Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘Rookie’ Category

Escolhas dos Leafs no Draft da NHL 2017

segunda-feira, 26 junho 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs adicionou talentos ao seu grupo de jovens jogadores na sexta-feira e sábado, durante o Draft da NHL 2017 na cidade de Chicago, adicionando habilidade e capacidade a cada posição, selecionando sete jogadores.

A primeira escolha foi a de número 17 na primeira rodada, e o Assistente do Gerente Geral e Diretor de jogadores, Mark Hunter subiu ao púlpito e anunciou a seleção do defensor sueco Timothy Liljegren. O jogador de 18 anos, nativo de Kristianstad, na Suécia, marcou um gol e quatro assistências pelos Rögle BK da Liga Sueca na última temporada. Ele sofreu uma crise de mononucleose que limitou seu tempo de jogo, mas jogou muito bem antes disso graças à sua habilidade de mover o puck e sua criatividade no gelo. Liljegren, que tem um estilo de jogo muito parecido com seu conterrâneo Erik Karlsson, disse que espera jogar a temporada 2017-18 na Suécia, mas que almeja disputar uma vaga na NHL na temporada seguinte.

Os Leafs continuaram suas escolhas no sábado, e sua primeira escolha da manhã foi feita na segunda rodada, escolha geral número 59, que pertencia ao Ottawa e foi conseguida na troca envolvendo Dion Phaneuf em 2016 – a escolha original dos Leafs foi repassada ao Tampa Bay na troca que trouxe Brian Boyle para Toronto. A escolha foi usada para selecionar o defensor finlandês, Eemeli Rasanen, que marcou seis gols e 39 pontos pelos Kingston Frontenacs da Ontario Hockey League – OHL na temporada 2016-17. Rasanen, um defensor alto, terá sua altura como benefício, mas ainda precisa melhorar alguns aspectos de seu jogo antes de competir numa posição nos Leafs.

Toronto não tiveram uma escolha de terceira rodada – resultado da negociação que trouxe Mike Babcock ao time – mas eles tiveram duas escolhas na quarta rodada. A primeira foi a de número geral 110, onde selecionaram o goleiro da Western Hockey League, Ian Scott, de 18 anos, que jogou pelos Prince Albert Raiders nas últimas duas temporadas. A segunda, 124 no geral, que foi adquirida dos Penguins na negociação envolvendo Frank Corrado dui usada para selecionar o ala russo Vladislav Kara, de 19 anos, que dividiu sua temporada passada entre o Bars Kazan e Irbis Kazan na Russia, marcando 14 gols e 28 pontos em 65 jogos.

Na quinta rodada, escolha geral 141, os Leafs selecionaram outro defensor corpulento e nativo de Toronto, Fedor Gordeev, que jogou na Ontario Hockey League, defendendo os Flint Firebirds e marcando 3 gols e 13 pontos em 62 jogos na temporada passada. 

Na sexta rodada, escolha geral 172, os Leafs escolheram o central Ryan McGregor dos Sarnia Sting da Ontario Hockey League. Ryan, nativo de Burlington, Ontario, marcou 14 gols e 27 pontos em 65 jogos em sua segunda temporada na OHL.

E com sua última escolha, número geral 203, os Leafs selecionaram o defensor Ryan O’Connell, que jogou as últimas duas temporadas pelo St. Andrew’s College na Ontario’s CISAA (Conference of Independent Schools Athletic Association).

A conclusão que tiramos é que ao final do Draft, Toronto selecionou jogadores com um bom tamanho, mas mais importante que isso, com habilidades e espaço para se desenvolverem  e verem deus jogos crescerem em ligas de desenvolvimento como a AHL, sem pressão por contribuir à equipe da NHL já neste momento.

Sejam bem vindos ao Toronto Maple Leafs!! Que suas habilidades e características te façam chegar à NHL e levar os Leafs à tão aguardada Stanley Cup! 

Anúncios

O Calder Trophy foi para Auston Matthews

quinta-feira, 22 junho 2017 Deixe um comentário

Na noite de ontem, quando a NHL realizou o Expansion Draft, onde o Vegas Golden Knights, mais nova equipe da NHL realizou a escolha de um jogador de cada outro dos 30 times da NHL, para montar sua equipe, também tivemos a entrega de todos os prêmios para os melhores jogadores, técnico e general manager da temporada.

Auston Matthews, jogador de 19 anos que foi a primeira escolha geral dos Leafs no Draft de 2016 acabou como o vencedor do Calder Trophy, troféu dado ao melhor novato na temporada, ou melhor jogador em sua primeira temporada na liga. Sua vitória foi avassaladora com 164 votos para que ele fosse o primeiro colocado, contra apenas 3 de Patrick Laine, o novato que foi a segunda escolha geral de 2016, selecionado pelo Winnipeg Jets. 

Matthews venceu Laine e também Zach Werenski, defensor do Columbus Blue Jackets e sua vitória foi merecida. O jogador dos Leafs marcou 40 gols em sua temporada de estreia, além de 29 assistências. Os 40 gols o deixaram empatado com Nikita Kucherov, em segundo lugar na liga, com apenas Sidney Crosby marcando mais gols, 44. 

Foi a primeira vez desde 1966 que os Leafs tiveram um novato do ano! Será que isso é um sinal de que a Stanley Cup está mais perto? Já que a última vez que os Leafs venceram foi em 1967?!? 

Outro jogador dos Leafs que merece menção é William Nylander, que ficou com a quinta colocação! Parabéns a Nylander que também teve uma temporada fantástica! 

Toda a Leafs Nation está muito entusiasmada com todos os jovens jogadores da equipe, assim como com a direção em que a equipe está caminhando!

Parabéns Auston Matthews!! Que sua carreira te traga ainda muitos mais prêmios e que você seja um dos próximos Leafs a levantar a Stanley Cup! 

Jogos dos Leafs de 15/10/2016 a 24/10/2016

terça-feira, 25 outubro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs abriram a temporada com uma derrota nos pênaltis (shootout) para os Senators, fora de casa, mas a equipe mostrou que os novatos estão com muita vontade de mostrar valor e Auston Matthews, primeira escolha geral do Craft deste ano, já começou marcando 4 gols, em sua primeira partida na NHL.

Nos jogos que se seguiram, os Leafs conseguiram os seguintes placares:

  • Boston Bruins 1 @ Toronto Maple Leafs 4 (Home Opener)
  • Toronto Maple Leafs 4 @ Winnipeg Jets 5 (na prorrogação)
  • Toronto Maple Leafs 2 @ Minnesota Wild 3
  • Toronto Maple Leafs 4 @ Chicago Blackhawks 5 (shootout)

Os Leafs ainda são um time novo, com muitos jogadores novatos, sem muita experiência, que estão jogando bem, mas não têm conseguido segurar vantagens que conseguem no placar. Contra o Winnipeg, os Leafs chegaram a abrir 4 a 0 no placar e, ao final perderam o jogo na prorrogação. Contra o Minnesota, também não  conseguiram vencer e, contra os Blackhawks, venciam por 4 a 2, mas deixaram empatar a partida, o que levou a decisão para os pênaltis, onde Mitch Marber não conseguiu vencer Scott Darling.

Não posso dizer que estou feliz com a performance e resultados da equipe, mas analisando os Leafs, podemos ficar tranquilos, por enquanto. O time possui 1 vitória, 1 derrota e 4 derrotas na prorrogação ou shootout, o que nos dá 6 pontos na tabela após seis jogos. 

Temos que nos lembrar que somos uma equipe que está sendo reconstruída e, portanto, passa por períodos de instabilidade, mas o futuro é muito promissor! Mike Babcock vai atuar e corrigir esses erros que estamos encontrando no início da temporada e podemos até chegar aos playoffs já esse ano! 

Vamos confiar na equipe e torcer para que esses erros sejam corrigidos o quanto antes e que vejamos nossos Leafs vencendo e convencendo!

Go Leafs Goooo

12/10/2016 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators – Season Opener

quinta-feira, 13 outubro 2016 Deixe um comentário

Desde a temporada passada, quando o Toronto Maple Leafs foi o pior time da liga, muita coisa mudou na equipe e hoje temos um grupo de jovens e promissores jogadores buscando experiência e rápido desenvolvimento na NHL. E finalmente chegou a temporada 2016-17, para dar a eles a oportunidade tão esperada.

O jogo de abertura da temporada foi justamente uma Batalha de Ontario, na casa do Ottawa Senators. Havia muita expectativa no ar pois Auston Matthews, a escolha geral do draft da NHL de 2016, faria sua estreia na liga. Junto a ele estariam Mitch Marner, Zach Hyman, Nikita Zaitsev, Connor Carrick, Connor Brown, além do goleiro Frederik Andersen que faria seu primeiro jogo defendendo os Leafs.

A partida começou bem com ótimas chances para os Leafs quando, inesperadamente, quem abriu o placar foi Auston Matthews, em seu primeiro chute à gol, após receber um passe de Zach Hyman, que circulou por trás do gol e entregou o puck para Matthews chutar aos 08m21s do primeiro período. Para jogar água gelada nos Leafs, os Senators marcaram com Bobby Ryan aos 10m26s, após Frederik Andersen não conseguir segurar o puck e dar um rebite que caiu bem em frente ao taco de Ryan, e com Erik Karlsson, que chutou de longe e teve o disco desviado por um jogador dos Leafs, tirando o goleiro de Toronto da jogada, aos 12m49s. Para acalmar a torcida dos Leafs, Auston Matthews aos 14m18s, fez uma jogada que vai ficar pra sempre na memória dos torcedores dos Leafs. No centro do gelo ele recebeu o puck, protegeu, driblou três jogadores dos Senators e partiu ao ataque, vencendo Erik Karlsson e disparando no cantinho de Craig Anderson, empatando a partida.

No início do segundo período, Matthews faz o inimaginável, marcou o terceiro gol dos Leafs aos 01m25s, recebendo um passe de Morgan Rielly. Foi o primeiro hat-trick de Matthews na NHL, marcado após três chutes a gol! Apesar de Matthews estar mostrando porque foi a primeira escolha do draft, a defesa dos Leafs estava muito mal na partida e aos 17m52s, Derrick Brassard parte na velocidade, vencendo Martin Marincin e dispara em Frederik Andersen que acabou por aceitar, deixando o puck entrar no canto do Go foi a segunda falha de Andersen em chutes que eram defensáveis. Ainda no segundo período, Matthews marcou seu quarto gol da noite de estreia, aos 19m57s, numa bela jogada onde William Nylander deu um passe primoroso e Matthews empurrou pras redes de Ottawa. Nunca um jogador estreante na liga marcou 4 gols na partida de estreia. 

Veio o terceiro período e os Leafs não conseguiram segurar o placar. Infelizmente os jogadores mais experientes não conseguiram ajudar Matthews no placar e, aos 06m45s, Kyle Turris marcou o gol de empate, numa falha da defesa dos Leafs. 

A partida acabou sendo decidida na prorrogação, quando Kyke Turris novamente marcou para os Senators, após se livrar da marcação de Auston Matthews. 

Foi uma vitória dos Senators, numa noite estelar para Auston Matthews, onde a defesa dos Leafs mostrou toda a sua fraqueza e o goleiro de Toronto também não conseguiu a performance esperada. De qualquer forma, ganhamos um ponto e já temos a certeza que Matthews valeu toda a esperança que depositamos nele.

Aos outros jogadores dos Leafs, que saibam que ficaram devendo nesta partida e esperamos que a equipe seja colocada nos eixos por Mike Babcock. Sabemos que ele tem conhecimento e experiência para fazer todos contribuírem. Adicionalmente deixo uma pergunta: será que a experiência de Brooks Laich fez falta? Só o tempo vai dizer.

Go Leafs Goooooo

Morgan Rielly permanecerá nos Leafs. Josh Leivo volta para os Marlies.

quinta-feira, 24 outubro 2013 Deixe um comentário

Hoje o técnico dos Leafs, Randy Carlyle, anunciou que Morgan Rielly, o defensor dos Leafs de 19 anos que estreou na NHL nesta temporada, vai permanecer no time mesmo após o limite máximo de 10 jogos. Por regra, jogadores com 18 ou 19 anos e que joguem na NHL, se permanecerem na liga por mais de 10 jogos, já iniciam a contagem de anos de seus contratos de entrada na liga e, conseguem chegar a ser UFA, Unrestricted Free Agent, ou Agente Livre Irrestrito, antes dos 27 anos!

Rielly agora deve procurar um apartamento para morar e, se possível, encontrar um parceiro de equipe para dividí-lo. Essa prática é muito comum e jogadores mais experientes costumam passar suas experiências para os mais novos. Como um exemplo, Sidney Crosby dividiu apartamento com Mario Lemieux e Cody Franson com Shea Weber.

Outra notícia dada hoje foi o retorno do Josh Leivo, um novato que demonstrou muito valor no training camp e jogou seis jogos pelos Leafs, ao Toronto Marlies da AHL. Leivo deixa a equipe para dar espaço a David Clarkson, que estreará pelos Leafs no jogo de amanhã, contra o Columbus Blue Jackets.

Seja mais que bem-vindo Morgan Rielly e, obrigado, por enquanto Josh Leivo, você, com certeza voltará à equipe principal!!!

19/10/2011 – Winnipeg Jets @Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 20 outubro 2011 3 comentários

Toronto teve hoje a visita dos Jets! Não … você não está em um post antigo (pelo que tenho de informação o último jogo dos Leafs contra os Jets em Toronto foi em 13 de Março de 1996 um empate em 3 a 3) … é realmente a volta do Winnipeg Jets (ex Atlanta Thrashers)! O jogo traz muitas lembranças em todas as cidades por onde o time passar, pela grande história que os Jets tiveram, antes de serem vendidos e se tornarem o Phoenix Coyotes!

Bom … vamos ao jogo em si!

O jogo foi bem disputado no primeiro período que viu os Leafs dando 6 chutes à gol de Ondrej Pavelec, enquanto os Jets, visitantes, chutaram 9 vezes ao gol de James Reimer! Quem abre o placar é Tobias Enstrom, aos 9m49s aproveitando-se de um powerplay onde Luke Schenn foi penalizado por enganchar (hooking) o jogador adversário. Os Leafs continuaram a criar chances e, aos 8m39s, Joffrey Lupul empata a partida num belo passe de Phil Kessel! O interessante deste gol é que o puck foi direto na câmera dentro do gol, deixando-a toda estilhaçada. A partida ficou uns 5 minutos parada, aguardando a substituição da câmera … Imagina o que os goleiros passam ao defender os pucks! O resto do período manteve-se disputado, mas nada alterou o placar!

No segundo período, os Jets voltaram voando baixo … parecia que os Leafs não tinham velocidade, ou que os Jets estavam sempre em vantagem numérica (powerplay), pois o puck estava sempre sendo controlado pelo time de Winnipeg. Apenas com 2m27s do segundo período, Nik Antropov efetua um passe que foi dado no limite da linha azul, com o jogador com a lâmina dos patins sobre a linha azul. Quem marcou o gol após este passe foi Alexander Burmistrov, vencendo Reimer. Neste período Mike Komisarek se perdeu e cometeu duas penalidades seguidas, aos 3m13s (interference) e aos 6m48s (hooking), quando os Jets, com Dustyn Byfuglien conseguiu encontrar o rookie (novato) Mark Scheifele, sozinho ao lado do gol dos Leafs, aos 7m53s. Mark marcou o terceiro gol dos Jets e seu primeiro na NHL. Depois do terceiro gol dos Jets, o jogo ficou eletrizante … numa velocidade e intensidade impressionante com ambas equipes disputando muito o puck e com os goleiros parando vários chutes!

O terceiro período continuou o jogo de lado a outro do gelo e muito disputado, mas com os Leafs buscando diminuir a diferença de 2 gols imposta pelos Jets. Aos 7m28s, enquanto Zach Bogosian estava fora do gelo por interference, Joffrey Lupul marca o segundo gol dos Leafs quando seu chute à gol é desviado pelo stick de Tobias Enstrom e engana Ondrej Pavelec por entre as pernas! Logo após o gol, Derek Meech vai para o penalty box por tripping e desta vez é novamente Phil Kessel quem marca para os Leafs aos 7m55s, recebendo um belo passe de Dion Phaneuf e chutando de um ângulo muito fechado, mas vencendo o goleiro dos Jets. Os Leafs conseguiram empatar a partida! Até o final do terceiro período houveram várias chances para os dois lados, inclusive com um powerplay para os Jets, quando Kessel foi penalizado por slashing, mas ninguém conseguiu finalizar e marcar o gol da vitória.

Veio a prorrogação e os Leafs tiveram as melhores chances pressionando o time dos Jets. Somente no último minuto da prorrogação é que os Jets foram ao ataque e Reimer fez boas defesas defendendo os Leafs e o placar empatado em 3 a 3, levando a partida aos penaltis (shootout). Quanta emoção na prorrogação!

Pelos Leafs os cobradores seriam Kessel, Lupul e, inesperadamente, o novato (rookie) Matt Frattin. Kessel iniciou a série e acabou chutando em Ondrej Pavelec. Kyle Welwood, ex-jogador dos Leafs e dos Canucks, foi para a tentativa e apesar de um ótimo chute, Reimer defendeu com a sua luva! Nova chance para os Leafs com Lupul que “congela” Pavelec e marca o primeiro dos Leafs. Pelos Jets o próximo foi Alexander Burmistrov que viu sua tentativa ser parada por Reimer! Chegou então a vez de Matt Frattin! O novato partiu muito confiante e, com um belo chute no canto direito de Pavelec, marcou mais um pros Leafs, finalizando o shootout!

Quero aqui deixar os meus parabéns aos Leafs que estão se mostrando um time que não se entrega, que apesar de estar perdendo, vai atrás e consegue se recuperar. Também quero parabenizar Phil Kessel e seu início de temporada espetacular, só no jogo de hoje ele marcou 3 pontos (1 gol e 2 assistências)!  Parabéns também à Joffrey Lupul que jogou muito hoje e garantiu nossa vitória! E … o que dizer de Matt Frattin? O novato que está impressionando Ron Wilson e toda a Leafs Nation!! Ele é rápido, habilidoso com o puck, chuta bem e está demonstrando uma maturidade impressionante! Foi ao shootout e manteve-se calmo para marcar sobre os Jets, em sua primeira tentativa na NHL! Parece ser um jogador de futuro promissor nos Leafs!

E é isso aí … começamos a temporada colecionando 9 pontos em 10 disputados! Agora inicia-se um período de jogos fora de casa. Vamos ver como o time se comporta, já que todos os jogos até aqui foram com a torcida a nosso lado!!!

GOOOOO Leafs GOOOOOOOOO

Atualizado: Hoje à noite tem Batalha de Ontario na versão Rookies

terça-feira, 13 setembro 2011 1 comentário

Como último jogo dos Leafs no torneio de rookies, eles enfrentam os Ottawa Senators, numa Batalha de Ontario versão rookies.

Os Leafs venceram os outros dois jogos do torneio contra os Penguins e Blackhawks.

A lista de jogadores dos Leafs participando do torneio está abaixo:

Player (Number) Height Weight Position
Tyler Brenner -60 6’2 200 Forward
David Broll -88 6’1 225 Forward
Sam Carrick -70 6’0 188 Forward
Andrew Crescenzi -83 6’5 205 Forward
Jerry D’Amigo -71 5’11 213 Forward
Jamie Devane -67 6’5 220 Forward
Matt Frattin -39 6’0 200 Forward
Mitchell Heard -74 6’2 180 Forward
Josh Leivo -89 6’2 180 Forward
Greg McKegg -69 6’0 195 Forward
Kyle Neuber -76 6’2 215 Forward
Josh Nicholls -66 6’2 186 Forward
Sondre Olden -78 6’4 176 Forward
Brad Ross -65 6’0 175 Forward
Kenny Ryan -68 6’0 210 Forward
Player (Number) Height Weight Position
Jesse Blacker -49 6’1 190 Defence
Garrett Clarke -79 6’0 197 Defence
Dave Cowan -85 6’4 205 Defence
Jake Gardiner -51 6’2 193 Defence
Stuart Percy -75 6’1 186 Defence
Mike Schmidt -86 6’4 215 Defence
Matt Stanisz -77 6’1 200 Defence
Danny Urban -80 5’10 170 Defence
Player (Number) Height Weight Position
Mark Owuya -1 6’2 198 Goaltender
Garret Sparks -73 6’2 204 Goaltender

Mais tarde eu atualizo este post com o placar do jogo.

Vamos detonar os Senators!

GO Leafs GO

———————————————————————————————————————————————-

Bom … a notícia não é das melhores, mas conseguimos empatar um jogo que iniciamos perdendo por 2 a 0. Deixamos os Senators passarem à frente e, sometne no último minuto do terceiro período, Greg McKegg empatou, levando o jogo para a prorrogação.

O goleiro Mark Oduya jogou demais e evitou vários gols dos Senators, mas na prorrogação não conseguiu impedir o gol vitorioso dos Senators.

De qualquer forma foi um bom torneio e já conseguimos ver o desenvolvimento de alguns jogadores do nosso jovem elenco.

Um grande abraço a todos e o próximo post será apenas no próximo jogo dos Leafs, na pré-temporada.

GO Leafs GO

%d blogueiros gostam disto: