Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Jonathan Bernier’

26/03/2016 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 28 março 2016 Deixe um comentário

Finalizando uma sequência de seis jogos em casa o Toronto Maple Leafs recebeu o Boston Bruins, que não vencia a cinco jogos seguidos! Os Leafs vinham de três vitórias seguidas.

Com Jonathan Bernier no gol, os Leafs foram melhor no primeiro período e conseguiram se impor. Colin Greening fez uma ótima jogada e Ben Smith desviou, tirando o puck de Tuuka Rask aos 16m55s do primeiro período.

Infelizmente para o time da casa, após o intervalo, os Bruins colocaram seu jogo em ordem e viraram a mesa no segundo período, e também viraram o placar com gols de Patrice Bergeron aos 02m52s em powerplay e o capitão, Zdeno Chara aos 06m29s. Os Leafs simplesmente pareciam um time lento, rifando o puck a cada jogada. 

O último período foi mais parelho, mas ao final, com os Leafs já sem Bernier no gol (empty-net), Matt Beleskey fechou o placar. 

Realmente não foi um bom jogo pra os Leafs mas não podemos reclamar, já que dos seis jogos em casa, vencemos 4 e perdemos 2. Os jogadores novos estão se encontrando na NHL e marcando seus primeiros pontos e gols. 

Hoje jogamos em Tampa contra o Tampa Bay Lightning. 

Go Leafs Gooo

Anúncios

21/03/2016 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 22 março 2016 Deixe um comentário

Vindos de duas vitórias, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Calgary Flames, que havia vencido o Montreal Canadiens na noite anterior.

Jonathan Bernier estava de volta ao gol dos Leafs e realizou uma ótima partida. Pelos Flames, Jonas Hiller estava no gol.

Os Leafs mais uma vez dominaram o jogo, apesar de, por muitas vezes, não estarem à frente no número de chutes a gol. O placar foi aberto aos 11m27s do primeiro período, quando Jonas Hiller cometeu um erro atrás do gol e passou o puck para William Nylander, que encontrou PA Parenteau livre em frente ao gol.

O empate dos Flames só veio no segundo período e em um powerplay com vantagem de 5 contra 3, quando Matt Stajan marcou o gol chutando de um ângulo bem fechado e vencendo Bernier por sobre o ombro aos 10m25s. Zach Hyman acabou por desviar um chute de Nylander aos 14m26s, colocando os Leafs novamente à frente no placar. A liderança não durou muito, pois Joe Colborne disputava espaço na frente do gol de Bernier e um chute de Mark Giordano acabou batendo em seu corpo e acabou no fundo do gol, aos 17m32s.

A decisão ficou para o terceiro período e o jogador decisivo foi William Nylander que marcou o gol num chute à distância, aos 00m29s. Nylander marcou o gol da vitória e duas assistências nos gols anteriores na primeira partida com três pontos na NHL. Quando o jogo estava no final, com o Calgary Flames em empty-net, sem goleiro, os Leafs marcaram com Colin Greening aos 18m39s e Josh Leivo aos 19m33s. 

Segundo Mike Babcock, Nylander é um jogador muito inteligente e que está se adaptando bem à NHL, e mais importante que os gols e assistências foi o seu jogo defensivo. Nylander, segundo Babcock, é um jogador que sabe o que fazer e o que o técnico vai pedir à ele. Parabéns ao Nylander pelo jogo com três pontos! Com certeza será uma das estrelas dos Leafs por muitos anos! 

Go Leafs Gooooo

Go Nylander Goooo

17/03/2016 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 18 março 2016 Deixe um comentário

No dia de St. Patrick, o Florida Panthers visitou o Toronto Maple Leafs e saiu com a vitória, apesar de não ter jogado bem.

Os goleiros da partida foram Roberto Luongo, pelos Panthers e Jonathan Bernier, pelos Leafs. Bernier havia vencido os últimos dois jogos pela equipe de Toronto, o que o manteve no gol para essa partida. 

Quem voltava de contusão e teve uma ótima partida foi Jussi Jokinen, que marcou dois gols no segundo período, abrindo vantagem para sua equipe. Jokinen, que é finlandês, disse que não conhece muito o dia de St. Patrick, que não é comemorado em seu país, mas que se ele conseguir marcar gols como os desse jogo, com certeza ainda vai jogar por muitos St. Patrick’s Days! Jokinen marcou aos 00m24s do segundo período, durante um powerplay para os Panthers, quando seu chute ao gol foi desviado por Ben Smith, que tirou Bernier do posicionamento para defender o chute. O segundo gol foi ainda mais bizarro. Jokinen tentou cruzar o puck e seu chute desviou no taco de Connor Carrick, voou por cima do ombro de Bernier, acertando as costas do goleiro e entrando, aos 09m22s. Morgan Rielly conseguiu descontar para os Leafs aos 16m33s.

O terceiro período viu os Leafs tentando de tudo pra chegar ao empate e Roberto Luongo defendendo todas essas chances de gol! Quando os Leafs retiraram Bernier para colocar um atacante extra, os Panthers marcaram dois gols, bem no final do jogo, selando a vitória. Jaromir Jagr marcou o seu 746º gol da carreira aos 17m54s e Teddy Purcell marcou aos 19m37s.

A derrota acabou com a sequência de vitórias dos Leafs, mas o jogo marcou a estréia de Connor Brown jogando na NHL.

No sábado os Leafs recebem o Buffalo Sabres no Air Canada Centre.

Go Leafs Goooooo

15/03/2016 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 16 março 2016 Deixe um comentário

Sempre que o Tampa Bay Lightning enfrenta o Toronto Maple Leafs, dessa vez foi no Air Canada Centre, o assunto é se Steven Stamkos vai ou não assinar com os Leafs! Dessa vez não foi diferente! Mas isso é algo que não vai ser resolvido assim de uma hora pra outra e que deve ocorrer próximo a 1º de julho, quando abre-se a janela pra negociações.

Os Leafs que vinham de vitória contra o Detroit Red Wings jogou o suficiente para vencer o Tampa Bay Lightning. No gol dos Leafs, Jonathan Bernier jogou bem e pelos Lightning, Andrei Vasilevskiy realizou defesas espetaculares. 

Somente no segundo período os Leafs conseguiram abrir o placar, quando Peter Holland fez uma excelente jogada passando por detrás do gol de Vasilevskiy para chutar forte. O goleiro dos Lightning deu rebote que foi para o taco de Connor Carrick, que chutou, sem marcação, por baixo do braço de Vasilevskiy aos 13m34s. Esse foi o primeiro gol de Carrick na temporada e o primeiro pelos Leafs. O restante do segundo período viu as equipes disputando muito o puck, mas sem mais gols de ambas as partes.

O terceiro período viu a definição da partida. Aos 06m33s, Brian Boyle conseguiu o empate, após receber um passe de Anton Stralman que recuperou o puck atrás do gol dos Leafs, numa jogada em que Ben Smith não chegou com a “vontade” que devia. Smith entretanto se redimiu e marcou o gol da vitória dos Leafs aos 09m07s, quando num contra-ataque, aproveitou-se rebote do chute de Michael Grabner e venceu Vasilevskiy por entre as pernas, marcando também o se primeiro gol como jogador dos Leafs. Os Leafs ainda marcaram mais dois gols em Empty-Net, com Zach Hyman aos 18m27s, recebendo um belo passe de Martin Marincin, e de P.A. Parenteau aos 19m47s.

Os Leafs jogam os próximos 5 jogos em casa e, apesar de não ter mais chances de classificação aos playoffs, parece que está fazendo a torcida acreditar no futuro da equipe. Os jovens e promissores jogadores estão mostrando serviço e conseguindo seus primeiros gols.

Go Leafs Goooooo

13/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

segunda-feira, 14 março 2016 Deixe um comentário

Sem nem temporada absorver a derrota na Batalha de Ontario na noite anterior, os Leafs foram à Joe Louis Arena enfrentar o Detroit Red Wings. 

Como sempre o jogo contra os Red Wingd não foi fácil, ainda mais quando eles jogam em casa, com sua torcida apoiando.  Petr Mrazek defendeu os Red Wings e Jonathan Bernier, o Toronto Maple Leafs.

Nazem Kadri teve uma ótima chance no primeiro período, recebendo o puck na Blue Line e partindo sozinho contra Mrazek, que efetuou uma linda defesa, não se deixando enganar pelo movimento de Kadri. Houve também um gol de Zach Hyman onde Mrazek defendeu um chute e o rebote acabou batendo no ombro do jovem jogador dos Leafs e indo pro fundo da rede. Este gol acabou sendo cancelado após revisão por vídeo. 

No segundo período, os Red Wings também tiveram um gol anulado após revisão, pois um jogador dos Red Sings acabou por derrubar Jonathan Bernier e outro jogador, ao tentar segurar o puck e colocá-lo em jogo, acabou por jogar o puck com as mãos para o fundo do gol dos Leafs. Ao final do período, aos 19m30s, Michael Grabner teve outra chance de contra-ataque e teve seu chute defendido por Mrazek, mas ao cair no gelo depois do chute, o puck bateu em seu corpo e foi pro gol. Após a revisão o gol foi confirmado. 

A partida terminou com os Leafs vencendo os Red Wings por um shutout de apenas um gol, após ninguém mais conseguir marcar gols no terceiro período.

Foi uma boa virada de mesa dos Leafs que perderam por shutout no sábado, mas venceram no domingo!

Go Leafs Gooooooo

05/03/2016 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 07 março 2016 Deixe um comentário

O sábado reservou uma Batalha de Ontario para o Hockey Night in Canada, e esse foi jogado no Air Canada Centre. Foi a primeira visita de Dion Phaneuf após jogar por sete anos no Toronto Maple Leafs e ter sido trocado com o Ottawa Senators. 

Para Phaneuf foi uma noite muito emocional e isso se mostrou logo no primeiro lance do jogo. Os Senators venceram o face-off e o puck foi para Phaneuf, que não conseguiu dominar e proporcionou uma oportunidade para Brooks Laich que Andrew Hammond defendeu. Phaneuf estava visivelmente nervoso no início da partida. Num dos intervalos no primeiro período, os Leafs e passaram um vídeo com um tributo ao jogador que foi capitão dos Leafs por sete temporadas, e Phaneuf teve que limpar as lágrimas em seu rosto. Os torcedores o aplaudiram em pé.

Voltando à partida, Bobby Ryan abriu o placar, vencendo Jonathan Bernier após um vacilo de Matt Hunwick aos 06m06s. Aos 07m22s, Dion Phaneuf, ex-Leafs, e Colin Greening, ex-Senators, iniciaram uma briga no gelo, que acabou com Greening vencendo e derrubando Phaneuf no gelo. Ambos foram para o penalty box. William Nylander, que vem jogando bem, finalmente encontrou o caminho do gol e marcou um belíssimo primeiro gol na NHL, aos 09m27s. Nylander recebeu o puck de Brooks Laich e chutou forte no ângulo de Andrew Hammond. Íamos interessante é que o último gol de Michael Nylander, pai de William, na NHL também teve a assistência de Brooks Laich! 

O segundo período vou os Leafs virarem a partida com um gol de Nikita Soshnikov. O novato tem jogado muito bem e marcou o seu segundo gol na NHL aos 12m10s, num powerplay. O jogo parecia estar nas mãos dos Leafs que conseguiam dominar a partida. Bernier fazia também uma ótima partida, jogando de forma bem segura e realizando importantes defesas.

Mal o terceiro período começou e Marc Methot empatou para os Sens aos 02m56s, fazendo com que o período ficasse mais uma vez muito disputado, pois ambas equipes tinham chance de vencer. Tudo que necessitavam era de mais um gol somente. Esse gol veio aos 17m45s, quando ao limpar o puck a zona defensiva, Martin Marincin simplesmente entregou o puck para Mark Stone que efetuou um passe para Zach Smith vencer Bernier e dar a vitória aos Senators. 

Mais uma vez perdemos por apenas um gol de diferença! Isso é frustrante, mas como não temos qualquer chance nesta temporada, vamos nos manter calmos e aguardar o desenrolar dessa reconstrução dos Leafs! Parece que o time, incluindo os novatos, estão no caminho certo. 

Go Leafs Goooooo

02/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

quinta-feira, 03 março 2016 Deixe um comentário

O Washington Capitals recebeu os Leafs pela primeira vez após a troca realizada onde Daniel Winnik e Brooks Laich trocaram de equipe. Brooks Laich que jogou por 10 anos defendendo os Capitals foi ovacionado pelos torcedores, o que demonstra o ótimo jogador é pessoa que ele foi para a comunidade da capital dos Estados Unidos.

Com Jonathan Bernier no gol, o Toronto Maple Leafs enfrentou os Capitals de Alexander Ovechkin e, apesar de lutarem muito pela vitória, acabaram sendo derrotados por apenas um gol de diferença.

No primeiro período, faltando menos de dois minutos para o primeiro intervalo da partida, os Leafs cometeram erros que foram aproveitados pelos Capitals. Aos 18m15s, Taylor Chorney aproveitou o erro de Connor Carrick para abrir o placar. Menos de 30 segundos depois, aos 18m43s, foi a vez de Ovechkin aproveitar um passe que cruzou a defesa dos Leafs sem ser interceptado e mandar para o fundo das redes com um chute de Backhand. 

Terminar o primeiro período atrás no placar não era o plano dos Leafs, mas a equipe soube administrar e correr atrás do prejuízo. Logo no início do segundo período, Nikita Soshnikov, um dos novatos trazidos dos Marlies, marcou seu primeiro gol na NHL. Foi um belíssimo gol, um wrist shot, sem chances para o goleiro dos Capitals, Phillip Grubauer, marcado aos 01m37s.

Com fôlego para tentar o empate, os Leafs finalmente conseguiram o feito no terceiro período, quando Colin Greening, aos 08m16s, empatou a partida. Com o empate em mãos, mais uma vez os Leafs cometeram erros e dessa vez foi por meio de uma penalidade que deu aos Capitals o gol da vitória, no powerplay, marcado aos 09m31s, por Matt Niskanen. Após esse gol, não houve como os Leafs voltarem a empatar a partida.

Conforme entrevista de Mike Babcock, a equipe está jogando bem e seguindo o plano de reconstrução. Se analisarmos a temporada, a equipe foi derrotada muitas vezes por apenas um gol de diferença, o que indica que a distância entre o Toronto Maple Leafs e as outras equipes não é tão grande. São apenas detalhes a serem corrigidos, inexperiência que leva a erros, nervosismo dos novatos em situações decisivas … Tudo isso será tratado por Babcock que elogiou a performance de Nikita Soshnikov e Zach Hyman. 

É isso aí! Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: