScoreEm suas tentativas os Leafs não conseguiam vencer o goleiro Scott Clemmensen, que inclusive já jogou pelos Leafs.

No segundo período, os Panthers marcaram novamente aos 05m54s com Sean Bergenhein e aos 16m50s com Brad Boyes. Os Leafs mantinham seu jogo “cansado” e sem usar muito o jogo físico, uma de suas características.

Somente no terceiro período parece que os Leafs chegaram para o jogo e realmente impuseram uma pressão sobre os Panthers, que resultou num gol de Mason Raymond aos 03m43s, numa tentativa dos Leafs de reagir. Entretanto, apesar dos esforços, os Panthers conseguiram segurar o placar, frustrando os Leafs, que jogaram pela terceira vez em quatro dias.

Os Leafs perderam 5 dos últimos 6 jogos e necessitam melhorar, inclusive para o NHL Winter Classic, a ser jogado em primeiro de janeiro. Jogo festivo e muito aguardado, mas que vale como um jogo normal da temporada e que precisa ser enfrentado com seriedade e muita raça.

Os Leafs voltam ao gelo na quinta-feira, contra o Phoenix Coyotes, no Air Canada Centre.

Vamos ver se o descanso de um dia, ajuda os jogadores a acordar e jogar como jogamos contra o Chicago Blackhawks!

Go Leafs Go

Anúncios

07/12/2013 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

domingo, 08 dezembro 2013 Deixe um comentário

Mais uma batalha de Ontario aguardava pelos Leafs, desta vez em Ottawa. Essa rivalidade é muito grande pois são os dois times profissionais da província e sempre é bom vencer esta batalha!!20131207_Leafs@Sens_Banner

Os Leafs começaram melhor e aos 01m37s, num powerplay, os Leafs abrem o placar com James Van Riemsdyk. Aos 09m44s foi a vez de os Senators empatarem, também se aproveitando de um powerplay, com Clarke MacArthur, ex-Leafs.

20131207_Leafs@Sens_ScoreMais uma vez, os Leafs chutaram menos a gol que os Senators, entretanto o segundo período foi dos Leafs com gols de Phil Kessel aos 03m05s e de Jake Gardiner, aos 11m37s. Com 3 a 1 no placar, os Leafs tinham a tão sonhada liderança para garantir a vitória no tempo regular, mas essa não era a ideia dos Senators.

No terceiro período, os Senators voltaram com vontade de mudar a história do jogo, em frente e com o apoio de sua torcida, apesar de haver muitos torcedores dos Leafs em Ottawa. Infelizmente os Leafs tiveram aquele período em que continuaram cedendo muitos chutes a gol!! Erik Condra se aproveitou das chances de gol e diminuiu logo aos 02m23s, deixando a partida com diferença de apenas um gol. Os Senators continuaram pressionando e acabaram conseguindo o gol de empate aos 10m30s, marcado por Erik Karlsson em powerplay. No finalzinho, Carl Gunnarsson ainda teve uma chance de dar a vitória aos Leafs, mas após receber um belo passe de Nazem Kadri, não conseguiu chutar ao gol, sendo impedido pelo defensor dos Senators. Gunnarsson é um dos jogadores que eu não consigo ver valor. Sempre dá passes errados, não tem velocidade, não joga tão físico, não nos dá confiança, não marca gols … Eu realmente não sei o que ele faz na defesa dos Leafs. Com o empate, veio a prorrogação e ambas equipes estiveram muito próximas da vitória, com ótimas chances, mas sem sucesso em convertê-las em gols. A decisão do jogo veio nos pênaltis.

James Reimer recebeu 50 chutes à gol, contra 31 dados pelos Leafs em Craig Anderson e eles ainda enfrentariam os pênaltis. O primeiro a chutar foi o capitão dos Senators, Jason Spezza, que tentou alterar a velocidade de patinação e aguardar por algum movimento de Reimer, que se manteve no controle e defendeu o chute. Pelos Leafs, foi James Van Riemsdyk que executou um belo movimento e marcou o primeiro dos Leafs em Craig Anderson. Para tentar empatar, os Senators escalaram Milan Michalek, que também teve sua tentativa frustrada pela defesa de James Reimer. Bastava agora Mason Raymond converter sua tentativa e os Leafs sairiam com a vitória, e foi o que aconteceu, Raymond conseguiu vencer Craig Anderson e encerrou com a partida.

Mais uma vitória suada dos Leafs, que apesar de ceder muitos chutes à gol, acaba encontrando um jeito de vencer a partida. Graças às ótimas atuações de seus goleiros, James Reimer e Jonathan Bernier.

Dentro de minutos vai começar o jogo contra os Bruins em Toronto!!!
Vamo que vamo!!

Go Leafs Go!!!!

03/12/2013 – San Jose Sharks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 04 dezembro 2013 Deixe um comentário

Novembro não foi um bom mês para os Leafs, que terminaram o mês perdendo 4 jogos em seqüência. O primeiro jogo de dezembro não seria fácil, os Sharks estavam visitando Toronto e vindo de cinco vitórias seguidas, embalados.20131203_Sharks@Leafs_Banner

Os Leafs acabaram cedendo o gol de abertura para os Sharks após o chute de Jason Demers ser desviado por Mike Brown, sim, o mesmo Mike Brown que jogou em Toronto a algumas temporadas atrás. Brown abriu o placar exatamente aos 10m do primeiro período. Demers também acabou sendo o fator principal para o segundo gol dos Sharks, marcado por Joe Thornton em um powerplay, em 5 contra 3, num chute que desviou em Morgan Rielly, aos 14m31s, após Jay McClement cometer um hooking (enganchar) Demers e Mason Raymond também cometer uma penalidade. James Reimer defendeu 11 dos 13 chutes que recebeu e Anti Niemi apenas recebeu 5 chutes a gol, o que em parte explica o placar!

20131203_Sharks@Leafs_ScoreNo segundo período os Leafs voltaram com muita energia e vontade de virar a partida. Logo aos 02m44s, Mason Raymond faz bela jogada, recebendo um passe de Morgan Rielly na zona neutra e parte junto com David Clarkson em dois contra um e marca o primeiro gol dos Leafs. Os Leafs jogavam melhor que os Sharks e acabaram empatando a partida numa jogada em que, durante um powerplay, James Van Riemsdyk recebe o puck ao lado do gol de Niemi e faz um movimento onde chutou o puck com o taco por entre as pernas, Niemi defendeu e deu rebote, aproveitado por Tyler Bozak, que passou para Phil Kessel marcar aos 09m47s. Este foi logo de número 200 na carreira de Kessel na NHL! Após este gol, as equipes passaram a equilibrar o jogo, mas aos 16m, com a quarta linha dos Leafs cansada, sem conseguir dominar o puck e proporcionar um bom momento para a troca, os Sharks acabaram marcando o gol da vitória, com Brad Stuart.

O terceiro período foi disputado, mas os Leafs não conseguiram chegar ao gol de empate. Faltando apenas 01m24s, com os Leafs sem James Reimer, com um atacante a mais no gelo, ao tentar enviar o puck ao ataque, o passe foi interceptado e por Tommy Wingels, que passou para Logan Couture marcar num gol vazio. Foi o golpe final da partida.

Durante a partida, após o gol de Kessel, os Leafs perderam Tyler Bozak com uma possível contusão. Bozak não retornou para a partida e deve ser analisado hoje sobre a sua contusão. Os Leafs já estão sem Lupul, Bolland e Franson.

A próxima partida dos Leafs será na quinta-feira em Toronto, contra o Dallas Stars!

Temos que continuar lutando pelo puck e buscando as necessárias vitórias. Sei que ainda tem muita temporada pela frente, mas não podemos ter um escorregão de perder muitos jogos pois isso pode nos custar a vaga nos playoffs ao final da temporada. Além disso, em menos de um mês teremos o nosso primeiro Winter Classic e seria muito bom vencermos os Red Wings no Big House em Michigan. Tomara que Bolland possa se recuperar para jogar o Winter Classic!

Go Leafs Go!!!

30/11/2013 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

terça-feira, 03 dezembro 2013 Deixe um comentário

Com a seqüência de derrotas os Leafs necessitam voltar a vencer e enfrentaram o seu rival de conferência, Montreal Canadiens, em pleno Bell Centre.

O Montreal vive um momento totalmente oposto aos Leafs e vem ganhando partidas seguidas.20131130_Leafs@Habs_Banner

O jogo começou com uma penalidade cometida por Carl Gunnarsson aos 20s de partida. Essa penalidade permitiu aos Habs abrir o placar aos 58s, com um gol de Max Pacioretty. Aos 16m13s foi a vez de PK Subban aumentar para o time da casa. Quando os Leafs conseguiam chegar ao ataque, eram parados pela defesa dos Canadiens, ou por Carey Price.

20131130_Leafs@Habs_ScoreCom 2 a 0 no placar, os Habs voltaram bem para o segundo período, e dobraram a vantagem com gols de Thomas Plekanec aos 15m05s e o segundo gol da noite de Max Pacioretty aos 17m22s, este enquanto os Habs estavam em desvantagem numérica. Na jogada, Pacioretty foi ao contra-ataque, sendo marcado por Gunnarsson, que não o impediu de desferir o chute. Poderia ter dado um tranco em Pacioretty, o que não permitiria o chute ao gol de Jonathan Bernier, mas acabou não se utilizando da jogada física. Com 4 a 0 no placar, parece que os Leafs tomaram um susto e acordaram para a partida. Em apenas 22s, marcamos dois gols. O primeiro foi de James Van Riemsdyk, aos 18m10s, num lance em que, quase sem ângulo e com Carey Price em posição de defesa, JVR demonstrou sua habilidade com o puck e deu um tiro certeiro, colocado, sobre o ombro de Price. O segundo gol foi de Mason Raymond, que aos 18m32s, se aproveitou de um rebote de Price e diminuiu a vantagem dos Habs sobre os Leafs.

Logo no início do terceiro período, Phil Kessel teve duas chances de diminuir e, na primeira, com o gol aberto, acabou acertando a trave de Price, mostrando que a sorte não estava ao nosso lado. O restante da partida viu os Leafs tentando reduzir a vantagem dos Canadiens, sem sucesso. O placar final ficou em Leafs 2 x Canadiens 4.

Pela vigésima terceira vez na temporada, com 27 jogos até agora, os Leafs permitiram que o adversário desse mais chutes a gol! Dessa vez a diferença foi pequena, apenas 3 chutes, mas Jogando assim fica muito difícil se manter vitorioso, já que exige muito de seus goleiros e demonstra que a defesa não consegue limpar a jogada dos times adversários, ainda mais quando o ataque não consegue produzir.

O próximo desafio será contra os Sharks, em casa, amanhã. Precisamos muito voltar a vencer e voltar a jogar como em Outubro! Novembro não foi um bom mês para os Leafs.

Será que Bolland está fazendo tanta falta assim aos Leafs!!?!?!?

Go Leafs Go

21/11/2013 – Nashville Predators @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 22 novembro 2013 2 comentários

Com o retorno de Nazem Kadri ao elenco, após o cumprimento de três jogos de suspensão, os Leafs receberam a visita do Nashville Predators. As equipes já haviam se enfrentado antes, em 10 de Outubro, com os Leafs vencendo por um placar de 4 a 0 em Nashville.20131121_Preds@Leafs_Banner

Peter Holland, o recém-chegado central, vindo do Anahein Ducks, marcou o seu primeiro gol pós Leafs e segundo gol da temporada aos 05m48s, chutando da marca do faceoff e vencendo o jovem goleiro dos Preds, Mazanec. Os Leafs jogaram bem o primeiro período e saíram com a liderança no placar. Bernier realizou belas defesas, importantes para dar ainda mais confiança à equipe.

20131121_Preds@Leafs_ScoreInfelizmente a equipe não voltou com a mesma gana para o segundo período e os Predators vieram para cima buscando uma reação que começou num powerplay concedido por um “taco alto” (high sticking) de Mason Raymond. Seth Jones, o calouro dos Preds, marcou durante o powerplay, aos 02m01s, chutando da linha azul e tendo o puck desviado pelo taco de Jay McClement, tirando Jonathan Bernier da jogada. Com o jogo empatado, os Predators mantiveram a pressão e chegaram à virada num gol de Matt Cullen aos 11m14s. O período ainda veria os Leafs ficarem mais para trás no placar com mais um gol em powerplay (vantagem numérica), marcado por Craig Smith aos 16m25s. O que parecia ser um jogo sob controle passou a ser um pesadelo para os Leafs.

Logo aos 04m32s do terceiro período, Craig Smith marcou seu segundo gol da noite, tornando uma reação dos Leafs ainda mais difícil. Os Leafs melhoraram, mas acabaram parados pelo goleiro dos Predators, Marek Mazanec. Somente aos 15m28s Nazem Kadri conseguiu vencer Mazanec, mas já era tarde demais e, mesmo com os Leafs sem goleiro, em Empty Net, não houve mais gols na partida, nem mesmo dos Predators que, por algumas vezes, chutaram no gol vazio, e erraram!
Ao final, os Leafs realmente não fizeram por merecer e a derrota foi merecida.

O próximo jogo é no sábado, contra os Washington Capitals no Air Canada Centre.

Vamos sacudir a poeira, ou o gelo, e puck pra frente!!

Go Leafs Go!!!

19/11/2013 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 21 novembro 2013 Deixe um comentário

Os Islanders foram a Toronto enfrentar os Leafs que vinham de uma vitória em casa contra o Buffalo Sabres.20131119_Isles@Leafs_Banner

Com Jonathan Bernier no gol, os Leafs tiveram uma ótima noite e saíram do Air Canada Centre com mais uma vitória.

Sem dar qualquer chance para os Islanders respirarem e entrarem no jogo, logo aos 22s de partida, os Leafs foram ao ataque com Joffrey Lupul conduzindo o puck e indo para trás do gol. Lupul passou o puck para trás, em frente ao gol dos Islanders e Trevor Smith estava por lá aguardando o presente e abrindo o placar para os Leafs. No restante do primeiro período não houve alteração do placar e Bernier, mais uma vez, se mostrou muito sólido, fechando o gol dos Leafs.

20131119_Isles@Leafs_ScoreNo segundo período, os Leafs ampliaram o placar com um belíssimo gol de Phil Kessel, que havia ficado de fora do treino de segunda-feira, descansando com sintomas de gripe. Kessel dominou o puck e efetuou um belo disparo, marcando o segundo gol dos Leafs aos 11m19s. No final do período, faltando apenas 12s, Cody Franson tenta um chute à gol da linha azul, mas seu chute é bloqueado por Cizikas, que partiu sozinho contra Bernier e marcou o primeiro do time de Nova Iorque.

O jogo ficou mais disputado no terceiro período, com os Islanders ganhando novo fôlego após o gol. Mason Raymond marcou o terceiro dos Leafs aos 03m39s, após uma bela jogada de Jay McClement. McClement recebeu um passe de Raymond, que desviou no taco do defensor dos Islanders, deixando-o cara a cara com o goleiro. Na sua tentativa de marcar, o puck foi defendido, mas Mason Raymond acompanhou a jogada e se posicionou muito bem, aproveitando o rebote. Aos 12m52s, David Clarkson marcou o seu primeiro gol pelos Leafs, tirando um enorme peso de cobranças sobre seu ombro! Muitos comentaristas e torcedores estavam duvidando de suas capacidades após ficar 10 partidas sem marcar um gol sequer. Frans Nielsen ainda diminuiu para os Islanders aos 15m14s, mas não havia mais espaço para reações e Phil Kessel ainda marcou o seu segundo gol da noite aos 17m17s, fechando o placar em 5 a 2 para os Leafs.

Neste jogo, Joffrey Lupul e Trevor Smith marcaram 3 pontos cada! Ótima performance!!!

Hoje receberemos a visita dos Predators e vamos atrás da terceira vitória seguida em casa!

Go Leafs Go!!!

16/11/2013 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

domingo, 17 novembro 2013 Deixe um comentário

Nada como jogar em casa, com a energia da torcida, para colocar o time de volta na coluna de vitórias. Após 24 horas do confronto com os Sabres em Buffalo, chegou a hora de o time ser anfitrião dos Sabres em pleno Air Canada Centre.

20131116_Sabres@Leafs_BannerOs times, que jogaram na noite anterior, voltaram ao gelo com os goleiros, Jonas Enroth e James Reimer.

Os Leafs dominaram o primeiro período e parecia que os Sabres não estavam com energia suficiente para enfrentar os Leafs. Os Leafs deram 10 chutes à gol, contra apenas 6 dos Sabres. Tudo isso deu aos Leafs a liderança por um placar de 2 a 0, com ambos os gols marcados por James Van Riemsdyk, que retornou para a ala após 5 jogos como central. JVR se colocou em frente à Jonas Enroth nos dois gols e conseguiu desviar o puck para o gol. Os gols, marcados aos 05m45s e 13m35s (powerplay), deram aos Leafs tranquilidade, afinal a equipe não vencia perdidas a três jogos!

20131116_Sabres@Leafs_ScoreO segundo período viu os Sabres voltarem para o jogo e enfrentarem os Leafs de igual para igual, dando mais trabalho a James Reimer. Para nossa sorte, foi Nikolai Kulemin que ampliou a nossa vantagem no placar com um belo gol aos 11m49s.

Tudo parecia que terminaria sem maiores preocupações para os Leafs, quando, no terceiro período, os Sabres resolveram que era hora de acordar. Aos 02m15s, Jamie McBain marcou o primeiro para o time de Buffalo. Isso motivou a equipe e, aos 06m11s, Tyler Ennis deixou a vantagem dos Leafs em apenas um gol, marcando em powerplay. Os Leafs finalmente conseguiram segurar a investida dos Sabres e levaram o jogo até os minutos finais, quando Ville Leino cometeu uma penalidade e foi para o banco de penalidades com pouco menos de 3 minutos por jogar. Com o presente dado por Ville Leino, os Leafs conseguiram marcar no powerplay com Mason Raymond aos 18m56s, fechando o placar.

Foi um bom jogo para os Leafs, que necessitam trabalhar melhor na defesa.

Este jogo foi a estréia de Peter Holland na equipe, jogando entre Kessel e JVR. David Clarkson e Matt Moulson travaram uma batalha no gelo. Mark Fraser jogou apenas alguns minutos no primeiro período e deixou o gelo, não retornando alegando uma contusão não muito grave.

O próximo desafio dos Leafs serão New York Islanders na terça-feira, no Air Canada Centre.

GO Leafs GO.

 

 

%d blogueiros gostam disto: