Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Sergei Bobrovsky’

23/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

sábado, 24 novembro 2018 Deixe um comentário

Acabamos enfrentando os Blue Jackets por duas vezes na mesma semana. Vencemos na segunda-feira e voltamos a jogar contra eles na sexta.

Essa noite, novamente mostrou os Leafs começando atrás do placar, mesmo tendo um bom volume de jogo. O Toronto Maple Leafs deu 12 chutes ao gol de Sergei Bobrovsky e recebeu apenas 8 chutes no gol de Frederik Andersen. O primeiro gol dos Blue Jackets veio com um erro de Morgan Rielly ao sair da zona defensiva. Os Blue Jackets recuperaram o puck e Josh Anderson não desperdiçou a oportunidade de um rebote de Freddie, abrindo o placar aos 03m55s. O mesmo Josh Anderson se aproveitou de outra bobeada da defesa dos Leafs e aumentou para 2 a 0 aos 09m57s. Ron Hainsey conseguiu devolver os Leafs ao jogo com um gol aos 16m16s, chutando da linha azul.

No segundo período, Kasperi Kapanen, novamente ele, partiu na velocidade ao ataque e venceu Bobrovsky, empatando a partida aos 02m58s. Foi o gol que devolveu a confiança aos Leafs. Infelizmente, os Leafs que pressionavam os Blue Jackets, estavam em um powerplay, mas erraram um passe na zona neutra, que foi recuperado por Cam Atkinson que, com somente John Tavares à sua frente, driblou o jogador e chutou forte, sem defesa para Frederik Andersen, colocando o time da casa à frente num gol shorthanded. Esse gol acabou com a confiança dos Leafs que até tentaram, mas não encontraram mais o caminho do gol.

Para fechar o placar, no terceiro período, Marcus Hannikainen marcou um gol após excelente jogada de Artemi Panarin, que levou o puck ao ataque e simplesmente não deixou Morgan Rielly fazer qualquer jogada defensiva. Hannikainen marcou aos 03m35s.

Mike Babcock viu o resultado como algo esperado, pois poderíamos ter perdido em casa e vencido aqui. Ele também considerou que a equipe jogou tão bem quanto em outros jogos fora de casa.

Eu discordo dessa afirmação dele, pois a equipe tem errado muito nas saídas de jogo e temos perdido o controle do puck, dando oportunidades para os adversários. Temos que tomar muito cuidado, principalmente nossos defensores, ao sairmos com o puck da zona defensiva.

Hoje enfrentaremos o Philadelphia Flyers em Toronto. Vamos torcer para voltarmos a vencer!

GO Leafs Gooooooo

Anúncios

08/01/2018 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 09 janeiro 2018 Deixe um comentário

Depois de duas vitórias seguidas no shootout, a famosa cobrança de pênaltis após o empate continuar na prorrogação, o Toronto Maple Leafs veio ao jogo contra o Columbus Blue Jackets mais focado e buscando a vitória desde o começo.

Mais uma vez os goleiros estavam muito bem na partida e tanto Frederik Andersen, quanto Sergei Bobrovsky estavam fazendo importantes defesas, até que, no segundo período, aos 11m09s, James Van Riemsdyk se posicionou em frente ao gol de Bobrovsky e conseguiu desviar um chute de Roman Polak, que ia para fora, de forma que o puck entrou no cantinho do gol, abrindo o placar, num momento em que os Blue Jackets estavam melhor. Aos 16m02s, usando a vantagem de um powerplay, William Nylander chutou de forma perfeita, pois o puck entrou na “forquilha” no único lugar deixado aberto pelo goleiro visitante!

Com 2 a zero no placar, os Leafs continuaram a pressão no terceiro periodo e seguraram os Blue Jackets a apenas 4 chutes à gol, entretanto, nos últimos 5 minutos, acabaram cedendo o empate. O primeiro gol foi marcado por Nick Foligno aos 15m25s, dando esperança à equipe visitante. Muito pouco tempo depois, Morgan Rielly tentou ligar o ataque, mas seu longo passe foi interceptado na zona neutra e deu aos Blue Jackets a chance que eles precisavam. Pierre-Luc Dubois marcou e empatou a partida aos 17m13s.

Não podemos deixar uma vitória escapar nos últimos 5 minutos de jogo! Pelo menos garantimos um ponto no jogo, pois na prorrogação, após algumas boas chances para os Leafs com Tyler Bozak e William Nylander, onde Bobrovsky foi perfeito, Nylander acabou sendo displicente e não se aplicou tanto na defesa, deixando Artemi Panarin livre para receber um passe e chutar o puck para seu taco, para marcar o gol da vitória aos 03m11s. A jogada foi revisada para ver se Panarin não havia chutado o puck ao gol, o que o anularia, mas a revisão validou o gol e deu a vitória aos Blue Jackets.

Foi uma decepção após o ótimo jogo que os Leafs estavam tendo e, principalmente para Freddie, que estava muito bem na partida! Mas pelo menos conseguimos um ponto, então não foi uma perda total!

Mais uma vez Travis Dermott jogou e foi muito bem na partida.

Amanhã recebemos nossos rivais de província, o Ottawa Senators, para mais uma Batalha de Ontário!

Go Leafs Gooooooooo

25/10/2013 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

sábado, 26 outubro 2013 Deixe um comentário

Esta data foi uma das mais esperadas pelos torcedores do Toronto Maple Leafs. Após a contratação de David Clarkson, na pré-temporada o jogador se envolveu numa briga, onde saltou do banco para proteger Kessel, num jogo contra o Buffalo Sabres. Resultado: 10 jogos da temporada regular de suspensão. Este jogo seria o início desta temporada para Clarkson.

No gol dos Blue Jackets, Sergei Bobrovsky e, pelos Leafs, Jonathan Bernier.26102013_Leafs@Blue_Jackets_Banner

Para a ironia de todos, David Clarkson cometeu penalidade enganchando (Hooking) Nick Foligno e, sua primeira penalidade do ano, rendeu ao time da casa, o primeiro gol, aos 04m55s do primeiro período, com Ryan Murray, um novato. Este foi o primeiro gol da carreira de Murray na NHL, um gol em powerplay. Ele se aproveitou de um rebote e foi rápido, chegando ao puck antes do defensor dos Leafs, Paul Ranger.

26102013_Leafs@Blue_Jackets_ScoreOs Leafs foram muito indisciplinados neste jogo e forneceram 8 oportunidades de powerplay para o Columbus Blue Jackets. Jogar assim dificulta muito qualquer reação, além de deixar o goleiro, Jonathan Bernier, tendo que fazer muitos mais milagres que os necessários. Só Nazem Kadri cometeu 3 penalidades na partida.

No início do segundo período, os Leafs chegaram ao empate com Phil Kessel, logo aos 40s. James Van Riemsdyk interceptou um passe na zona de ataque e chutou ao gol, Bobrovsky defendeu e deu o rebote a Tyler Bozak, que passou para Phil Kessel marcar o seu sexto gol da temporada.

O terceiro período foi o mais movimentado. Aos 03m12s, Marian Gaborik recebe um passe vindo detrás do gol dos Leafs e bate forte, sem defesa para Bernier. Columbus novamente à frente do placar. Aos 11m52s do terceiro período, os Leafs tinham uma chance de empatar a partida em 59 segundos com 4 contra 3, mas quem marcou foram os Blue Jackets. Brandon Dubinsky foi veloz no contra-ataque e chutou muito bem, alto, por sobre o ombro de Bernier, para marcar um gol em desvantagem numérica e dar dois gols de vantagem ao seu time. Somente aos 15m30s, Dave Bolland volta a colocar os Leafs a somente um gol do empate, mas os Leafs continuaram não aproveitado as poucas chances e, no último minuto, os Blue Jackets conseguiram marcar dois gols que definitivamente acabaram com a partida. Um deles foi marcado por Ryan Johansen aos 19m33s, com os Leafs em Empty Net. O outro foi de Nick Foligno, aos 19m53s, num belo chute.

Os Leafs voltam à Toronto para enfrentar o Pittsburgh Penguins hoje à noite.

Que os erros de ontem não sejam cometidos hoje, na frente de Crosby, Malkin, Letang e cia! Os Penguins vêm de derrota contra os Islanders.

GO Leafs GO!!! (Quem sabe hoje não teremos o primeiro gol de Clarkson pelos Leafs?!?!?!)

09/02/2012 – Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers

sábado, 11 fevereiro 2012 5 comentários

É … após a primeira derrota em tempo regulamentar desde 14 de janeiro, contra os Rangers, os Leafs foram à Philadelphia após serem derrotados pelos Jets. Os Leafs jogaram melhor que os Jets, mas o puck teimou em não entrar no gol!!! Contra os Flyers, o jogo seria difícil, pois o time da casa também vinha de uma derrota de 1 a 0 para os Islanders.

O jogo começou com uma pressão intensa dos Flyers sobre os Leafs e James Reimer viu muita ação próxima à sua meta, e defendeu muitos chutes. Praticamente o time dos Flyers não deixavam a sua zona ofensiva e, nas poucas vezes que os Leafs iam ao ataque era sem levar muito perigo. Aos 14m38s, Phaneuf desvia o puck com o patins, mas o puck acaba no stick de Scott Hartnell que chuta para o gol, surpreendendo Reimer. Os Flyers acabavam de abrir o placar e, na comemoração creio que Hartnell agradeceu o “passe” de Phaneuf e os dois partiram para a luta, recebendo 5 minutos de penalidades cada um. O primeiro período acabou assim, com a vantagem dos Flyers de 1 gol. Neste período os Leafs deram somente 5 chutes ao gol de Bobrovsky, motivo de estarem atrás no placar.

O segundo período foi muito movimentado e os Leafs voltaram mais objetivos. Logo aos 54s, Tyler Bozak empata a partida num chute que desviou no patins do defensor dos Flyers e entrou por entre as pernas de Bobrovsky . Aos 3m32s, foi a vez de Maxim Talbot marcar um gol, chutando da linha azul e, com jogadores à sua frente, Reimer não teve visão do puck, que entrou por entre suas pernas. Este eu dei como falha de Reimer. Porém os Leafs conseguiram novamente empatar a partida com Joffrey Lupul aos 5m57s. Tudo levava à crer que o jogo seria mais disputado, até que Claude Giroux e Brayden Schenn marcaram dois gols em seguida aos 13m53s e 15m09s, abrindo a diferença no placar. O período ainda viu Tyler Bozak marcar um belo gol, levantando o puck que passou por sobre a luva do goleiro dos Flyers. O período acabou com o placar de 4 a 3 para os Flyers.

No último período os Leafs se recuperaram e voltaram a jogar bem, mas a defesa dos Flyers conseguiu segurar o ímpeto dos Leafs e, nem mesmo num contra-ataque em 4 contra 2, Tyler Bozak conseguiu marcar. Bobrovsky defendeu o chute, não permitindo o empate.

Este foi o décimo sétimo jogo em que os Leafs não permitiram o time adversário marcar gols em powerplay! Já é uma vitória, afinal os Flyers são o melhor time em powerplay da temporada. Uma pena é que os Senators ganharam seu jogo e voltaram a ficar uma posição acima do Toronto, que voltou à oitava colocação na conferência. Outro time que venceu novamente foram os Jets, que estão a 3 pontos dos Leafs na classificação.

Temos que aproveitar a homenagem a Mats Sundin a ser feita hoje à noite no Air Canadá Centre e abater os Habs para ganhar mais confiança e continuar rumo aos playoffs!

GO Leafs GO

03/03/2011 – Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers

sexta-feira, 04 março 2011 6 comentários

Após a vitória contra os Penguins, na prorrogação, os Leafs novamente jogaram ontem, agora fora de cassa, contra o Philadelphia Flyers, líder da conferência Leste. Batalha dura para um time em busca de pontos para alcançar o último degrau dos playoffs do Leste e, quem sabe, ter que enfrentar esses mesmos Flyers em uma série de 7 jogos!

Foi o primeiro jogo dos Leafs, contra  Versteeg, após a troca que o enviou aos Flyers! No gol dos Leafs estava James Reimer e pelos Flyers, Sergei Bobrovsky, dois jovens goleiros mas com futuro promissor na NHL!

Os Leafs demonstraram energia desde o início do jogo e, apesar do jogo no dia anterior, em nenhum momento demonstraram cansaço.

Para infelicidade geral da Nação leafs, os Flyers marcaram o primeiro gol e o algoz foi exatamente Kris Versteeg. O gol foi aos 05m49s do primeiro período.

 Os Leafs não se abateram e apenas 21 segundos depois, aos 06m10s, Clarke MacArthur chuta e Nikolai Kulemin desvia para o gol. O gol de empate de Kulemin foi seu 24º na temporada.

A batalha continuou por todo o restante do primeiro período período, mas as equipes não voltaram a marcar.

No segundo período, mal o jogo tinha recomeçado e aos 01m41s, Keith Aulie e Scott Hartnell se enfrentam no gelo (veja aqui). Primeira briga de Aulie na NHL e primeira vitória! Keith derrubou Hartnell e ambos levaram uma penalidade de 5 minutos! Após isso, aos 07m07s, numa bobeira da defesa dos Leafs, Kris Versteeg (sim … ele novamente) recebe o puck sozinho e manda novamente para o fundo do gol dos Leafs. Este foi um período em que as equipes chutaram muito ao gol. O número de chutes à gol, que no primeiro período empatou em 9 para cada time, viu um salto no segundo período, com os Leafs chutando 17 vezes no gol de Bobrovsky e os Flyers 11 no gol de Reimer. Faltando apenas 19 segundos para o final do período, e liderando por 2 a 1, os Flyers cometem uma penalidade (Muitos jogadores no gelo). Aparentemente foi culpa de Mike Richards, mas o segundo o boxscore da NHL, foi Nikolai Zherdev. Os Leafs foram ao ataque e o capitão, Dion Phaneuf aproveitou a sobra após boa jogada de Kulemin e Grabovski. Gol de empate dos Leafs para jogar água fria nos Flyers antes de terminar o período.

A partir do segundo período, os árbitros começaram a ficar um tanto cegos e não marcaram vários penaltis para os Flyers. Num deles, o stick de Dion Phaneuf foi segurado discaradamente por um jogador dos Flyers na frente do árbitro e nada … logo depois Kessel foi penalizado por tripping.

O terceiro período foi muito disputado e os goleiros, mais uma vez, mostraram que estão em ótima fase. Tanto Reimer quanto Bobrovsky fizeram defesas espetaculares, salvando seus times da derrota, porém Darryl Boyce aproveitou um passe de Colby Armstrong e conseguiu marcar o gol da vitória dos Leafs aos 15m30s, deixando os Flyers desesperados no final do jogo. Os Flyers bem que tentaram, mas Reimer fez mais algumas defesas e garantiu a vitória do time de Toronto!

Veja um resumo do jogo aqui.

Infelizmente o Carolina Hurricanes venceu o Buffalo Sabres na prorrogação e também garantiu dois pontos, porém os Rangers perderam e agora são o oitavo colocado da conferência Leste, com 70 pontos, 3 à frente dos Leafs, que têm um jogo a menos! Entre eles estão os Sabres, com 2 jogos a menos que os Leafs e 68 pontos!

A próxima partida dos Leafs é no sábado, em Toronto, contra o Chicago BlackHawks. Vamos em busca de mais 2 pontos, tentando a cada rodada, diminuir a diferença e, finalmente, entrar na zona de classificação aos playoffs!

É a reta final e não podemos desacelerar!!!

GO Leafs GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

%d blogueiros gostam disto: